4 de fev de 2015

Chuvas chegam com mais depoimentos...

Fantasmas na Justiça ainda assombram Renan - Eleito presidente do Senado pela quarta vez, peemedebista enfrenta denúncia que o derrubou do cargo e quase lhe custou o mandato, em 2007. Ele é alvo de dois inquéritos no STF e duas ações por improbidade administrativa.

E o Lava Jato preocupa? Cunha é o mais rico no comando da Câmara - Segundo patrimônio declarado ao TSE, o peemedebista tem imóveis e ações, os principais bens registrados. São R$ 1.649.226,10 referentes a carros, imóveis, participações societárias e previdência privada. O bem mais valioso de Eduardo Cunha é uma sala comercial na Avenida Nilo Peçanha, no centro do Rio de Janeiro, no valor de R$ 335 mil. Já em termos de ativo financeiro, Cunha tem em seu nome título da empresa C3 Participações Artísticas e Jornalísticas Ltda., no valor de R$ 840 mil. E uma curiosidade: Cunha adquiriu R$ 1.728 mil em ações da OGX, braço petrolífero do grupo EBX, do empresário Eike Batista, que passa por processo de recuperação judicial.

Cunha x feministas - O novo presidente da Câmara prometeu durante sua campanha que barraria todo tipo de projeto de lei sobre direitos de homossexuais e sobre qualquer tentativa de legalização do aborto.

Governo prepara novo aumento nas tarifas de energia - Dilma assinará um decreto para aumentar em 50% a tarifa extra paga pelos consumidores quando o nível dos reservatórios das hidrelétricas estiverem baixos.

Crise hídrica - Sudeste tem água para gerar energia por apenas um mês, diz Pinguelli, atual diretor do Coppe-UFRJ defende a adoção imediata de medidas para redução do consumo de energia no Brasil.

Quase metade dos brasileiros não usa preservativo - Pesquisa mostrou ainda que 94% da população sexualmente ativa reconhecem a eficiência do preservativo na prevenção de doenças.

Petrobras pode ser punida por relatórios falsos nos EUA por relatórios falsos a investidores.
Vão usar o que para limpar a.......
. Enquanto por aqui, o Governo PTista-sindical-apóstata esbanja os recursos do País em dezenas de Ministérios sem qualquer utilidade prática, em milhões de gastos com Cartões Corporativos, em milhares de cargos comissionados para satisfazer a sanha dos cumpañeros, lá fora, nas Embaixadas - os espelhos que deveriam refletir a excelência de nosso País para o mundo - não há recursos para pagar a luz, para comprar papel higiênico, para pagar serviços de telefonia, Internet e congêneres! Um vexame!...
. Aliás, desde os tempos do sr. Lulla da Silva, nossa Política Externa tem sido uma lástima! Opções totalmente equivocadas, prioridades de relações internacionais inconcebíveis, criação de dezenas de postos de adidos comerciais e outros para assentar cumpañeros, enfim um verdadeiro vexame para um País que pretendia ter assento privilegiado nas Nações Unidas! O orçamento do Itamarati corresponde a 0,15% do orçamento federal!
. O grande Barão do Rio Branco, criador do Itamarati, deve estar se contorcendo em sua tumba!...
. Como brilhante exemplo da Política Externa do PT-sindical-apóstata, tivemos nesses dias a sra. DIImáh optando por prestigiar seu cumpañero Evo Morales e desdenhando o importante encontro do mundo civilizado, em Davos!
. Enquanto isso, a presidente DIImáh continua muda e ausente, sem dar um pio na pior crise energética-hidríca já acontecida neçe pais. Não assume a crise, não diz qual o norte a seguir, enfim, não tem a menor competência ou vontade para liderar essas questões, como o fazem os dirigentes de outros Países!
. Mas, infelizmente, de vez em quando, arrisca seus palpites, nas relações internacionais: ...lamento enormemente os ataques da coalizão internacional contra os terroristas do Estado Islâmico na Síria..... O Brasil sempre vai acreditar que a melhor forma é o diálogo, é o acordo...
. Vocês podem pensar que é implicância minha com esse PT-sindical-apóstata! Mas não é! São só fatos e dados que traduzem friamente a triste realidade de incompetência desse Governo!... (Márcio Dayrell Batitucci) 

Governo corta verbas e humilha os diplomatas no exterior!!!! Falta até papel higiênico
. Diplomatas brasileiros em Tóquio, Lisboa, na Guiana, Estados Unidos e em Benin, na África, enviaram telegramas ao Itamaraty nos últimos dias advertindo para estado de penúria nas representações do Brasil no exterior, que estavam prestes a sofrer corte de energia por atrasos no pagamento, além de estarem sem dinheiro para comprar papel para impressoras e materiais, pagar a conta do aquecimento, internet e outros.
. Sem receber nenhum recurso do governo brasileiro há 50 dias, a embaixada do Brasil em Benin (oeste da África) está com apenas US$ 83 (R$ 215) em caixa e chegou a ter o fornecimento de energia cortado e o gerador desligado.
. Na residência, o diplomata responsável está apelando para velas e lanternas, porque falta dinheiro para comprar combustível do gerador. Às vezes toma banho de caneca, pois a bomba de água quebrou e não há recursos no momento para o conserto. Ele teve de pagar a conta de telefone e de energia, que estavam atrasadas, do próprio bolso.
. Essas reclamações constam de um telegrama enviado na terça (20) pelo encarregado de negócios da embaixada em Cotonou, João Carlos Falzeta Zanini, ao Itamaraty, que vazou na internet. Parte do teor foi divulgado pelo sindicato do servidores do Itamaraty.
. Vivemos uma situação financeira muito difícil, é impossível para o Itamaraty manter os postos atuais com os cortes sucessivos que o governo vem fazendo no orçamento do ministério, disse à Folha. Ficamos de mãos atadas, sem poder exercer a política externa e a assistência aos brasileiros como seria ideal.
Corte no Orçamento
. A participação do orçamento do Itamaraty no total do Executivo, que já era pequena, caiu quase à metade em 2014 em relação a 2003 - de 0,5% para 0,27%.
. Segundo a presidente do Sinditamaraty, Sandra Nepomuceno dos Santos, todo mundo está chocado com a gravidade do que está acontecendo no posto de Benin. Ainda mais numa área de doença endêmica como a malária, disse Santos, que destacou que a preocupação do sindicato é, principalmente, com a saúde dos diplomatas e servidores.
. Mas a penúria no Itamaraty não se restringe à embaixada em Benin. Nesta quarta (21), telegrama enviado por Marco Farani, cônsul-geral do Brasil em Tóquio, e obtido pela Folha, informa: Todas as contas de Serviços e Manutenção deste Posto do mês de dezembro/2014 encontram-se pendentes de pagamento, o que tem gerado insistentes cobranças dos credores e, em casos mais extremos, há o risco de suspensão de serviços essenciais à Chancelaria como internet, telefonia celular e fixa, eletricidade, serviço de franquia de correspondências e fotocópias, caso não seja possível quitar os débitos até o final de janeiro.
. A embaixada em Tóquio informa que acaba de receber notificação para corte de energia, porque a conta, de US$ 3.924, não é paga desde dezembro, conforme diz o embaixador André Corrêa do Lago em telegrama de terça (20), obtido pela Folha.
Até em Lisboa…
. Na residência do embaixador em Lisboa, Mario Vilalva, o fornecimento de energia só não foi suspenso porque a Embaixada entrou em contato direto com o gabinete do presidente da EDP [empresa de eletricidade local], conseguindo postergação do pagamento da fatura impreterivelmente até o dia 28 de janeiro, conforme informa telegrama de 14 de janeiro. A dívida é de € 1734.
. Na Guiana, o embaixador Lineu de Paula afirmava que a empresa de internet já havia prorrogado do valor devido até 18 de janeiro, mas que agora iria cortar o serviço por atraso. Tendo em vista a possibilidade de que até o próximo fim de semana esta Embaixada fique sem comunicações com a SERE e eventualmente sem eletricidade e outros serviços básicos nas próximas duas semanas, muito agradeceria receber autorização para efetuar o pagamento das contas vencidas e a vencer com meus recursos para posterior reembolso.
. No consulado brasileiro em Hartford, Connecticut, o cônsul-geral Cézar Amaral avisa em telegrama que os serviços de internet, telefone, TV a cabo e alarme da residência já foram interrompidos há cerca de quarenta dias, em sacrifício de minha família, que passou o Natal sem serviços e agora aguarda o fim do aquecimento. No telegrama do dia 14 de janeiro, ele também reclamava que o toner [da impressora] está no final e o papel para impressão está acabando. Por outro lado, os materiais de limpeza da copa da Chancelaria já se esgotaram. (Patrícia Campos Mello e Isabel Fleck, Folha) 

A grande fome bolivariana 
. Enormes filas em Caracas para comprar produtos básicos./ Rodízio simplificado: os venezuelanos só podem comprar produtos básicos nos mercados estatais nos dias que batem com o número do RG, noticiou o jornal portenho Clarín.
. Nas segundas-feiras, a rede Bicentenário só atende aos compradores cujo RG termina em zero e um.
.  A polícia proibiu a formação de filas durante a noite. A Defensoría del Pueblo ativou um plano de atendimento aos cidadãos para a aquisição de produtos de primeira necessidade. O problema é que nas filas estouram descontentamentos e brigas.
. O pomposo plano visa na prática criar dispositivos de segurança armados em volta dos supermercados e das lojas, a fim de evitar que acabem na Internet as cenas das filas, das prateleiras vazias e de pessoas brigando, amontoando-se ou correndo de forma irracional em função dos boatos. 
. Mas numa esquizofrênica demonstração de fartura o presidente Maduro assinou contrato com o emir de Qatar para lhe vender alimentos!
. Maduro foi procurar fortes inversões no Oriente Médio e na Rússia. Não poderia ter ido atrás de fontes mais secas para a necessitada economia venezuelana. Os resultados obviamente estiveram aquém do esperado.
. Em Barquisimento polícia controla ingresso em supermercado.
. Levamos tecnologia e capital, produzimos alimentos para o mercado venezuelano e estamos construindo a rota de exportação de alimentos de qualidade para essa região, disse o presidente durante uma delirante entrevista ao canal oficial chavista Telesur.
. A agricultura, largamente socializada, só satisfaz 40% da demanda, segundo o vice-presidente Jorge Arreaza. Os restantes 60% devem ser importados. Quem mais vende a Caracas é o odiado império, ou Tio Sam.
. A sorveteria Coromoto, a mais famosa do país, que entrou no Livro dos Recordes por oferecer centenas de sabores peculiares, fechou por falta de leite. 
. O McDonald’s deixou de vender batatas fritas porque não há mais batatas no mercado. Elas vêm sendo substituídas pela mandioca frita ou pela arepa, uma espécie de pão de milho.
. O socialismo do século XXI está cumprindo o que prometeu, mas não do modo otimista que muitos acreditavam: a miséria cubana já pode ser degustada na esquina ou diante da geladeira vazia. (Luis Dufaur) 
Um povo que valoriza seus privilégios acima dos seus princípios, cedo perde os dois. (Eisenhower)

Nenhum comentário: