2 de set de 2011

Somos Inseguros?

O efeito da insegurança em nossa vida
• Fomos treinados a vida toda a assumir posturas de demonstrar segurança perante o mundo, como forma de vencer-lo, de sociabilizar, ouvindo ditados como: O mundo é dos fortes, do mais capaz... a seleção natural destrói os mais fracos, menos aptos, e assumimos como uma verdade que é do mundo selvagem, animal e instintiva, gerando uma estrutura de crenças interna, um personagem que é seguro em tudo.
• Porém, só podemos ser seguros naquilo que dominamos completamente, é a rotina, o controle que gera conforto, confiança em si.
• Mas para evoluirmos é preciso sair da zona de conforto e ir buscar o novo.
• Nem nos apercebemos nas pequenas coisas o novo estamos diariamente inúmeras vezes, seja na visita de um amigo (nos detalhes), num caminho diferente, até mesmo no sabor do café, em quem encontramos na rua, frases ouvidas, que dão um toque na cuca...
• Vivemos no novo. E é o novo que gera insegurança. E a insegurança se torna nosso modo de estar, mesmo que inconscientemente.
• Mas somos craques em enfrentar o novo e com muito êxito: Nosso espírito quando desce para encarnar, morre no plano espiritual, é comprimido, reduzido, memória inclusive, para descer num desconhecido ovo, ou melhor, em uma união de fitas de DNA, em uma barriga estranha, com emoções, sensações que não são suas, com a idéia que existe fora um mundo terrível... mas começa a se aconchegar naquele útero quentinho e nutridor, e se multiplicar em células, começa a viver... e em nove meses após (uma eternidade para esta célula mãe que sintetizou um corpo viável), já passa por nova morte, morre no útero e para vir ao mundo material, frio, barulhento, e já é recebido com um trauma, a palmada, que lhe faz desbloquear a primeira manifestação emocional, e inflar com força os pulmões.
• As crises de insegurança destes momentos.. e vencemos, naturalmente... E percebamos que o Novo é nossa Natureza....e com ele a emoção chamada de insegurança.
• No conceito da medicina oriental, existe um órgão onde a insegurança se manifesta.
• Ele tem a forma e ação das raízes de uma arvore... e ele é a nossa raiz de vida, é o rim que recebe a paternidade de todas as emoções- a insegurança, a ansiedade de tudo que não temos controle, domínio, conhecimento pleno, do que não estamos realmente seguros, confiantes.
• O amor e o ódio, opostos, geram ansiedade, assim como a alegria e a tristeza, medo e coragem, tudo que emoção gera insegurança.
• E é nosso rim o órgão de impacto, nosso filtro não só de toxinas físicas, emocionais e astrais...
• Para poupá-lo devemos diminuir nossas inseguranças, aprender a reduzir nossa ansiedade, o que só é possível se aprendermos a aceitar o novo como nosso caminho.
• Insegurança é Natural. Faz parte de nossa consciência enquanto em matéria, porém se reduzirmos nossas expectativas, o treinamento induzido, que temos que ser fortes, perfeitos em tudo que fazemos, atendendo as expectativas da sociedade, do outro, relevando as próprias, vivendo dando mais valor, respeito, consideração, amor ao outro que a nos próprios e trocarmos, como diz uma amiga, colocando o crachá de Ser Humano em treinamento, em aprendizado, e que estamos aqui para experenciar e que faz parte erras, falhar, tentar de novo, mudar, trocar de opiniões, de crenças, até de valores, não temos que ser fieis a ninguém nem a nada, a não ser com a nossa própria essência, retirarmos a mascara construída pretensiosamente do herói, do exemplo, do perfeito, e aceitarmos que viver é natural e a insegurança, o não saber como controlar o novo faz parte do jogo, que não precisamos estar sempre certos, congelados em uma única forma de verdade, gerando por nós mesmos, aceitação, respeito, tolerância, compaixão, e sempre nos acolhermos quando o resultado foi falho, nós reconhecermos quando mandamos bem em algo, reforçando nossa confiança de lidar com o novo, nossa ansiedade, expectativas, ilusões diminuem, e a insegurança deixa de existir 24 horas por dia judiando de nossos rins.
• E o rim agradece... e ele trabalhando mais suavemente, irá limpar melhor o fígado, e suas magoas e pulmão das cicatrizes emocionais, o coração bate mais compassado, se descontraindo, pois o rim não aciona mais as glândulas geradoras de adrenalina, nos preparando para a reação de fuga - confronto. (Ingrid Monica Friedrich)

Você aprecia uma obra, uma igreja, por exemplo.
• Eis aqui uma foto contínua de 360º, fantástica! A Igreja mais bonita do Brasil, Salvador, Bahia.
• Coloque em tela cheia arraste o mouse e não esqueça de ver o teto, magnífico! Clique nas setas e veja as opções no canto superior esquerdo, pode usar o zoom do mouse também. Aprecie!

Como o Homem deve ser tratado
• Homem tem de ser tratado igual cabelo!
• Num dia a gente prende, no outro solta, num dia a gente alisa, no outro enrola, dá uma cortada quando precisa, numa semana a gente amacia, na outra é só jogar de lado e ele fica ótimo!
• Fala a verdade... cabelo dá trabalho...
• Mas a mulher consegue viver careca?

Cúpula do PT defende controle da mídia
• O comando do PT elaborou documento em que ataca a imprensa e defende o controle da mídia no Brasil.
• No texto, apresentado ontem à Executiva Nacional como proposta de resolução para o 4º Congresso do partido, o PT defende o fim da propriedade cruzada em veículos de comunicação, a democratização da mídia e a quebra do monopólio.
• Apesar disso, o partido sustenta que é contra qualquer tipo de censura.
• A Folha apurou que o governo tende a encampar o veto à propriedade cruzada de meios de comunicação. A ideia seria acionar o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) para obrigar grupos que têm várias plataformas a se desfazer de parte das concessões.
• A resolução preliminar diz que a falta de um marco regulatório e a concentração do domínio midiático tolhem a democracia, silenciam e marginalizam, criando um clima de imposição de uma versão única no país.
• Em tom bem mais agressivo do que o do 3º Congresso, de 2007, o texto condena certos veículos que flertam com mecanismos ilegais.
• O partido afirma que, após participar de conspiração que tentou derrubar, sem êxito, o PT e Lula, setores da mídia lideram agora campanha pela faxina no governo.
• Falcão, que está condensando o texto, lembrou em entrevista que o ex-ministro Franklin Martins (Comunicação Social) já apresentou proposta semelhante no governo Lula.
• O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo (PT-PR), que participará do encontro, disse à Folha que essa não é a pauta do governo: É insensato. Lutamos para escrever na Constituição que não pode haver controle prévio e censura.
• Segundo Bernardo, a Lei Geral de Telecomunicações, em discussão no ministério, regula a concessão de emissoras de rádio e TV, mas não de jornais, revistas e internet.
• O secretário de Comunicação do PT, André Vargas (PR), porém, diz que o partido não vai se curvar ao governo. Para ele, a sociedade pode resolver constituir um conselho para controlar a mídia impressa e a internet.
• Com 109 pontos, o documento busca proteger a imagem do ex-presidente Lula e minimiza a ideia de que Dilma é mais rigorosa no combate à corrupção.
Nunca antes na história deste país a corrupção foi combatida com tanta profundidade, sem protecionismos partidários, como nos governos Lula e Dilma, afirma o documento.
• O texto aponta a luta contra a corrupção como compromisso inarredável do PT e do governo e diz que a oposição não tem credibilidade para pregar uma faxina.
• Entre os itens do texto apresentado na quinta-feira (1º) à Executiva Nacional da legenda, estão o fim da propriedade cruzada em veículos de comunicação, a democratização da mídia e a quebra do monopólio. O texto foi apresentado como proposta de resolução para o 4º Congresso do partido, que começa nesta sexta-feira e vai até domingo (4) Brasília.
Photobucket 
Presidente do PT, Rui Falcão, que ontem criticou
revista por reportagem contra o ex-
ministro José Dirceu
• Em 2010, durante a campanha eleitoral, o PT chegou a incluir o combate ao monopólio da imprensa no programa de governo de Dilma Rousseff que foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O item, no entanto, foi excluído da versão final do programa.
• Ontem, o presidente nacional do PT, Rui Falcão fez críticas à revista Veja. Ele disse estar indignado com a reportagem que acusou Dirceu de conspirar em um hotel de Brasília contra o governo Dilma Rousseff. O ex-ministro acusa um repórter da revista de tentar invadir seu quarto de hotel quando não estava presente. O hotel registrou um boletim de ocorrência. A revista nega a acusação. (Natuza Nery, Catia Seabra e Bernardo Mello Franco, Brasília)

"Apesar de lucro crescente, veículos seguem com demissão de jornalistas. Circulação de jornais subiu durante o primeiro semestre deste ano. Porém, empresários não repassam ganhos aos profissionais de redação. Uma vergonha de anos neste Brasil! Diz alguma coisa Justiça Brasileira!"

Nenhum comentário: