28 de abr de 2014

Instantes brasilianos e mundiais...

Por atos de violência, Egito condena à morte mais de 683 ligados à Irmandade Muçulmana.
Assad apresenta sua candidatura às eleições presidenciais sírias. Síria ainda tem armas químicas, diz enviada internacional. Chefe da força-tarefa para destruir o arsenal do país diz que ONU está preocupada com relatos de uso recente do gás cloro por forças de segurança.
Dia do Holocausto tem homenagens em Israel.
Ucrânia: rebeldes libertam monitor europeu. Observador internacional é libertado em Sloviansk. Outros sete membros de grupo de observadores internacionais, além de soldados ucranianos, continuam detidos.
EUA critica atuação da Rússia na crise e vão ampliar sanções contra Rússia.
Confiança do comércio cai 3,1% no tri até abril ante 2013, diz FGV.
Até quando? UPP do Alemão é atacada e idosa morre em tiroteio por bala perdida na Nova Brasília.
Atitude amigável do governo atrai haitianos para o Brasil Imigrantes haitianos. Segundo o governo brasileiro, mais de 21 mil haitianos entraram legalmente no país entre 2010, ano do terremoto que matou mais de 300 mil pessoas no país caribenho, e 2013. Autoridades fazem mutirão para ajudar imigrantes haitianos em São Paulo.
Marco Civil da Internet ? Saiba
Gestão governamental você sabe o que é? Veja: Brasil tem 30% de suas escolas públicas sem água potável. Má infraestrutura nas escolas. Sala de aula sem luz elétrica na Escola Municipal Nossa Senhora da Conceição em Miguel Alves (PI). Cerca de 60% das 151 mil unidades de ensino na rede pública não tem internet. Mais de 6 mil funcionam sem luz. Quase 30% das unidades de ensino básico estavam paradas em 2013; zonal rural é a mais afetada.
Despesas da Petrobras com a refinaria de Pasadena já chegam a US$ 1,93 bilhão. Além de US$ 1,2 bi para comprar a unidade, estatal precisou investir para manter refino. Petrobras admite que refinaria precisou de melhorias. Operação da PF pôs contratos da Petrobras sob suspeita.
Conexão Vargas-Padilha-Gleisi-Youssef pode derrubar duas das principais candidaturas do PT.
1) Efeito cascata - Podem ter desmoronado as esperanças do PT de, finalmente, conquistar os governos de São Paulo e do Paraná. Isso porque são consideradas explosivas das mais recentes revelações sobre o escândalo envolvendo o doleiro Alberto Youssef, seu dileto amigo André Vargas, o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e a e ex-ministra da Casa Civil, a senadora petista Gleisi Hoffmann.
2) Grampos divulgados pela Polícia Federal mostram que Alberto Youssef e André Vargas se comportavam como sócios em um empreendimento - o Labogen - laboratório farmacêutico criado para lesar os cofres públicos com a fabricação de medicamentos superfaturados para o Ministério da Saúde. Alexandre Padilha aparece nos grampos da PF como envolvido, caso não seja um dos chefes do esquema criminoso milionário, que transformaria um laboratório montado com sucatas em cornucópia incansável....(ucho.info)
O que ele diz não se escreve: Decisão sobre mensalão foi 80% política e 20% jurídica, diz Lula ao criticar veredicto do Supremo.
Cubanização
A tática é conhecida: chama-se Tática de Abordagem Experimental, sigla TAE. Inicialmente, expõe-se uma faixa em uma praça de grande movimento, segurada por um militante em um dos lados. Importa que o militante esteja sempre presente junto à faixa para responder às perguntas de eventuais curiosos e, também, prevenir alguma possível destruição da faixa. Aqui ocorreu um novidade: contrariando o que preceitua o manual de dominação, que determina o militante falar no idioma do país, puseram um cubano segurando a faixa, desses que, fantasiados de médicos, foram trazidos de Cuba pela quadrilha Dilma-lulo-petista. A modificação, certamente, decorreu da dificuldade de se encontrar um militante petista disposto a pagar esse mico de segurar faixa em praça pública. Se o experimento da TAE der certo, parte-se então para uma gradação mais consistente. O resto, você conclui, assistindo ao vídeo.
 photo _lulahcausa.jpg Recordando a carta ao Mestre dos Horrores. Aliás a grande parte dos brasileiros entende hoje o engano e quem é quem neste país. Vamos recordar!
A Caminho dos 99,9999995% (2010)

• Há poucos dias, a imprensa anunciou amplamente que, segundo as últimas pesquisas de opinião, Lula bateu de novo seus recordes anteriores de popularidade e chegou a 84% de avaliação positiva. É, realmente, algo nunca antes visto nesse país e eu fiquei me perguntando o que poderemos esperar das próximas consultas populares.
• Lembro-me de que quando Lula chegou aos 70% achei que ele jamais bateria Hitler, a quem, em seu auge, a cultíssima Alemanha chegara a conceder 82% de aprovação.
• Mas eu estava enganado: nosso operário-presidente já deixou para trás o psicopata de bigodinho e hoje só deve estar perdendo para Fidel Castro e para aquele tiranete caricato da Coreia do Norte, cujo nome jamais me interessei em guardar. Mas Lula tem uma vantagem sobre os dois ditadores: aqui as pesquisas refletem verdadeiramente o que o povo pensa, enquanto em Cuba e na Coreia do Norte as pesquisas de opinião lembram o que se dizia dos plebiscitos portugueses durante a ditadura lusitana: SIM, Salazar fica; NÃO, Salazar não sai; brancos e nulos sendo contados a favor do governo.
• Portanto, a popularidade de Lula ainda tem espaço para crescer, para empregar essa expressão surrada e pedante, mas adorada pelos economistas. E faltam apenas cerca de 16% para que Lula possa, com suas habituais presunção e imodéstia, anunciar ao mundo que obteve a unanimidade dos brasileiros em torno de seu nome, superando até Jesus Cristo ou outras celebridades menores que jamais conseguiram livrar-se de alguma oposição...
• Sim, faltam apenas 16% mas eu tenho uma péssima notícia a dar a seu hipertrofiado ego: pode tirar o cavalinho da chuva, cumpanhero, porque de 99,9999995% você não passa.

• Como você não é muito chegado em Aritmética, explico melhor: o Brasil tem 200.000.000 de habitantes, um dos quais sou eu. Represento, portanto, 1 em 200.000.000, ou seja, 0,0000005% enquanto os demais brasileiros totalizam os restantes 99,9999995%. Esses, talvez, você possa conquistar, em todo ou em parte. Mas meus humildes 0,0000005% você jamais terá porque não há força neste ou em outros mundos, nem todo o dinheiro com que você tem comprado votos e apoios nos aterros sanitários da política brasileira, não há, repito, força capaz de mudar minha convicção de que você foi o pior dentre todos os presidentes que tive a infelicidade de ver comandando o Brasil em meus 65 anos de vida.
• E minha convicção fundamenta-se em um fato simples: desde minha adolescência, quando comecei a me dar conta das desgraças brasileiras e a identificar suas causas, convenci-me de que na raiz de tudo está a mentalidade dominante no Brasil, essa mentalidade...
• dos que valorizam a esperteza e o sucesso a qualquer custo;
• dos que detestam o trabalho e o estudo;
• dos que buscam o acesso ao patrimônio público para proveito pessoal;
• dos que almejam os cabides de emprego e os cargos fantasmas;
• dos que criam infindáveis dinastias nepotistas nos órgãos públicos;
• dos que desprezam a justiça desde que a injustiça lhes seja vantajosa;
• dos que só reclamam dos privilégios por não estar incluídos entre os privilegiados;
• dos que enriquecem através dos negócios sujos com o Estado;
• dos que vendem seus votos por uma camiseta, um sanduíche ou, como agora, uma bolsa família;
• dos que são incapazes de discernir, comover-se e indignar-se diante de infâmias.
• Pense a maioria o que quiser, diga a maioria o que disser, não mudarei minha convicção de que este País só deixará de ser o que é - uma terra onde as riquezas produzidas pelo suor da parte honesta e trabalhadora é saqueada pelos parasitas do Estado e pelos ladrões privados eternamente impunes - quando a mentalidade da população e de seus representantes for profundamente mudada.
• Mudada pela educação, pela perseverança, pela punição aos maus, pela recompensa aos bons, pelo exemplo dos governantes.
• E você Lula, teve uma oportunidade única de dar início à mudança dessa mentalidade.
• Você teve a oportunidade de tornar-se nossa tão esperada âncora moral, esta sim, nunca antes vista nesse País.
• Mas não, você preferiu o caminho mais fácil e batido das práticas populistas e coronelistas de sempre, da compra de tudo e de todos.
• Infelizmente para o Brasil você estava certo: para que se esforçar, escorado apenas em princípios de decência, se muito mais rápido e eficiente é comprar o que for necessário, nessa terra onde quase tudo está à venda?
• Eu não o considero inteligente, no nobre sentido da palavra, porque uma pessoa verdadeiramente inteligente, depois de chegar aonde você chegou, partindo de onde você partiu, não chafurdaria nesse lamaçal em que você e sua malta alegremente surfam. Mas reconheço em você uma esperteza excepcional: nunca antes nesse País um presidente explorou tão bem, em proveito próprio e de seu bando, as piores qualidades da massa brasileira e de seus representantes.
• Esse é seu legado maior: o de haver escancarado a lúgubre realidade de que o Brasil continua o mesmo que Darwin encontrou quando passou por essas plagas em 1832 e anotou em seu diário: "Aqui todos são subornáveis".
• Você destruiu as ilusões de quem achava que havíamos evoluído em nossa mentalidade e matou as esperanças dos que ainda acreditavam poder ver um Brasil decente antes de morrer.
• Você não inventou a corrupção brasileira, mas fez dela um maquiavélico instrumento de poder.
• Você é o sonho de consumo da banda podre desse País, o exemplo que os funcionários corruptos do Brasil sempre esperaram para poder dar, sem temores, plena vazão a seus instintos.
• Você faz da mentira e da demagogia seu principal veículo de comunicação com a massa.
• A propósito, o que é que você sente, todos os dias, ao olhar-se no espelho e lembrar-se do que diz nos palanques?
• Você sente orgulho em subestimar a inteligência da maioria e ver que vale a pena?
• Você mentiu quando disse haver recebido como herança maldita a política econômica de seu antecessor.
•  Você mentiu ao dizer que não sabia do Mensalão.
• Mentiu quando disse que seu filho enriqueceu através do trabalho.
• Mentiu sobre os milhões que a Ong 13, de sua filha, recebeu sem prestar contas.
• Mentiu ao afastar Dirceu, Palocci, Gushiken e outros cumpanheros pegos em flagrante.
• Mente quando, para cada plateia, fala coisas diferentes, escolhidas sob medida para agradá-las.
• Mentiu, mente e mentirá em qualquer situação que lhe convenha.
• Você não moveu uma palha, em seis anos de presidência, para modificar as leis odiosas que protegem criminosos de todos os tipos neste País sedento de Justiça e encharcado pelas lágrimas dos familiares de tantas vítimas.
• Jamais sua base no Congresso preocupou-se em fechar ao menos as mais gritantes brechas legais pelas quais os criminosos endinheirados conseguem sempre permanecer impunes, rindo-se de todos nós.
• Ao contrário, o Supremo, onde você tem grande influência, por haver indicado um bom número de Ministros, acaba de julgar que mesmo os condenados em segunda instância podem permanecer em liberdade, até que todas as apelações, recursos e embargos sejam julgados, o que, no Brasil, leva décadas.
• Isso significa, em poucas palavras, que os criminosos com dinheiro suficiente para pagar os famosos e caros criminalistas brasileiros podem dormir sossegados, porque jamais irão para a cadeia.
• Estivesse o Supremo julgando algo que interessasse a seu grupo ou a suas inclinações ideológicas, certamente você teria se empenhado de corpo e alma.
• Aliás, Lula, você nunca teve ideais, apenas ambições.
• Você jamais foi inspirado por qualquer anseio de Justiça. Todas as suas ações, ao longo da vida, foram motivadas por rancores, invejas, sede pessoal de poder e irrefreável necessidade de ser adorado e ter seu ego adulado.
• Você tem dividido a nação, jogando regiões contra regiões, classes contra classes e raças contra raças, para tirar proveito das desavenças que fomenta.
• Aliás, se você estivesse realmente interessado, em dar aos pobres, negros e outros excluídos as mesmas oportunidades que têm os filhos dos ricos, teria se empenhado a fundo na melhoria da saúde e do ensino públicos.
• Mas você, no íntimo, despreza o ensino, a educação e a cultura, porque conseguiu tudo o que queria, mesmo sendo inculto e vulgar. Além disso, melhorar a educação toma um tempo enorme e dá muito trabalho, não é mesmo?
• A Imprensa faz-lhe pouca oposição porque você a calou, manipulando as verbas publicitárias, pressionando-a economicamente e perseguindo jornalistas.
• Você pode desdenhar tudo aquilo que aqui foi dito, como desdenha a todos que não o bajulem.
• Afinal, se você não é o maior estadista do planeta, se seu governo não é maravilhoso, como explicar tamanha popularidade?
• É fácil: políticos, sindicatos, imprensa, ONGs, movimentos sociais, funcionários públicos, miseráveis, você comprou com dinheiro, bolsas, cotas, cargos e medidas demagógicas.
• Muita gente que trabalha, mas desconhece o que se passa nas entranhas de seu governo, satisfez-se com o pouco mais de dinheiro que passou a ganhar, em consequência do modesto crescimento econômico que foi plantado anteriormente.
• É esse, em síntese, o triste retrato do Brasil de hoje... E, como se diz na França, l´argent n´est tout que dans les siècles où les hommes ne sont rien. (Gilberto Geraldo Garbi, foi um dos alunos classificados a seu tempo como *um dos melhores alunos de Matemática* que já haviam adentrado o ITA. Depois de graduado, desenvolveu carreira na TELEPAR, onde chegou a Diretor Técnico e Diretor Presidente, sendo depois Presidente da TELEBRAS)
ooo0ooo

Neste vídeo fica claro como agem os PTralhas, gastando mais em propaganda que em segurança, educação, saúde. Assim agem os comunistas e este militar, advogado, parlamentar, denuncia, mas a tal grande mídia só mostra as partes de suas falas, que interessam a quem lhes paga, o governo PTralha, comunista! Fique atento!
 Todos os casamentos são felizes. Tentar viver juntos é que é a causa de todos os problemas. (Shelley Winters)

Nenhum comentário: