18 de nov de 2014

À espera do compasso ou em compasso de espera...

 photo _asalvapele.jpg
Graça admite só agora escândalo que VEJA revelou em fevereiro e que ela própria negou em março. Vá pra casa, minha senhora! Graça, ouça um bom conselho, eu lhe dou de graça, como dizia Chico Buarque: vá para casa, peça demissão, facilite a vida da presidente. Seu tempo acabou.

É… Quando Dilma Rousseff vai demitir Graça Foster? Ou quando Graça Foster vai se demitir? Quando essa gente vai ter um pouco de bom senso? Por que escrevo essas coisas? 

Em fevereiro, a VEJA denunciou que a empresa holandesa SBM havia pagado propina para funcionários e intermediários da Petrobras. A revista, claro!, apanhou da canalhada. No fim de março, Graça anunciou com solenidade que a empresa havia feito uma investigação interna e não havia encontrado nada de errado. 

Na semana passada, o Ministério Público da Holanda aplicou uma multa de US$ 240 milhões à SBM por propinas pagas mundo afora, inclusive… no Brasil, em negócios com a Petrobras! 

E eis que acontecem, então, milagres. O ministro Jorge Hage, da Corregedoria-Geral da União, revela que há, sim, uma investigação em curso. É mesmo? E, mais surpreendente, Graça Foster revela hoje que a Petrobras, de fato, tinha conhecimento do pagamento de propina desde meados do ano. 

É? Alguém foi punido? Algum funcionário foi preventivamente afastado? Providências foram tomadas? É razoável que a confirmação oficial da roubalheira parta do Ministério Público da Holanda? Disse: Passadas algumas semanas, alguns meses [da investigação interna da Petrobras], eu fui informada de que havia, sim, pagamentos de propina para empregado ou ex-empregado de Petrobras. Imediatamente, e imediatamente é imediatamente, é que informamos a SBM de que ela não participaria de licitação conosco enquanto não fosse identificada a origem, o nome de pessoas que estão se deixando subornar na Petrobras. E é isso que aconteceu, tivemos uma licitação recente, para plataformas nos campos de Libra e Tartaruga Verde, e a SBM não participou.

É pouco e errado, minha senhora! Quem estava informado sobre tudo isso? A Petrobras não é patrimônio seu, mas do povo brasileiro. 

Esta senhora falou ainda outra coisa estranha. Disse não haver nenhuma informação avassaladora que justifique rompimento de contrato com empreiteiras. Epa! Eu também me oponho a que se paralisem todas as obras ou a que se rompam todos os contratos. Mas daí a dizer que não existem informações avassaladoras vai uma distância imensa. 

Graça não considera avassalador que um mero estafeta do PT, como Pedro Barusco, aceite devolver R$ 252 milhões? Ela não considera avassalador que uma única empresa, a Toyo Setal, confesse ter pagado pelo menos R$ 154 milhões a dois diretores? 

Graça, ouça um bom conselho, eu lhe dou de graça, como dizia Chico Buarque: vá para casa, peça demissão, facilite a vida da presidente. Seu tempo acabou. (Reinaldo Azevedo)


A bomba que o PT não quer que estoure 

Por iniciativa do valoroso e único parlamentar de quem se pode esperar atitudes, o STF se posicionará através de seu ministro presidente sobre o pedido do Senador Álvaro Dias (PSDB-PR) de que sejam revelados todos os meandros dos empréstimos de financiamento de obras no exterior, em especial em Cuba, Venezuela e Angola. 

Assim o Sen. Álvaro Dias se pronunciou sobre o caso: Não se pode admitir que o governo faça empréstimos vultosos sem que aqueles que pagam impostos saibam de informações como o valor dos empréstimos, o prazo de carência para o seu resgate, taxas de juros. Não vejo outro assunto que revolte tanto a população como saber que o governo empresta dinheiro dos brasileiros para a construção de um porto em Cuba, para o metrô de Caracas, para a construção de uma hidrelétrica na Venezuela, entre outras tantas obras em países controlados por ditadores

Eu, até então, desconhecia a extensão dos empréstimos e para que eles serviam nesses países. Sabe-se agora que não foi apenas para se construir o Porto de Mariel, em Cuba, que o nosso suado dinheirinho foi empregado. Enquanto São Paulo e, principalmente, Salvador sofrem com a falta de transporte via metrô, o BNDES financia completamente o metrô de Caracas. 

Se o ministro Joaquim Barbosa topar a parada - ele teve uma reunião fechada com o Senador tucano, ontem, a esse respeito - a coisa vai feder insuportavelmente para o lado do vigarista de Caetés. Calcula-se que o desvio de dinheiro público por intermédio desses empréstimos é tão grande que o Mensalão será completamente esquecido por ter sido apenas um roubozinho sem a menor importância

Lembrem-se de que os empréstimos foram feitos em moeda estrangeira, dólares, bilhões deles! Se o Brasil tiver a sorte de ter como relator da matéria um Luiz Fux ou um Gilmar Mendes, o PT estará com seus dias contados, pois o roubo é tão grande que ninguém é capaz de avaliar o quanto. Vamos torcer para que seja um desses dois ministros o relator, porque se cair nas mãos de Barroso, Toffoli, Lewandowski ou daquele gaúcho… 

Bom, melhor esperar pra vermos. O pedido de Álvaro Dias é uma ação direta contra a Presidenta Dilma Rousseff, o ministro Mauro Borges (Desenvolvimento, Indústria e Comércio) e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho. Alvaro Dias fez seu pedido ao STF com base na Lei nº 12.527, de 2011, (Lei de Acesso à Informação) que, conforme preceitua seu art. 1º, tem a finalidade de garantir o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5º, no inciso II do § 3º do art. 37 e no § 2º do art. 216 da Constituição Federal. Dessa ação judicial dependerá o futuro de Rousseff e seu séquito de ladrões, incluído aí o chefão de todos: Lulalarápio da Silva! (Lourinaldo Teles Bezerra, Osasco, SP)
A loucura dos homens sãos
O mundo de hoje parece totalmente descontrolado. Aquilo que seria inconcebível até pouco tempo atrás, ocorre hoje e ninguém mais se espanta.
Qual a razão para tanto descalabro acontecendo no meio de tanta apatia?
Esta é a pergunta fundamental para nossos dias. Mas antes de sugerir uma resposta, dou alguns exemplos.
1 - Está em andamento na Colômbia um diálogo de paz entre o governo de Juan Manuel Santos e os guerrilheiros das FARC. Nisso já há um disparate, pois os guerrilheiros estavam sendo vencidos e encurralados, e Santos os chama para conversar, num palco ideal para eles, que é a Cuba comunista, acenando-lhes com condições mais do que vantajosas, como a participação política privilegiada e outras benesses.
Pareceria que os cabecilhas do grupo guerrilheiro deveriam estar exultantes e prontos a entregar as armas. Nada disso. Publicaram um comunicado insolente nos jornais, no qual afirmam que só entregarão as armas, se houver a desmilitarização da sociedade e do Estado, ou seja, se forem dissolvidos o Exército e as polícias!
Depois disso, dir-se-ia que o diálogo acabou. Não. Ele continua, e o governo parece sempre mais disposto a novas concessões! Entenda quem puder.
2. No campo religioso, Mons. Livieres Plano, até há pouco Bispo de Ciudad del Este, no Paraguai, foi destituído pelo Papa Francisco, sob a alegação de que com ele não havia unidade eclesial na Diocese e com os demais Bispos. Falou-se também de que ele protegeria um padre pedófilo, ao que parece sem provas.
O bispo Livieres saiu-se então com um comunicado pouco comum, em que afirma, entre outras coisas: Aceito [a destituição], por mais que a considero infundada e arbitrária, e da qual o Papa terá que prestar contas a Deus e não a mim. Queixa-se de que nem sequer foi ouvido e de que foi vítima de uma perseguição ideológica por parte dos progressistas.
Convenhamos, tudo isso é surpreendente.
3. Enquanto isso, no Oriente Médio, um Califado recém inventado entrega-se a decepar cabeças, com a característica nada comum de que filma as execuções em vídeo e as transmite pela internet para o mundo todo!
4. No Brasil, na fase pré-eleitoral, institutos de pesquisa, com cobertura bombástica da mídia, anunciaram durante semanas seguidas que a candidata Marina da Silva iria facilmente para o segundo turno das eleições, com grandes chances de ser eleita presidente da República. E ela alcançou apenas um magro terceiro lugar, bem distante do segundo colocado.
Isso tudo, e muito mais que não temos espaço para relatar, falam de um mundo desestruturado, para não falar em decomposição.
Voltamos à pergunta inicial: qual a razão?
Não parece ser outra senão a progressiva apostasia em relação ao Cristianismo, que vai se acentuando com o passar dos anos e das décadas.
Quando ainda prevaleciam os princípios da civilização cristã, a cujo respeito o Papa Leão XIII disse que a influência da sabedoria cristã e a sua virtude divina penetravam as leis, as instituições, os costumes dos povos, havia evidentemente males, guerras e pecados como em todas as épocas houve. Mas havia uma lógica e uma ordem fundamental que a tudo presidia. O mal era chamado de mal, e o bem, de bem; a verdade e o erro se diferenciavam um do outro; o monstruoso e o cacofônico não se ostentavam como arte, como na Bienal de São Paulo. A Igreja católica era o centro difusor da ordem e da elevação moral.
Essa inversão de valores, essa loucura dos homens sãos, essa anástrofe mental - se me permitem usar uma palavra um pouco pedante -, é o sintoma de um Cristianismo que se foi, como a alma se evola de dentro do corpo que não tem mais condições de viver. O que resta vai para o túmulo, para a podridão, para os vermes.
Até o momento da Ressurreição! Mas esta só poderá vir pela misericórdia de Nossa Senhora. Peçamo-la, pois. (Gregorio Vivanco Lopes)
Reajuste da Aposentadoria 
. Vamos vencer pelo cansaço ou morrer à míngua.
. Segundo a própria Dilma atestou no último debate, são 56.000.000 de pessoas atendidas pela Bolsa Família, A incoerência de tal declaração, joga por terra o índice de apenas 5,6% de desempregados no Brasil, divulgado pelo governo recentemente.
. O Bolsa Família é destinada aos desempregados ou ao clientelismo petista? Eu só gostaria de saber qual a justificativa do pessoal que votou no PT, para descalabro do fato de que o Bolsa Família (teve 10 % de aumento) onde ninguém trabalha, ter quase o dobro do aumento dos aposentados que trabalharam a vida toda. 
. Nesse ano de 2014: Reajuste para Aposentados=5,7% (a cada ano a defasagem é maior, o aposentado vai ganhando menos); reajuste para Trabalhador ainda na ativa=7,5%; e reajuste para o Programa Bolsa Família=10% ( foi só para garantir o voto de quem não tem compromisso com o trabalho).

Nenhum comentário: