6 de mai de 2014

Quem irá nos salvar ?.......

Afinal, o celular vai funcionar na Copa? Usuário de celular diante de propaganda de operadora. Disponibilidade e estabilidade das telecomunicações sem fio despertam mais dúvidas que certezas, tanto dentro quanto fora dos estádios; 4G durante a Copa é jogada de marketing, dizem especialistas. Passagens e chips de celular ainda são problema para estrangeiros no Brasil. Por que há tantas queixas sobre celulares na AL?
Mundial terá policiais de 15 países ausentes do torneio. Lista de nações convidadas e que governo considerou estratégicas para a segurança do Mundial inclui Cuba, Moçambique e Nova Zelândia.
Carta-branca - MTST importa sem-teto para área em Itaquera. Embora o movimento afirme que invasão foi feita por moradores, líderes do disseram à reportagem que famílias de outras 7 ocupações foram para o local.
Maioria dos brasileiros não sabe quanto paga de juros no cheque especial. As seis maiores redes bancárias do país: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú Unibanco e Santander usam taxas mensais nessa modalidade muito altas, variando de 5,18% a 10,71% ao mês. (Extra)
Padilha, um nome diluído e impróprio a São Paulo.
 photo _ajorrando.jpg Levante do tapete: Relatório da Petrobras omitiu riscos em compra de refinaria no Japão.
Caluda - Ex-diretor da BR, Paulo Roberto Costa, estaria disposto a entrar na delação premiada para preservar sua família, já que familiares podem ser presos no decorrer da investigação. Ele já teria dito que não vai ser outro Marcos Valério que foi condenado, mas manteve a boca fechada. Esse é mais um que se abrir o bico vai derrubar muita gente. O clima é pesado em Brasília. (Cláudio Humberto)
Incompreensível! SP: Nível do Sistema Cantareira fica em 9,8% pela primeira vez. Para sobretaxar água, Alckmin deve decretar racionamento.
Financiamento eleitoral cria tensão entre Poderes. Clima no STF é contrário à articulação de deputados para dar sobrevida às doações de campanha de empresas.
Alberto Cantalice, vice-presidente do PT, reage aos posicionamentos de Arnaldo Jabor, que diz que o Brasil está com ódio de si mesmo e que, por isso, é preciso tirar do poder esses caras, e de Marco Antonio Villa, que prevê a morte do PT e do ex-presidente Lula; segundo Cantalice, quem está disseminando ódio não são as forças de esquerda, mas as forças conservadoras, que querem manter seus privilégios; sobre a teoria do historiador, o petista acredita não ter o menor cabimento, uma vez que o partido cresce a cada eleição. Quem está morrendo é a mídia impressa, que usa espaço para esse tipo de colunista pseudo pitbull para poder fidelizar um eleitor que já é conservador por excelência. (247)
É pra valer! Uruguai oficializa hoje venda de maconha estatal e uruguaios são indiferentes à regularização.
Pouco a pouco vamos saindo da morte prematura - Após petição, Coca-Cola retira ingrediente de bebidas. Substância, que pode ser encontrada em bebidas como Fanta ou Powerade, também estaria presente em retardadores de chamas.
Eleições 2014
Copa agora e outubro urnas. Estará preparado o eleitor para votar? O quadro de candidatos à Presidência não inspira de confiança por erros e acertos. Me indagaram quem é quem e não respondi, pois que temos uma fraca oposição com Aécio, Dilma, o consórcio Campos e Marina, dois senadores e quiçá o Bolsonaro. Nas pesquisas a margem maior surpreende aos 70% de rejeição com Brancos e Nulos, o que não acho de bom tom, pois quem sabe...? De minha parte, acabando com o continuísmo e os malfeitos que se avolumam, evitemos votar no PT, PMDB, PSD, PTB, PR, PCdoB, PP, PROS, PTC e PTN, massa submissa que impede o democrático direito de todos em favor de causas. Não descarto também o PSOL embutido no recôndido ideológico a sublimação petista. Governr sem apoio é uma coisa, mas fazer disso a massa de manobra a bel prazer de um partido é coisa séria. No Congresso, poucos se reelegerão ou.... no Rio, fala-se de Pezão com apoio de Aécio. A quem escolher é o seu direito e o futuro dirá como ficará o Brasil. Vote bem! (AA)
Novos documentos da PF indicam que o crime organizado opera na estrutura do Estado.
A coisa realmente é de uma graça sem fim.
O Labogen, o tal laboratório-fachada de Alberto Youssef, que está em nome de laranjas, importava joias italianas, vinhos, instrumentos musicais etc. É o que apontam documentos revelados pela Polícia Federal.
Atenção! Os documentos apontam a importação de insumos para a fabricação de remédios.
Que mimo!
A empresa servia para remeter dinheiro ilegalmente para o exterior e para operar uma sofisticada forma de contrabando.
Os clientes de Youssef compravam suas mercadorias finas, repassavam para ele dinheiro em reais, ele adquiria os produtos no exterior, falsificava a importação de remédios e pronto!
Tudo chega aqui sem imposto.
Até aí, vá lá. Coisa típica da bandidagem. Ocorre que esse dito laboratório havia fechado uma parceria com o Laboratório da Marinha e com a gigante EMS para a produção de remédio. Sabe-se que essa biboca não tinha condições de fabricar coisa nenhuma. Como é que o dois outros laboratórios, um privado e outro público, fizeram o acordo?
Sim, um ex-assessor de Alexandre Padilha, que ele trata por Marcão, foi contratado para dirigir um suposto laboratório que servia à remessa de recursos para o exterior, contrabando e, provavelmente, lavagem de dinheiro.
O deputado André Vargas (PR) disse a Youssef que Marcão era uma indicação de Padilha.
Agora nega.
Mais do que isso: o então ministro serviu de testemunha do acordo entre as três empresas. Como é que um grupo criminoso atua dentro do poder com esse desassombro?
A parceria já firmada era de R$ 31 milhões, mas poderia chegar a R$ 150 milhões. E o cliente era o Ministério da Saúde.
Estamos diante de uma evidência: o crime organizado já se infiltrou no Estado brasileiro e opera dentro do poder. (Reinaldo Azevedo) 
Bandeira Estuprada 
(Net 7 Mares)

Queria orgulhar-me do meu País, 
Amá-lo como tanto amava antes... 
Meu Brasil, um gigante entre os gigantes, 
Grandeza que me fazia feliz. 
 photo bandeiranet7.jpg 
Queria voltar a sentir, no peito, 
Os sons do hino que me arrebatavam, 
E ver que, no verde e amarelo, 
estavam A fé e a esperança como preceito.
 photo bandeiranet7.jpg 
Queria apenas, pois, querer, não posso, 
Porque meu país, agora, é um troço 
Onde a ambição, a mentira e o cinismo
 photo bandeiranet7.jpg 
Dos que governam ignaros e omissos, 
Impõem a todos um lema enfermiço:
No saldo bancário, o meu patriotismo.

Nenhum comentário: