21 de nov de 2012

O país e seus governantes assistem...



Photobucket


• Como presidente do STF, Joaquim Barbosa retomou hoje a votação das penas do mensalão com nove ministros. Posse é amanhã, mas ele já assumiu hoje as funções que eram de Ayres Britto, que se aposentou. Ministros analisam casos de deputados que receberam recursos do mensalão. Falta fixar punição para 14 condenados.

• Relator da CPI pede investigação sobre Gurgel.

Soltura de Cachoeira é mau presságio sobre relatório da CPI, diz senador Randolfe Rodrigues afirmando que suas expectativas sobre o relatório, a ser apresentado pelo senador Odair Cunha, não é das melhores. Defesa de Cachoeira recorrerá de decisão sobre condenação. Patrimônio ilegal de Cachoeira chega a R$ 160 milhões, aponta relatório da CPI que é adiada para amanhã a leitura do relatório final.

• Dez são assassinados na Região Metropolitana de São Paulo. Outras 13 pessoas foram feridas a bala entre noite de terça e madrugada. Secretário de Segurança Pública de São Paulo, Antonio Ferreira Pinto, deixa o cargo e é substituído por Fernando Grella Vieira que diz plano de segurança de SP deve mudar, e admitiu que ações precisam ser aprimoradas.

• Réus da Operação Navalha podem ficar impunes. Em entrevista ao Congresso em Foco, ministra do STJ Eliana Calmon se diz muito amolada com possibilidade de processo ser mandado à Justiça de primeira instância e com o enfraquecimento das provas. Para ela, alguns procedimentos da Justiça servem para livrar os figurões das penas da lei. Ela critica desmembramento de processos para autoridades e discorda da posição tomada pelo STF em remeter para a primeira instância casos envolvendo pessoas sem foro privilegiado. Para ela, a determinação prejudica nas condenações por formação de quadrilha.

• Engana que eu gosto: Royaties é alvo já que sem pré-sal, educação precisaria de 5 CPMFs , diz Mercadante. Você acredita?

• Projeto do novo Código Penal ainda vai passar por longo debate, promete Sarney. (AgenciaSenado)
Photobucket• Deputados derrubam votação do Marco Civil da Internet. Parlamentares ligados a servidores públicos e aposentados lideraram movimento para tirar proposta da pauta. Pesou também pressão dos provedores contrários a medida que impede os pacotes de internet com preços diferentes para os consumidores. Pela quinta vez neste semestre, a Câmara adiou a votação do projeto. Além da pressão dos provedores de acesso, contrários à neutralidade na rede mundial de computadores, pesou também a pressão de parlamentares favoráveis pela votação ao fim do fator previdenciário e à criação de um novo modelo para a aposentadoria de servidores públicos e da iniciativa privada. A neutralidade impediria os provedores de cobrarem a mais caro dos consumidores lançando pacotes de serviço com mais ou menos acesso a sites e aplicativos. O deputado Arnaldo Faria de Sá liderou o movimento que retirou de pauta o projeto. (CongressoemFoco)


Blogs Google Brasil
• Com a modificação nos domínios da Google, os blogs criados por brasileiros passam a ter que respeitar as leis do Brasil.
• A Google decidiu migrar todos os blogs do Blogspot para domínios locais. Segundo o Google Discovery, os domínios vão passar a se referir diretamente aos países em que os proprietários estão localizados. Por exemplo, os blogs criados por contas brasileiras (cujo proprietário tenha residência no Brasil) serão automaticamente redirecionados de seunome.blogspot.com para seunome.blogspot.com.br.
• Um dos principais motivos para isso são os constantes pedidos que a Google recebe para retirar materiais protegidos por direitos autorais do ar. Como os domínios não eram brasileiros, as medidas não podiam ser tomadas. A partir de agora, porém, os blogs do Blogger e Blogspot passam a responder às leis brasileiras.

• Problema da economia foi a crença de que mais consumo levasse a indústria a puxar o investimento. Sem a China no pedaço, é possível. Com custo de produção comparável ao da Ásia, também. Ou com muita tecnologia, a raiz do renascimento industrial nos EUA. Sem nada disso, só com muito subsídio. Seja com ajuste cambial ou fiscal, nenhuma melhora será suficiente, duradoura e/ou não inflacionária, enquanto o custo das atividades de serviços rodar a 2,5 vezes a meta de inflação.

• Zona do euro e FMI não chegam a acordo sobre dívida grega. Após quase 12 horas de negociações credores não chegaram a um consenso.

• Hillary chega ao Cairo para encontro com Mursi. Maratona diplomática por cessar-fogo pressiona Israel e Hamas. Secretária de Estado americana voltou a se reunir com Netanyahu e encontrou Abbas, antes de ir para o Egito.

• Sem cessar-fogo, violência continua em Gaza e ônibus explode em Tel Aviv, Israel. Ataque em umas das regiões mais movimentadas da cidade israelense deixa ao menos dez feridos.

• Ex-campeão de boxe, Hector Camacho leva tiro no rosto: estado é grave.

• ONU condena ação rebelde na República Democrática do Congo.

• Argentinos paralisaram Buenos Aires em protesto ao governo. O que as centrais sindicais promoveram na greve geral na Argentina numa manifestação contra o governo de Cristina Kirchner. Protestos que causaram transtornos na capital, transporte público prejudicado e aeroportos também.



Aquecimento Global
° Palavras e amostras não se perdem no ar.


° Atualmente em 2012, níveis de gases do efeito estufa atingem recorde e Banco Mundial teme trágico aumento de temperatura em 4°C para 2060.

° Revivendo um dos melhores documentários a respeito sob o título
Uma Verdade Inconveniente de Al Gore, ex-presidente dos Estados Unidos.

 ° Um orador impecável, carismático e muito coerente.


° É nossa obrigação melhorar as condições climáticas de nosso Planeta, é lamentável dizer, mais somos nós os únicos culpados.

° Por um mundo menos aquecido: o que você pode fazer?

° O Brasil se situa dentre os países que mais contribui para o aumento do efeito estufa no mundo, principalmente por causa do desmatamento das nossas florestas.

° Mas isso não quer dizer que o problema esteja somente lá na Amazônia.

° Você tem muito a fazer. O simples fato de você viver em um meio urbano já significa que você contribui para o agravamento do efeito estufa.

° Seja um consumidor responsável.

° Não podemos esperar que milagres tecnológicos venham a resolver os problemas como o aumento do nível do mar em até 59 centímetros no próximo século. Segundo o mais recente relatório do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudança Climática), órgão ligado à ONU, a previsão é de que até 2100 a temperatura suba entre 1,8ºC e 4ºC.

° A ducha que você toma ao acordar, os ingredientes do seu café da manhã, o transporte que você utiliza para chegar à escola ou ao trabalho, seu almoço, ar condicionado, televisão, geladeira, atividades de lazer... tudo o que você faz pode causar maior ou menor impacto sobre os números das mudanças climáticas. ° Fique atento, e tente colaborar!

° Para o banho, o ideal é que a água seja aquecida por coletores de energia solar, cujo alto custo inicial é abatido depois de dois a quatro anos, se comparado à economia na conta de energia.

° Mas caso não tenha jeito mesmo, e você vai manter seu chuveiro-elétrico-sugador- de-energia, ao menos evite os horários de pico (entre 18h e 20h; no horário de verão, entre 19h e 20h30). Utilize-o na posição verão sempre que o clima não estiver frio.

° Os alimentos devem ser, sempre que possível, adquiridos diretamente do produtor ou do pequeno fornecedor, em locais como as feiras livres ou mercados de bairro.

° Não desperdice alimentos. Compre e cozinhe apenas o necessário.

° Vá à pé, de bicicleta ou de transporte coletivo. Caso os ônibus de sua cidade sejam uma lástima, pressione seus governantes por um transporte de qualidade.

° Evite usar o carro nos horários e locais de maior congestionamento, compartilhe o veículo com mais pessoas e faça revisões periódicas para reduzir as emissões de poluentes.

° Na sua casa, aproveite a luz e a ventilação natural ao máximo.

° Troque as lâmpadas incandescentes pelas fluorescentes compactas, que consomem quatro vezes menos energia e duram oito vezes mais. Uma lâmpada incandescente de 100 W pode ser substituída por uma fluorescente compacta de 25 W. Apague luzes desnecessárias.

° Use eletrodomésticos eficientes.

° Desligue os aparelhos de TV, computadores e aparelhos de som sempre que não estiverem sendo usados.

° Compre um notebook em vez de um PC, se possível, pois ele consome cinco vezes menos eletricidade. Habilite a função de gerenciamento de energia do seu computador (o screensaver não economiza energia).

° Vale usar uma extensão com interruptor para conectar os plugues de um conjunto de aparelhos elétricos. Quando você desligá-la, os aparelhos serão desligados também, de fato, em vez de permanecerem em standby. Nessa função,os aparelhos podem consumir até centenas de kWh no ano.

° Compre somente o que você realmente precisa - de preferência, produtos feitos local ou regionalmente.

° Diminua o consumo de produtos embalados, reutilize as embalagens ou, pelo menos, recicle-as.

° Gere menos lixo. Sua decomposição emite metano (CH4), gás que é muito pior que o dióxido de carbono para o efeito estufa.

° Compre madeira ou móveis somente de madeira certificada pelo FSC (Conselho de Manejo Florestal).

° Ajude a recuperar o verde de sua cidade. Plante árvores no seu quintal, em frente a sua casa, na sua propriedade rural e até mesmo em áreas públicas. Incentive seus vizinhos a plantar árvores.

° De qualquer maneira, é importante ressaltar que os hábitos do consumidor são uma parte do problema (e da solução).

Quem não espera vencer, já está vencido. (José de Alencar)

Nenhum comentário: