1 de fev de 2014

Racionar água! Se cuide!

Um governo do povo para eles. Impostos pagos no Brasil no início de 2014 já somam R$ 200 bilhões. Em 2013, marca foi alcançada em fevereiro. Respostas, senta aí.
Aumento do custo de energia e risco concreto de racionamento de luz e água já apavoram Dilma. Se não chover forte, nos próximos 20 dias, nas cabeceiras dos reservatórios, o Brasil será obrigado a racionar energia e água. (Jorge Serrão)
Preço da energia bate recorde histórico por causa da falta de chuva. Custo passou dos R$ 800 por megawatt-hora. A estiagem e o forte calor foram os responsáveis pela marca. Com reservatórios em baixa no país, governo decide acionar térmicas mais caras.
Manifestantes protestaram contra aumento das passagens de ônibus. Cabral recua e diz que manterá tarifas de trens, metrô e barcas. Passagens congeladas. Mas vai dar compensação à Supervia.
Governo pode ajudar estados no combate à violência. Ministro da Justiça disse também que atos violentos contra a realização da Copa do Mundo não serão tolerados.
Procurando sarna! Eduardo Paes, prefeito do Rio, vai aumentar o preço das passagens de ônibus. Ano passado, tentou e recuou diante da pressão das ruas. Parecer do TCM sugeriu aumento de R$ 0,25.
Brasil teve não apenas sete, mas 11 anos para se preparar para a Copa. Não havia concorrentes. O que teremos é um tremendo fiasco, expondo a incompetência do governo. É a Copa do lulismo. É a Copa da corrupção. (Tim Vickery, BBC Brasil)
Organizadas peitam presidente, quebram alambrado e invadem o CT do Corinthians. Jogadores conseguiram se esconder.
Rio, segurança é isso aí. Em 2 meses, UPPs têm mais de 10 tiroteios no RJ. E as ruas ao abandono.
Nas condições atuais, Brasileirão 2014 é juridicamente impossível. Liminares obtidas por torcedores impedem rebaixamentos de Portuguesa, Flamengo e Fluminense. Já Estatuto do Torcedor é empecilho a campeonato com 21 ou 24 clubes.
Após vexame em quadra, Brasil é convidado para o Mundial de Basquete. Torneio masculino acontecerá na Espanha.
Brasil despenca no ranking de investimentos chineses no mundo. E desaceleração na China pode ser ainda mais forte.
No Vale do Jordão, ONU critica demolição de 36 casas palestinas por Israel em território.
Médicos iniciaram o processo para tirá-lo do coma induzido. Schumacher responde a instruções e se comunica com os olhos.
Cade abre processo contra Oi por conduta anticompetitiva com a GVT Saiba
Pegue no seu celular agora e... um jornalista - Daniel Lima - que está contestando veementemente as declarações do Delegado em relação à morte do Pref. Celso Daniel.
Pelo que entendi das notas publicadas na web, os aspectos relacionados com o assassinato do Celso Daniel constituem apenas um aperitivo no depoimento que o Delegado Tuma Jr. fará ao programa Roda Viva, que irá ao ar, pela TV Cultura, nesta 2ª feira às 22:00 h. O prato principal reside no desmascaramento de Lula e de membros mais próximos da camarilha petista. De todo modo, com relação ao Celso Daniel, urge assistir ao programa para ver o que o Tuminha diz a respeito. De jornalistas como Paulo Henrique Amorim, Mino Carta e outros que se venderam à quadrilha por trocados, estamos fartos de ver, e esse jornalista Daniel Lima, pela posição em que joga nessa questão, está mais inclinado a ser mais um Paulo Amorim. Só o fato de ele, petulantemente, questionar a condenação judicial do Sombra, o tal empresário que acompanhava o Celso na noite fatídica, já depõe contra a sua credibilidade. Imagina! Um jornalista quase provinciano, dizendo que juiz e promotores estão errados.
Que as circunstâncias da morte do prefeito são suspeitas, não há o que discutir: o empenho dos cardeais petistas em dar o assunto logo por encerrado; os seis assassinatos logo em seguida de pessoas ligadas aos acontecimentos (até o garçom que atendeu ao prefeito dançou); a fortuna que os empresários do transporte urbano de Santo André despejavam nas mãos de José Dirceu em dinheiro vivo, levados pelo Gilberto Carvalho... Tudo isso e mais alguns outros detalhes depõem contra a corja petista. Ademais, esse jornalista Daniel Lima fixa-se obsessivamente na questão da tortura, se houve ou não, como se esse detalhe fosse fundamental. Ora! O fundamental é que o prefeito foi assassinado; se com tortura ou não, não importa. Veja o que ele, o jornalista Daniel Lima, diz aqui.
E mais: a acusação de que Lula (com a alcunha de Barba) era informante do DOPS durante o regime militar já deveria valer ao Tuma Jr., autor do livro, um pesado processo por crime de calúnia e difamação, e Lula nem se mexe. Ora! O sujeito vivia entregando aos militares todos os passos importantes que aconteciam nos sindicatos, declinando nomes dos líderes e locais de manifestações, e, hoje, posa de benfeitor dos sindicalistas. O seu silêncio ante acusações tão graves depõe definitivamente contra ele, e o único remédio que deveria adotar seria o processo judicial contra o escritor. No entanto... Ora! Quem cala, consente, e o experiente jornalista Daniel Lima nada comenta sobre essa obrigatoriedade de Lula e de outros acionarem o Tuma Jr. na justiça.
Por tudo isso e mais alguns aspectos tenebrosos abordados no livro do Tuma Jr - e ainda que o ele não seja lá nenhum santo - o programa merece ser assistido. Não esqueça que foi da briga de 2 pilantras (Jefferson e Dirceu) é que surgiu o processo do mensalão.
No próximo dia 3 de fevereiro, o Programa Roda Viva, na TV Cultura, agora sob a coordenação do jornalista Augusto Nunes, entrevistará o Romeu Tuma Jr, autor do livro Assassinato de Reputações - um crime de Estado.
Acontece um fenômeno interessante com esse livro: é o primeiro em vendas nas livrarias há várias semanas e com exceção da Revista Veja ninguém fala dele. Nem o grandioso ex-presidente Lula, apresentado como informante do DOPS pelo testemunho pessoal do autor se manifesta. Tinha a obrigação de processar o autor por injúria, calúnia, difamação e sei lá mais o que, mas nem toca no assunto. O que é mais triste: a imprensa também não toca, por isso imagino as pressões que o Augusto deve estar sofrendo desde já para não fazer essa entrevista. (Adauto Rocchetto, Delegado da ADESG no Estado de São Paulo) (N7M) 
Mais para Cuba Esqueçam os 800 aeroportos regionais que Dilma prometeu. Ela vai financiar o aeroporto de Havana, por 360 milhões. No final de 2012, em Paris, Dilma Rousseff disse que o governo pretendia criar cerca de 800 aeroportos regionais no país. Segundo ela, pelo projeto, cada cidade com até 100 mil habitantes deveria ter um aeroporto a, no máximo, 60 quilômetros de distância. É uma necessidade também importante para o crescimento do país. Nunca mais falou nisso. Agora ficamos sabendo que a Odebrecht vai receber U$ 360 milhões para reformar o aeroporto de Havana, em Cuba. Isto além dos R$ 1,6 bilhão que embolsou para construir o Porto de Mariel, que Dilma inaugura hoje, levando para lá uma comitiva de mais de 30 pessoas. Além disso, a ditadura assassina cubana recebe mais R$ 1,2 bilhão de reais por ano para comprar produtos brasileiros. Ninguém sabe se os Castro estão dando calote ou não, porque tudo está sob segredo de estado. Se você for um pequeno ou médio empresário, tente fazer um empréstimo no BNDES. 99 em 100 não conseguem. Melhor mudar a empresa para Cuba. É o capitalismo brasileiro sustentando o comunismo cubano. Daqui
Cade abre processo contra Oi por conduta anticompetitiva com a GVT Leia
Shell invade reservatório da União e é premiada pela ANP 
A dupla Shell/Total, agraciada pelo governo Dilma com 40% do Campo de Libra, acaba de ser flagrada grilando uma área estratégica do pré-sal que não foi leiloada e que, portanto, é propriedade da União. O roubo era de conhecimento da Agência Nacional do Petróleo (ANP), já que os detalhes do crime estão documentados na própria Agência. A área invadida fica nas imediações do bloco BM-S-54, que foi adquirido pela Shell, juntamente com a francesa Total, antes da descoberta do pré-sal. 
A bandidagem e o desrespeito às leis são marcas registradas dessas empresas do cartel do petróleo. As guerras e golpes de Estado provocados por elas são freqüentes, quando seus interesses são contrariados. Por isso não é de se estranhar que elas não respeitem nada por aqui, ainda mais quando o governo é oferecido e não se faz respeitar. Escandalosa mesmo é a cumplicidade da ANP com a grilagem da multinacional. Como o leitor poderá ver, o conluio da ANP com a Shell vem desde 2012.(Fonte: Hora do Povo) 



Cenas de um leilão!
• Um vaso chinês da dinastia Ming está sendo leiloado.
• O lance inicial abre em meio milhão de euros.
• O leilão é ao vivo e cada interessado é claramente identificado.
• Os lances vão aumentando a todo instante de 100 em 100 mil Euros (a taxa de câmbio, no momento do leilão, era de 1,43 dólares para cada euro).
• Em poucos segundos, o lance chega a um milhão de euros, e o grito da multidão presente, demonstra o frisson que percorre a sala. O vencedor é o último que dá um lance de um milhão, e o leiloeiro faz a contagem regressiva da proposta.
• - Dou-lhe uma, dou-lhe duas, vendido para o cavalheiro sentado na segunda fila por um milhão de euros.
• Agora, veja o vídeo. O leiloeiro é exuberante. O ritmo é rápido. Isto é como um leilão deve ser executado. Note a emoção no rosto do leiloeiro após o lance final.

Nenhum comentário: