22 de jun de 2014

Copa e debate eleitoral em baixaria...

Monkey GIF photo tumblr_n48d20VOyy1s3abbdo1_500.gif
Deuzinha e a Serra do Roncador 

Segundo anunciado, o Programa Fantástico irá exibir hoje, 22/06, uma reportagem sobre o Santuário da Serra do Roncador e os trabalhos espirituais realizados pela sensitiva Deuzinha, conhecida como a Vestal e Guardiã do Roncador!

Tive o privilégio de conhecer Deuzinha e participar de eventos conduzidos por ela. São realidades, em outras dimensões...

Recomendo, a quem queira conhecer um pouco desse outro lado!... (Márcio Dayrell Batitucci)

O Santuário Místico e Ecológico do Roncador
É um local escolhido e determinado pelos Mestres da Grande Fraternidade Branca para manifestações energéticas. Este local tem sido preservado ao longo do tempo por guardar características muito especiais no sentido místico e de grande importância para este momento de transformação planetária. Situado dentro de uma grande caverna na Serra do Roncador, entre os paralelos 14 e 15, no planalto Central do Brasil. Região onde se encontra uma das mais importantes reservas ecológicas do Brasil, também chamada Chacra do Planeta e Portal de Aquarius.
Local determinado para o reencontro dos Filhos do Sol e ponto de ligação com Machu Pichu, através da grande estrada.
O trabalho do Roncador é orientado pelos mestres da Grande Fraternidade Branca: Sanat Kumara, Saint-Germain, Septenefille e Samael Aum Weor.
Sua guardiã é denominada Vestal do Roncador e representante dos Mestres da Região.
A palavra Vestal vem de Vesta - a Deusa do Fogo e neste caso por sua origem ancestral no Império Inca. No mosteiro especial de Machu Pichu, as jovens escolhidas para despertar a energia sexual - a energia divina no homem - eram denominadas vestais. No Império Romano e em outros, as vestais eram responsáveis pela guarda do fogo sagrado. No sentido esotérico, temos o fogo para a elevação da energia Kundalini.
Deuzinha é conhecida como a Vestal do Roncador, por suas faculdades extra-sensoriais e pela missão recebida aos 17 anos, de seu instrutor - Mestre Septenefille.
Nascida no Pantanal do Mato Grosso, reside na cidade de Barra do Garças-MT. Com sua paranormalidade e através da leitura da aura ela ajuda a muitas pessoas, principalmente na saúde, pois vê no registro akáshico as questões físicas e metafísicas, para as quais muitos buscam soluções.
Ela recebe os buscadores, em eventos especiais no Mato Grosso e tem viajado principalmente ao Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte, levando ensinamentos através de palestras, workshops e encontros individuais.
Em várias cidades existem as Casas Escola para estudos Gnósticos, meditação e orações, fortalecendo o desenvolvimento espiritual dos buscadores da Luz.
Nos meses de Setembro, Deuzinha preside, junto de seu Guardião e dos discípulos do Roncador um Ritual devocional em comemoração ao Ano Novo Inca, na grande gruta iniciática, ou seja, Santuário Místico e Ecológico do Roncador - MT, onde acontecem, periodicamente, os Encontros com Vibrações de Cura e, em ambos, recebendo pessoas de toda parte do país e do exterior.
Durante mais de vinte anos realizou o trabalho de iniciação dos sete primeiros discípulos do Roncador, como narrado no livro Minha Vida com uma Vestal- (Ed. Sananda - SP), de autoria de seu companheiro Armando Luvison - pseudônimo Leo Doctlan.
Este livro conta a história de almas gêmeas que se encontraram para cumprir a importante missão de reunir Os Filhos do Sol.
Em 2002 aconteceu o ritual de Abertura do Portal do Roncador.
Deste ritual participaram centenas de buscadores dos ensinamentos místicos do Brasil e do exterior. Monges budistas e xintoístas, vindos do Japão especialmente para o evento estabeleceram, através de ritual próprio, uma conexão energética entre o Oriente e o Ocidente.
Tivemos ainda a oportunidade de conhecer o CD Mantras do Roncador, com letras e músicas recebidas de Mestres das esferas superiores e produzido pelo maestro Marcos Menezes, de Belo Horizonte.
A proposta do Roncador é o trabalho de evolução espiritual, o desenvolvimento da dualidade física e metafísica através dos ensinamentos místicos, das leis naturais, levando o ser humano a compreender sua origem sagrada.
ooo0ooo

O momento infernal de Dilma 

Pesquisa feita por instituto americano e confirmada por levantamento encomendado pelo PT provoca mau humor nos principais auxiliares da presidenta e obriga o partido a mudar os rumos da campanha Coube ao marqueteiro João Santana, que há poucas semanas insistia em profetizar uma acachapante vitória da presidenta Dilma Rousseff sobre os anões da oposição ainda no primeiro turno da disputa presidencial, jogar um balde de água fria no comando da pré-campanha petista. Na segunda-feira 2, durante jantar no Palácio da Alvorada, Santana foi rápido e objetivo. Tendo em mãos os dados de uma pesquisa contratada pelo PT, ele afirmou: Está diminuindo de forma considerável e rápida a confiança do eleitor na capacidade do governo para realizar mudanças. A constatação azedou o humor do ex-presidente Lula, do presidente do PT, Rui Falcão, do ex-ministro Franklin Martins e dos ministros Paulo Bernardo (Comunicações) e Aloizio Mercadante (Casa Civil), que dividiam a mesa com Dilma. O que todos ali já sabiam é que a pesquisa reportada por Santana confirmava outra enquete realizada entre os dias 10 e 30 de abril pelo Pew Research Center, um instituto americano que rastreia os ânimos dos cidadãos em 82 países. O resultado desse estudo é arrasador para a campanha de Dilma. Ele mostra, entre outras coisas, que apenas 26% dos brasileiros estão satisfeitos com o País, 86% desaprovam a maneira como a presidenta lida com a corrupção, 85% criticam a maneira de Dilma enfrentar questões como segurança e saúde. E, o que é mais surpreendente, o número de insatisfeitos saltou de 49% para 72% de 2010 para cá. Essa frustração só tem paralelo com a de países que enfrentam convulsões sociais, rupturas institucionais e crises como a do Egito, disse Juliana Horowitz, responsável pela pesquisa americana.

Nova postura
 photo _anovapostura.jpg 
Diante de dados tão negativos, Lula e Santana trataram de sugerir mudanças imediatas no comportamento da presidenta e nos rumos da pré-campanha. O primeiro objetivo é o de evitar que o desgaste da administração acabe favorecendo uma debandada entre os partidos aliados - que poderão fornecer preciosos minutos ao tempo de propaganda para a presidenta durante a campanha - em busca de alternativas de poder na oposição. Para tanto, Lula aconselhou Dilma a comparecer às convenções de cada um desses partidos. Também ficou definido que a presidenta precisa tentar reconstruir a imagem de gerente competente, fortemente abalada durante os três anos de um governo que não entregou sequer uma grande obra, não conseguiu evitar o aparelhamento do Estado que vem dilapidando empresas públicas e que não consegue romper a equação que junta crescimento pífio, juros elevados e inflação em alta. Para isso, mesmo durante os jogos da Copa, Dilma deverá percorrer o Brasil inaugurando tudo o que for possível. Também foi recomendado que a presidenta passasse a dar entrevistas diárias para as redes de tevê, promovendo a defesa do governo.

Na quinta-feira 5, uma pesquisa do DataFolha confirmou a tendência de queda da presidenta. Segundo o instituto, Dilma conta com 34% das intenções de voto, uma queda de dez pontos em relação à pesquisa realizada em fevereiro. Os principais candidatos da oposição, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), também, segundo a pesquisa, perderam votos. O primeiro caiu um ponto, dentro da margem de erro, e Campos perdeu quatro pontos. O que aumentou foi o número de eleitores indecisos. Um cenário muito pior para quem está no governo do que para a oposição.

 photo _asantana.jpg 
Santana
 O marqueteiro que preconizava 
uma eleição fácil já fala em segundo turno.


Durante o jantar no Palácio da Alvorada, sobrou conselhos para o presidente do PT, deputado Rui Falcão. A ele, Lula e Santana sugeriram que seja abandonado definitivamente o discurso de vitória no primeiro turno, como forma de melhor acolher os aliados. Também foi pedido que o PT seja rápido e incisivo no tratamento de seus quadros que estiverem envolvidos em casos de corrupção ou falta de decoro. Foi por isso que o deputado estadual paulista Luiz Moura acabou abandonado pelo partido, dias depois de ser acusado de se reunir com membros do crime organizado. A ideia é embasar um discurso de que o mensalão foi um divisor de águas dentro da legenda.
 photo _averdadeepesimismo.jpg
(IstoÉ) 

O caso dos haitianos e o mistério de suas viagens
O Brasil não faz divisa com Haiti.
Está até que bem longe do Haiti e jamais teve qualquer tipo de relação verdadeira.
Até hoje ninguém entendeu porque Lula obrigou que se mantivesse uma força de paz de soldados brasileiros no Haiti, sob um custo absurdo de dinheiro dos cofres brasileiros por tanto tempo.
Que se fizesse uma vaquinha de dinheiro de alguns países, que o Brasil participasse desta vaquinha, mas não deixar lá soldados brasileiros que não tinham a menor ideia do que faziam ali.
Na época falavam em 2 bilhões de dólares de custo. Isto é coisa pra Estados Unidos, Rússia e Japão, não pra Brasil ficar bancando.
Passa o tempo...
De repente começa a entrar uma quantidade enorme de 20 mil haitianos dentro do Brasil, sem documentação, sem autorização, justamente pelo estado governado pelo PT que é Acre.
Onde estava o general Enzo, conhecido por ser comandante do Exército?
Aliás o general Enzo já deveria ter renunciado ao cargo no dia que não teve coragem de cumprir o Regimento do Exército e tirar a medalha dada a Genoino pois pelo Regimento se algum ganhador da medalha for condenado por algo no futuro o Exército cassa a medalha.
Pergunto de novo onde estava o general Enzo que não tomou atitude de guarda constitucional da fronteira e permitiu invasão de 20 mil haitianos que vieram de um país que não tem fronteira com o Brasil.
Será que não funciona mais aquele serviço de inteligência do Exército que tão bem funcionava antes?
Vamos mais longe pra cumprir o pensamento.
O Haiti fica longe do Brasil.
Alguém forneceu a logística pra que 20 mil haitianos viessem até a América do Sul e entrassem justo no Peru.
Por que o Peru?
Porque o Peru faz divisa com o estado governado pelo PT.
Isto é matemática e inteligência de guerra que o general Enzo deveria conhecer e não demonstrou nada.
Os Haitianos vem de longe, sem dinheiro, em logística que custa caro e alguém organizou e pagou, pra entrar na América do Sul pelo país do Peru que fica na divisa com o Acre.
Lógico que o Peru não queria acolher os haitianos porque eles não tem qualificação profissional.
Aliás a Polícia Federal descobriu que muitos tem qualificação que é serem milicianos no Haiti e formarem bando de gente fora da lei.
Agora o governador do Acre arrumou dinheiro pra mandar os haitianos pra São Paulo.
E o prefeito de São Paulo, Haddad, do PT, já tinha todo material preparado pra acolher os haitianos colocando uma tropa de trabalhadores pra deixar em boas condições um galpão bem reformado com todas as boas condições de sobrevivência.
Este é o mesmo prefeito do PT que deixa nas ruas sem resolver os brasileiros que não tem teto e um grande número de moradores de rua.
Será que só eu, que não tenho curso na Escola Superior de Guerra, estou vendo toda uma trama de guerrilha arquitetada pelo PT?
Será que apenas eu, que não sou jurista constitucionalista, vi a invasão do território nacional e de soberania permitido pelo PT?
Será que só eu que não militar vi aquilo que o general Enzo deveria ter visto?
Alguns vão dizer que esta linha de raciocínio é surreal.
Diziam exatamente a mesma coisa quando Fidel Castro foi menosprezado e montou a invasão de Cuba com sua tropa que os cubanos consideravam irreal e absurda de existir. (Delmiro Gouveia)

Nenhum comentário: