28 de mai de 2014

Não confunda legado com alegado...

1. Mais uma a favor dos Bancos: os Planos Econômicos Bresser, Verão e Collor 1 e 2, caso poupadores vençam no STF, julgamento marcado para esta quarta-feira (28), governo pode criar imposto para bancar perdas, diz Banco Central. Mas falando dele, após 9 reajustes, Banco Central deve encerrar alta dos juros.
2. Copa: torcedores leiloam ingressos na web. Mercado paralelo do Mundial nas redes sociais tem ingressos à venda por até 30 vezes o preço original. Ministro sugere que Brasil é alvo da imprensa porque cresce e incomoda. Brasil está mais maduro e menos entusiasmado com Copa, diz jornal britânico.
3. Hemorio: cuidado, existem bactérias lá.
4. Em preparo pra partida: Edir Macedo decreta jejum de 40 dias: sem Copa, sem diversão e sem televisão. Boa e eterna viagem!
5. Rodoviários do Rio anunciam nova paralisação de 24 horas nesta quarta.
6. Se você comprou saiba: cibercriminosos roubam os dados de 400 mil usuários do antivírus Avast.
7. Itamarati também na reta: E-mails e sistemas de dados sofrem ataque global.
8. Se segura em mais uma: tecnologia 3G cobrirá todo o País só em 2019, diz ministro.
9. PT pressiona Planalto por fim da Lei da Anistia e por que não pegar também os terroristas?
10. Mello rejeita liminar do PT e mantém Dirceu preso.
11. Dilma solta outra: oposição representa retrocesso e desemprego.
12. Valério é transferido da Papuda para presídio de MG
13. Maluf e Padilha em São Paulo. Resultado: a fome e a vontade de comer!
14. Proposta de regulação econômica dos meios de comunicação, evitando a formação de monopólios ou oligopólios no setor, será o novo cavalo de batalha da sucessão presidencial; tema, inicialmente proposto por Franklin Martins no governo Lula, deve ser retomado pela presidente Dilma num eventual segundo mandato e já assusta grupos tradicionais, como a Folha, de Otávio Frias; manchete do Uol, do grupo Folha, nesta quarta, sinaliza que a resistência será forte.
15. Joana Havelange, filha de Ricardo Teixeira, debocha dos protestos contra a Copa, fala em desvios e desperdício de dinheiro nas obras da Copa, mas, sempre mas, a diretora-executiva do Comitê Organizador Local da Copa, a filha de Ricardo Teixeira foi responsável pelos negócios envolvendo a competição. Ganha salário acima de R$ 100 mil, segundo a Veja online. Mas falta-lhe bom senso para debochar daqueles que protestam contra os gastos na Copa. Deve ter aprendido com o pai Ricardo Teixeira.
16. Ah! Rio, quanta vergonha mais: vítima de AVC morre em fila de hospital à espera de socorro ao ter a internação negada.
17. Marcos Valério é transferido da Papuda para presídio em MG.
18. TSE derruba decisão do Congresso e muda nº de deputados de estados de Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul perderão uma cadeira na Câmara dos Deputados. Já Paraíba e Piauí perderão dois deputados. Por outro lado, Amazonas e Santa Catarina irão ganhar mais uma cadeira no parlamento. Ceará e Minas Gerais passarão a ter mais dois deputados. O Pará foi o maior beneficiado pela mudança nas regras: o estado do Norte irá aumentar sua representação de 17 para 21 deputados. O estado de São Paulo continuará com 70 cadeiras.
19. Tudo sobre a entrega do norte brasileiro à ONU, via indígenas. Para ler na fonte com os vídeos impossíveis de serem inseridos aqui: Leia mais...
La Cara Oculta de Fidel Castro, O Livro
Mais um livro-bomba! Ex-guarda-costa de Fidel Castro revela o lado oculto do psicopata de havana: luxo, riqueza e prazeres sem limite.
Por 17 anos Juan Reinaldo Sánchez foi guarda-costas de Fidel Castro e está entre os poucos cubanos que conheceram de perto a vida nababesca do ditador comunista que, na verdade, é muito mais luxuosa e poderosa do que a de muitos capitalistas prósperos. Fidel Castro reúne tanto poder e riqueza que pode ser comparado a um rei das antigas monarquias absolutistas da Europa. Há mais de meio século esse psicopata assassino vampiriza o povo cubano e, mais recentemente vive do sangue derramado pelo povo venezuelano. Foi Hugo Chávez, outro notório psicopata que estabeleceu a conexão Cuba-Venezuela e ao morrer deixou no seu lugar Nicolás Maduro, que na juventude foi treinado em Cuba, na escola de terroristas de Fidel Castro e hoje aplica na Venezuela o esquema do tarado assassino de Havana.
E nunca é demais lembrar que Lula, Dilma e seus sequazes são todos amigos íntimos de Fidel Castro e desejam imitá-lo no Brasil, como faz Maduro na Venezuela. O objetivo do PT é criar no Brasil um sistema de governo similar à ditadura cubana, o que por si só já é motivo suficiente para não eleger ninguém do PT, nem um mísero vereador!, que dirá o presidente da República!
Ligeiro resumo do livro de Juan Reinaldo Sánchez (via UOL) Uma das mansões de Fidel Castro, denominada "Casa de Protocolo", onde o ditador hospeda seus visitantes "ilustres", como Lula, Chávez, Nicolás Maduro, Gabriel García Márquez, recentemente falecido; Frei Beto, Ignácio Ramonet, jornalista do Le Monde; Ted Turner o dono da CNN, entre outros intelectuais, empresários e autoridades que defendem a tirania comunista cubana.
"Ao contrário do que sempre diz, nunca renunciou ao conforto do capitalismo nem escolheu viver com austeridade", escreve Juan Reinaldo Sánchez, que durante 17 anos foi guarda-costas de Fidel Castro e agora publica um livro sobre a vida privada do líder da revolução cubana.
Iates luxuosos, 20 casas espalhadas por toda a ilha e partidas de caça "à la Luis XV" são alguns dos segredos revelados por "La cara oculta de Fidel Castro", escrito junto com o jornalista francês Axel Gyldén e que estará nas livrarias francesas no próximo dia 28.
O comandante sempre teve o cuidado de manter longe da vista dos cubanos sua vida privada, "o segredo mais bem guardado da Revolução", assegura Juan Reinaldo Sánchez, segundo os extratos do livro consultados pela Agência Efe.
O homem que acompanhou Fidel quase diariamente entre 1977 e 1994 descreve o luxuoso iate do líder, o "Aquarama II", copiado do barco de um próximo do regime de Fulgencio Batista (presidente de Cuba entre 1940-1944 e líder de fato em 1952-1959), com quatro motores, que lhe presenteou o dirigente soviético Leonid Brejnev.
Ancorada em seu porto privado da Baía dos Porcos, cada passeio do navio envolve toda uma operação, que inclui outros dois navios, um deles transformado em clínica médica, uma patrulha militar e vários aviões em alerta para evitar que o comandante sofra um atentado.
Em geral, o "Aquarama II" serve para agradáveis passeios marítimos, mas também para ir a Cayo Piedra, uma pequena ilha situada no sudeste de Cuba, um "paraíso para milionários" no qual Fidel repousa rodeado de luxo.
"Fidel Castro deu a entender que a Revolução não lhe deu nenhum respiro, nenhum prazer; que ignorava e desprezava o conceito burguês de férias. Mentia", afirma Sánchez.
O guarda-costas relata que ele esteve "centenas de vezes" nesse "pequeno paraíso", onde era o encarregado de escoltar o comandante durante suas várias incursões de caça submarina em profundezas marítimas quase virgens.
Se o tempo fosse clemente, Fidel e sua esposa Dalia viajavam quase todo final de semana a Cayo Piedra, enquanto na temporada de chuvas o comandante preferia a caça do pato na mansão "La Deseada", situada na província de Pinar del Río.
"Em agosto, os Castro se instalavam durante um mês em sua ilha dos sonhos", de onde o líder chegava a Havana em helicóptero se algum imperativo assim exigisse, acrescenta Sánchez.
Nenhum cubano comum entrou na secreta ilha de Castro, à qual só um reduzido grupo de privilegiados, quase todos estrangeiros, foram convidados.
Reinaldo Sánchez lembra o ex-presidente colombiano Alfonso López Michelsen, o empresário francês Gérard Bourgoin, conhecido como o "rei do frango", o proprietário da "CNN", Ted Turner, e o ditador da República Democrática Alemã, Erich Honecker.
Porém, as presenças mais frequentes eram do escritor Gabriel García Márquez e do herói da revolução Antonio Núñez Jiménez.
Em uma dessas visitas, segundo o autor, Fidel propôs a "Gabo" lançar-se à conquista da presidência colombiana com o apoio de Cuba, mas o escritor "preferia desfrutar dos prazeres da vida ficando confortavelmente à margem da política".
O que não conseguiu com García Márquez, ter um "peão" na Colômbia, conseguiu anos mais tarde com Hugo Chávez na Venezuela, escreve Reinaldo Sánchez, que assegura que o líder cubano "sempre teve no ponto de ira o petróleo" desse país.
"Sabia que era a chave para financiar seu sonho internacionalista de opor-se aos Estados Unidos", acrescenta.
"La cara oculta de Fidel Castro" não descreve só o luxo da vida do ditador cubano, mas também analisa outros aspectos de seu regime, a dinastia familiar, seguida pela de seu irmão Raúl.
O ex-guarda-costa também se centra no costume que tinha Fidel de grampear todos seus colaboradores e próximos ou sua tentativa de estender a revolução à Nicarágua.
Reinaldo Sánchez caiu em desgraça com Fidel em 1994 por pedir a retirada e a aposentadoria. Foi preso e, após múltiplas peripécias, conseguiu escapar em 2008 para se reunir com sua família nos Estados Unidos.
 Hoy, no es más pobre!
Estamos juntos!

O rabo abanando o cachorro!... 

Para sua reflexão, repasso o texto abaixo, recebido de um amigo.

Como tantas e tantas vezes tenho observado, a implantação da nova ÉPTica PTista apóstata, onde tudo é natural, tudo é permitido, tudo faz parte de nossa vida, está transformando o nosso País na terra da Banalidade do Mal! (Só para citar alguns desses alertas: A Banalidade do Mal, em 08/08/2013, Golpe na Banalidade do Mal, em 03/09/2013, A degradação final, em 13/09/2013). 

O que vemos acontecer a cada dia em nossa frente, simbolizado pela quase generalização da auto-culpa de todos os cidadãos, enriquecida pelo explícito cenário de desesperança e de impotência que se apoderou de todos nós, em hipótese alguma, pode ser justificado pelo momento de dificuldades pelo qual passa o mundo, pelas crises financeiras e econômicas que se espalharam por todos os cantos, enfim, por uma série de explicações inconsistentes que a propaganda oficial nos apresenta! 

Em vários países onde a crise se apresentou em doses superlativas, bem mais acentuadas que em nosso País ( Portugal, Espanha, Grécia, Itália, etc. ), em momento algum, verificou-se qualquer degradação coletiva e institucional dos fazeres da população! Em momento algum, esses Países foram dominados e escravizados pela inconcebível Banalidade do Mal que aqui se instalou!

E assim, de exemplo em exemplo, todos eles fazendo parte do nosso cotidiano, vamos chegando a uma verdadeira rotina do absurdo. No Brasil de hoje é tão normal um cidadão ter medo de andar pelas ruas, é tão comum um policial ter que esconder sua profissão para não morrer, é tão usual pessoas terem que pedir permissão a traficantes para subir em morros e é tão rotineiro abrir-se mão da cidadania mais básica, que já não causa surpresa as vítimas estarem se transformando em culpadas pelos crimes. 

Cabe a você, cidadão brasileiro, mudar esse cenário, através de sua escolha consciente, através de seu voto!

E prepare-se: na Copa 2014, a coisa pode ficar complicada! Os estrangeiros que aqui irão aportar, jamais viram em sua terra, essa excrescência que hoje existe em nosso País: ...rabos abanando cachorros pelas ruas!... (Márcio Dayrell Batitucci) 

No Brasil, o rabo é quem abana o cachorro! 

Ele retrata uma inversão total de valores que estamos vivendo.O mais triste é constatar que não há solução imediata para este caos.Temos o melhor congresso que o dinheiro pode comprar.Dilma é tão exigente com metas que fez a Petrobrás chegar ao fundo do poço.

O rabo abanando o cachorro.
(Histórias do Brasil PTista apóstata!...)

* José foi assaltado. Levaram o carro dele. Ao chegar em casa de táxi, ele imediatamente assumiu a culpa pelo roubo: eu dei bobeira, não deveria ter parado naquele sinal.

* Maria foi estuprada, e quase morreu. Ao prestar depoimento, ela deixou bem clara sua responsabilidade pelo episódio: eu vacilei, não deveria ter ido comprar pão sozinha

* Um ladrão arrancou o telefone celular das mãos de João enquanto ele atendia uma ligação. Ele - o João, e não o ladrão - assumiu total culpa pelo crime: eu não sei onde estava com a cabeça quando fui atender uma ligação no meio da rua.

* Maria foi morta durante um assalto. Ela gritou e acabou levando um tiro. Por ocasião de seu enterro, Maria foi condenada por todos os presentes: que estupidez dela ter gritado, todo mundo sabe que durante um assalto o melhor é ficar em silêncio

* Mário, um dedicado Policial Militar, foi morto a tiros por traficantes do morro no qual morava. Seus familiares, entrevistados por um jornalista, o recriminaram duramente: ele sempre foi cabeça-dura, nunca quis esconder a farda quando voltava para casa.

* No mesmo morro Paulo, um líder comunitário, foi esfaqueado até a morte pelos mesmos traficantes. Seus amigos o criticaram ferozmente: que falta de juízo, procurar a Polícia para denunciar que o crime estava dominando o morro

* Marcos teve sua loja assaltada, e quase levou um tiro. Seus empregados reclamaram dele: que estupidez, deixar aquele monte de mercadoria exposta na vitrina. Marcos passou a deixar tudo trancado em um cofre. Mas a loja foi assaltada de novo, e um de seus funcionários, após quase levar um tiro por ter demorado a abrir o cofre, agrediu-o violentamente: seu miserável, fica trancando tudo, mais preocupado com as mercadorias do que com a gente, e quase levamos um tiro por sua causa.

* Carlos estava jantando com sua namorada em um movimentado restaurante quando uma quadrilha armada saqueou todos os clientes. Seu futuro sogro não gostou: este rapaz é um irresponsável, ele sabe muito bem que não estamos em época de ficar bestando por aí, jantando fora, e acabou passando por um assalto e traumatizando minha filha

* Joel entrou em um subúrbio com o caminhão da empresa para entregar pacotes de biscoito nos bares de lá. Após ter tido os produtos e o caminhão roubados, e quase ter sido morto, foi despedido por seu chefe: que sujeito burro, ir com o caminhão lá naquele bairro sem pedir licença para o líder do tráfico local

* Patrícia viajou a negócios. Desembarcou no aeroporto com seu notebook e tomou um táxi. Não conseguiu andar dois quarteirões - foi assaltada em um sinal Na empresa, foi imediatamente repreendida: você não poderia ter desembarcado sem antes esconder o notebook, deste jeito você pediu para ser assaltada.

Diante dessa tenebrosa realidade, patrocinada pela fraqueza e falta de firmeza das nossas instituições, talvez já não nos cause surpresa ver por aí, um rabo abanando um cachorro!...

Nenhum comentário: