7 de out de 2013

Memória popular é mesmo fraca...

• Grupo convoca um milhão nas ruas contra Cabral e Paes. Passeata denominada Um milhão nas ruas de novo, contra a política de educação de Eduardo Paes e Sérgio Cabral foi organizada pelo Facebook e sairá da Igreja da Candelária às 18h desta segunda.
 
• Ministério de Minas e Energia foi espionado por Canadá e EUA. O Ministério de Minas e Energia do Brasil foi espionado por agentes canadenses e norte-americanos, segundo documentos vazados por Eduardo Snowden, ex-técnico de tecnologia da NSA (Agência Nacional de Segurança), e entregues ao jornalista norte-americano Glenn Greenwald.
 
• Parece não, é o início da ditadura na internet. Presidente diz em sua conta no Twitter que a votação do projeto pelo Congresso deverá acontecer nas próximas semanas e que irá pautar proposta do Brasil na ONU; Denunciei o caso na ONU em defesa dos direitos humanos e de nossa soberania. Exigimos explicações e mudanças de comportamento por parte dos americanos, escreveu.
 
• Nota do jornal Extra deveria ser manchete de todos os jornais do Rio. Para quem não sabe por que os assaltos estão aumentando em todo o estado, esse é um dos motivos. Em função das manifestações e dos protestos contra Cabral, Paes e companhia, nada mais, nada menos do que o efetivo correspondente a 3 batalhões inteiros da PM foi deslocado das ruas para lhes dar proteção. É estarrecedor, mas o caso merece apenas uma notinha de coluna. Quase mil policiais militares atualmente, fazendo escala, dão plantão protegendo os palácios governamentais: Guanabara, Laranjeiras, Tiradentes (ALERJ), Pedro Ernesto (Câmara de Vereadores) e o da Cidade; além das residências oficiais e casas de Cabral, Paes, Pezão, Beltrame, o presidente da ALERJ, deputado Cocada Queimada de Saquarema, secretários, deputados e vereadores do PMDB e aliados, etc. Enquanto isso o povo é assaltado e não tem para quem correr. Vergonha!
 
• Já sei, vão dizer que é repetição, mas é vero. Justiça bloqueia ações de filho de Maluf. A Justiça de São Paulo determinou o bloqueio de R$ 47 milhões em ações da Eucatex pertencentes ao empresário Flávio Maluf e mantidas desde 2001 sob a guarda de um banco na Suíça.
 
• Moradores da Vila Autódromo cobraram ações.
 
• Após ter registro da Rede negado pelo TSE, Marina se diz vítima de chavismo.
 
• Petrobras afunda nas mãos sujas do PT. Dívida aumenta R$ 53 bilhões em 2013.
 
• Mais Médicos: profissionais relatam falta de remédios e até de água no DF. Um mês após o início do trabalho pelo programa Mais Médicos, profissionais falam das dificuldades enfrentadas para atender a população. Rio: após desistências, profissionais do Mais Médicos relatam dificuldades; Não vim tapar buraco, diz médico venezuelano que vai trabalhar em SP; STF convoca audiência pública para debater o Mais Médicos. Rio: após desistências, profissionais do Mais Médicos relatam dificuldades; Não vim tapar buraco, diz médico venezuelano que vai trabalhar em SP. STF convoca audiência pública para debater o Mais Médicos.
 
• Moradores da Vila Autódromo cobraram ações e Eduardo Paes é hostilizado durante evento no Riocentro.
 
• Em ato no centro de SP, manifestantes repudiam Salva de Prata à ROTA. O objetivo foi denunciar a homenagem que representa o apoio direto ao genocídio da juventude negra e a legitimação as ações da polícia mais violenta do Brasil.

 
13º Salário nunca Existiu...
• Nunca tinha pensando sobre este aspecto. Brilhante, de fato!
• Os trabalhadores ingleses recebem os ordenados semanalmente!
• Mas há sempre uma razão para as coisas e os trabalhadores ingleses, membros de uma sociedade mais amadurecida e crítica do que a nossa, não fazem nada por acaso! Ora bem, cá está um exemplo aritmético simples que não exige altos conhecimentos de Matemática, mas talvez necessite de conhecimentos médios de desmontagem de retórica enganosa.
• Lembrando que o 13º no Brasil foi uma inovação de Getúlio Vargas, o pai dos pobres e que nenhum governo depois do dele mexeu nisso.
• Porquê? Porque o 13º salário não existe.
• O 13º salário é uma das mais escandalosas de todas as mentiras dos donos do poder, quer se intitulem capitalistas ou socialistas, e é justamente aquela que os trabalhadores mais acreditam.
• Suponhamos que você ganha R$ 700,00 por mês. Multiplicando-se esse salário por 12 meses, você recebe um total de R$ 8.400,00 por um ano de doze meses.
• R$ 700,00 X 12 = R$ 8.400,00
• Em Dezembro, o generoso governo manda então pagar-lhe o conhecido 13º salário.
• R$ 8.400,00 + 13º salário = R$ 9.100,00
• R$ 8.400,00 (Salário anual)
• + R$ 700,00 (13º salário)
• = R$ 9.100,00 (Salário anual mais o 13º salário)
• ... e o trabalhador vai para casa todo feliz com o governo que mandou o patrão pagar o 13º.
• Façamos agora um rápido cálculo aritmético: Se o trabalhador recebe R$ 700,00 mês e o mês tem 4 semanas, significa que ganha por semana R$ 175,00. R$ 700,00 (Salário mensal) dividido por 4 (semanas do mês) = R$ 175,00 (Salário semanal)
• O ano tem 52 semanas (confira no calendário se tens dúvida!). Se multiplicarmos R$ 175,00 (Salário semanal) por 52 (número de semanas anuais) o resultado será R$ 9.100,00. R$ 175,00 (Salário semanal) X 52 (número de semanas anuais) = R$ 9.100,00 O resultado acima é o mesmo valor do Salário anual mais o 13º salário.
• Surpresa!!
• Onde está, portanto, o 13º Salário?
• A resposta é que o governo, que faz as leis, lhe rouba uma parte do salário durante todo o ano, pela simples razão de que há meses com 30 dias, outros com 31 e também meses com quatro ou cinco semanas (ainda assim, apesar de cinco semanas o governo só manda o patrão pagar quatro semanas) o salário é o mesmo tenha o mês 30 ou 31 dias, quatro ou cinco semanas.
 • No final do ano o generoso governo presenteia o trabalhador com um 13º salário, cujo dinheiro saiu do próprio bolso do trabalhador.
• Se o governo retirar o 13º salário dos trabalhadores da função pública, o roubo é duplo.
• Daí que não existe nenhum 13º salário. O governo apenas manda o patrão devolver o que sorrateiramente foi tirado do salário anual.
• Conclusão: Os Trabalhadores recebem o que já trabalharam e não um adicional. 13º não é prêmio, nem gentileza, nem concessão. É simples pagamento pelo tempo trabalhado no ano!
 
ooo0ooo
 
• Achei bom o projeto, mas quanto a ônibus.
• Chineses apresentam projeto de ônibus que passa sobre carros. O projeto tem o nome de Land Air Bus e utiliza de painéis solares e elétricos para se locomover, o que gera uma economia de até 860 toneladas de combustível ao ano e resulta em uma redução de 2640 toneladas de emissão de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera. O ônibus alcança uma velocidade de 60 km/h, e conforme informações dos criadores do projeto, o veículo comporta 1200 pessoas em quatro vagões. A criação possui seis metros de largura e quatro metros de altura, ocupa duas pistas e o custo para implementá-lo chega a ser até 10% mais barato do que a construção de metrôs. Até o momento ainda não existe a confirmação de que será implantado na China, mas o projeto é apresentado como o futuro das cidades.
• O projeto tem o nome de Land Air Bus e utiliza de painéis solares e elétricos para se locomover, o que gera uma economia de até 860 toneladas de combustível ao ano e resulta em uma redução de 2640 toneladas de emissão de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera. O ônibus alcança uma velocidade de 60 km/h, e conforme informações dos criadores do projeto, o veículo comporta 1200 pessoas em quatro vagões. A criação possui seis metros de largura e quatro metros de altura, ocupa duas pistas e o custo para implementá-lo chega a ser até 10% mais barato do que a construção de metrôs. Até o momento ainda não existe a confirmação de que será implantado na China, mas o projeto é apresentado como o futuro das cidades.

 
• Tufão Fitow deixa dois mortos e mais de 750 mil desabrigados na China.

• Chega a 194 nº de corpos encontrados após naufrágio na Itália. O grupo viajava em um barco clandestino que havia zarpado da Líbia e que afundou na madrugada de quinta após um incêndio.

• ONU: Arsenal químico da Síria começa a ser destruído. No primeiro dia da operação, equipe de inspetores destruiu ogivas de mísseis, bombas e materiais químicos; grupo tem o desafio de eliminar aproximadamente 1.000 toneladas de gás sarin e mostarda, além de várias armas químicas proibidas, até meados de 2014.

• Confrontos deixam mais de 50 mortos e centenas de feridos no Egito. Partidários do presidente deposto Mohammed Morsi entraram em choque com as forças de segurança no Cairo e em outras cidades do país.

• Síria: começa destruição de arsenal de armas químicas. Missão realizada por equipe da Organização para a Proibição de Armas Químicas segue termos da resolução adotada pela ONU.

• Naufrágio ilustra dilema europeu com imigração. Países do sul do continente enfrentam dificuldades para lidar com grandes levas de imigrantes que chegam constantemente do norte da África. Número de mortos em naufrágio no sul da Itália pode chegar a 300.

Nenhum comentário: