17 de fev de 2015

Carnaval 3

Cuidados para o folião passar bem o Carnaval.
 photo _afpqc8s3.gif
. Hidratação e boa alimentação são fundamentais para manter o pique durante a festa.
. Os quatro dias de Carnaval exigem alguns cuidados fundamentais para o folião não perder o pique e nem o melhor da festa. A palavra mais adequada para aproveitar a festa mais popular do Brasil é moderação. Segundo o endocrinologista Sergio Vêncio, do Lâmina Medicina Diagnóstica/DASA, ingerir muita água é a primeira orientação para garantir um carnaval saudável e sem transtornos.
. Em qualquer evento dessa natureza onde as pessoas permanecem numa atividade física intensa por muitas horas, o importante é ter cuidado com a hidratação. Após 40 minutos pulando Carnaval, é importante repor também vitaminas e sais minerais. Para isso devem ser usados os isotônicos, suco de frutas, ou a própria fruta. Água de coco é sempre uma excelente pedida. E água, muita água, enfatiza o médico.
. O especialista alerta também para o abuso de álcool, que pode desidratar o corpo, além de trazer inconvenientes como apagões, náuseas e perda de memória, dependendo da quantidade ingerida. Outro ponto negativo é o uso de cigarro e outras drogas. Isso tudo é exatamente o que o folião não precisa, comenta. Ainda segundo o endocrinologista, o hábito de misturar bebidas energéticas com álcool para aumentar o pique pode levar a pessoa ao hospital, já que nem todos os organismos reagem bem ao excesso de estímulos.
. Em relação à alimentação, a recomendação é ingerir alimentos leves e naturais e deixar de lado condimentos e excesso de sal, além de embutidos, camarão, peixe e maionese, os que mais provocam intoxicação alimentar. O ideal é priorizar frutas ricas em água, como melancia e melão, além de alimentos integrais, pois promovem a absorção lenta de carboidratos e evitam a queda de glicose devido ao excesso de exercícios.
. Para garantir o sucesso deste Carnaval, o Dr. Vêncio indica: abuse de carboidratos complexos como arroz, batatas, mandioca e macarrão e evite os simples, como açúcar, doces e chocolates. Também prefira refeições menores, porém mais vezes ao dia, explica o especialista.

Nenhum comentário: