21 de jan de 2015

Da tristeza, miséria, ao hilário. Isto é Brasil...

 photo _apiscinasou.jpg
Conheça a Bolsa-Piscina. 

Na bolsa-piscina, não há limite algum para o consumo de água. Você, mesmo em tempo de racionamento, tem água à vontade para encher a sua piscina, e sem pagar nada. Quem paga a conta somos nós, os idiotas pagadores de impostos. (AC)

Em pleno racionamento de água, onde a Prefeitura diz multar quem esbanjar ou ultrapassar o consumo (que você economizou pra ajudar na falta de chuva), que baixou o nível de sua conta. E agora você será multado se passar do mínimo rsrsrs. Aí você vê isso nas favelas. Ops, nas comunidades carentes kkkkkk. Pessoas que não pagam água, luz e IPTU! Sabem por que? Porque somos nós que pagamos por eles... E por nós não sermos carentes, taí o retrato do descaso! Toma povo besta! (Facebook) 

A prova da destruição 

Prova definitiva
Ontem, através do mega-apagão elétrico que atingiu praticamente todo o Brasil, o governo Dilma-neocomunista-petista deu a prova definitiva, ao mundo todo, do quanto sabe planejar e executar, de forma cirúrgica, a destruição econômica de um país. 

Sem erro
Pelos frutos colhidos até o presente momento fica mais evidente ainda que basta cumprir a Matriz Econômica Bolivariana para que magníficos resultados de destruição apareçam a curto e médio prazo. O projeto, como se percebe, é certeiro, ou seja, não admite qualquer margem de erro.

Um pouco de animação
O que nos anima um pouco, se é que isto ainda é possível neste mar revolto de incompetência e corrupção que atinge o país, são os propósitos do ministro da Economia, Joaquim Levy, que dá noções de que (não se sabe se é para valer), a Matriz Destrutiva, que já levou a Venezuela ao caos total, está sendo abandonada. 

Reformas
Entretanto, o que me deixa pouco animado é que as decisões propostas por Levy, que de forma incessante busca o equilíbrio das contas públicas, só acontecem pela via do triste aumento de impostos e contribuições. Fazer reformas, fechar ministérios, cortar privilégios e/ou gastos absurdos, Levy não fala. 

Renúncia ao aumento de salário
Saindo do âmbito nacional, e entrando no Estado do RS, ontem o governador José Ivo Sartori e seu vice, José Paulo Cairoli, pressionados e constrangidos, resolveram renunciar (por prazo indeterminado) ao aumento de seus salários. Ainda que a atitude deva ser festejada pelo seu simbolismo, o lamentável é que a decisão foi tomada por pressão. Ou seja: a marca ruim da aceitação inicial do reajuste não sai com água e sabão. 

Nota de Marcel Van Hatten
.O Governador Sartori acaba de anunciar que ele e seu vice Cairoli abrirão mão do reajuste nos seus vencimentos. Eu já havia declarado ser contra os aumentos e, como deputado estadual, também abrirei mão da diferença.
. Fico satisfeito com a grandeza demonstrada pelo governador, ainda mais em um período de duríssima crise financeira, agravada pela má gestão do governo passado. Espero que os demais Poderes também sigam nessa linha. 
. O impacto nas finanças públicas desses gestos pode ser muito pequeno, mas o exemplo precisa ser dado. O RS tem jeito e faremos todo o possível para recolocar o Estado nos trilhos do desenvolvimento, com um governo menor e mais eficiente.

Nota de Tiago Simon
. Em solidariedade ao governador, digo não ao aumento.
.Em consonância com as aspirações dos gaúchos e em solidariedade ao Governador José Ivo Sartori e ao vice-governador Cairoli, que acabam de renunciar ao reajuste nos seus vencimentos, eu faço o mesmo.
. A difícil situação econômica pela qual o estado atravessa, pede exemplos de austeridade e coerência. Não é hora para aumentos de salário.
. Na última quinta-feira, dia 15 de janeiro, eu já havia colocado minha opinião sobre a renúncia ao aumento, durante reunião do governador com os deputados da base.
. Acredito no potencial do Rio Grande e sei que unindo esforços, acima de ideologias ou vontades pessoais, conseguiremos traçar o caminho para sair da crise e recolocar o Estado no patamar em que merece estar. É neste sentido que quero iniciar meu mandato como deputado estadual, com um gabinete aberto e fazendo política de forma transparente, representando verdadeiramente os interesses do povo gaúcho e seguindo o exemplo de um dos políticos mais coerentes e austeros que o país já conheceu, Senador Simon. Durante 25 anos renunciou ao seu direito de receber o salário de governador. 

Market place
. Petrobrás - Em defesa apresentada ao Tribunal de Contas da União, o ex-presidente da Petrobrás José Sergio Gabrielli pede para ser excluído, junto com outros dez ex-integrantes da Diretoria Executiva da estatal, do processo que determinou que o bloqueio de bens dos executivos responsáveis pela compra da refinaria de Pasadena, nos EUA.
. Caso o pedido não seja aceito, Gabrielli solicita que o Conselho de Administração, que autorizou o negócio em 2006, seja responsabilizado pelo prejuízo da compra e tenha o mesmo tratamento dos ex-diretores: todos precisam ser ouvidos no processo e ter o patrimônio congelado. (Estadão)

Apagão - Ontem, o operador nacional do sistema elétrico (ONS) ordenou que as distribuidoras cortassem o abastecimento devido a um alto pico de demanda. As distribuidoras foram forçadas a reduzir o fornecimento de energia, uma vez que o pico da demanda subiu às alturas, em virtude das elevadas temperaturas. O ONS ordenou que as distribuidoras das regiões Sudeste e Sul do país cortassem temporariamente o fornecimento de energia para determinadas áreas.
. O corte no abastecimento se destinou a oferecer algum alívio ao sistema de energia, evitando assim o risco de um dano nas turbinas.

20 bi - Os aumentos de impostos anunciados pelo governo Dilma devem resultar em R$ 20 bilhões a mais nos cofres públicos. Ou R$ 20 bi a menos nos bolsos dos pagadores de tributos.

Linha Gourmet - A linha gourmet da famosa marca italiana de massas Barilla, Academia Barilla, é a novidade de início de ano da rede Zaffari e Bourbon. Os produtos levam ingredientes selecionados e são fabricados sob rigorosos critérios de qualidade que visam à manutenção do sabor original das massas e da tradição artesanal da gastronomia italiana.
. Importada da Europa, a linha chega à rede nas versões spaghetti, fusilli, penne e linguini. Os produtos estão disponíveis nas grandes lojas da rede na Capital e no Bourbon Canoas e Hipermercado Bourbon em Novo Hamburgo. (Gilberto Simões Pires) 

Descoberta doença no Brasil pior que ebola! 
Esta nova doença, chamada de Ementira, já fez muitas vítimas entre os brasileiros, sendo transmitida pelo Dilmosquito, nome cientifico Dilmas Mentis Pacaraleus.
Este vírus chegou ao Brasil, inicialmente, através de um molusco barbudo, nome científico Lulas Larápius Cachasserófilus.
Quais são os sintomas?
A pessoa fica cega, não enxerga que está sendo roubada, acredita em todo tipo de mentira que o mosquito zumbir na TV e começa a pensar que o Brasil é um grande big-brother e que se deve votar na Dupla Sapo Barbudo-Velhinha Mentirosa, como se fosse apenas um programa de TV e não a decisão da vida de todos nós deste país!
Outros sintomas são o total esquecimento do Mensalão e dos roubos na Petrobras (3% de comissão), Pasadena e tantos outros. 
Como se dá a infecção?
O Dilmosquito utiliza o ferrão do poder público para injetar uma dose de mentiras diretamente na cabeça da vítima. Então, aproveitando-se do poder conseguido, ele suga o dinheiro público para fertilizar seus ovos e sustentar os cumpanhêro da próxima ninhada que virá.
Onde ele ataca?
O Dilmosquito gosta de cérebros parados, totalmente sem cultura/educação, até mesmo em pessoas cultas com curso superior, porém idiotizadas, onde pode depositar seus ovos sem medo.
O que posso fazer para evitar isso?
Para se prevenir disso, o remédio é o estudo e leitura de todos os jornais e revistas, que mostram a corrupção e podridão do PT. Isto lhe dará anticorpos para se defender.
Porém, se você já foi afetado, utilize imediatamente a vacina cultural , que eliminará de vez esta praga!!! (Web) 

700 médicos cubanos fugiram da Venezuela em 2013. 
A ditadura, a crise econômica e a insegurança na Venezuela fizeram com o que o número de médicos cubanos que abandonaram seu trabalho - escravo - e fugiram para os EUA duplicasse no último ano, atingindo a marca de 700 desertores, noticiou O Globo (17.11.2014).
O jornal carioca cita informações da ONG norte-americana Solidariedade Sem Fronteiras (SSF), com sede em Miami, que faz a assessoria de médicos que tentam se regularizar no país. 
Do total de 5 mil pessoas acolhidas pela SSF, 2.637 são médicos que conseguiram fugir de Cuba.
Júlio César Alfonso, presidente da SSF, é um deles. Aos 46 anos, vive nos EUA desde 2009, para onde foi como refugiado político. 
De acordo com Alfonso, a deserção vem aumentando em todo o mundo - entre setembro de 2013 e o mesmo mês de 2014, cerca de 1.100 médicos enviados por Havana a diversos países deixaram seus miseráveis empregos.
Mas em nenhum lugar a situação é tão ruim como no regime bolivariano-chavista.
Até 2013, a média anual de deserções na Venezuela, onde atuam cerca de 30 mil médicos cubanos, era de 300. 
Mas a falta de estabilidade financeira, econômica e política, principalmente depois da morte de Chávez, afastou os médicos cubanos do país - disse, em entrevista por telefone ao Globo. 
Nos últimos anos, quase 70 deles morreram na Venezuela. E a deserção vem crescendo também em países como Bolívia, Nicarágua e alguns da África.
Ficamos aguardando melhores informações sobre o Brasil. (Luis Dufaur) 

Renan, de novo, em risco de ser cassado. Leia

Lisboa, menina e moça...

Conselho de Ética alemão: incesto é direito humano fundamental 

A cultura da morte ameaça desfazer a Alemanha Conselho de Ética Alemão emitiu parecer segundo o qual o incesto deve ser considerado direito fundamental de parentes à autodeterminação sexual, quer dizer, ao incesto, noticiou o jornal inglês The Telegraph.

O incesto é ilegal na Alemanha. Mas, segundo esse parecer, as leis que o proíbem entre irmãos e irmãs constituem uma intrusão inaceitável, contrária a um suposto direito à autodeterminação sexual.

O Direito Penal não é o meio apropriado para preservar um tabu social, escreveu com empáfia o Conselho. O direito fundamental de parentes próximos à autodeterminação sexual deve ser considerado como de maior peso do que a abstrata ideia de proteção da família, acrescenta sibilinamente.

O Conselho se pronunciou após a ocorrência de um caso de incesto muito explorado pela mídia, como é o método para se introduzir uma perversão moral nas leis dos países.

O jovem Patrick, que vivia com sua irmã, foi condenado a mais de três anos de prisão e obrigado a se separar dela. Ambos, porém, aguardam que a sentença seja derrubada pela Corte Europeia dos Direitos Humanos, de triste fama.

Eles tiveram duas crianças deficientes mentais, reforçando a experiência, reconhecida por todos, da alta probabilidade de nascerem crianças com anormalidades genéticas de casal incestuoso./ Mas o Conselho de Ética menosprezou esse argumento de bom senso, arguindo que também aconteceu de nascerem crianças normais.

O Conselho privilegia os polêmicos Direitos Humanos e aduz que muitos incestuosos vivem secretamente sua relação.

O incesto é ilegal na maioria dos países europeus, com exceção da França, onde Napoleão I aboliu as leis que o proibiam.

A abolição do crime de incesto será um mau sinal, disse Elisabeth Winkelmeier-Becker, porta-voz do partido da chanceler Angela Merkel no Parlamento.

Eliminando o temor do castigo dos atos incestuosos dentro das famílias, agiremos contra a proteção e o desenvolvimento tranquilo das crianças.

Um abismo atrai outro abismo diz o velho adágio latino. A aprovação do casamento homossexual abriu o caminho para a aprovação do casamento incestuoso. Aprovado este último, amanhã teremos uma perversão ainda mais profunda reclamando seus direitos.

Até um dia alguém achar que tem o direito humano de se casar com um ser dos abismos infernais. (Luis Dufaur) 

Frase do dia: Não acredito em derrotados, mas sim em acomodados!

Nenhum comentário: