29 de abr de 2012

A História e seus senões


Morte ou Vida?
 • O maior símbolo da Vida é o nascer e o da Morte, a perda.
 • A pergunta que nunca cala é saber se há algo após a morte ou tudo é apenas material perecível.
 • Nascemos, conhecemos pessoas e muitas, sabemos até milhares morrem. E por que?
 • Qual o mistério dessas coisas? Por que não sermos todos fauna, flora, homens e mulheres imortais?
 • A ciência procura achar a durabilidade da vida humana e consegue, por enquanto, alongar o tempo de sua duração.
 • Aos homens resta viver, esperar ou participar de comunidades, crenças, religiões e tentar alcançar o que chamam de Divino.
 • Existirá mesmo?
 • E tudo o que se encontrou em papiros, pesquisas arqueológicas, vídeos, e o que nos é chegado por meios sensoriais(?) são ficção ou realmente a vida continua?
 • O que sabemos é que cada coisa tem seu nascer e morrer.
 • Fazem-nos aprender em nós existir a sementinha da Criação, engatinhando no crescer, correr, estudar, ser algo e, pelo menos construir, ser solidário, amigo, pois, havendo ou não, o espectro da morte no materializar-se ou não, o temor sempre está a espreita.
 
Johann Sebastian Bach - 327 anos

• Escutei pensando nos meus amigos(as) e você estava no meu pensamento.
 • Ave Maria de Gounod no batuque do samba.
 • Escrita pelo compositor Charles Gounod (1818-1893), em 1859, a Ave Maria de Gounod é uma das composições mais famosas do planeta.
 • Existem diferentes arranjos instrumentais: violino e violão, quarteto de cordas, piano solo, violoncelo, cavaquinho e até trombone.
 • Mas agora você vai ver aí, também, por outros instrumentos e com outro arranjo, genuinamente brasileiro.

Nenhum comentário: