28 de mar de 2011

Cálcio e ossos

Estudo: 9 em 10 brasileiros não consomem cálcio recomendado
° Em um dia ensolarado, dentro de um ônibus lotado, o conforto passa longe. Além de se sentir espremido (seja em pé ou nos assentos), o usuário ainda pode chegar suado ao seu destino. Essa pequena perda de suor durante o trajeto, somada ao sol, significa que o adulto perde até 100 miligramas por hora de cálcio (primordial para a formação dos ossos e dentes). Segundo uma pesquisa desenvolvida no Brasil - The Brazilian Osteoporosis Study (Brazos) - , 9 em cada 10 pessoas da população abordada de várias regiões do País não consomem a quantidade diária do elemento recomendado para manter a saúde dos ossos e, consequentemente, não se previnem da osteoporose e a redução do risco de desenvolvimento de fraturas. As informações foram apresentadas em uma demonstração dos produtos da marca Nestlé, empresa que atua no segmento da nutrição, nesta semana.
° De acordo com o professor de nutrição da Universidade de São Paulo (USP) Antonio Hebert Lancha Junior, três copos com leite e mais um complemento, como o queijo, são necessários para suprir 100% das necessidades diárias de cálcio de um adulto, que é de 1.000 miligramas por dia. E completou: é importante ingerir cálcio antes de uma atividade física ou até uma caminhada para preservar a integridade óssea e, assim, diminuir a secreção do hormônio paratireoidiano, que retira o cálcio dos ossos.
° Uma preocupação, conforme explicou a nutricionista Camila Freitas, é a troca do leite por um refrigerante logo pela manhã. Eu vejo pessoas que fazem isso. É o excesso de sódio e cafeína que inibem a ação do cálcio, afirmou.
Cálcio no Brasil
° A pesquisa informou que as pessoas estudadas consomem apenas cerca de 39% das recomendações diárias de cálcio (1.000mg/dia), o que pode ocasionar em aumento dos riscos da osteoporose e fraturas.
° Ainda de acordo com o levantamento, a partir dos 35 anos, as pessoas começam a perder massa óssea - contudo, a perda pode ser corrigida ao ingerir quantidades adequadas do nutriente diariamente. O acúmulo de cálcio é feito até os 35 anos. Depois, há só a manutenção, como se estivesse estabilizado, explicou Camila. Tem que fazer o equilíbrio entre síntese e degradação, para evitar o sedentarismo.
° As vitaminas A e D também são importantes para a saúde óssea. De acordo com a pesquisa, 33% da população consomem as recomendações diárias de vitamina A, enquanto 42% a de vitamina D. Para Camila, o ideal seria consumir peixes gordurosos três vezes por semana para adquirir vitamina D. (Diego Costa/Terra)

Orquestra Mecânica
• Isso é quase inacreditável. Veja como todas as bolas caem nos cones.
• Esta incrível máquina foi construída como um esforço colaborativo entre o Robert M. Trammell Music Conservatory e Sharon Wick School of Engenery da Universidade de Iowa.
• Surpreendentemente, 97% dos componentes de máquinas vieram da John Deere Industries and Irrigation Equipamentos de Bancroft, Iowa...Sim equipamentos agrícolas!
• A equipe gastou 13.029 horas entre set-up, alinhamento, calibragem e ajustes antes de filmar este vídeo, mas como você pode vê-lo, valeu a pena o esforço.
• Ele agora está em exibição no Matthew Gerhard Alumni Hall, na Universidade e já está programado para ser doado ao Smithsonian Institute.
video
"A vida é uma sucessão de lições que deve ser vivida para ser entendida."

Um comentário:

ines disse...

acho que vou ter probl de osteoporose na velhice, isto é, se eu chegar la/ o leite nunca esteve presente diariamente na minha infancia, nao tanto qto eu lembro.