29 de mai de 2014

Índios não querem mais apito...

 photo _dominaccedilao.jpg
Operação da Polícia Federal, que teve sua divulgação suspensa por decisão do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pode ter chegado ao coração de um esquema milionário de corrupção no Ministério Público; planilha apreendida por policiais tem 47 nomes de promotores e procuradoras do MP-MT; não por acaso, foi a primeira vez em que a Procuradoria-Geral da República coibiu a divulgação das investigações, o que Janot negou ser censura; procurador-geral do Mato Grosso, Paulo Roberto Jorge do Prado, se disse indignado com denúncia de procuradora da República; Ela enlameou 47 pessoas

Anvisa discute liberação de derivado da maconha - Diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária devem decidir nesta quinta-feira se o canabidiol passará a integrar a lista de classificação C1, que permitirá a prescrição e a importação do composto em forma de medicamento; assunto veio à tona, depois que a família da menina Anny Fischer, 6 anos, importou ilegalmente o canabidiol para tratar as convulsões da criança.

Próximo as Eleições, Câmara e Senado vão ao Supremo contra mudança no nº de deputados. TSE decidiu alterar bancadas de 13 estados. Para ministro do STF, revisão cabe ao Congresso.

Todos sedentos: Bares do Rio garantem chope e cerveja de graça na Copa do Mundo.

Estamos ou não em guerra? - O Brasil quebrou um triste recorde: teve o maior número de pessoas mortas em um ano, segundo dados divulgados nesta terça-feira (27) no Mapa da Violência 2014, que compila dados de 2012. Ao todo, foram 56.337 mortes, o maior número desde 1980. O total supera o de vítimas no conflito da Chechênia, que durou de 1994 a 1996. É o dado mais atualizado de violência pelo Brasil e tem como base o Sistema de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, que registra as ocorrências desde 1980. A taxa de homicídios também alcançou o patamar mais elevado, com 29 casos por 100 mil habitantes. O índice considerado não epidêmico pela Organização Mundial da Saúde é de 10 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes.

Dilma rebaixou padrão Brasil. (Merval Pereira)

Governo Dilma mente na Bolsa Família e engana no Pronatec. No marketing eleitoreiro do PT dizem que números do Pronatec são maquiados e governo não está cumprindo a legislação que criou o programa.

Nunca dantes - 58% das obras de esgoto do PAC estão com atraso. Estudo foi feito em cidades grandes, onde há mais de 500 mil habitantes. São 87 obras com problemas, de um total de 149. De 70 obras de água do PAC, só 19 estão prontas. Ou seja: 23% das obras estão paralisadas, 22% atrasadas e 13% não foram iniciadas. Que calango!

Lindbergh perde o apoio de Silas Malafaia no Rio.

Eduardo Campos mancha a honra do avô. (Janio de Freitas)

IGP-M: Brasil registra deflação em maio.

Copa no Rio pode ter áreas de proteção - Após manifestantes alcançarem ônibus da Seleção, Dilma autoriza o uso de contingente complementar. Aqui


Arrasando a COPA?
Ahahah! Tentam arrasar com o Brasil, apoiados por alguns pseudo brasileiros, depois veremos...
Nos tempos do Governo Militar, que não apoiou a COPA no Brasil, especialmente João Figueiredo, se estivessem ainda no comando político, duvido muito que permitissem manifestantes terem tais liberdades.
Quem deseja liberdade não impede pessoas de ir e vir, muito menos deseja quebradeira!
- No tempo dos governos militares, não havia essa esbórnia que os velhacos petistas vêm fazendo no governo; não havia esse descalabro administrativo, essa desmoralização promovida contras as instituições mais sagradas da Pátria e da Família. Havia, sim, progresso, ordem, patriotismo, emprego, educação. Da posição de 45ª no ranking da economia mundial, passamos a 8ª, mesmo lutando contra uma inflação renitente; obras gigantesca e necessárias foram implementadas. O povo não tinha motivo algum para protestar; tinha, sim, para festejar, tal como fizeram, aplaudindo 2 dos Generais-Presidentes quando estes foram anunciados no Maracanã em dia de clássico esportivo.
Ser contra essa lambança chamada Copa não é ser favor de baderna. Ser contra a Copa é ser solidário com os que sofrem em macas mijadas nos hospitais, e que lá permanecem sem esperança de atendimento digno; é irmanar-se com os que labutam na educação, submetendo-se a salário aviltante apenas porque entendem que, sem educação, não há saúde, tampouco civilidade, não há progresso, não há trabalho dignificante; é ser solidário com aqueles que perderam o chefe de família ou o filho querido num assalto ou bala perdida, é abraçar os que vivem em ambientes insalubres, sem o mínimo básico de saneamento. Ser contra a copa é, enfim, um grito de revolta contra essa corja de vadios inconsequentes, cujo líder bebum, num lampejo de pura megalomania, inventou de nos fazer bancar essa aventura.
Quer me parecer que muitos desejam mesmo o pau quebrar, seja de que lado for.
Só não imaginam que suas famílias, suas casas e eles próprios podem estar em risco.
Ninguém desejaria uma guerra civil, e se este movimento vermelho ir em frente, é o que poderemos ter.
- Quando o quadro de descalabro moral, econômico, social e administrativo chega ao ponto a que essa quadrilha nos levou, não pode haver mais temor algum a nada, porque o pior só não aconteceu ainda em virtude das reações que vão acontecendo a partir das redes sociais e repasses de e-mails. Estamos em vias de perder imenso território, quase metade do País, para interesses estrangeiros, via repasse a indígenas, e ainda mostramos uma cara idiotamente alegre ao mundo, porque a Copa é no Brasil. Vergonha e humilhação maior que esta, não conheço. Essa desgraça precisa logo ter uma definição, seja quebrando pau, seja quebrando pedras.
Não existe um só Brasileiro contente com a atual situação dos desmandos, corrupções, sub faturamentos.
Só está contente quem está ganhando com isto, então vale tudo, e destes vales este governo está se perpetuando.
Será que o povo não percebe este jogo?
- E esses descontentes lá estarão nos estádio, paradoxalmente festejando o desgosto e, ao mesmo tempo, abrilhantando com as suas respectivas presenças um evento sinistro, um consumado deboche. Felizmente, uma significativa parcela desse povo consegue perceber essa afronta e reage.
Haverá Copa sim, e muitos irão se dar conta que a Copa ainda consegue estar acima de tudo isto.
O Maracanã de 1950 jamais foi terminado... Muitos estádios em outros países da COPA também.
- O erros dos outros justificam os nosso. Eis a que ponto chegamos. Por aí, ficam perdoados os velhacos que levaram avante essa proeza estúpida, senão interesseira, de construir elefantes brancos com os recursos públicos que tanto faltam à saúde, à educação, a infraestrutura, à segurança... Quanto ao teu haverá Copa sim, eu não teria esse tanto de certeza.
Os estádios construídos ou reformados no Brasil, mesmo sem terem tudo terminado, é culpa nossa, não da FIFA.
- Exclua-me desse culpa nossa. Exclua a mim e aos tantos que saem às ruas para protestar embora lamentando o oportunismo dos baderneiros.
Mesmo assim teremos uma Bela Copa.
Os que apostam contra irão perceber isto.
Teremos tempo para protestar sem deixar o Brasil envergonhado perante o Mundo.
- Uma bela Copa, sem os acessos básicos de transportes funcionando, sem os testes de engenharia nas obras erigidas na correria, com o povo (a parte consciente) nas ruas, protestando e enfrentando forças policiais... É, no mínimo, curiosa essa tua concepção de beleza que traz esse elenco de aspectos preocupantes.
Quando à vergonha, envergonhados e, mais que isso, humilhados diante do mundo já estamos por conta desta e de outras trapalhadas praticadas pelo bando petista.
Querem quebrar tudo? Se metam!!! O estrondo pode ser grande... Já citei isto.
Contra um povo ordeiro, decente, que protesta legalmente, ninguém está contra.
E este mesmo povo, defenderá a integridade moral e física, podem apostar nisto.
- Pois então, que esse tal povo ordeiro, decente engrosse já as colunas de indignados que vão às ruas, participe de movimentos virtuais de letras direcionadas ao combate à Copa.
Paro por aqui, porque o que segue abaixo nada tem a ver com o tema do debate. (Anselmo Cordeiro -N7M)

Olhem para os movimentos Mundiais, olhem para a África, a tristeza...
Sem falar na atual situação política entre a Europa e Rússia através do movimento popular separatista que está ocorrendo na Ucrânia...
O povo está padecendo, não vejo políticos sendo mortos!
Em futuro próximo, saberemos que alguns brasileiros não pensaram em tudo isto.
Quem será responsável por possíveis problemas maiores do que as reivindicações atuais?
Que país deixaremos para nossos filhos?
Ordem e Progresso, ah, meu caro Rui Barbosa, continuamos em busca disto.
Será que precisaremos de uma guerra neste país que não tem esta história?
Gostaria de ver um relato como Solano Lopes foi morto, alguém sabe?
Guerra da Tríplice Aliança, dela herdamos a dívida externa...
Alguém poderia contar quem mandou matar Chê na Bolívia?
Como foi seus últimos momentos?
Aqui é Brasil, não Cuba!
Do passado a experiência no presente para se construir o futuro.
De pessoas boas, se espera coisas boas, de outros, se esperam outras coisas.
- Gostaria de ser cobrado por tudo o que escrevo.
Especialmente pelos detonadores deste país.
Sentinelas Avançadas do Brasil - Selva!
- Tem surpresinha por aí...
(Amigo)

Ingressos para a Copa?  Aqui

  photo _abraccedilobr.jpg 
A greve dos rodoviários do Rio e a chuva que caiu sobre a cidade durante toda a manhã de quarta-feira (28) não impediram que militantes de diversas entidades formadoras de opinião se reunissem em frente ao Edifício Sede da Petrobrás (Edise) para abraçá-lo em um gesto simbólico de defesa da Companhia e de repúdio, liderado pelos petroleiros, à ação orquestrada por especuladores e agentes da baixa política. 

Dados do Ministério de Relações Exteriores (Itamaraty) revelam que o número de brasileiros presos no exterior cresceu 28% desde 2011. O total de presidiários brasileiros em outros países passou de 2,5 mil, no fim daquele ano, para 3.209 ao término de 2013. (BBC Brasil) 

O comunismo não é uma simples ideia politica, é um sistema de dominação satânico, que tem por princípios o terror, o crime, a miséria, a fraude, a corrupção e a mentira. Visa destruir todos os valores éticos, morais e espirituais de uma nação, como um câncer, para depois subjuga-la aos seus interesses. Você que já perdeu e/ou está perdendo seus parentes, amigos, amigas, irmãos, irmãs, filhos e filhas para o crime, para as drogas, para a violência generalizada, para a destruição física, mental e espiritual, sabe do que estou falando Só com uma ação combinada de inteligência e força se consegue barrar esse processo de desintegração familiar, social e nacional. Mas tudo tem seu tempo certo. Antes da hora não é hora; depois da hora não é hora. A hora é agora! Pátria ou morte. Força e Honra. Sempre! (Rui Cosmedson)

Nenhum comentário: