19 de jan de 2015

Violências, bandidagens, corrupções... para onde vamos?...

 photo _atremei.jpg Visto de turista - Jornalistas brasileiros têm passaportes apreendidos na Indonésia. Diplomatas brasileiros na Indonésia estão negociando a normalização da situação. Uma equipe de reportagem da TV Globo que foi à Indonésia para cobrir a execução do brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira teve seus passaportes apreendidos por autoridades locais.

Nevada - O Departamento de Justica americano já sabe aonde os bilhões da Petrobras foram lavados! 

2º mandato da Dilma termina sem nem começar... E que terrível vexame para o Brasil! 

Investigadores do Departamento de Justiça dos EUA, a partir de informações obtidas nos processos da Operação lava Jato, já identificaram o centro bilionário de lavagem de dinheiro de corruptos políticos do Brasil. 

Incentivos fiscais do estado de Nevada foram usados por centenas de empresas abertas em nome de brasileiros para investir a grana obtida em negociatas com o setor público.

A maior parte das operações do doleiro Alberto Youssef se direcionava para aquele estado norte-americano famoso pelos impostos baixíssimos.

Investigadores já descobriram que o principal sistema para lavagem de dinheiro era uma espécie de investimento em participações acionárias de hotéis. 

O esquema mafioso-contábil superfatura as tarifas, cobrando pelo teto de hospedagem, sem que tenha ocorrido ocupação de quartos. 

As notas fiscais são emitidas, recolhendo-se e os mínimos impostos cobrados em Nevada. Os resultados financeiros tornavam legalizado o dinheiro de brasileiros que doleiros transportavam.

No submundo do Congresso Nacional, em Brasília, já se comentava ontem que os peritos norte-americanos já identificaram centenas de políticos com negócios apenas em Nevada. 

Eles foram descobertos pelo complicado cruzamento de dados de parentescos. A maioria das empresas é registrada em nome de laranjas. Os mais idiotas usaram parentes. Os mais espertos usaram amigos com maior dificuldade de rastreamento, mas que foram identificados por uma coincidência fatal. Todos usaram o doleiro Youssef como Banco Central.

A novidade é que as falcatruas agora mapeadas já tinham sido usadas no velho escândalo do Mensalão - que agora é exemplo de impunidade. 

O maior prejudicado foi Joaquim Barbosa, pressionado a se aposentar, pelo rigor excessivo com que agiu no julgamento da Ação Penal 470. 

A maioria dos condenados já está tecnicamente solta, cumprindo regime de prisão domiciliar, excetuando-se Marcos Valério Fernandes de Souza - que, uma hora, pode ficar pt da vida e partir para alguma delação premiada. 

Por enquanto, Valério mantém o silêncio obsequioso na cadeia, para alívio de muitos grandes investidores no ramo de hotelaria...

O pavor agora é com o Petrolão.

O manjado esquema pode vir à tona por pressão de investidores norte-americanos injuriados com os prejuízos que tiveram na Petrobras, por causa das negociatas identificadas na Operação Lava Jato. 

Agora, a coisa pode ficar séria para os corruptos brasileiros porque o Departamento de Justiça dos EUA resolveu levar o caso aos tribunais. 

Uma ação criminal corre em sigilo judicial para apurar se a Petrobras ou seus funcionários, intermediários ou prestadores de serviço violaram o Foreign Corrupt Practices Act, uma lei contra a corrupção que torna ilegal subornar funcionários estrangeiros para ganhar ou manter negócios. 

Outra ação civil é movida pela Securities and Exchange Comission (SEC, órgão do governo norte-americano que regula o mercado de capitais), já que a Petrobras tem recibos de ações negociados na Bolsa de Nova York.

A coisa ficará mais preta que petróleo porque, como o Alerta Total antecipou, pelo menos três magistrados da Corte de Nova York já estariam dispostos a agir com total rigor contra diretores e ex-dirigentes da Petrobras, incluindo a ex-presidente do Conselho de Administração Dilma Rousseff, assim que chegarem aos tribunais os processos civis e criminais que apuram lesões contra investidores norte-americanos geradas por práticas de corrupção ou suborno.

O Brasil corre o sério risco de ter sua Presidenta processada nos EUA, com chance de ser condenada, no mínimo, a pagar multas milionárias. 

Nos States, o Big Petroleum (vulgo Petrolão) corre em sigilo judicial. Moralmente, o segundo mandato já termina sem sequer começar...

Não teria preço o vexame internacional de o Brasil ter sua Presidenta processada nos EUA, com alto risco de ser condenada a pagar multas milionárias. 

Processar grandes empresas rende muita grana nos EUA, inclusive com premiações para juízes e promotores. 

As recompensas previstas na legislação norte-americana para quem faz colaboração premiada para desvendar crimes econômicos variam de 10% a 30% do valor do suborno ou de superfaturamento. Várias companhias ligadas à indústria do petróleo já foram condenadas pela lei anti-corrupção nos EUA. 

As multas impostas pelas condenações foram pesadíssimas. A Security and Exchange Comission, xerife do mercado de capitais, não perdoa. A recordista foi a Panalpina (que subornou autoridades na Nigéria, Angola, Brasil, Rússia e Cazaquistão, sendo obrigada a pagar a megamulta de US$ 81,9 milhões.

Nos rigorosos tribunais dos EUA, sobretudo os de Nova York, com a mão pesada da SEC, já dançaram várias empresas de grande porte, pagando multas milionárias. 

 • Pride International (US$ 56,1 milhões), 
• Royal Dutch Shell (US$ 48,1 milhões), 
• Transocean (US$ 20,6 milhões), 
• Noble Corporation (US$ 8,1 milhões),
• Tidewater (US$ 7,5 milhões), 
 • GlobalSantaFe (US$ 5,8 milhões). 

As pesadíssimas multas também doem no bolso dos dirigentes empresariais envolvidos nos escândalos. Eis o grande risco que correm a Petrobras, seus diretores e conselheiros (de administração e fiscal), graças às várias denúncias, com provas, do Petrolão. Como o Tio Sam odeia pizza, a parada fica indigesta para os brasileiros.

Não era novidade que o governo dos EUA, através da NSA, não só espionou as falcatruas na Petrobras como também já investigava, formalmente, denúncias de corrupção na petrolífera brasileira. 

A novidade ruim para Dilma Rousseff foi que o Petrolão ganhou dimensão mundial ontem, graças a uma reportagem do Financial Times. O jornal britânico informou que uma ação criminal e outra civil apuram se a Petrobras ou seus funcionários, intermediários ou prestadores de serviço violaram o Foreign Corrupt Practices Act, uma lei contra a corrupção que torna ilegal subornar funcionários estrangeiros para ganhar ou manter negócios.

A matéria do Financial Times deixou Dilma pt da vida porque destacou que muitos dos supostos problemas ocorreram quando a presidente Dilma Rousseff foi chefe da empresa antes de tomar posse (como presidente da República) em 2011. Concretamente, Dilma já sabe que, independentemente de ser chefe de Estado, corre o risco de ser alvo de investigação e processo nos EUA.

O FT apavorou a petralhada: O Departamento de Justiça dos Estados Unidos abriu uma investigação criminal sobre a companhia que tem recibos de ações negociados em Nova York. Enquanto a Securities and Exchange Comission (SEC, órgão do governo norte-americano que regula o mercado de capitais) realiza uma investigação civil.

Cresce o reuso de água nas refinarias da Petrobrás - A Petrobrás implementando uma série de medidas para promover o uso racional e eficiente da água em suas refinarias no Brasil. Essas ações propiciaram que o volume de água reusada subisse de 20,32 bilhões de litros em 2011 para 23,31 bilhões de litros em 2014.O volume adicional de reuso equivale a 3% de toda água consumida pelas nossas refinarias no Brasil. 

Lula e Zé Dirceu se desentendem. Leia

Dilma: constrangida e indignada 

Fórum econômico mundial
Nesta semana, mais precisamente entre os dias 21 e 24, em Davos, Suíça, acontece a 45ª edição do Fórum Econômico Mundial, cujo tema principal a ser analisado é Novo Contexto Mundial.

E, pelo que dizem os organizadores, nesta edição são esperados mais de 2500 participantes (recorde) procedentes de 140 países. 

Objetivos de desenvolvimento do milênio
O Fórum de Davos, como é chamado, também deve tratar do programa de desenvolvimento para depois de 2015, prazo concedido para cumprir os -Objetivos de Desenvolvimento do Milênio- (ODM), que inclui a redução da pobreza extrema e a garantia de acesso à educação primária.

Concorrido
Pelo visto, o encontro deste ano promete ser um dos mais concorridos. Entre os mais de 300 chefes de Estado e de governo, ministros e autoridades, que perfazem a nata da política, da economia e do mundo acadêmico, que confirmaram participação, 14 são ganhadores do prêmio Nobel. Que tal?

Posse de Evo Morales
Pois, como já foi noticiado, a presidente Dilma Neocomunista Rousseff, depois de confirmar presença voltou atrás. Entendeu que a sua presença é mais importante na cerimônia de posse de Evo Morales, que acontece no dia 22, em La Paz, Bolívia. Isto sem falar que precisa fazer um pit-stop em Cuba, para pedir a benção do ditador Castro.

Única participação
Vale lembrar que, desde 2011, quando assumiu a presidência do Brasil, a única edição em que Dilma participou do Fórum Econômico Mundial foi a de 2014, quando discursou (mentiu) por 30 minutos para uma plateia formada por líderes mundiais e empresários.

Constrangimento
Na real, Dilma encontrou na posse de Morales a forma para evitar constrangimentos. Depois de mentir descaradamente, na edição de 2014, dizendo que o Brasil era a pérola dos países emergentes, seria impossível explicar, à uma plateia tão preparada, o quanto de destruição conseguiu produzir em apenas um ano. 

O grande motivo 
Deixando de lado mais essa lamentável postura da presidente, que por certo só pode melhorar o nível do Fórum Econômico Mundial, devo admitir que Dilma me surpreendeu, ou seja, ela mostrou ter sentimentos. E, como tal, é capaz de ser tomada de indignação. 

Completamente tomada de indignação repudiou a execução do brasileiro bandido-traficante de drogas condenado à pena de morte na Indonésia. Por tudo que acontece a todo momento no Brasil, com centenas de mortes promovidas por traficantes, a presidente, curiosamente, jamais demonstrou revolta e/ou indignação. 

Aliviado com o destino do bandido entendo que o motivo maior da indignação de Dilma se explica pela foto publicada no Estadão, na entrevista que o jornal fez com a mãe do condenado: na sala de sua casa aparece, ao fundo, uma enorme foto de Che Guevara. Está explicado o grande motivo da indignação, não??? (Gilberto Simões Pires) 

De Israel 
Nestes tempos em que estão sendo comemoradas as conquistas do povo de Israel, em seus curtos 66 anos de vida independente, vale relacionar este decálogo de conquistas científicas que beneficiarão, não somente aos israelenses, mas à toda a Humanidade.
1 - A Universidade de Tel Aviv está perto de alcançar uma vacina nasal que proteja tanto da doença de Alzheimer quanto dos derrames. As primeiras experiências são muito encorajadoras.
2 - O Technion de Haifa, instituto dedicado à pesquisa de tecnologia médica, desenvolveu um teste de sangue simples que pode detectar várias doenças ( incluindo câncer ).
3 - O Centro Ichilov de Tel Aviv isolou uma proteína que vai substituir a colonoscopia na detecção do câncer de cólon. Basta um simples exame de sangue . O câncer do cólon mata cerca de 500.000 pessoas por ano. Muitas dessas mortes podem ser evitadas se detectadas a tempo.
4 - A acne não mata ninguém, mas gera grande ansiedade e insatisfação a milhões de adolescentes. O laboratório CureLight criou uma maneira de curá-la, emitindo raios ultravioleta de alta intensidade sobre as bactérias que produzem acne, sem causar mais complicações.
5 - O laboratório Given Imaging desenvolveu uma pequena câmera na forma de comprimidos que são engolidos e passam milhares de fotos do aparelho digestivo. Estas imagens, de alta qualidade (dois por segundo, durante oito horas), podem detectar pólipos, câncer e fontes de sangramento. Elas são enviados a um chip que as armazena e, em seguida, descarregadas em um computador para o médico examinar. O paciente expele a câmera através do reto.
6 - A Universidade Hebraica desenvolveu um estimulador elétrico por baterias que são implantados no peito dos pacientes com Parkinson, bem como marcapassos. As emissões destes sinais nervosos bloqueiam as unidades que causam os tremores.
7 - O odor da respiração de um paciente pode ser usado para detectar se ele tem câncer de pulmão. O Instituto de Nanotecnologia Russell Berrie criou sensores capazes de perceber e registrar 42 biomarcadores que indicam a presença de câncer de pulmão sem a necessidade das invasivas biópsias.
8 - É possível fazer sem cateterismo, em muitos casos, exames que visam clarificar o estado das artérias coronárias. O EndoPAT é um dispositivo colocado nas pontas dos dedos indicadores, que pode medir o estado das artérias e prever as chances de um ataque cardíaco ocorrer nos próximos sete anos.
9 - A Universidade Bar Ilan está estudando um novo medicamento para combater vírus transmitidos pelo sangue. Eles chamam a armadilha de Vecoy, que engana o vírus para alcançar a sua auto-destruição. É muito útil para combater a hepatite, o temido Ebola e AIDS.
10 - Os cientistas israelenses do Hadassah Medical Center podem ter curado o primeiro caso de esclerose lateral amiotrófica, conhecida como doença de Lou Gehrig. O tratamento foi desenvolvido com base em células-tronco e curou um rabino ortodoxo.

Nenhum comentário: