30 de mai de 2015

Reformas... tudo como dantes.

• Favela modelo da política de UPP tem o 1º tiroteio desde 2008. Morro Santa Marta teve troca de tiros na última quinta-feira, 28. É o primeiro confronto armado desde 2008, quando foi instalada a primeira UPP do Rio de Janeiro.
Olho vivo: cavalo não desce escada - era uma famosa expressão criada por Ibrahim Sued, em sua coluna, quando queria advertir que uma situação poderia ter um desfecho muito diferente do previsto. Pode ser usada agora quando se prepara a instalação da CPI da CBF, conseguida pelo senador Romário (PSB-RJ). O Congresso já teve, há anos, uma CPI da CBF/Nike, onde o próprio J. Hawilla foi depor, que terminou em pizza, graças à bancada da bola. São parlamentares alimentados pela cartolagem, federações de futebol e clubes, todos interessados em manter as coisas como estão. Esses já estão de plantão e outros poderão ser convocados: dinheiro não falta. Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF, estava em Mônaco e voou para o Rio. Sua residência oficial é em Boca Raton, na Florida, para onde ele não deverá voltar nos próximos tempos. Teixeira está convencido de que não escapará se aparecer por lá. No Rio, conversou com o ex-sogro, João Havelange, 99 anos, que acha que será poupado pela idade. Já Marco Polo Del Nero, atual presidente da CBF, nem esperou as eleições da Fifa: voltou correndo, achando que seria um risco permanecer na Suiça. (GibaUm) 
• Em meio a escândalo de corrupção. príncipe desiste após 1º turno, e Josph Blatter é reeleito presidente da Fifa. Transações Miami-Assunção entregaram esquema. Segundo inquérito da promotoria criminal de Nova York, foram valores para compra de direitos de transmissão e pagamento de propinas a dirigentes.
• Europa faz campanha de ódio contra Fifa, diz Blatter. Depois de reeleição, presidente da Fifa também se diz chocado com comentários de promotores dos EUA. Investigação da Fifa dá força a 3 iniciativas que prometem mudar futebol brasileiro. Patrocinadores pressionam Fifa após novo escândalo de corrupção. Reeleito, Blatter se defende e diz que não teme ser preso. Preso? Por qual motivo, disse; ele evitou falar sobre escândalo na Fifa.
• Empreiteiras da Lava Jato poderão disputar novo pacote de concessões. Suspeito de repassar propina na estatal ganhou US$ 20 milhões. Investigada, empreiteira Mendes Junior tem R$ 137 mi bloqueados. Valor se refere a contratos com Petrobras. 
• Câmara barra fim das coligações proporcionais e efeito Tiririca vai continuar. Grandes partidos fizeram acordo com menores para barrar o distritão e, em troca do apoio, votaram pela continuidade das coligações.
• Mafioso italiano é preso no Brasil, após passar 30 anos foragido. Pasquale Scotti, de 56 anos, é acusado de assassinar mais de 20 pessoas na Itália. Ele vivia em Recife desde 1986, é casado com uma brasileira e tem dois filhos. 
• Marina entra com novo pedido de registro da Rede. Ex-senadora, que espera ter seu partido aprovado este ano, disse que tem conversado sobre política e economia com o ex-presidente Fernando Henrique. 
• EUA retiram oficialmente Cuba de lista de patrocinadores de terrorismo.
• Boko Haram ataca capital da Nigéria e mata 11 pessoas. 
Governos autoritários.
. A nova era das ditaduras brandas.
. Um novo tipo de governo autoritário surgiu, mais adaptado a uma era de mídias sociais e interdependência econômica. Nessa modalidade, os ditadores brandos sufocam a oposição e concentram poder usando pouca ou nenhuma violência.
. A ditadura é definida como um governo sustentado pela violência. No século XX, ditadores tiranos como Stálin, Hitler e Mao Tsé-Tung assassinaram milhões em nome de ideologias bizarras.
. Porém, um novo tipo de governo autoritário está surgindo, mais adaptado a uma era de mídias sociais, interdependência econômica e tecnologia da informação. Nessa modalidade, os ditadores brandos sufocam a oposição, concentram poder e manipulam dados usando pouca ou nenhuma violência. Entre os representantes dessa nova gama estão russo Vladimir Putin (Rússia), o turco Recep Tayyip Erdogan (Turquia) e o venezuelano Hugo Chávez.
. Os ditadores brandos usam propaganda, censura e manipulação de dados para convencer os cidadãos de que são a melhor opção dentre seus adversários políticos. Na maioria das vezes, eles chegam ao poder por meios democráticos.
. Quando a economia vai bem, eles calam possíveis críticos presenteando-os com bens materiais. Quando vai, mal, usam a censura. Eles subornam donos de meios de comunicação através de contratos de publicidade e convencem investidores pró-regime a comprar publicações críticas ao governo.
. Eles dominam a internet, bloqueando o acesso a sites independentes, contratando pessoas para inundar sites com comentários pró-regime. Eles também pagam hackers para vandalizar sites de oposição. Os ditadores brandos, no entanto, preservam uma parte de seus adversários, como forma de simular oposição. Assim, a cada eleição, fica comprovada a popularidade do líder.
. Os países verdadeiramente democráticos do Ocidente precisam compreender o funcionamento desse novo tipo de ditadura para combatê-la, pois elas, em comum, elas nutrem um sentimento de aversão às potências ocidentais.
Fontes: The New York Times-The New Dictators Rule by Velvet Fist

Nenhum comentário: