2 de dez de 2014

Nem houve passeata paulista pelo R$ 0,40…

 photo _aalfredo.jpg
Apocalipse now!... 

Embora muitos não tivessem acreditado - tanto que votaram nela!!!! - essa sra. DIImáh é uma verdadeira farsa! Diz, rediz, desdiz, se contradiz, como se o verbo fosse uma pluma lançada aos céus, que vai para aqui ou para ali, segundo os sopros dos ventos que a cercam! 

São tantas as mentiras e contradições entre o que ela diz hoje e o que ela faz amanhã que, nessa altura, fica muito difícil não desbancar seu guru - o sr. Lulla da Silva - como o ...maior mentiroso que já existiu neçe pais...


 photo _a01.jpg
E entre tantas e tantas mentiras, ainda lhe sobra o inigualável troféu de ...a criminosa fiscal maior de nossa história... nessa sua absurda tentativa de revogar a Lei da Responsabilidade Fiscal, tão duramente conseguida em passado recente, desde 2.000! Numa desesperada tentativa de se livrar de sua criminalização oficial, por não ter cumprido aquilo que era de seu dever legal, cumprir!

É uma vergonha e uma humilhação para o nosso País, vermos os responsáveis e ilibados srs. políticos do País, fazer das tripas o coração, para aprovarem essa pontual e imoral alteração da Lei de Responsabilidade, somente para livrar a cara de sua criminosa maior!


 photo _a02.jpg
Todos se merecem, inclusive aqueles que deram o seu aval para a continuidade desse Modelo de mentiras e de criminalidade, à frente de nosso País!

E agora; como ficarão os prefeitos e governadores que não cumprirem com seus deveres de observância dos orçamentos e de seus gastos? Vão ser anistiados do mesmo modo que a sra. DIImáh? Ou não? E os que foram condenados ou até perderam seus mandatos, por terem cometido esse mesmo crime? Vão ser reabilitados?

Enquanto a gastança para os privilegiados e cumpañeros não tem mais limites, os outros!...

   photo _a03.jpg (Márcio Dayrell Batitucci)

Cade diz que haverá punição severa se cartel em licitações for provado. Ex-diretor da Petrobras não vai falar em acareação nesta terça-feira. Suposto operador do PMDB na estatal esteve 9 vezes na Câmara.

CGU abre mais nove processos sobre propina holandesa. Objetivo é apurar a obtenção de vantagens pela SBM Offshore e o pagamento a agentes públicos após contratos com a Petrobras.

Governo pressiona Congresso com liberação de verbas. Planalto condiciona pagamento de emendas parlamentares à apovação de mudanças na meta fiscal. Oposição denuncia chantagem. Dilma apela à base para aprovação da mudança da meta fiscal.

Ministra Luciana Lóssio, do Tribunal Superior Eleitoral, despachou para julgamento o processo em que a senadora Kátia Abreu (PMDB) é acusada pela Procuradoria Geral Eleitoral de usar a Confederação da Agricultura e Pecuária para promover arrecadação ilícita na campanha de 2010; deputado federal Irajá Abreu (PSD), filho de Kátia, recebeu R$ 200 mil; para a PGE, arrecadação feriu a legislação eleitoral porque impediu a identificação dos doadores; julgamento é acompanhado com atenção pelos deputados federais Eduardo Gomes (SD), que pode ir ao Senado no lugar de Kátia, e Júnior Coimbra (PMDB), que ficou na primeira suplência e pode ficar com a vaga de Irajá; decisão deve ocorrer hoje ou na quinta-feira.

Jarbas ataca PT - Em discurso, Senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), eleito deputado federal este ano, afirmou que o cenário político atual está mais para um filme de terror, daquele no qual o monstro mata todos os mocinhos, em referência aos escândalos de corrupção; em seu discurso de despedida no Senado, Jarbas afirmou que o modelo de plebiscito proposto pela presidente Dilma Rousseff tem como objetivo esvaziar a representatividade do Congresso Nacional e implantar o modelo bolivariano.

Dilma esqueceu a promessa de construir 800 aeroportos regionais no Brasil, mas não a prioridade de atender sempre a Odebrecht: garantiu 144 milhões de dólares para a obra do aeroporto de Nacala, norte de Moçambique. Ofereceu dinheiro barato do BNDES, com prazo de avô para tataraneto, sob a condição de a obra ser entregue a empresa brasileira - a Odebrecht, é claro. A inauguração será sábado (13). A Odebrecht ganhou a obra em Moçambique sem licitação. O BNDES entrega o dinheiro diretamente à empresa e não ao país financiado.

Gasolina está mais cara no Brasil que no exterior; sobrepreço chega a 24%.

Mais gastos para o país - Governo condiciona verba parlamentar a nova meta fiscal. Se texto for aprovado, cada congressista terá R$ 750 mil a mais em emendas.

Mais da metade das vans que circulavam nos bairros da Zona Norte foram proibidas de circular desde ontem pelo prefeito Eduardo Paes. Isso representa 2 mil chefes de família sem emprego às vésperas do Natal. Agora apenas 20 linhas podem rodar. Com isso os passageiros estão passando longo tempo nos pontos porque várias linhas de ônibus têm poucos coletivos. Os moradores da Zona Norte estão revoltados. A partir das 20 horas é preciso esperar mais de uma hora por um ônibus. Mas é uma compensação de Eduardo Paes aos empresários de ônibus, que apoiaram o PMDB na eleição. (Garotinho) 

Venda de bilhete do metrô para o Réveillon começa amanhã. Este ano a compra do cartão também poderá ser feita pela internet. O limite de compra é de até dez cartões por pessoa.

População brasileira se mobiliza e sairá às ruas em diversas cidades para exigir o fim do uso de agrotóxicos. Manifestação que ocorre nesta quarta (3) também pede mais estímulo à agroecologia; data marca os 30 anos da explosão da fábrica de agrotóxicos da Caribe Union, na Índia. 

Os participantes da vigília diante do Congresso iluminam o caminho a ser percorrido pela resistência democrática.
No momento em que escrevo - duas e meia da madrugada -, integrantes da resistência democrática brasileira permanecem em vigília na Praça dos Três Poderes. Eles exigem do Congresso a rejeição da chicana concebida pelo governo para estuprar a Lei de Diretrizes Orçamentárias, transformar prejuízo em lucro, fingir que fechou o rombo imenso nas contas públicas e apressar o enterro da Lei de Responsabilidade Fiscal.
Sejam quantos forem os manifestantes, as cenas no vídeo balizam o caminho a seguir. As grandes passeatas de 2013 ensinaram que os indignados com a Era da Canalhice, em vez de pedir aos militares que saiam dos quartéis, deveriam sair de casa e juntar-se aos protestos de rua. Parlamentares situados por multidões de bom tamanho criam juízo em poucos segundos. Foi assim há um ano e meio. Assim é que deve ser. E é assim que será. (Augusto Nunes)
Os políticos foram eleitos para melhorar a vida do povo, não para saqueá-lo!

Nenhum comentário: