10 de dez de 2011

Quem cai semana que vem?

Uma fábula a álcool
• Era uma vez, um país que disse ter conquistado a independência energética com o uso do álcool feito a partir da cana de açúcar.
• Seu presidente falou ao mundo todo sobre a sua conquista e foi muito aplaudido por todos. Na época, este país lendário começou a exportar álcool até para outros países mais desenvolvidos.
• Alguns anos se passaram e esse mesmo país assombrou novamente o mundo quando anunciou que tinha tanto petróleo que seria um dos maiores produtores do mundo e seu futuro como exportador estava garantido.
• A cada discurso de seu presidente, os aplausos eram tantos que confundiram a capacidade de pensar de seu povo. O tempo foi passando e o mundo colocou algumas barreiras para evitar que o grande produtor invadisse seu mercado. Ao mesmo tempo adotaram uma política de comprar as usinas do lendário país, para serem os donos do negócio.
• Em 2011, o fabuloso país grande produtor de combustíveis, apesar dos alardes publicitários e dos discursos inflamados de seus governantes, começou a importar álcool e gasolina.
• Primeiro começou com o álcool, e já importou mais de 400 milhões de litros e deve trazer de fora neste ano um recorde de 1,5 bilhão de litros, segundo o presidente de sua maior empresa do setor, chamada Petrobras Biocombustíveis.
• Como o álcool do exterior é inferior, um órgão chamado ANP (Agência Nacional do Petróleo) mudou a especificação do álcool, aumentando de 0,4% para 1,0% a quantidade da água, para permitir a importação. Ao mesmo tempo, esse país exporta o álcool de boa qualidade a um preço mais baixo, para honrar contratos firmados.
• Como o álcool começou a ser matéria rara, foi mudada a quantidade de álcool adicionada à gasolina, de 25% para 20%, o que fez com que a grande empresa produtora de gasolina desse país precisasse importar gasolina, para não faltar no mercado interno. Da mesma forma, ela exporta gasolina mais barata e compra mais cara, por força de contratos.
• A fábula conta ainda que grandes empresas estrangeiras, como a BP (British Petroleum), compraram no último ano várias grandes usinas produtoras de álcool neste país imaginário, como a Companhia Nacional de Álcool e Açúcar, e já são donas de 25% do setor.
• A verdade é que hoje esse país exótico exporta o álcool e a gasolina a preços baixos, importa a preços altos um produto inferior, e seu povo paga por esses produtos um dos mais altos preços do mundo.
• Infelizmente esta fábula é real e o país onde essas coisas irreais acontecem chama-se Brasil. (Celio Pezza, escritor)
. Esta iluminada frase, abaixo transcrita, retrata com perfeição a fábula e nos mostra como e quem está conduzindo o país.
. Se fosse só por incompetência...
. Frase da filósofa russo-americana Ayn Rand (fugitiva da revolução russa, que chegou aos Estados Unidos na metade da década de 1920), mostrando uma visão com conhecimento de causa: Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia, não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais do que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada e a honestidade se converte em auto-sacrifício, então poderá afirmar, sem temor de errar, que a sua sociedade está condenada."
. Qualquer semelhança com o Brasil de hoje não é mera coincidência...

Vantagens de ser pobre....
° É simples - Você não perde seu precioso tempo com grandes sonhos. Contenta-se com um sonho de padaria, um sonho de valsa...
° É valorizado - Em um mundo de mulheres interesseiras e oportunistas, só as sinceras e verdadeiras dão bola para você.
° É saudável - Você tem uma vida de atleta: corre para alcançar o ônibus corre atrás de emprego, corre pra pagar as contas atrasadas.
° É antiestressante - Nenhum vendedor te liga para empurrar alguma bugiganga.
° É aliviante - Com a sua fama de pé-rapado, nenhum amigo te pede dinheiro emprestado e, dependendo do seu grau de pobreza, eles nem serão mais seus amigos.
° É emocionante - Você nunca sabe se o dinheiro vai chegar até o final do mês e, assim, tem uma rotina muito menos previsível!
° É invejável - Enquanto os seus vizinhos viajam, pegam trânsito no feriado e sofrem com as praias lotadas, você descansa na comodidade do seu barraco.
° É útil - Você tem de trabalhar aos domingos para fazer horas extras e, assim não precisa assistir aos programas que são campeões de audiência de encheção de saco.
° É seguro - Você não precisa levar a carteira para todos lugares que for, pois ela está sempre vazia. Assim, os trombadinhas vão passar longe de você.
° É gratificante - Sem dinheiro para acessar a internet, você nunca vai ler textos inúteis como este, que seus amigos malas insistem em lhe enviar.

Se o futuro tiver 10% desta impressora, será fantástico!
Veja

Nenhum comentário: