17 de jun de 2015

No Rio, trem parado parece crônico...

• A presidente Dilma Rousseff tem até hoje (17) para decidir se sanciona sem vetos o texto da MP 664; o impasse está na emenda que incluiu o fator previdenciário; os parlamentares aprovaram a chamada fórmula 85/95, que estabelece novas regras para a aposentadoria; o governo alega que, dessa forma, a longo prazo o Brasil entraria em uma situação totalmente insustentável, segundo explicou o ministro da Previdência Social, Carlos Gabas; nesta quarta, a presidente janta no Palácio da Alvorada com líderes do Senado, enquanto sindicalistas protestarão em frente ao Palácio do Planalto; os presidentes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e da Força Sindical estiveram com Gabas e outros ministros, na tentativa de convencer o governo a aprovar a MP sem vetos; sem obter a resposta que desejavam, marcaram uma vigília para hoje, que deve durar toda a madrugada.
• A Câmara aprovou ontem, em primeiro turno, uma emenda aglutinativa com vários pontos da reforma política constantes da proposta de emenda à Constituição (PEC) 182/07; entre os pontos da emenda estão a instituição da fidelidade partidária, os projetos de iniciativa popular, a obrigatoriedade do voto impresso e a eleição das mesas da Câmara e do Senado; no caso da fidelidade partidária, o texto aprovado determina a perda de mandato daqueles que se desligarem do partido pelo qual foram eleitos, exceto nos casos de grave discriminação pessoal, mudança ou desvio radical do programa partidário. 
• Rejeitada criação de cota para mulheres no Legislativo. 
• Lula e Kirchner intervieram para ajudar Odebrecht, investigada na Lava Jato. Material do Itamaraty expõe ação do governo como forma de ampliar influência política. 
• Consultoria de Palocci faturou R$ 35 milhões entre 2007 e 2010. A empresa Projeto teve 60 clientes entre 2007 e 2010, quando Palocci era deputado federal. 
• O ostracismo de Sarney. De posse de uma lista de nomes, Sarney telefona para ministros e para o Planalto, e nas audiências (as que consegue) pede cargos para afilhados. 
• General Motors paralisa toda produção de carros no Brasil. Sindicatos afirmam que o cenário é reflexo da crise econômica que assola as fabricantes de carro no país. 
• Nobel da Paz pede que Caetano e Gil cancelem show contra 'apartheid israelense’. Importante figura na luta antiapartheid, o arcebispo sul-africano Desmond Tutu enviou uma carta aos músicos brasileiros em que compara o sistema segregacionista do seu país de origem e fala sobre a importância do boicote cultural; Assim como dissemos durante o apartheid que era inapropriado para artistas internacionais se apresentarem na África do Sul, em uma sociedade fundada em leis discriminatórias e exclusividade racial, também seria errado a Ópera de Cape Town se apresentar em Israel, disse. 
Streaming e pirataria foram golpes decisivos no setor da música. O consumo de música barata por streaming e a pirataria ameaçam a sobrevivência do setor fonográfico e comprometem a renda de profissionais da área. 
• Grécia afirma ter sido pilhada por credores. Primeiro-ministro grego afirmou que não vai ceder às exigências dos credores. 

Os acima da Lei!... 
. Até prova em contrário, tenho afirmado por várias vezes, que existem no Brasil de hoje, quatro Organizações que se colocam e agem absolutamente acima da Lei
* Os Sindicatos
* A CBF
* O SEBRAE
* As Companhias Telefônicas
. São intocáveis, infiscalizáveis e, como Entidades privadas, dificilmente sofrem intervenções ou ações diretas dos vários Órgãos Públicos.
. Os privilégios dos sindicatos são conhecido de todos e, por obra e graça do Sr. Lulla da Silva, ficaram eles livres de qualquer fiscalização ou auditagem por parte dos Órgãos Públicos, em suas contas e na aplicação dos recursos milionários que recebem. O estarrecedor texto abaixo, é apenas um exemplo entre os milhares que existem em todo o País, de mordomias, de exercício de ditaduras intermináveis, de constante assédio moral contra os que discordam!...
. Sobre a CBF, padrão FIFA, não é preciso dizer nada: protegidos pela impunidade e pelo casulo armado pela famosa bancada da Bola, é intocável e imexível, mesmo quando se armam CPI´s em cima dela! Não há ninguém, nem nada, que consigam abalar a CBF! Nem o Romário!...
. O SEBRAE é um caso à parte: sustentado pelos recursos do cidadão, através do Sistema S (Senai, Sesi, Senac, etc..), age como se fosse uma Organização privada, concorre e disputa mercado com as consultorias privadas, sem qualquer risco, pois seu caixa é abastecido religiosamente, todo mês, pelos recolhimentos feitos pelo Sistema S. É uma Organização privada e livre de qualquer controle em relação ao uso dos recursos que lhe são compulsoriamente destinados e retirados do cidadão, mas é uma Organização Publica e Estatal, pela fonte de seus recursos e como cabide de Emprego para acolher políticos e apadrinhados, temporariamente sem emprego...
. As Telefônicas se constituem como o novo paraíso da impunidade e do lucro infiscalizável: campeãs absolutas de reclamações nos Órgãos de Defesa do Consumidor e na ANATEL, estão acima de qualquer punição para valer e simplesmente continuam sua jornada de abusos e de lucros incontroláveis, em cima do cidadão comum!
. Explico por experiência pessoal e por infrutíferas tentativas: você sabia que a ANATEL, simplesmente não toma qualquer medida punitiva contra as Telefônicas? Que a ANATEL é um mero Órgão encaminhador de reclamações e de denúncias, jamais acompanhando, indo até o final ou aplicando penalidades em relação às denúncias do consumidor? E acreditando piamente nas explicações que lhes são passadas pelas ditas-cujas? 
. Igualmente, você sabia que os Procons não aplicam penalidades de qualquer ordem, mesmo após o descumprimento de Acordos assinados pelas partes nas Audiências de Conciliação e não cumpridos pelas mesmas ditas-cujas? E que simplesmente aconselham o consumidor, após todo um longo calvário, a procurar a Justiça?
. Exemplifico toda essa questão das Telefônicas, com o desabafo que me foi feito, pelo representante do Procon: ...Se aplicarmos uma multa de 10 milhões, sabe o que eles fazem? Pagam a multa no dia seguinte e nas contas de alguns de seus milhões de clientes, cobram 5, 10, 20 centavos a mais, sob qualquer rubrica (duração de chamadas, 1 minuto a mais de interurbano, etc.). Tudo isso, simplesmente incontrolável e inverificável por parte do consumidor ou de quem quer que seja! Nessa brincadeira, faturam 20 milhões ou mais! Dão risadas pelas multas que pagam! E continuam roubando a cada dia, sempre mais e mais....; Ficamos aqui, brincando de fiscais e de controladores dessa turma....
. Este é o nosso Brasil atual! Certamente regido pela sabedoria tão bem exposta pelo PTista de alto constado, o Sr. Gilberto de Carvalho, no recente Congresso do PT: ...O PT não deve se preocupar com o que pensa a sociedade, mas deve continuar praticando a sua Ética...; Já comemos torresmo com muito mais cabelo...
. Existe salvação para nossos filhos e netos?... (Márcio Dayrell Batitucci) 
Dirigentes de sindicatos enriquecem com desvio de dinheiro. Leia mais

Pedaladas do governo não são só de bicicleta. 
. Não somente a cidadã Dilma dá pedaladas. A chefe de Estado também trafega perigosamente sobre outras rodas.
. Dar uma pedalada por aí pode ser uma atividade muito perigosa, principalmente se for no entorno da Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona Sul do Rio - onde menores mataram em maio o médico Jaime Gold a facadas.
. Às voltas com as medidas do ajuste fiscal, Dilma Rousseff cuida das próprias medidas, pedalando no Palácio da Alvorada - cercada por dois seguranças. Já perdeu quinze quilos e persegue a cinturinha de vespa. Facada mesmo, só nas próprias gordurinhas e no bolso dos aposentados.
. Nesta quarta-feira, os ministros do Tribunal de Contas da União podem considerar irregulares as chamadas pedaladas fiscais do primeiro mandato da presidente. O artifício de causar atrasos propositais no repasse de recursos públicos a bancos - com o objetivo de maquiar para melhor as contas do governo - pode levar à condenação administrativa do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e o ex-secretário do Tesouro Arno Augustin.
. A bicicleta da presidente como podemos ver além de importada também é blindada.
. O relatório técnico que vai embasar a decisão do Tribunal mostra que R$ 37,1 bilhões gerados pelas pedaladas fiscais foram omitidos do balanço de 2014: é o passivo oculto. O estudo aponta que as distorções somam um total R$ 281 bilhões. O TCU pode levar o Governo a pagar R$ 24 bilhões ao Banco do Brasil e ao BNDES para corrigir as pedaladas fiscais.
. Voltando à bicicleta da presidente, é de se estranhar que, no momento de crise que o país vive, ela tenha optado pelo modelo Expeditio Sport Tubo Superior Baixo, da marca norte-americana Specialized, com 21 marchas e aro 26, cujo valor unitário chega a R$ 2.899,00 - com as taxas de importação. O equivalente nacional, a Aluminum Sport, da Caloi, custa cerca de R$ 600,00.
. Como se vê, a presidente sempre opta por pedaladas mais caras. (Claudio Carneiro) 
Se um dia tiveres que escolher entre o mundo e o amor, lembre-se: se escolheres o mundo, ficarás sem o amor. Mas, se escolheres o amor, com êle você conquistará o mundo. (Albert Eistein)

Nenhum comentário: