27 de abr de 2012

A interrogação dos tempos

O Brasil racista...
• O dia 26/04/2012 vai ficar marcado em nossa história, como a data em que, oficialmente, foi implantado o racismo no País!
• Os Ministros do STF, por unanimidade, decidiram que é constitucional, diferenciar pessoas, por sua cor!
• A tese PTista apóstata do menor esforço e do caminho mais fácil, foi assumida, sem pejo, pela mais alta corte brasileira! Está oficialmente instituída a bolsa moleza! (só para alguns!!!
• É muito mais fácil resolver, através de Decretos e de Cotas, a questão da falta de oportunidades equalitárias para todos, do que resolver essa questão, através de uma profunda reforma da educação brasileira!
• E para isso, é preciso trabalho técnico profissional, é preciso competência e é preciso, efetivamente, estar preocupado com o outro!
• E, infelizmente, nenhum desses três requisitos básicos, está presente nesses PTistas apóstatas! Muito menos, em suas excelências togadas!
• Agora, o governo e os PTistas apóstatas, junto com suas excelências togadas, vão repetir o famoso gesto de Pilatos: lavam as mãos e consideram que está cumprido o seu dever de eliminar as injustiças sociais e de oportunidades, no País!....
• Eliminar injustiças e falta de oportunidades, só de faz, através de uma educação maiúscula! Não, através de cotas!
• Não só os negros constituem a população discriminada no Pais! Do mesmo modo que eles, é também discriminada, por falta absoluta de oportunidades, a população branca, vermelha, parda ou verde, que não tem condições mínimas para frequentar boas escolas e para viver mínimamente como humanos!
• Como protestaram os índios presentes ao julgamento, suas excelências togadas, são os verdadeiros racistas deste País, ao defenderam, discriminadamente, privilégios e exceções para os negros, sem reconhecer a mesma condição para os demais discriminados! E sem atacar a questão em sua essência!
• Alguma dessas excelências togadas, já colocou os pés em uma favela, ou em uma comunidade de desvalidos, neste imenso País? Quantos negros e quantos brancos fazem parte dessa população de rejeitados, estando simplesmente alijados do processo educacional adequado e das oportunidades equalitárias que são dadas aos que podem pagar?
• Os pobres e injustiçados neste País são somente os negros?
• É muita cretinice vir defender igualdade, pela cor da pele, um quesito absolutamente sem parâmetros objetivos e mensuráveis para sua definição! O que é ser negro? O que é ser pardo?
• Uma de minhas netas, uma moreninha maravilhosa, sem dúvida alguma é uma parda, por esses critérios absurdos do olho! E isso, com toda a genética do sangue azul inglês e do sangue mediterrâneo italiano!
• Como os srs. togados vão defender igualdade se, eles mesmos, estão acintosamente discriminando as crianças e jovens miseráveis brancos, dos agora privilegiados  crianças e jovens negros? É cretinice!
• A desigualdade brasileira existe em decorrência de nosso péssimo projeto educacional, em decorrência da discriminação entre classes A, B, C, D, mantida pela política oficial, pelas esmolas-bolsas que são dadas em troca de votos, ao invés de se dar condições de trabalho e de dignidade às pessoas!
• Como têm feito e defendido os PTistas-sindicalistas, que nunca trabalharam e mamam hoje nas tetas do governo e das estatais, os critérios para a excelência brasileira passam longe da meritocracia! O togado Peluso (aquele mesmo da metralhadora giratória de outro dia!) criticou argumentos de que a reserva de vagas fere o princípio da meritocracia: O mérito é sim um critério justo, mas é justo apenas em relação aos candidatos que tiveram oportunidades idênticas ou pelos menos assemelhadas.
• E, então sr. Peluso? As crianças e jovens brancos miseráveis deste País - que existem em muito maior número que as crianças e jovens negras -, têm oportunidades idênticas aos, agora, privilegiados negros? Expliquem para o País essa mágica que os srs. fizeram!
• É lamentável essa hipocrisia dos senhores togados, no julgamente dessa questão!
• Realmente, as teses PTistas tomaram conta do País! Nossa decantada miscegenação e nossa raça brasileira, única no mundo, fruto da mais saudável interdependência das três raças - branca, negra e índia -, foram ontem oficialmente destruídas e jogadas no lixo!
• Em pleno século XXI, ao contrário dos movimentos que ocorrem em todos os cantos, nos transformamos, ontem, no primeiro País oficialmente racista, do mundo! (Márcio Dayrell Batitucci)
Sistema de Cotas é constitucional
  • STF decide por unanimidade que sistema de cotas é constitucional. O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quinta-feira por unanimidade que o sistema de cotas raciais em universidades é constitucional. O presidente do STF, Carlos Ayres Britto, iniciou seu voto - o último dos ministros - por volta das 19h30, antecipando que acompanha o voto do relator Ricardo Lewandowski.
• O julgamento tratou de uma ação proposta pelo DEM contra o sistema de cotas da UnB (Universidade de Brasília), que reserva 20% das vagas para autodeclarados negros e pardos.
• Ayres Britto disse durante o voto que os erros de uma geração podem ser revistos pela geração seguinte e é isto que está sendo feito.
• Em um voto de quase duas horas, o ministro Ricardo Lewandowski afirmou ontem (25) que o sistema de cotas em universidades cria um tratamento desigual com o objetivo de promover, no futuro, a igualdade.
• Para ele, a UnB cumpre os requisitos, pois definiu, em 2004, quando o sistema foi implantado, que ele seria revisto em dez anos. A política de ação afirmativa deve durar o tempo necessário para corrigir as distorções.
• Luiz Fux foi o segundo voto a favor das cotas raciais. Segundo Fux, não se trata de discriminação reservar algumas vagas para determinado grupo de pessoas. É uma classificação racial benigna, que não se compara com a discriminação, pois visa fins sociais louváveis, disse.
• A ministra Rosa Weber também seguiu o voto do relator. Para ela, o sistema de cotas visa dar aos negros o acesso à universidade brasileira e, assim, equilibrar as oportunidades sociais.
• O quarto voto favorável foi da Ministra Cármen Lúcia, que citou duas histórias pessoais sobre marcas deixadas pela desigualdade na infância.
• Em seu voto, o ministro Joaquim Barbosa citou julgamento da Suprema Corte americana que validou o sistema de cotas para negros nos Estados Unidos, ao dizer que o principal argumento que levou àquela decisão foi o seguinte: Os EUA eram e continuam a ser um país líder no mundo livre, mas seria insustentável manter-se como livre, mantendo uma situação interna como aquela.
• Peluso criticou argumentos de que a reserva de vagas fere o princípio da meritocracia. O mérito é sim um critério justo, mas é justo apenas em relação aos candidatos que tiveram oportunidades idênticas ou pelos menos assemelhadas, disse. O que as pessoas são e o que elas fazem dependem das oportunidades e das experiências que ela teve para se constituir como pessoa.
• O ministro Gilmar Mendes também votou pela constitucionalidade das cotas em universidades, mas fez críticas ao modelo adotado pela UnB. Ele argumentou que tal sistema, que reserva 20% das vagas para autodeclarados negros e pardos, pode gerar distorções e perversões.
• Celso de Mello disse, durante seu voto, que ações afirmativas estão em conformidade com Constituição e com Declarações Internacionais subscritas pelo Brasil.
• Marco Aurélio Mello também seguiu o relator e votou pela constitucionalidade do sistema de cotas. Dias Toffoli não participou do julgamento por ter dado um parecer no processo quando era da Advocacia-Geral da União.

• Extraordinário trabalho do fotógrafo japonês.
• Seu equipamento e as técnicas usadas permitem essas filmagens impressionantes.
• A cena final, com a ursa e os filhotes, foi feita cerca de 2 km distante deles.
• O som é Kitaro.
 
Por Que Portugal Vai Tão Mal?
• Observe bem as causas que levaram Portugal ao estado atual de dependência econômica perante a Comunidade Européia e veja se não estamos num caminho semelhante!
• Verdades que precisam ser ditas e essa foi na lata.
  • E no Supremo Tribunal português!
• Na cara dos dirigentes da Nação Portuguesa!
• Quem entre nossos magistrados faria isso no nosso Supremo?
• E se fizesse quem lhe daria crédito?

"Projetar Brasília para os políticos que vocês colocaram lá, foi como criar um lindo vaso de flores para vocês usarem como pinico. Hoje eu vejo, tristemente, que Brasília nunca deveria ter sido projetada em forma de avião, mas sim de Camburão." (Oscar Niemayer)

Nenhum comentário: