18 de mai de 2016

Corrupção obriga mudar canais de tv...

 photo corrpccedilao67_zpso6sfyqvh.jpg • Rombo nas contas pode superar R$ 150 bilhões, projeta governo. Meta do superavit causa discórdia. Meta de gestão Dilma era superavit de R$ 24 bi, revisto para déficit de R$ 96,7 bi. 
• A equipe de Meirelles está no caminho certo para destravar a economia? Há certo consenso, mesmo entre economistas críticos ao governo Michel Temer, de que os nomes indicados pelo novo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para a sua equipe econômica são profissionais com um bom preparo técnico e ampla experiência no setor público. As indicações agradaram em particular aos mercados financeiros - apesar de analistas do setor terem ficados frustrados pelo fato de a equipe não ter anunciado suas primeiras medidas ainda na terça-feira passada. 
• Dilma intimada a explicar por que não alegou golpe no STF. STF pede explicações a Dilma sobre o que ela chama de golpe. A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), intimou a presidente afastada Dilma Rousseff a responder a ação da Procuradoria Parlamentar da Câmara que pede esclarecimentos sobre o que ela chama de golpe. Dilma terá até dez dias para prestar os esclarecimentos. 
• Em todo o país. Rio é o estado que mais desativou leitos em hospitais. 
• Ibope: 65% concordam com idade mínima para aposentadoria; Reforma da Previdência só para quem entra é má solução, diz Meirelles. 
• Saúde de Lula aciona o alerta vermelho no PT. Dirigentes não falam em câncer, mas em profunda depressão; Lula articula com senadores do PT estratégia de reversão de votos anti-Dilma. 
• Governo Temer encampa bandeiras do PSDB de SP. Executivo pode desocupar imóveis sem judicializar, diz ministro da Justiça. 
• STF encontra escuta no gabinete do ministro Barroso. Aparelho foi achado em sala que já abrigou ministro aposentado Barbosa. 
• Serra pede R$ 800 milhões para sanear Itamaraty. Verba não cobre dívidas bilionárias do país com organismos internacionais. 
• Maranhão não deve presidir reuniões no plenário da Câmara, dizem líderes. 
• Quem alterou foi Dilma! MTST organiza protestos contra cortes no Minha Casa Minha Vida. 
• Rioprevidência: Servidor poderá ter que contribuir mais para se aposentar cedo. 
• Vaccari, ex-tesoureiro do PT. Em mais um processo da operação Lava Jato, o juiz federal Sergio Moro condenou o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto a nove anos de prisão e ao pagamento de uma multa de R$ 420 mil pelo crime de corrupção passiva. A sentença foi divulgada nesta quarta-feira (18); Dirceu é condenado a 23 anos de prisão (movimentou R$71,4 milhões desde 2007 em sua empresa). Operação Lava Jato faz desaparecer doações de grandes empreiteiras aos principais partidos. 
• Lava Jato: Delator implica chefe de gabinete de ex-presidente da Petrobras em propina. Armando Tripodi teria tratado diretamente do pagamento da agência de Muranno Brasil Marketing. 
• Ex-ministro de Dilma, Temer exonera Gilberto Carvalho do Conselho Nacional do Sesi. 
Por teimosia, Dilma não conseguirá reverter impeachment, diz Requião. O senador Roberto Requião (PMDB-PR) não acredita que a presidente afastada Dilma Rousseff será bem-sucedida na tentativa de reverter o processo de impeachment. Em entrevista à BBC Brasil, o ex-governador do Paraná - que, mesmo sendo do partido do presidente interino Michel Temer, vê o processo de impeachment como golpe - diz que Dilma não seria capaz de costurar as alianças necessárias, propondo mudanças radicais em suas políticas, porque ela é muito teimosa. Requião refuta ainda qualquer tipo de pressão interna em seu partido por ser contrário ao impeachment e ao governo interino de seu correligionário Michel Temer. O PMDB não é o partido nazista, afirma. 
• Temer escolhe aliado de Cunha como líder do governo na Câmara. André Moura (PSC-SE) foi definido após pressão de partidos do centrão
• Goldafajn é indicado para BC; Fazenda deve priorizar cortes. Novo governo vai propor autonomia decisória e foro especial para Banco Central. 
• São necessárias medidas duras nos Estados, diz Meirelles. Estados vão propor moratória de juros por um ano. Governadores propõem adotar a manobra em dívidas com a União. 
• Centrais sindicais marcam reunião sobre Previdência. Força defende liberar bingos, UGT quer CPMF, e CTB duvida de déficit; Previdência: Governo vai propor alterar regras para trabalhador na ativa. A proposta de reforma da Previdência em discussão no governo, que será encaminhada ao Congresso Nacional em, no máximo, 30 dias, atinge os atuais trabalhadores, com regras de transição para reduzir os impactos para quem está perto de se aposentar. Somente não seria prejudicado quem já está aposentado ou completou os requisitos para requerer o benefício antes da mudança nas regras. 
• Ministro da Saúde recua e diz não ser preciso rever o SUS. Para Ricardo Barros, sistema está estabelecido, mas verba é insuficiente. 
• Manifestantes ocupam prédios em ao menos dez capitais contra fim do MinC. Prédios públicos de ao menos dez capitais estão ocupados ou são alvos de protesto de manifestantes contrários à extinção do Ministério da Cultura, incorporado à pasta de Educação pelo governo interino de Michel Temer; As sedes da Funarte (Fundação Nacional de Artes) em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte estão tomadas por ativistas acampados; Na capital paulista, o ato começou na terça (17) e foi organizado por membros de movimentos culturais e militantes ligados ao PT. No Rio, há cerca de 50 pessoas acampadas desde segunda (16) no Palácio Gustavo Capanema. Em Belo Horizonte, o acampamento na sede da Funarte começou no domingo (15). 
• O Correio Braziliense informa que Pedro Parente deve assumir a presidência da Petrobras. É um excelente nome, que pode fazer uma faxina na empresa; Aldemir Bendine tem de ser demitido imediatamente. Ele tenta se manter no comando da Petrobras oferecendo blindagem aos peemedebistas que roubaram na Transpetro e na BR Distribuidora. 
• O presidente interino Michel Temer está demitindo mais de cem funcionários por dia útil. Foram exonerados entre a sexta-feira (13) e terça (17), nada menos do que 324 servidores. 
• Diz Mônica Bergamo: José Eduardo Cardozo, ex-ministro da Justiça e da AGU (Advocacia-Geral da União), foi integrado à equipe de Dilma Rousseff, mas perdeu direito a residência e a carro oficial. Está se locomovendo pela capital de bicicleta. 
• Assembleia Nacional sumirá em breve na Venezuela, diz Maduro. Legislativo rejeita estado de exceção. 
• México envia projeto para legalizar casamento gay. Peña Nieto propõe reforma constitucional para reconhecer matrimônios. 
• Hillary prepara função para Bill em eventual governo. 
• Forte terremoto atinge o Equador; tremor matou quase 700 há um mês. 

Reincidência faz de Dirceu um mártir do cinismo.
Ao condenar José Dirceu a 23 anos e 3 meses de cadeia, nesta quarta-feira (18), o doutor Sérgio Moro transformou em pó a análise de conjuntura que o diretório do PT aprovara horas antes. Na sentença do juiz da Lava Jato, Dirceu não é o heroi do povo brasileiro retratado no grito de guerra da militância, mas um criminoso reincidente. Ainda assim, o documento do PT refere-se à Lava Jato como uma operação golpista.
A Operação Lava Jato desempenha papel crucial na escalada golpista, anotou o PT na sua análise de conjuntura. Alicerçada sobre justo sentimento anticorrupção do povo brasileiro, configurou-se paulatinamente em instrumento político para a guerra de desgaste contra dirigentes e governantes petistas, atuando de forma cada vez mais seletiva quanto a seus alvos, além de marcada por violações ao Estado Democrático de Direito.
Preso em Curitiba desde agosto de 2015, Dirceu foi sentenciado por ter recebido pixulecos que somam R$ 15 milhões. Dinheiro roubado da Petrobras. O juiz espantou-se com a desfaçatez exibida pelo personagem em sua reincidência.
Para Moro, o mais perturbador em relação a José Dirceu consiste no fato de que recebeu propina inclusive enquanto estava sendo julgada pelo plenário do Supremo Tribunal Federal a Ação Penal 470 [caso do mensalão], havendo registro de recebimentos pelo menos até 13 de novembro de 2013. Nem o julgamento condenatório pela mais Alta Corte do país representou fator inibidor da reiteração criminosa, embora em outro esquema ilícito.
No seu documento, o PT se absteve de fazer uma defesa aberta de Dirceu. Preferiu nem mencionar os nomes dos seus mártires. Conforme já comentado aqui, o texto apenas lamentou que o partido tenha adquirido o hábito da corrupção por contágio, como quem pega uma gripe: …Fomos contaminados pelo financiamento empresarial de campanhas, estrutura celular de como as classes dominantes se articulam com o Estado, formando suas próprias bancadas corporativas e controlando governos.
No caso de Dirceu, a contaminação reforçou o patrimônio pessoal do condendo, não as arcas eleitorais da legenda. O companheiro conspurcou os fins e apropriou-se dos meios. Na juventude, sonhou ser uma espécie de Che Guevara brasileiro. Mas, que diabos, além do país Dirceu precisava reformar a mansão de Vinhedo.
Mas nem tudo está perdido. Apesar da sentença de Sérgio Moro, o documento do PT revela uma ótima notícia: não houve nenhum aumento no nível de cinismo do PT. Continua nos mesmos 100%. Com a vantagem de que Dirceu consolidou-se como mártir desse cinismo. (Josias de Souza) 

O que seu filho não deve aprender na escola?
Jovens invadem e depredam aquele que deveria ser o mais sagrado dos lugares. Não é uma igreja, não é um palácio, não é um estádio, é uma escola. Escolas são espaços sagrados, não no sentido divino ou religioso, mas compreendido como um ambiente a ser venerado porque ali se busca o saber, o conhecimento. É ali que se exercita a razão, nossa única ferramenta para a preservação da vida.
Escola não é lugar onde se produz e difunde dogmas, como uma igreja, também não é onde se possa produzir coerção, como num palácio ou uma área para se deixar mover pela paixão, como num estádio e jamais deve ser um local cunhado para se aprender a obedecer os outros.
Escola é lugar para a descoberta da verdade. Para apreender o uso adequado da razão, para se conhecer a realidade, a lógica e descobrir a natureza. Deve-se recusá-lo como um ambiente de doutrinação, catequese, cooptação e arrebatamento. Lá é o território para se construir mentes livres e independentes, capazes de gerar valor com base no entendimento. Entendimento de como as coisas funcionam e como se pode cooperar para aprimorá-las.
Escolas, igrejas, palácios e estádios são lugares simbólicos, cada um com o seu significado. Todos podem abrigar pessoas com boas ou más intenções. No entanto, não há sítio onde a ação humana tem maior e mais duradoura repercussão do que numa escola. É ali que se investe no futuro, é ali que se constrói, quase que irreversivelmente, a próxima geração.
Escolas deveriam ser mantidas, pedagógica, operacional e financeiramente, como as mentes de seus frequentadores, livres e independentes, longe dos dogmas, longe da coerção, longe das paixões. (Roberto Rachewsky, empresário e articulista) 

Triste o espetáculo no Rio com alunos e professores distratando um secretário de educação, obrigando-o a pedir demissão da função. Isto não se dá por A ou B, sim pela má formação familiar e jovens se arvoram numa quase turba política, perdendo a principal coisa aos governantes, ao próximo. Para onde caminhamos não se sabe, do jeito que vem se mostrando é uma via de mão única para a falta do diálogo e... Lição de casa é importante porque concretiza relação entre a família e a escola. Respeito! (A.Andrade)

Nenhum comentário: