27 de abr de 2014

Em marítima, diz-se "fazendo água"....

Pela 1ª. vez, dois papas viraram santos em uma só cerimônia: João Paulo II e João XXIII são declarados Santos. Cerimônia de canonização no Vaticano contou com a presença de Bento XVI. 800 mil acompanharam celebração e cerca de 2 bilhões teriam assistido à missa em todo o mundo.
Após críticas a resgate no naufrágio, premiê sul-coreano renuncia após mais de 300 mortos ou desaparecidos.
Indústria paga mais por energia elétrica do que antes de Dilma ajudar. Datena desafia (des)governo Dilma e defende Rachel Sheherazade Emissoras que criticam atos e comparsas da quadrilha Dilma-Lulo-petista não recebem verbas para divulgar propagandas do governo. Mas essa forma de pressão não funciona com o Datena da Band TV.
1) Utopia vermelha: morte de Celso Daniel foi crime comum, assassinato de coronel foi queima de arquivo? (ucho.info)
2) Como sempre acontece sinto cheiro de alguma coisa no ar: Coronel que admitiu participação em tortura é morto no RJ. Paulo Malhães havia admitido no mês passado ter participado de torturas e mortes de presos durante a ditadura militar.  (AA)
3) A razão têm razões que a própria desconhece. Não nos parece crível que A ou B seja real ou imaginário. Todos os que agem o fazem por formas ditas legais e outros, em revide, por que formas? (AA) - Defensor de direitos humanos é cada vez mais criminalizado no País, diz estudo. Relatório que será lançado em maio abordará ainda as formas encontradas pelo Estado para enquadrar os movimentos sociais. A criminalização de movimentos sociais e de ativistas de direitos humanos no Brasil é crescente e as políticas adotadas pelo próprio governo não foram suficientes para barrar este processo nos últimos quatro anos. Esta é a principal conclusão do relatório “Na Linha de Frente - Criminalização dos Defensores de Direitos Humanos no Brasil”, que será lançado no próximo mês pela organização Justiça Global. (IG)
Não engana nem lá !
Nunca dantes: Indústria brasileira é uma das que mais perdeu competitividade em dez anos. Estudo indica que custos da indústria brasileira são hoje 23% maiores que os da americana.
Operação Lava-Jato: detalhes comprometedores ficaram à beira do caminho.Leia
Venda de calmantes cresce quase 10% em quatro anos no Brasil.
O discurso no Pará aprofunda o maior enigma da História do Brasil e de suas brasileirices: como alguém como Dilma chegou à Presidência da República?
Ainda convalescendo de discursos recentes, o jornalista Celso Arnaldo Araújo foi abalroado pelo palavrório de Dilma Rousseff no Pará.
Imediatamente, mandou três trechos escoltados por observações que imploram por internações no Sanatório Geral.
Mas uma trinca de comentários de Celso Arnaldo é coisa para o Direto ao Ponto. Confira. (Augusto Nunes)
De tempos em tempos, a Dilma faz um discurso que supera os anteriores e passa a vigorar, pelo menos por alguns dias, como o pior de todos os tempos.
Este, feito ontem no interior do Pará, em mais uma daquelas transcendentais entregas da santíssima trindade retroescavadeira, motoniveladora e pás carregadeiras para municípios com menos de 50 mil habitantes, é quase imbatível.
Pelo menos até o próximo…
Sem nenhum esforço, a esmo, pincei três passagens que, na verdade, falando sério, simbolizam, no reino das palavras e das ideias, o maior enigma da História do Brasil e de suas brasileirices - como alguém como Dilma Rousseff chegou à Presidência da República?
A Dilma como ela é
Vocês vejam como é que é a vida. Eu nunca acho uma Dilma, e hoje uma Dilma fala e a outra Dilma depois fala. (Na abertura do discurso na entrega de 32 máquinas a municípios do Pará, dirigindo-se à prefeita de Belterra, Dilma Serrão, ao confirmar que ainda não se achou e que, de todas as Dilmas do Brasil, ela é a única que não fala português)
Teoria geral da Dilma
O início do Brasil e o fim do Brasil e o meio do Brasil são os municípios, porque não existe, de fato… nem é União, nem é um estado, um estado fisicamente. Existem, fisicamente, os municípios, as cidades e as zonas rurais. (Ao admitir que o Brasil não precisa de uma presidente da República)
Pra frente, Pará
Então, eu vou concluir dizendo para a maioria e para a minoria, para todos, por que é que eu dei esse exemplo? Eu dei esse exemplo pelo seguinte, eu quero dizer para vocês que o Brasil só vai para frente se o Pará for para frente. (No fecho do discurso, ao anunciar que, se o Pará for para frente, o Brasil - onde maioria e minoria formam o todo - ganha mais um pedaço do Oceano Atlântico)

Nenhum comentário: