25 de nov de 2011

Um país surreal

Prefeitura decide derrubar todo o viaduto da Perimetral
• Obra do Santos Dumont ao Caju está programada para começar em 2013 e acabar em 2016. Leia
Utilidade pública
Passe no banheiro antes de viajar
• Algumas vezes uma informação sobre saúde ouvida uma única vez pode ser relembrada por toda a vida, gerando um comportamento preventivo.
• Esse foi o impacto de uma palestra, proferida por um cirurgião de um pronto socorro cujo tema era a ruptura de bexiga por acidentes automobilísticos.
• Após a palestra os banheiros estavam repletos e os comentários sobre ir ao toalete antes de entrar em um veículo eram enfáticos, demonstrando que o recado fora ouvido.
• Através de dados estatísticos e imagens precisas, o especialista demonstrou como, num acidente que pode ser até banal, estando a bexiga cheia, há risco dela literalmente estourar'. Fatos assim, bem demonstrados, são suficientes para, uma vez conhecidos, jamais serem esquecidos.
• Ao informar a platéia atenta sobre a freqüência de atendimentos de urgência para sutura de bexiga derivadas de acidentes de carro, percebeu-se rumores e olhares de temor no público em geral.
• A causa mais comum das lesões da bexiga é a contusão (golpe externo), a qual ocorre, sobretudo, devido a acidentes automobilísticos, podendo também decorrer de quedas ou lesões esportivas. A maioria das rupturas da bexiga ocorre pelo trauma externo e tem como causa principal a bexiga cheia durante o acidente.
• A bexiga cheia de urina absorve o impacto do golpe externo e não tendo resistência suficiente, explode como um balão de ar. Através da fenda que se abre, a urina e o sangue invadem a cavidade peritoneal, onde se encontram os intestinos, podendo provocar uma peritonite química e infecciosa com enorme dor.
• Os principais sintomas são a presença de sangue na urina e a dificuldade de micção.
• O diagnóstico precoce é importantíssimo, requerendo procedimentos radiográficos para delimitar as lesões e avaliar os escapes de urina.
• Portanto, bexiga cheia e acidentes automobilísticos podem ter sérias consequências causando desde internações e até mesmo morte.
• As lacerações menores requerem internação, pois será necessário tratamento com sondas uretrais para drenar a urina, o que dura entre 7 a 10 dias. Nesse tempo, o tecido da bexiga pode cicatrizar sem intervenção.
• As lesões maiores com conseqüente descontrole de sangramento ou o extravasamento de grandes volumes de urina para os tecidos vizinhos podem exigir uma reparação cirúrgica.
• A sutura de bexiga não é um procedimento trivial. Requer um trabalho delicado em um tecido difícil.
Complicações podem ocorrer como inflamação da área suturada e até infecções hospitalares, não muito raras em grande parte dos hospitais.
• Entre os riscos de uma lesão grave está uma pressão arterial perigosamente baixa que pode acarretar choque e morte.
• Assim, é sempre bom passar no banheiro e esvaziar a bexiga antes de entrar em qualquer veículo (automóvel, motocicleta, ônibus etc.), pois, se estiver vazia, o risco de rompimento diminui drasticamente.
• Informação dessa natureza deve ser repassada, e aqui o boca a boca pode salvar vidas.
• Human Body - Steve Parker, 1993, Dorling Kindersley Limited. (Virgínia Schall, Colunista do Portal Uai Auremar de Castro MG)
Quer a pesca, quer a filmagem!
ARKive video - Osprey - 

overview
Noticia excelente
• Pessoas portadoras podem agora buscar uma solução diferente para os problemas.
• Ultrassom israelense que destrói células cancerígenas, é instalado em hospital de São Paulo.
• Único na América Latina, um avançado aparelho de ultrassom de alta frequência, que utiliza tecnologia israelense, foi instalado no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo e estará disponível à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
• Ele destrói células cancerígenas sem a necessidade de cirurgia e anestesia. A principal vantagem é que as áreas ao redor do tumor não são afetadas, já que a técnica é muito precisa, só ataca onde é necessário.
• Ele também dispensa o uso de anestésicos e permite que os pacientes fiquem conscientes durante toda a operação. Além disto, o procedimento não causa dor intensa. A cerimônia de inauguração contou com a presença do governador Geraldo Alckmin. Veja

A nova herança maldita
• "Não gosto do Arnaldo Jabor não... ele faz um estilo meio canastrão, oportunista, escroto mesmo... mas tenho que admitir que ele está certíssimo. Me lembro bem que, logo assim que o primeiro governo Lula começou a fazer esse tipo de alianças espúrias, eu reclamei com uma velha amiga, uma baixinha maravilhosa e PTista de carteirinha, que o PT não podia se juntar com tantos porcos como Sarney, Collor e outras estrumes que habitam Brasília há décadas. Disse que isto era próprio do governo anterior, coisa que o FHC fez em seus dois governos, e que não pegava bem o PT, com toda a sua tradição de fidelidade a seus ideais e conceitos, fazer isso também. Ela então me respondeu, justificando com uma palavra que virou marco e símbolo de toda essa desgraça que se abateu sobre nosso país.
• Ela me explicou, mui sabiamente, que isso se fazia necessário para manter a governabilidade do Brasil..."
• A propósito, governabilidade é o cacete.... (Desconhecido) Veja
Eliminando o Ego
• O mundo seria melhor...

Nenhum comentário: