26 de ago de 2014

Pesquise ou o país estagnará....

 photo _aadios.jpg
Um mar de lixo e lama: quase R$ 3 bilhões gastos e a poluição persiste. Apesar de programa de saneamento, Baía de Guanabara recebe por segundo 18.400 litros de esgoto não tratado. 

ooo0ooo
Comandante do Exército diz não à farsa da Comissão da Verdade 

Dilma, atropelando a Lei da Anistia, cria uma tal Comissão da Verdade para investigar torturas cometidas pelos militares contra os terroristas na década de 60/70 que queriam implantar no Brasil uma ditadura comunista. Os atentados praticados pelos subversivos ficam de fora das investigações; à tal Comissão só interessa focar sobre os militares.

Esse abuso acabou recebendo o devido tratamento pelo atual Comandante do Exército: proibiu todos os quartéis de fornecerem qualquer informação ou documentos sobre o assunto. Ao tomar tal medida, o General desafia frontalmente à guerrilheira Dilma. 

Vez que agosto é o mês preferido pelas bruxas políticas, e General de Exército não dá murro em ponta de faca, paira uma pesada nuvem de suspense sobre o covil da corja.

Anos de chumbo: comandante impõe silêncio ao Exército. Unidades da força são obrigadas a não colaborar com as investigações sobre os crimes da ditadura. Leia 
ooo0ooo 
Governo do PT está quebrando o ...
Tão grave este escândalo que merece ser compartilhado em todas as redes sociais!
O governo mete a mão até no dinheiro de trabalhadores! Desesperadas, três associações de funcionários dos Correios anunciaram que vão pedir hoje intervenção da Previc - órgão fiscalizador de todos os Fundos de Pensão do Brasil - no fundo POSTALIS. Há evidências de que os diretores, todos indicados pelo PT e PMDB, deste fundo de pensão com 140 mil de contribuintes, através de operações suspeitas, causaram um rombo de R$2.2 bilhões apenas em 2013 e 2014. Para se ter uma ideia do que significa este rombo, o patrimônio do fundo é hoje de R$5.4 bilhões.
A intervenção é necessária enquanto ainda, talvez, haja alguma esperança de recuperação. Outro argumento que será usado a favor da intervenção é que a gestão política também está sendo feita em outros fundos, como o da Previ (Banco do Brasil); Petros (Petrobras), entre tantos outros onde este governo indica dirigentes que nada entendem de Previdência Privada. São políticos com interesses que vocês já conhecem. Entre os negócios mal explicados feitos pela cúpula do POSTALIS, está uma operação com o Banco BNY Mellon atribuída a Youssef (o doleiro do PT) em transações que causaram prejuízos ao fundo quando houve a troca de títulos da dívida brasileira por títulos da dívida argentina.
Também faz parte da lista de maus negócios a compra de títulos da Venezuela, de ações de empresas quebradas tais como as do Império de Eike Batista, que viraram pó. É por isso que o PT vai fazer o diabo nestas eleições - frase de Dilma - para não sair do governo. O novo presidente, quando levantar o tapete, vai encontrar ratos e cobras que poderão levar muita gente para a cadeia. Pobre brasileiro, talvez nem se aposentar com o dinheiro que usou para contribuir com uma Previdência Privada (complementar ao INSS, o que por si só já é uma vergonha) será possível. O buraco deve ser tão grande que acredito que até este governo já não tenha mais noção de sua extensão.
Ontem (19/08/2014) eu ouvi no rádio a primeira propaganda do PT. Meu me vontade de vomitar diante de todas as mentiras do programa. Sem exagero, 100% de mentiras. Fiquei com a impressão de estar ouvindo políticos da Suécia ou da Noruega falando com seus cidadãos.Como existem pessoas que ainda acreditam neste governo? Não sei quem irá ganhar esta eleição com a Marina, agora, herdando os ideais de Eduardo Campos, mas uma coisa eu tenho claro dentro de mim: o governo do PT, PMDB e seus outros partidos nanicos precisam ser varridos do mapa. O que sobrar depois a gente dá um jeito de consertar. (Douglas Duran) 
ooo0ooo 
Dilma e Marina são comunistas!
Deu no Estadão de hoje, que o programa do governo da Marina Silva vai incluir a implantação do Programa Nacional de Participação social, conforme decreto assinado pela Dilma. Diz ainda o programa que além da implantar o Programa, vai incluir movimentos sociais em conselhos e instâncias de controle social do Estado.
Nem é preciso ser intelectual para entender que os movimentos sociais estarão exercendo o controle social sobre o Estado. O Estado é a própria nação. O Estado está acima da Constituição. O Estado significa soberania. Se os movimentos sociais exercem controle sobre o Estado, significa que os movimentos sociais estarão acima dele.
De princípio, o Estado é regulado pela Constituição, hoje em vigor a de 1988. A Constituição da República Federativa do Brasil, prevê três instâncias de poder, o executivo, o judiciário e o legislativo. Conforme queira dar entendimento ao decreto presidencial, os movimentos sociais poderão estar acima dos três poderes da República.
O decreto da Dilma sobre Programa Nacional de Participação Social, prevê que a formação e representação destes conselhos ficarão ao cargo da Secretaria Geral da Presidência da República. Em síntese, é o controle absoluto do Estado na mão da presidência da República. O presidente ou a presidente da República terá poder absoluto sobre o Estado. Em tese, a presidência da República, na prática terá poder sobre o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal. Tudo depende da interpretação do Decreto presidencial.
Assim como Dilma, a Marina Silva se eleita, implementará o Decreto presidencial do Programa Nacional de Participação Social. Isto é muito parecido com o modelo criado pelo então falecido Hugo Chavez e do atual presidente Nicolás Maduro da Venezuela. Bem, o resultado vocês sabem como termina, basta acompanhar os noticiários vindos de lá. Repressão violenta aos opositores do regime e economia cada vez mais estatizante. Lá, o Estado controla a vida do cidadão, via cadastramento biométrico, a última medida do Nicolás Maduro.
O Brasil caminha a passos largos, se eleita uma das postulantes, a Dilma ou Marina para presidente da República, para o comunismo. Comunismo é Estado totalitário! Em síntese, a democracia corre o risco!
Fico muito impressionado como os órgãos de representação civil, antes atuantes, hoje se calam. A Ordem dos Advogados do Brasil e Associação Brasileira de Imprensa eram os defensores intransigentes da democracia no País. Todos se calam, inclusive a grande mídia. Todos se calam beneficiados com subsídios governamentais. Todos viraram eunucos da República. Não tem mais gente com culhões para por basta nisto. Depois vem me dizer que sou radical...
Dilma ou Marina são comunistas! (Ossami Sakamori) 
ooo0ooo 
 photo _agaspetrp00.jpgFabulosas jazidas de gás e petróleo na Patagônia irritam ambientalistas
Por vezes até a natureza traz surpresas aos dirigentes eclesiásticos e políticos, empenhados em levar seus países a uma miséria como a cubana, apresentada por eles como mais de acordo com a pobreza ensinada por Jesus Cristo (e pelo Capital de Karl Marx)!

Na Argentina, por exemplo, a presidente chavista Cristina Kirchner está ativamente empenhada em quebrar a riqueza agropecuária do país e das classes tradicionais e conservadoras ligadas à terra.

Enquanto ela não consegue frear a produção e as exportações recordes de produtos agrícolas, outra notícia lhe veio a contragosto de uma frente diversa.

Na província de Neuquén, Patagônia, ficou impossível omitir a existência das mais promissoras jazidas de gás e petróleo do mundo, noticiou a agência AFP.


 photo _agaspetrp01.jpg
Em 2013, o governo americano qualificou a jazida de Vaca Muerta, na província de Neuquén, como a 2ª maior reserva mundial de gás de xisto e a 4ª em petróleo de xisto. 

Segundo a Accenture, a maior empresa de consultoria do mundo, Vaca Muerta tem o maior potencial de produção de combustíveis fósseis não convencionais conhecido fora dos EUA. 

Enquanto algumas das maiores companhias petrolíferas do mundo estão disputando áreas, outras já começaram a extração.

Só que o método de extração é o fracking ou fragmentação hidráulica, arbitrariamente detestado pelo ambientalismo.


 photo _agaspetrp02.jpg
A formação geológica de Vaca Muerta se estende numa área de 30.000 km2, onde os combustíveis fósseis não convencionais podem ser extraídos numa profundidade pequena para estes casos, numa região quase despovoada, sem riscos nem mesmo hipotéticos de danificar alguém.

Segundo dados da Administração americana para Informação sobre a Energia, o potencial de Vaca Muerta é de 27 bilhões de barris. Essas reservas de gás e petróleo atenderiam às necessidades da Argentina durante 400 anos.

Assim que começou a produção, mais uma surpresa: por baixo de Vaca Muerta, numa profundidade média de 5.000 metros, existe outra jazida de gás e petróleo de xisto com tamanho e potencial aproximados, segundo as primeiras estimativas, aos da própria Vaca Muerta.

Trata-se da jazida de Los Molles, que poderia começar a ser explorada dentro de cinco anos, segundo informou Clarín de Buenos Aires. 

Nós falamos de Vaca Muerta, mas Los Molles é tanto ou mais importante como reserva de gás e petróleo, explicou o engenheiro Gustavo Nagel, presidente da estatal de Neuquén GyP.

Apontando gráficos, a deputada provincial Beatriz Kreitman, ativista ambientalista empenhada em desmoralizar o aproveitamento dessa riqueza, disse: A pérola de Vaca Muerta é Los Molles ... é o segredo melhor guardado.


 photo _agaspetrp03.jpg
A empresa alemã Schlumberger já trabalha nas perfurações de Vaca Muerta. Os especialistas provêm de todo o mundo: mexicanos, dominicanos, poloneses, além de argentinos de todas as províncias.

As tecnologias de fragmentação hidráulica usadas no local são menos poluentes que as da exploração de combustíveis fósseis convencionais.

Mas a obstinação ambientalista contra o progresso não pondera as boas razões. E no caso argentino, ela se tornou subitamente muito espiritual, inimiga da riqueza, segundo certas pregações ouvidas em igrejas progressistas ou em discursos panteístas e neocomunistas verdes.

Nenhum comentário: