20 de out de 2013

No túnel, cadê a luz. Petroleiros e Professores no amanhã...

Exercise Fail photo exercise.gif
Exemplos desencadearam pandemia: 
1. Auditorias descobrem rombo de R$ 500 mi no SUS; montante foi desviado em 5 anos. 
2. Chineses negociam sociedade em campo de Libra e em refinarias. 
3. Mantega: Libra não terá dinheiro da União. 
4. Leilão pode render o dobro da receita. 
5. Após revelações, STF retira de seu site despesas com passagens aéreas. 
6. Jantar de deputado pago pelo Congresso custou mais R$ 7.000. 
7. Congresso inicia nesta semana corte de supersalários de servidores. 
8. Qualificação profissional só chega a 5% dos beneficiários do Bolsa Família. 
9. Terminado o prazo de filiações partidárias, pré-candidatos queimam a largada antecipando campanhas em aparições públicas e programas de televisão, em flagrante desrespeito à lei e aos cidadãos. O Tribunal Superior Eleitoral distribui multas, tentando impedir as infrações. Mas o detalhe é que as penalidades aos partidos infratores são pagas pelo mesmo contribuinte desrespeitado, por meio do Fundo Partidário. 

Aos 93, Sra. Petróleo aposta em energia limpa no futuro leia

• Laudos comprovam que óleo no lago Paranoá em Brasília vazou de hospital. Interdição será por 15 dias. 

• Rio: Avenida Binário é aberta hoje para testes. Elevado da Perimetral fica fechado até as 17h. 

• Mais um que continua por fora ao afirmar que Cesar Maia atribui atos violentos em protestos à falta de autoridade

• Dinamite acaba com o Vasco e é o deputado estadual mais faltoso: incapacidade e incúria da Câmara dos Deputados. 

• Políticos deverão adotar discurso jovem em campanha. Voto nulo em massa não cancela eleição. 

O Enem deveria avaliar o ensino médio do País, mas se tornou um vestibular, diz Luiz de Freitas, especialista em avaliação da Unicamp, exame também causa um estreitamento no currículo. 

• Libra pode render dobro de outros leilões da Petrobrás. Desde 1999, União arrecadou R$ 8,9 bi com licitações; no campos de Santos, base é R$ 15 bilhões. 

Greve dos professores 
• Folha de pagamento do estado vai rodar sem corte do ponto; desconto do corte de ponto na Prefeitura do Rio não virá no salário de outubro; secretário de Educação é quem vai a Brasília negociar com grevistas no STF; vereadores da oposição estudam ir ao STF para derrubar plano de cargos. 

• Esquema de guerra garante segurança do hotel onde acontecerá leilão do pré-sal. Com escudos e armamento não letal, Exército está preparado para atuar em manifestações com tumultos - se houver necessidade - para garantir que o leilão de Libra ocorra sem problemas. Ao longo da manhã, um surfista circulou mascarado em frente ao hotel, como forma de protesto ao ostensivo esquema de segurança. Justiça rejeita 14 das 23 ações contra o leilão. Leilão de Libra 
ooo0ooo

• A mancha que marcará para sempre o governo PTista apóstata, tem agora, por ordem da presiDANTA PTista-mor apóstata, o concurso do próprio Exército brasileiro! ..... 
• Segundo as determinações legais da Constituição brasileira, o Exército tem sua Missão claramente instituída e basicamente voltada para a defesa da Soberania Nacional

Missão do Exército Brasileiro
 photo _amissatildeo.jpg 
• O governo PTista apóstata e seus mensaleiros, conseguiram a façanha de amordaçar e inverter a Missão básica, até do Exército brasileiro! 
• E o ágape dessa turma, continua cada dia mais verde e promissor!..... 

 photo _aimoralceia.jpg 

Oh Tempora, oh Mores!... Como dizia Cícero, referindo-se ao debacle do Império Romano!... 

Pega em flagrante 
Ouvi hoje em uma rádio, a seguinte história, que repasso, sem descer a detalhes ou atestar a veracidade do feito: 
• ....A PresiDANTA, depois do terrível acordo Eduardo Campos/Marina, anda badalando aos quatro ventos que, diariamente, tem conseguido captar centenas de amigos em seu facebook ou em seu twitter e que é ela mesmo  a operadora direta desses contatos e relações (!!!!!!!!!)
• Algum repórter atrevido, andou monitorando os passos da presiDANTA, ao vivo e na rede, e conseguiu, por mais de uma vez, flagrar a dita cuja, em duplo e estranho processo de duplicação de sua pessoa, dando entrevistas ao vivo, em algum lugar do País e, ao mesmo tempo, operando ativamente seus contatos sociais!
 photo _psiu.jpg 
(Não conte para ninguém!...) 

A pobre coitada não precisava ser assim desmascarada em flagrante!.... 
Esse é mais um dos episódios da farsa a qual estamos hoje submetidos, por nossos Sistemas de Poder !...... (Márcio Dayrell Batitucci) 

• Novo acidente reforça preocupação com trens argentinos. Acidente neste sábado deixa oitenta pessoas ficaram feridas em choque de trem em Buenos Aires. 

• Grécia tenta desvendar mistério de menina sequestrada. Criança foi encontrada pela polícia em um acampamento cigano; teste de DNA comprovou que ela não tinha ligações com os pais. País tenta desvendar mistério de menina loira de 4 anos encontrada em um acampamento cigano com uma família com a qual não tinha ligações. Imagens de Maria foram divulgadas para tentar encontrar seus verdadeiros pais. A menina está agora sob os cuidados de uma organização de caridade. 

• Caminhão-bomba deixa mais de 30 mortos na Síria. ONG pró-oposição afirmou que ataque visava um posto de controle do Exército. 

• Trabalhar de pé ajuda a queimar calorias. Pessoa comum pode passar até 19 horas por dia em sedentarismo; especialista diz que trabalhar de pé por 4 horas ao dia equivale a correr dez maratonas ao ano. 

• Argentina: 99 deram entrada em hospitais após acidente de trem. 

• A 6 meses na presidência, Maduro diz sofrer ataques facistas. 

• Atentado deixa mais de 30 mortos na cidade síria de Hama. 

• Filipinas: morre sultão que promoveu luta armada para criar novo país. 

• Cerca de 20 mil zumbis, segundo números da polícia, invadiram neste sábado as ruas centrais de Santiago, no Chile, na 6ª edição da Zombie Walk, realizada anualmente na capital chilena.

 

Expressões curiosas usadas na Língua Portuguesa 
 Jurar de pés juntos - Mãe, eu juro de pés juntos que não fui eu. A expressão surgiu através das torturas executadas pela Santa Inquisição, nas quais o acusado de heresias tinha as mãos e os pés amarrados (juntos) e era torturado pra dizer nada além da verdade. Até hoje o termo é usado pra expressar a veracidade de algo que uma pessoa diz.
• Motorista barbeiro - Nossa, que cara mais barbeiro! No século XIX, os barbeiros faziam não somente os serviços de corte de cabelo e barba, mas também, tiravam dentes, cortavam calos, etc., e por não serem profissionais, seus serviços mal feitos geravam marcas. A partir daí, desde o século XV, todo serviço mal feito era atribuído ao barbeiro, pela expressão coisa de barbeiro. Esse termo veio de Portugal, contudo a associação de motorista barbeiro, ou seja, um mau motorista, é tipicamente brasileira.. 
Tirar o cavalo da chuva - Pode ir tirando seu cavalinho da chuva porque não vou deixar você sair hoje! No século XIX, quando uma visita iria ser breve, ela deixava o cavalo ao relento em frente à casa do anfitrião e se fosse demorar, colocava o cavalo nos fundos da casa, em um lugar protegido da chuva e do sol. Contudo, o convidado só poderia pôr o animal protegido da chuva se o anfitrião percebesse que a visita estava boa e dissesse: pode tirar o cavalo da chuva. Depois disso, a expressão passou a significar a desistência de alguma coisa. De maneira copiosa. A origem do dito é atribuída às qualidades de argumentador do jurista alagoano Gumercindo Bessa, advogado dos acreanos que não queriam que o Território do Acre fosse incorporado ao Estado do Amazonas. 
Dar com os burros n´agua - A expressão surgiu no período do Brasil colonial, onde tropeiros que escoavam a produção de ouro, cacau e café, precisavam ir da região Sul à Sudeste sobre burros e mulas. O fato era que muitas vezes esses burros, devido à falta de estradas adequadas, passavam por caminhos muito difíceis e regiões alagadas, onde os burros morriam afogados. Daí em diante o termo passou a ser usado pra se referir a alguém que faz um grande esforço pra conseguir algum feito e não consegue ter sucesso naquilo.
• Guardar a sete chaves - No século XIII, os reis de Portugal adotavam um sistema de arquivamento de joias e documentos importantes da corte através de um baú que possuía quatro fechaduras, sendo que cada chave era distribuída a um alto funcionário do reino. Portanto eram apenas quatro chaves. O número sete passou a ser utilizado devido ao valor místico atribuído a ele, desde a época das religiões primitivas. A partir daí começou-se a utilizar o termo guardar a sete chaves pra designar algo muito bem guardado... 
Ok - A expressão inglesa Ok (okay), que é mundialmente conhecida pra significar algo que está tudo bem, teve sua origem na Guerra da Secessão, no EUA. Durante a guerra, quando os soldados voltavam para as bases sem nenhuma morte entre a tropa, escreviam numa placa 0 killed"(nenhum morto), expressando sua grande satisfação, daí surgiu o termo Ok
Onde Judas perdeu as botas - Existe uma história não comprovada, de que após trair Jesus, Judas enforcou-se em uma árvore sem nada nos pés, já que havia posto o dinheiro que ganhou por entregar Jesus dentro de suas botas. Quando os soldados viram que Judas estava sem as botas, saíram em busca delas e do dinheiro da traição. Nunca ninguém ficou sabendo se acharam as botas de Judas. A partir daí surgiu à expressão, usada pra designar um lugar distante, desconhecido e inacessível. 
• Pensando na morte da bezerra - A história mais aceitável para explicar a origem do termo é proveniente das tradições hebraicas, onde os bezerros eram sacrificados para Deus como forma de redenção de pecados. Um filho do rei Absalão tinha grande apego a uma bezerra que foi sacrificada. Assim, após o animal morrer, ele ficou se lamentando e pensando na morte da bezerra. Após alguns meses o garoto morreu. 
• Para inglês ver - A expressão surgiu por volta de 1830, quando a Inglaterra exigiu que o Brasil aprovasse leis que impedissem o tráfico de escravos. No entanto, todos sabiam que essas leis não seriam cumpridas, assim, essas leis eram criadas apenas pra inglês ver. Daí surgiu o termo. 
• Rasgar seda - A expressão que é utilizada quando alguém elogia grandemente outra pessoa, surgiu através da peça de teatro do teatrólogo Luís Carlos Martins Pena. Na peça, um vendedor de tecidos usa o pretexto de sua profissão pra cortejar uma moça e começa a elogiar exageradamente sua beleza, até que a moça percebe a intenção do rapaz e diz: Não rasgue a seda, que se esfiapa
• O pior cego é o que não quer ver - Em 1647, em Nimes, na França, na universidade local, o doutor Vicent de Paul D`Argent fez o primeiro transplante de córnea em um aldeão de nome Angel. Foi um sucesso da medicina da época, menos pra Angel, que assim que passou a enxergar ficou horrorizado com o mundo que via. Disse que o mundo que ele imaginava era muito melhor. Pediu ao cirurgião que arrancasse seus olhos. O caso foi acabar no tribunal de Paris e no Vaticano. Angel ganhou a causa e entrou pra história como o cego que não quis ver. 
• Anda à toa - Toa é a corda com que uma embarcação reboca a outra. Um navio que está à toa é o que não tem leme nem rumo, indo pra onde o navio que o reboca determinar. 
• Quem não tem cão, caça com gato - Na verdade, a expressão, com o passar dos anos, se adulterou. Inicialmente se dizia quem não tem cão caça como gato, ou seja, se esgueirando, astutamente, traiçoeiramente, como fazem os gatos. 
• Nhenhenhém - Nheë, em tupi, quer dizer falar. Quando os portugueses chegaram ao Brasil, os indígenas não entendiam aquela falação estranha e diziam que os portugueses ficavam a dizer nhen-nhen-nhen
• Vai tomar banho - Em Casa Grande & Senzala, Gilberto Freyre analisa os hábitos de higiene dos índios versus os do colonizador português. Depois das Cruzadas, como corolário dos contatos comerciais, o europeu se contagiou de sífilis e de outras doenças transmissíveis e desenvolveu medo ao banho e horror à nudez, o que muito agradou à Igreja. Ora, o índio não conhecia a sífilis e se lavava da cabeça aos pés nos banhos de rio, além de usar folhas de árvore pra limpar os bebês e lavar no rio as redes nas quais dormiam. Ora, o cheiro exalado pelo corpo dos portugueses, abafado em roupas que não eram trocadas com frequência e raramente lavadas, aliado à falta de banho, causava repugnância aos índios. Então os índios, quando estavam fartos de receber ordens dos portugueses, mandavam que fossem tomar banho. 

Mr. Bean no almoço

Meia verdade é sempre uma mentira inteira. (Provérbio Judaico)

Um comentário:

Anônimo disse...

Cada vez melhor.......Amei o vídeo.