11 de dez de 2012

Pobres e nordestinos são marginalizados...

Photobucket • A questão está nas mãos de Mello, após uma votação sensacional, Supremo suspende sessão com empate e Celso de Mello vai decidir se haverá cassação automática dos mensaleiros na quarta-feira. O julgamento da Ação 470 fora interrompido semana passada, depois de o relator Joaquim Barbosa ter apresentado seu voto pela perda imediata dos mandatos dos três deputados condenados no mensalão - João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar Costa Neto (PR-SP) e Pedro Henry (PP-MT) - e o revisor Ricardo Lewandowski ter votado contra essa tese, defendendo que só o Congreso pode cassar mandatos. Presidente da Câmara diz que pode não cumprir decisão do STF e enfatizou que o Congresso não se curve ao STF.
• Dilma publica lei que determina informar tributos em nota fiscal. Divulgação, porém, só será obrigatória daqui a seis meses. Vetou a necessidade de informar valores do IR e da CSLL.
• Congresso deve votar na terça pedido de urgência sobre vetos dos royalties.
• Brasil tem 90% de focos de fogo na Amazônia.
• Peraí, ela não soluciona os impasses no Brasil e vai à França na têrça para discutir crise dos aviões, que todo mundo sabe serão os dos EUA. Hilário!
• Governo discrimina aposentados com verbas, diz Paim. Sobra dinheiro para empresários, mas falta para pensionistas, critica senador do PT. Ministério da Fazenda faz terrorismo, afirma ele, para quem deputados têm medo de votar o fim do fator previdenciário.
• Denúncias de violações contra idosos aumenta quase 200%. Direitos humanos têm 77% mais denúncias em 2012.
• Help lacrimejante: Mercadante anuncia criação de programa estudantil com franceses.
• No Rio, falta de oxigênio mata peixes na Lagoa.
• Aeronautas e aeroviários ameaçam greve de advertência na 5ª.
Photobucket
• Egito: Apoio a Morsi polariza Egito. População está dividida em torno de novo presidente. Para opositores, ele não representa povo egípcio. Presidente ordena que Exército mantenha ordem nas ruas. Oposição promete manter protestos contra Morsi. Pressionado por protestos, presidente do Egito anula decreto para superpoderes.
• Chefe de polícia na China é demitido por caso com gêmea. Cresce o número de funcionários do governo afastados por escândalos envolvendo sexo e corrupção.
• Israel: Netanyahu critica países por não se manifestarem contra declarações do Hamas.
• Filipinos contam mais de 700 mortos após tufão Bopha.
• HIV é usado para combater leucemia. Vírus da Aids reprogramou células imunes.
Photobucket
Anatel tenta regular internet
•• Agência corre em paralelo enquanto votação do Marco Civil segue parada na Câmara.
•• A Agência Nacional de Telecomunicações pode se antecipar à votação do Marco Civil da Internet, emperrada há meses na Câmara dos Deputados, e regular ela mesma a atividade no Brasil.
•• Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, a Anatel quer definir regras para a neutralidade da rede, considerado um dos pontos mais polêmicos do projeto, cuja votação no Congresso Executivo já foi cancelada três vezes.
•• A proposta da neutralidade é obrigar os provedores de conexão a garantir o mesmo tratamento a todos os internautas, independente do conteúdo acessado, sem qualquer nível de favorecimento.
•• O tema consta do novo regulamento do Serviço de Comunicação Multimídia da Anatel, com votação prevista para meados do ano que vem. O regulamento não pode ficar esperando a tramitação no Congresso, até porque não vejo divergência de visão da nossa neutralidade e da que foi proposta pelo governo, diz o conselheiro Marcelo Bechara, relator da matéria, ao Estadão.
•• Além de regular a internet, o Marco Civil fixa garantias e princípios para a prática digital no Brasil. A forma como o documento foi elaborado desagrada a Anatel, que, segundo Bechara, acaba sendo colocada em segundo plano à medida que ela também participa da concepção do conceito de neutralidade.
•• O que mais incomoda é o primeiro parágrafo do artigo 9º do texto do deputado Alessandro Molon (PT-RJ), que dá à Presidência o poder de regulamentar as exceções da neutralidade. Parece que quer se regular a função do órgão regulador. Detalhamentos técnicos devem ser tratados pelo órgão regulador. Qualquer coisa que limite isso pode promover o engessamento de algo dinâmico como a internet, critica Bechara.
•• O último adiamento da votação do Marco Civil aconteceu em 19 de setembro. Photobucket
A transposição do Rio São Francisco
• Mais um crime que precisa ser mostrado.
• Vamos recordar do padre e sua greve de fome... ele previu isso!
• Vejam onde vão os recursos de nosso País.
• Essa é mais uma das farsas engendradas pelo governo PTista....
• E ainda tem idiotas que defendem este salafrário e sua corja de ladrões corruptos. • Sabem os que votaram por troco, dos que migram pela seca ainda, dos que lá padecem vivendo de auxílios-esmolas, dos que nem têm dinheiro pra comprar carro-pipa e dos que levam em peregrinação, pés nos chão e potes à mão e cabeça no buscar o precioso líquido.
• Imagine quantos já ficaram ricos apropriando-se dos recursos destinados a essa Obra, que está neste estado!
• E os Órgãos de controle: onde estão? (MDB)
Photobucket
• O custo? Impossível dizer ao certo, metade do valor está nos cofres e contas bancárias de Lula e sua corja.
• O meio ambiente ao redor foi destruído, tudo está parado e abandonado.
• Será que a construtora Delta do Cavendisch também levou a sua parte? Não duvido nada! (Durante uma reunião da Delta o presidente Fernando Cavendish explica como consegue obras comprando políticos).

Photobucket
• Em todos os casos, vamos adiante, vamos mostrar ao mundo como é a verdade neste país da hipócrita e mentirosa Dilma Rousseff e sua corja.
• Alguns anos depois e,
Photobucket
• Onde foi parar o dinheiro? Nos bolsos de quem? Por um acaso, no bolso do salafrário que aumentou milhões de vezes seu patrimônio enquanto presidente e continua aumentando, graças a afilhados e afilhadas?
• Acertou quem disse sim.
Photobucket
 • Isto é o Brasil do PT. Mentiras, roubalheiras, destruição do meio ambiente, e muita, muita corrupção.
• Estas imagens são apenas uma pequena parte do descaso e da destruição do meio ambiente ao redor do belo rio São Francisco.
Photobucket

• Mas onde está a ONU neste momento? Onde estão os escrachados que dizem se preocupar com o meio ambiente, o super aquecimento da nossa terra e a destruição clara das nossas maiores riquezas?
• Tudo lorota, todos querem apenas a sua fatia de grana. Bando de salafrários!
 Photobucket
Uma foto expressiva!

• De uma coisa não se pode acusar Dilma: de hipocrisia.
• É flagrante, é torrencial, é irreprimível o mal estar que a figura de Joaquim Barbosa provoca nela, como mostra a foto que o fotógrafo Gustavo Miranda, da Agência Globo, captou no velório de Oscar Niemeyer.
• É o olhar de alguém que está oscilando entre o desprezo e o ódio, e que provavelmente se tenha visto na contingência de calar o que sente.
• A fotografia não vai para o álbum de lembranças de nenhum dos dois.
A cena que marcou o filme
O filme Amargo Pesadelo 1972 estava sendo rodado no interior dos Estados Unidos. O diretor fez a locação de um posto de gasolina nos confins do mundo, onde aconteceria uma cena entre vários atores contracenando com o proprietário do posto que morava ali com sua mulher e filho. Este último, subautistasub , nunca saía do terreno da casa.
  • A equipe parou no posto de gasolina para abastecer e aconteceu a cena mais marcante que o diretor teve a felicidade de encaixar no filme.
• Num dos cortes para refazer a cena do abastecimento, um dos atores (que como músico sempre andava acompanhado do seu instrumento de cordas), aproveitando o intervalo da gravação e já tendo percebido a presença de um garoto que dedilhava um banjo na varanda da casa, aproximou-se e começou a repetir a sequência musical do garoto.
• Como houve uma resposta musical por parte do garoto, o diretor captou a importância da cena e mandou filmar. O restante vocês assistirão no vídeo.
• Atentem para alguns detalhes:
- O garoto é verdadeiramente um autista;
- ele não estava nos planos do filme;
- A alegria do pai curtindo o duelo dos banjos... dançando; - A felicidade da mãe, captada numa janela da casa;
- A reação autêntica de um autista quando o ator músico quer cumprimentá-lo.
• Vale a pena o duelo, a beleza do momento e, mais que tudo, a alegria do garoto.
• A sua expressão. No início está distante, mas, à medida que toca o seu banjo, ele cresce com a música e vai se deixando levar por ela, até transformar a sua expressão num sorriso contagiante, transmitindo a todos a sua alegria. A alegria de um autista, que é resgatada por alguns momentos, graças a um violão forasteiro. O garoto brilha, cresce e exibe o sorriso preso nas dobras da sua deficiência, que a magia da música traz à superfície.
  • Depois, ele volta para dentro de si, deixando a sua parcela de beleza eternizada por acaso no filme.
            
"A cooperação é uma das coisas mais sublimes da vida, mas a interferência é uma das mais desagradáveis. Ajude sem interferir. Não imponha seu ponto de vista quando ajuda alguém. A cooperação ajuda, a interferência atrapalha. Então, coopere com todos, mas sem interferir em sua maneira especial de agir e de pensar. Não temos o direito de interferir na vida de ninguém!" (C. Torres Pastorino)

Nenhum comentário: