2 de set de 2015

Lenta e gradual no lamaçal...

• Dólar bate R$ 3,70 com crise e desaceleração chinesa. Agências afirmam que proposta de Orçamento atesta dificuldades do país. Para a indústria, China ficará agressiva nas exportações e competição no comércio global será mais acirrada com estímulos do governo. 
• Governo projeta déficit em 2016 e tenta transferir para o Congresso uma responsabilidade que é sua. 
• Oposição pede, mas Renan descarta devolução do orçamento. Renan fez a ressalva de que é responsabilidade do governo definir cortes e fontes de receita na peça orçamentária, mas ponderou que isso pode ser feito por meio de aditamento. Após conversa com Dilma na tarde da terça-feira e foi a primeira após o presidente da Câmara se declarar como opositor ao Palácio do Planalto, Cunha diz que não devolverá orçamento. 
• Reajustes salariais e obras públicas estão na mira dos cortes do governo. Presidente vinha sendo pressionada por greves e reivindicações. 
• Dilma sanciona lei que reduz desoneração da folha de pagamento. Com a mudança das alíquotas, o governo poderá arrecadar cerca de R$ 10 bilhões a mais por ano. Novidade só entra em vigor em 1º de dezembro. 
• Ministros do TST pedem derrubada de veto sobre reajuste do Judiciário. Quinze dos 27 ministros do Tribunal Superior do Trabalho pedem a Renan e a Lewandowski apoio à derrubada do veto de Dilma ao aumento dos servidores do Judiciário. Votação está prevista para esta quarta-feira. 
• Investimento de Dilma em saúde cai 32% nos primeiros sete meses do ano. Gastos entre janeiro e julho tiveram queda em relação a igual período de 2014. Ministério nega e diz que cálculo deve ser anual. • PF indicia Dirceu e mais 13 por suspeita de desvios em contratos da Petrobras. 
• Com aumento de tributo no Natal, comércio aposta na Black Friday. Tablet, celular, vinho e uísque devem ficar mais caros a partir de dezembro. 
• O setor de eletrônicos reagiu ao provável fim da isenção fiscal de smartphones, tablets e computadores até R$ 1.500. Segundo o presidente da Abinee, Humberto Barbato, retomar a tributação seria condenar o país ao atraso, prejudicando o consumidor. 
• Punir quem fala mal de político na internet é absurdo, diz advogada. Uma proposta de lei de autoria do deputado Claudio Cajado (DEM-BA) está sendo preparada pela Câmara dos Deputados. O documento - que deve ser apresentado em setembro - pretende responsabilizar civil e criminalmente usuários que ofendam ou difamem políticos pela internet, além de responsabilizar as redes sociais, portais e provedores que hospedam o site. Para Gisele Arantes, advogada especialista em Direito Digital, o projeto é "absurdo". Em primeiro lugar, porque ele propõe uma alteração ao Marco Civil da Internet, que, como lembra Gisele, ainda não está pronto porque ainda não impõe sanções àqueles que o descumprem. Seria, portanto, uma proposta de mudança a uma lei que sequer está pronta... 
• Congresso retira imunidade de presidente da Guatemala. Molina é acusado de liderar esquema de corrupção e fraude alfandegária. 
• Que diferença faz morrer na Síria ou no mar?', diz homem que quis nadar à Grécia. Sinan Nabir, resgatado no Mar Egeu por guarda costeira quando tentava nadar da Turquia à Grécia, relata drama que o levou a tentar travessia de 20 km; caso ilustra desespero de milhares de refugiados que buscam recomeçar suas vidas na Europa. Tendas, tensão e caos: odisseia de imigrantes em botes de borracha transforma ilha grega. Tensão e caos: odisseia de imigrantes transforma ilha grega. BBC Brasil visita Kos, onde centenas de refugiados chegam diariamente e são obrigados a dormir nas ruas aguardando papéis para seguir viagem. 'Precisei me segurar para não chorar com o que os refugiados me contavam'. Poucas horas depois de deixar a pequena ilha grega de Lesbos, que fica a 20 quilômetros da costa da Turquia, a arqueóloga brasileira Stella Chiarelli desmoronou. Alemanha cresce moralmente ao receber desterrados de todo mundo.
Somente o PT é corrupto em Brasília? E os mais de 5 mil municípios e 27 unidades federativas? Algum Et? Ou santinho? 
. É preciso decantar os fatos da realidade atual fabricada pelos barões das mídias como se apenas o PT fosse corrupto em Brasília e ninguém mais ou partido algum fosse...
. Afinal quem tem governado os mais de cinco mil municípios brasileiros e todos os Estados nacionais?
. Algum ET? Algum partido santo, lindinho e bacaninha ou diferente do PT no plano nacional?
. A grande revolução esperada pelo povo brasileiro não vai começar de cima para baixo ou de Brasília mas vai começar sim quando o povo começar a pressionar de perto os vereadores e os prefeitos das cidades e então veremos que a corrupção é generalizada no Brasil atualmente.
. Quem continuar esperando mudanças em Brasília somente vai continuar esperando sentado...como otário ou vegetal ou repolho.
. A manipulação ou a sacanagem ou safadeza começam nas Câmaras Municipais e Prefeituras e vai subindo até chegar ao plano Estadual entre deputados estaduais e governadores e depois sobe para o plano federal entre deputados federais e senadores e o governo federal e todos os partidos estão envolvidos certamente.
. E as mídias nada ajudam neste processo de educação ética e cívica do povo e ao contrário desinformam e fazem lavagem cerebral desde o golpe de 64 resguardando apenas seus interesses nos grandes negócios inclusive mamando também nas tetas dos cofres públicos.
. A revolução começou numa pequena cidade do Paraná pressionando para redução dos salários dos vereadores e do Prefeito e foi espalhando-se...
. Agora outras pequenas cidades do Paraná já começam a pressionarem contra gastos elevados com despesas de vereadores maiores do que grandes cidades como Londrina mas não deveria ficar somente nisto, ou na redução dos salários e controle das despesas e deveria ir mais longe.
. Além de cercar e pressionar as Câmaras Municipais e Prefeituras forçando a renúncia dos claramente ou comprovadamente corruptos ou com ficha criminal, e exigir a redução dos salários e o controle das despesas, também devem partir para exigirem o fim dos salários dos vereadores e prefeitos das cidades.
. Desta forma começaríamos um movimento ético e cívico sem precedentes como uma revolução de baixo para cima chegando depois nas médias e grandes cidades, e nos deputados estaduais e governadores e finalmente em Brasília.
. E na verdade os políticos não precisam de salários e quem sabe assim tenhamos a volta dos cidadãos de bem na política apenas como voluntários e sem sangrar os cofres públicos.
. Afinal não foi o povo quem votou por salários aos políticos e foram eles mesmos que se auto concederam salários e elevações constantes e mordomias mil, afora as despesas enormes, agindo como ditadores ou sem vergonha na cara.
. O MP e os tribunais de contas precisam divulgarem os podres das prestações de contas dos vereadores e prefeitos e dos deputados estaduais e governadores também e não ficar somente no plano federal e somente contra o PT.
. Somos contra a corrupção mas queremos ver todos presos e não somente os do PT como foi até agora deixando livre os dos demais partidos em mais de cinco mil municípios e nos Estados e mesmo no Congresso Nacional e no governo.
. Não defendemos o PT, pois inclusive votamos nulo nas quatro últimas eleições e apenas queremos cadeia para todos mesmo.
. Mas discordamos do processo atual querendo prender somente os do PT como se antes do PT ou mesmo atualmente não houvesse mais partidos e políticos corruptos além do PT.
. Na verdade defendemos o fuzilamento dos corruptos e corruptores do dinheiro público como na China.
. E defendemos inclusive o fuzilamento de quem já matou outro ser humano, ou vier a matar, pouco importa a idade, para limpar as cadeias lotadas de bandidos que mesmo presos continuam praticando crimes, zombando do Estado e da sociedade, e muitos continuam soltos, com a vida humana não valendo um centavo e o clima de guerra civil não declarada faz tempo como barril de pólvora prestes a explodir.
. Morre mais gente no Brasil a cada ano do que em qualquer das guerras do mundo, antigas e atuais.
. Mas a mudança somente vai começar quando o brasileiro acordar ou ter vergonha na cara e começar a prestar atenção ou olhar de perto a sua volta e agir, tomar atitudes, enfrentar o bicho ou a corrupção em sua cidade.
. Enquanto a maioria do povo continuar omissa ou alienada a começar dos problemas municipais vai ser fácil os políticos e os partidos continuarem roubando pois os espertos, os cabritos, somente tomam conta da horta graças a uma enorme maioria de otários, vegetal ou repolho.
. Recordamos agora de um conto do escritor Ignácio de Loyola Brandão no seu livro Cadeiras Proibidas.
. Um pai de família acordou no meio da noite com barulho no quarto do filho e foi verificar e chegando lá deparou-se com enorme lagarto começando a comer as pernas do filho...
. Ele parou e pensou no que fazer, se enfrentasse o bicho poderia também ser comido. Vacilou, pensou, e decidiu que seria melhor voltar a dormir e fazer de conta que nada viu e assim não faria feio no dia seguinte e pousaria de santinho ou bacaninha lavando as mãos ou não tomando atitude alguma para proteger o filho ou a sua vida.
. Preferiu fugir de enfrentar o problema aqui e agora e então foi comido pelo problema depois./ . No dia seguinte ele acordou e o lagarto começava a comer a suas pernas ....
. É o que vem acontecendo com os brasileiros fingindo que nada acontece próximo dele, em suas cidades, e tolerando a corrupção sempre, a impunidade, sem tomar atitude alguma para mudar ou deter este rumo, a começar do plano municipal, da sua casa.
. Depois não adianta reclamar apenas ou ficar choramingando pelos cantos....vai levar ferro sempre ou ser tapeado e usado e jogado para escanteio.
. Os espertos tomam conta do Brasil atualmente graças a enorme maioria dos brasileiros alienados e dormindo, manipulados, tratados como otários ou vegetal ou repolho.
. Quando acordarão e começarão as mudanças e a revolução que falta no Brasil, ética e cívica?
. É muito cômodo olhar somente para Brasília chiando contra o PT e cobrando mudanças se elas sequer começam nos plano municipais e estaduais. (João Luiz Garrucino) 

Incompetência com transparência. 
Plano plurianual e projeto orçamentário - Ontem à tarde, enquanto ouvia com total atenção a apresentação do Plano Plurianual (2016/2019) e da Proposta Orçamentária para 2016, feita pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, fui fazendo anotações e analisando quais as pretensões deste infernal governo para o nosso pobre país. 
Transparência dos números - A primeira consideração é quanto ao déficit orçamentário, no valor de 30,5 bilhões de reais para 2016, que o governo fez questão de manifestar dizendo, de forma enfática, que chegara o momento de valorizar a transparência dos números. 
Meta - Ora, como todos animais, racionais e irracionais, sabem, os governantes socialistas, além de administradores incompetentes são adeptos incondicionais da corrupção. Só por aí já se conclui que o déficit que foi colocado no Orçamento 2016 não será cumprido. Ficará, certamente, muito acima da meta fixada.
Mentira - Como se vê, o termo transparência que o governo resolveu usar para tentar minimizar a encrenca que o país está metido por força de uma administração temerária e desastrosa do PT, não cabe em hipótese alguma. A rigor, a única coisa que o governo não erra é quando diz que haverá déficit. Mas mente de forma brutal ao prever um rombo de apenas 30,5 bilhões para 2016. Pode?
Comparações - Sugiro que os leitores leiam com atenção o item que trata das despesas obrigatórias e discricionárias e tratem de fazer as devidas comparações com aquilo que o governo pretende arrecadar no próximo exercício. Salta aos olhos que será muito difícil o governo não aumentar os gastos pretendidos; e, diante da crise que se acentua a cada dia, mais difícil ainda será a obtenção da receita prevista. 
Emissões - Como milagres não existem e mágicas não passam de ilusões, o governo, caso não logre êxito com a criação de novos impostos, ou aumento de alíquotas dos já existentes, vai precisar se financiar através de emissões de mais títulos públicos. O que vai determinar endividamento maior em relação ao PIB e, por consequência, teremos mais inflação. Que tal?
Tem jeito - Volto a repetir: o Brasil tem jeito. Precisa, no entanto:
1 - mudar radicalmente a Matriz Econômica;
2 - fazer reformas estruturais; e
3 - uma Nova Constituição, escrita por notáveis que vivem em países adiantados. Por brasileiros nunca. (GSPires) 
Contratempos são como facas, que nos servem ou nos cortam, conforme as pegamos pelo cabo ou pela lâmina. (James Russell Lowell)

Nenhum comentário: