22 de set de 2012

Evite o "mensalão das urnas" na Eleição

Photobucket

• Depois do PMDB, senadores do PDT também repudiam carta em defesa de Lula. Texto de apoio ao ex-presidente por causa do julgamento do mensalão irritou parlamentares da base aliada.
• Justiça bloqueia bens de Paulinho da Força. Candidato do PDT à Prefeitura de São Paulo é acusado de desvio de dinheiro.
• A forra: O candidato Haddad defende julgamento do mensalão do PSDB.
• Prefeito paulista Kassab acusa PT de explorar tragédia em favela.
• Marcos Valério briga com a mulher e sai de casa.
• Número de jovens fora da escola aumenta. Dados do IBGE mostram que políticas públicas para incluir a juventude no sistema educacional fracassam. População entre 15 anos e 17 anos aumenta e frequência escolar cai.
• Expansão da renda reduz desigualdade social no País. Aumento é de mais de 8% na renda mensal entre 2009 e 2011.
 Photobucket Amijubi, Fuleco ou Zuzeco? Fifa nega possibilidade de mudar opções de nome de mascote da Copa de 2014.
• Governo pede esforço para aprovar medidas provisórias depois das eleições.
• Fim de semana de chuva no Sudeste Segundo o Climatempo, pode chover forte em São Paulo, Rio de Janeiro e em grante parte do Centro-Oeste.
• Bancos querem o fim das parcelas sem juros no cartão. Instituições alegam que custo é repassado ao crédito rotativo com taxas de 10,7% ao mês
• Em debate morno, d. Odilo Scherer criticou uso de religião na política.
• População preta cresce e brancos e pardos encolhem; com maior concentração de jovens o Norte tem a população que mais cresce, revela Pnad.
• Brasileiros que moram juntos não se consideram casados, diz IBGE.
• Mantega diz que crítica dos EUA ao protecionismo brasileiro é absurda e Loyola critica fala de Mantega sobre queda de juros.
• Paquistão oferece prêmio por morte de diretor de filme. Protestos contra vídeo anti-islã já mataram 50. Recompensa é de US$ 100 mil.
• Igreja da Austrália afirma que padres abusaram de mais de 600 crianças. Os abusos teriam sido cometidos desde a década de 30; ativistas dizem que número real de vítimas seria bem maior.
  Cuidado no trânsito!

Nina e Carminha em Brasília
  • Se o mensalão não tivesse existido, ou se não fosse descoberto, ou se Roberto Jefferson não o denunciasse, muito provavelmente não seria Dilma, mas Zé Dirceu o ocupante do Palácio da Alvorada, de onde certamente nunca mais sairia.
• Roberto Jefferson tem todos os motivos para exigir seu crédito e nossa eterna gratidão por seu feito heroico: Eu salvei o Brasil do Zé Dirceu.
• Em 2005, Dirceu dominava o governo e o PT, tinha Lula na mão, era o candidato natural à sua sucessão. E passaria como um trator sobre quem ousasse se opor à sua missão histórica. Sua companheira de armas Dilma Rousseff poderia ser, no máximo, sua Chefe da Casa Civil, ou presidente da Petrobras.
• Com uma campanha milionária comandada por João Santana, bancada por montanhas de recursos não contabilizados arrecadados pelo nosso Delúbio, e Lula com 85% de popularidade animando os palanques, massacraria Serra no primeiro turno e subiria a rampa do Planalto nos braços do povo, com o grito de guerra ecoando na Esplanada: Dirceu guerreiro/do povo brasileiro. Ufa!
• A Jefferson também devemos a criação do termo mensalão. Ele sabia que os pagamentos não eram mensais, mas a periodicidade era irrelevante. O importante era o dinheirão. Foi o seu instinto marqueteiro que o levou a cunhar o histórico apelido que popularizou a Ação Penal 470 e gerou a aviltante condição de mensaleiro, que perseguirá para sempre até os eventuais absolvidos. O que poderia expressar melhor a ideia de uma conspiração para controlar o Estado com uma base parlamentar comprada com dinheiro público e sujo? Nem Nizan Guanaes, Duda Mendonça e Washington Olivetto juntos criariam uma marca mais forte e eficiente. Mas antes de qualquer motivação política, a explosão do maior escândalo do Brasil moderno é fruto de um confronto pessoal, movido pelos instintos mais primitivos, entre Jefferson e Dirceu.
• Como Nina e Carminha da política, é a história de uma vingança suicida, uma metáfora da luta do mal contra o mal, num choque de titãs em que se confundem o épico e o patético, o trágico e o cômico, a coragem e a vilania. Feitos um para o outro.
• O chefe sempre foi José Dirceu. Combativo, inteligente, universitário - não sei se completou o curso - fala vários idiomas, treinado em Cuba e na Antiga União Soviética, entre outras coisas. E com uma fé cega em implantar a Ditadura do Proletariado a La Cuba.
• Para isso usou e abusou de várias pessoas e, a mais importante - pelos resultados alcançados - era Lula. Ignorante, iletrado, desonesto, sem ideais, mas um grande manipulador de pessoas, era o joguete ideal para o inspirado José Dirceu.
• Lula não tinha caráter nem ética, e até contava, entre risos, que sua família só comia carne quando seu irmão roubava mortadela no mercado onde trabalhava. Ou seja, o padrão ético era frágil. E ele, o Dirceu, fizera tudo direitinho, estava na hora de colher os frutos e implantar seu sonho no país. Aí surgiu Roberto Jefferson... e deu no que deu. (Nelson Motta)

PhotobucketLixeira inteligente manda e-mail para central quando está cheia
• Equipamento também usa energia solar para compactar o lixo e aumentar sua capacidade de armazenamento.
• Uma lixeira que manda e-mail e é movida a energia solar é a nova aposta dos norte- americanos para reduzir a emissão de gases do efeito estufa, segundo o blog Respostas Sustentáveis. O país, que só perde para a China no ranking mundial de emissões, já hospedou 700 lixeiras inteligentes na Filadélfia e pretende instalar a novidade em outras cidades americanas. A produto também deve chegar a outros 30 países em breve, como Reino Unido e Israel.
• Chamada de BigBelly Solar, a lixeira pode armazenar até 2.500 litros de resíduos, pois usa a energia solar para compactar os detritos. Dessa forma, o equipamento só precisa ser esvaziado cinco vezes por semana, enquanto que lixeiras tradicionais são esvaziadas, em média, 19 vezes no mesmo período.
• A tecnologia por trás da BigBelly Solar ainda monitora o nível de resíduos dentro da lixeira e somente aciona o compactador quando o espaço para armazenamento é superado - o que economiza energia. A lixeira ainda manda e-mail para uma central responsável sempre que atinge seu limite depósito.
• Apesar de ser mais cara que uma lixeira tradicional, cerca de US$ 4 mil, o equipamento pode representar uma economia de quase US$ 900 mil por ano às cidades, por utilizar a energia solar para compactar os resíduos.

A relação do casal

Um comentário:

Mery disse...

Meu amiguinho, está muito bom esse teu post, eu achei muita graça do vídeo "o último"...um dia vou postar Lá no meu canto¨...
Gostei de ler sobre o mensaleiro Jefferson e viva "Ele, apesar de ser ladrão também mas foi mais honrado em relação às outras pragas.
Que Deus nos livre dessa corja será que vão pagar pelo dinheiro roubado? Eu estou tão cansada dessa gente que já faço gozação com tudo "o pior é a sujeira nas ruas que está acumulando(tanto papel espalhado desses cagões q andam nas ruas colando em todo lugar um cartaz dos Imundos "e as chuva de começo de Estação chegando, nossa vai ser ruim pra gente vai dar enchente, só Deus mesmo e a minha fé não perco NÃO!
Beijinhos*** eu volto, vou ver um filme espírita q tá passando no cinema não me lembro o nome ...
Hoje eu te achei "é uma confusão; o meu Blog não diz quem posta ou não
...eu ñ soube fazer a lista, acho q é ´ isso.
beijo outra vez
tchauzinho
boa noitinha