8 de nov de 2013

Brasil Continente com seres se atropelando...

 photo _ainfla.jpg
1. Fiscal preso falava em voltar se Kassab fosse eleito em 2014. Kassab sabia de tudo, diz acusado. Justiça bloqueia bens de suspeitos de cartel no Metrô de SP. Justiça nega pedido de Haddad para anular ação contra aumento do IPTU. Eu levo a secretaria inteira toda. Vai todo mundo comigo. Eu te dei muito dinheiro, Luiz Alexandre Cardoso de Magalhães, auditor fiscal, em conversa por telefone com Ronilson Bezerra Rodrigues, ex-subsecretário de Finanças e suposto chefe da quadrilha que desviou R$ 500 milhões da prefeitura de São Paulo. 

2. Incêndio em academia no centro de São Paulo é controlado. Feridos foram levados a hospitais. Instalação irregular de gás teria propagado incêndio. 

3. Rio tem maior alta de preços para a cesta básica. Preços de trigo e carne se aproximam de recordes históricos. Escassez pressiona preço. Trigo já subiu 33% em 12 meses. Carne e tomate pressionam cesta básica em outubro. 

4. Sempre a favor do povo prefeito amigo! Paes afirma ser a favor do reajuste das passagens em 2014. Empresários defendem que, caso o valor não suba, será impossível garantir que 100% da frota tenha ar condicionado. 

5. Marco Civil da Internet pode sofrer alterações. Pressão na Câmara pode provocar grandes mudanças na lei, como neutralidade da rede e registro de navegação. 

6. Como diz aquela propaganda para o inglês na tv: Embromation! Apesar do corte prometido por Renan, Senado continua pagando supersalários. Renan Calheiros defendeu a nomeação de funcionários apadrinhados em relação aos contratados por concurso público. De acordo com Renan, a gestão economizou de fevereiro até agora R$ 169,4 milhões dos cofres públicos. Sob a gestão do presidente do Congresso, o Senado tem mais funcionários admitidos por apadrinhamento do que por mérito. O Ministério Público Federal em Brasília abriu inquérito civil em outubro para investigar o loteamento partidário nas nomeações de comissionados na Casa. A investigação parte da suspeita de possível abuso na contratação de um número exacerbado de indicados, em prejuízo aos cofres públicos. Valor chega a R$ 300 milhões, diz TCU. Assessoria da Casa informa que montante acima do teto constitucional, que deveria ter sido debitado em novembro, será descontado a partir do próximo mês. 

7. Mantega reconhece que governo vive inferno astral na área fiscal. 

8. Boa avaliação de Dilma cai à metade em 8 meses. Avaliação positiva da presidenta caiu de 79% em março para 38%. 

9. Prédio do Flamengo no Morro da Viúva não será mais de Eike Batista.

10. Modelo Dilma: em vez de cortar custos, Petrobras aumenta preços. O que chama a atenção no balanço trimestral da Vale privatizada não é o lucro ou as expectativas de crescimento. É a redução de 42% nas despesas gerais e administrativas. Por sua vez, a Petrobras estatal e aparelhada reduziu em apenas 3% as despesas operacionais no mesmo período. A Vale privatizada pode cortar custos. A Petrobras estatal e aparelhada só sabe aumentar preços. Vem aí aumento da gasolina da Dilma, baby. (CoturnoNoturno) 

11. Juiz nega recurso e mantém suspenso aumento do IPTU em SP. Lei que isenta casa popular de IPTU é sancionada. 

12. Ex-vice-governador do DF é suspeito de integrar esquema de alvarás. 

13. Professor é afastado após divulgação de vídeo onde aparece acariciando aluna de 11 anos. 

14. PEC 300 - É grande a irritação de policiais e bombeiros com o cerco do Planalto à proposta de emenda constitucional que institui o piso salarial para as corporações. Em conversas com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, o sindicalismo de farda fez um, digamos, aviso: sem aumento, não haverá policial que se anime a enfrentar black blocs nas ruas. Eles dizem que não vão mais conter manifestações. Afirmam que estão sendo achincalhados e atingidos. Lembram que vem aí a Copa do Mundo

15. Supremo Tribunal Federal retoma mensalão na próxima semana. 

16. Em nova votação, estudantes da USP recusam saída da reitoria. 

17. Pedido ao Senhor FIFA: intervenha! Passagens para cidades-sedes da Copa de 2014 custam até cinco vezes mais em dia de jogo. Antes do sorteio de ingressos e chaves, preço do bilhete é bem mais alto que em dias normais. 


18. Dólar fecha a cima de R$ 2,30 e dá mais um nó na economia brasileira, que Dilma diz estar em ascensão. 

19. Ué, não era pro interior? Em São Paulo, médicos estrangeiros atendem na capital e ainda não pagaram auxílio a profissionais do Mais Médicos. Dinheiro é para comida, moradia e transporte. 

20. TRF mantém penas de Lalau e Estêvão. 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região confirmou as condenações do ex-juiz, do ex-senador e de outros réus, incluindo pessoas físicas e jurídicas, pelo desvio de quase R$ 170 milhões da construção do Fórum Trabalhista de São Paulo, cuja licitação foi iniciada em 1992; em valores atuais, eles terão de devolver R$ 1 bilhão aos cofres públicos. 

21. Justiça bloqueia bens de envolvidos em propinoduto. Foram bloqueados pela Justiça, a pedido da Polícia Federal, cerca de R$ 60 milhões disponíveis em contas bancárias, títulos de investimento e ações; entre as cinco pessoas com bens bloqueados, três são ex-diretores da CPTM; das três empresas, duas são suspeitas de terem sido utilizadas para a prática dos crimes; nomes, no entanto, não foram divulgados; PF fez o pedido de bloqueio após tomar conhecimento do pedido de cooperação internacional encaminhado pelas autoridades suíças, sobre o qual o procurador Rodrigo de Grandis preferiu não atuar; qual o tamanho do estrago que este caso ainda causará para Alckmin?

22. Petroleira OGX dá calote milionário em empresa do próprio grupo de Eike. Efeito Eike acelera estratégia de redução de crédito.


Dom de Deus ou coisa do diabo 
Em recente entrevista, a presidente Dilma considerou a reação ao leilão de Libra uma absurda xenofobia. Isso me permite acusá-la de fraca e mentirosa, pois em 10 de abril de 2010 declarou, em pronunciamento no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC: Não permitirei, se tiver forças para isso, que o patrimônio nacional, representado por suas riquezas naturais e suas empresas públicas, seja dilapidado e partido em pedaços.
A entrega de 60% do campo de Libra às estatais chinesas e à Shell e Total reservou para a Petrobras 40% (embora caiba sublinhar que pelo menos 31% de suas ações estão em posse de estrangeiros. As famílias Rothschild e Rockfeller já encarteiraram ações da Petrobras e estão também por trás da Shell e Total). O pré-sal foi partido em pedaços e seu melhor campo entregue à propriedade estrangeira. Em tempo: para a The Economist, simplesmente conseguir fazer o leilão é para ser comemorado. A presidente entregou Libra.
Relembrar a história ajuda. Desde o final da Segunda Guerra Mundial um coro declarava que o Brasil não tinha competência financeira, econômica, técnica ou gerencial para assumir a economia do petróleo. Walter Link, geólogo chefe aposentado da Standard Oil, declarou, à época, que o Brasil não tinha boas chances de encontrar petróleo nas bacias sedimentares terrestres e que, se houvesse petróleo, estaria no mar. Esse juízo significava que o Brasil não tinha petróleo. A partir da campanha O petróleo é nosso, chefiada pelo general Horta Barbosa, o povo brasileiro nas ruas apoiou a criação do monopólio do petróleo. 60 anos depois, a Petrobras é a 4ª maior companhia de energia do mundo e equivale a 6,5% do PIB nacional.
Petrobras subsidia gasolina importada, o que prejudica seu lucro e abre caminho para o discurso entreguista
Algum petróleo foi achado em terra, porém os geólogos brasileiros, em 1974, localizaram o poço de Namorado, em mar aberto, na Bacia de Campos. Em 2007, a Petrobras descobriu o pré-sal no litoral brasileiro, formações a sete mil metros de profundidade, com um potencial superior a 100 bilhões de barris (somente Libra, que é o maior campo descoberto no mundo na última década, provavelmente dispõe de mais de 10 bilhões de barris).
A presidente Dilma disse que não é mole ser presidente e que exige estudar continuamente. Agregaria que não deve esquecer o que já aprendeu. Como economista, sabe que:
1- Dispor de um mercado cativo é motor de crescimento de uma empresa. A Petrobras desfrutou do monopólio mercadológico do Brasil e, por isso, cresceu sem parar e ganhou competência técnica para descobrir o pré-sal, que é equivalente a divisas líquidas (com a vantagem de não correr o risco de desvalorização de reservas cambiais);
2- Qualquer empresa pode calibrar seu ritmo de investimentos e abrir mão de ativos não estratégicos. É óbvio que o Brasil pode desenvolver Libra sem entregá-la a propriedade de estrangeiros. Por que a Petrobras não vende as refinarias de Pasadena e do Japão?
3- Com energia abundante e relativamente barata, o Brasil pode aumentar a competitividade de suas exportações. Atualmente, a Petrobras subsidia gasolina importada, o que prejudica sua lucratividade e abre caminho para o discurso entreguista.
Dispor de amplas reservas mensuradas e acessíveis é deter o mais importante e crítico recurso energético esgotável do planeta; isso pode ser dom de Deus ou coisa do diabo. A história dos países exportadores de petróleo é, quase sempre, assustadora - não é necessário mexer nos arquivos da história, basta observar a estrutura social e os recorrentes banhos de sangue nos países petroleiros. A exceção (que confirma a regra) é a Noruega; no outro limite, está o Iraque; na corda bamba caminha o Irã. Histórias pouco felizes se multiplicam: a Indonésia (país fundador da Opep) exportou petróleo a menos de US$ 2 o barril e atualmente importa petróleo a US$ 100 o barril; o México tem hoje uma situação inquietante. São assustadores os riscos geopolíticos e geoeconômicos de exportar energia não renovável. A Holanda aproveitou suas reservas de gás e, vivendo abundância de divisas - podendo importar produtos industriais e alimentos - desmantelou sua economia produtiva e, com a exaustão das reservas, percebeu que havia perdido forças de produção, o que ficou conhecido como doença holandesa.
Os EUA consomem 28% do petróleo extraído anualmente no mundo, dispõem de reservas insignificantes (para mais três anos de consumo) e são absolutamente conscientes de sua vulnerabilidade. Suas frotas, seus meios de bombardeio e sua espionagem têm, agora, uma espetacular possibilidade eletrônica (com drones, matam e destroem, sem qualquer perda de vida americana).
O Brasil, fronteiro à África e tendo a América do Sul à retaguarda, pode, a qualquer momento, integrar-se em uma hipotética OTAS (Organização do Atlântico Sul). O pré-sal se distribui pela plataforma continental e, provavelmente, do lado africano existe seu equivalente geológico. A Lei 8617, de 1993, afirma o domínio e o aproveitamento do leito e subsolo do mar territorial brasileiro; as áreas exclusivas estão a até 200 milhas marítimas do território brasileiro (cada milha marítima tem 1.853 metros).
A Petrobras foi objeto de uma extensa espionagem eletrônica. A presidente Dilma, também devassada, por que não adiou o leilão?
O Brasil dispõe do pré-sal e da vantagem do conhecimento de sua geologia. Por quanto tempo? Por que não aceleramos a construção da refinaria Abreu e Lima e do Complexo de Itaboraí? Por que não admitimos que petróleo é uma questão de Estado e não apenas matéria de governo? Por que não fazemos um plebiscito nacional sobre a questão do petróleo?
É óbvio que o petróleo pertence ao Brasil. Sou carioca e fico surpreso que o tema sobre os royalties ocupe espaço na mídia, aonde não se discute na profundidade necessária o tema do petróleo, acentuando as rivalidades provincianas, amesquinhando e mascarando a discussão-chave sobre o tema.
A presidente Dilma disse, quando candidata: O Pré-sal é o nosso passaporte para o futuro; entregá-lo é jogar dinheiro fora. O Brasil precisa desse recurso. Não é saudável imitar FHC e renegar suas próprias palavras como candidata. Por que anuncia, agora, aumentar para 30% o volume de ações do BB em Nova Iorque? Sem xenofobia, não quero classificá-la como cripto-entreguista. (Carlos Lessa, professor emérito e ex-reitor da UFRJ. Foi presidente do BNDES)


Papel alumínio
• Sabia que a parte brilhante do papel alumínio tinha que ficar em contato com o alimento, porém, não sabia a razão, que segue abaixo. 
• O papel alumínio é largamente utilizado na gastronomia, mas na grande maioria das vezes isto acontece de forma incorreta. Vejo pessoas usando-o direto nos mais variados pratos e, também, em seu dia-a-dia. 
• É que os usuários tendem a colocar o lado brilhante virado para fora, pois deixa o visual do prato mais bonito. 
• O lado mais brilhante é assim porque recebe um polimento para criar uma barreira ao contato direto do alumínio com o alimento e, por conseguinte a liberação do alumínio para a nossa receita. Tínhamos que chamar o prato assim, por exemplo: Picanha com alumínio, pois o alumínio entrará como um algoz invisível na receita. 
• Esta proteção, o polimento, só não acontece dos dois lados, pois é um processo caro que inviabilizaria a comercialização do mesmo. 
• O alumínio é altamente tóxico e é comprovadamente o responsável por complicações gerais no funcionamento do nosso organismo e um grande alavancador do Mal de Alzheimer, inclusive fomentando sua aparição precoce. 
Como usá-lo? 
• Além de usá-lo com o lado brilhante voltado para o alimento, deve-se evitar dar mais de uma volta no alimento, pois na segunda volta em diante os líquidos que gravitarem entre as camadas serão poluídos com o alumínio e voltarão impiedosamente para a nossa receita. 
• Assim é importante fazer a finalização em forma de trouxa que deve ficar situada na parte superior, para evitar esta comunicação dos caldos do alimento com a parte ruim do papel-alumínio. 
Sobre as panelas de alumínio 
• É expressamente proibida a areação de panelas na parte de dentro, pois quando isto acontece, toda vez que cozinhamos algo estamos também incorporando o temível alumínio à nossa receita. 
• Quando isto acontece por alguma pessoa desavisada ou quando a panela ou caneca é nova, fervo algumas cascas de ovo na panela cheia de água, para elas liberarem o carbonato de cálcio, que vão impermeabilizar nossa panela, dando a segurança que necessitamos para nós mesmos e para as pessoas que mais amamos; nossa família e nossos amigos. (Ricardo Penna/Penninha, escritor e consultor gastronômico)


• Palestinos culpam Israel por assassinato de Yasser Arafat, ex-líder palestino. Acusação veio após testes clínicos apontarem presença de material radioativo no corpo de ex-líder palestino morto em 2004. Evidências não provam que Arafat foi envenenado, diz relatório russo. 

Papa Francisco arremete contra deusa da corrupção em homilia. Ele arremeteu contra ela nesta sexta-feira e disse que a dignidade vem do trabalho digno, do trabalho honesto, do trabalho de cada dia e não do caminho mais fácil. Em sua missa diária, oficiada na Casa Santa Marta, o pontífice disse: Talvez hoje façamos bem em orar por muitas crianças e jovens que recebem de seus pais o pão sujo: estes também têm fome, têm fome de dignidade. Dirigindo-se aos fiéis, o papa também chegou a comparar a corrupção com a dependência de drogas. Começamos talvez com um pequeno ato, mas isto é como as drogas. Portanto, o hábito aos subornos se transforma em uma dependência, disse. Ao se referir aos devotos da corrupção administrativa, o pontífice lembrou a figura evangélica do homem rico, que tinha muitos celeiros, muitos silos cheios e não sabia que fazer com tanto dinheiro, e a quem - ressaltou - o Senhor disse: Esta noite morrerás. No final da homilia, o papa Francisco expressou sua pena por essa pobre gente que perdeu a dignidade na prática de subornos e só traz consigo, não só o dinheiro que ganharam, mas também a falta de dignidade, pedindo aos presentes rezar por eles. 

• O secretário de Estado norte-americano John Kerry viaja a Genebra em um esforço para ajudar a garantir um acordo nuclear entre o Irã e seis potências mundiais. 

• Talebã no Paquistão escolhe novo líder. Mullah Fazlullah é considerado ainda mais brutal que seu antecessor, morto na semana passada em um ataque por um drone americano. Morte de líder do Talebã no Paquistão pode comprometer negociações de paz. Taleban afirma planejar onda de ataques em vingança no Paquistão. 

• Tufão atinge Filipinas com ventos de mais de 300 km/h. Tufão Hayan é um dos mais fortes já registrados; tempestade deixou rastro de destruição e pode se dirigir ao Vietnã ou à China. 

• Reino Unido estuda proibir médicas islâmicas de usar veste ao atender pacientes. 

• Blatter quer que Irã altere lei que impede presença de mulheres nos estádios.

• Apple é reeleita a marca mais valiosa do mundo; Microsoft fica em 2º lugar.

• Concentração de gases do efeito estufa registrou novo recorde em 2012. A presença do CO2 na atmosfera chegou a 393,1 partes por milhão em 2012, 41% a mais do que antes da era industrial.

 

Aproveite agora nas Eleições: Nas palavras de Rui Barbosa o néscio não tem culpa, mas deveríamos procurar a sabedoria por obrigação.

Nenhum comentário: