28 de fev de 2014

O abismo já chegou…


 photo _aprisao.jpg
1) Plataforma de petróleo inclina no Rio Petrobras diz que não há risco de naufrágio; 36 funcionários ainda estão a bordo. A plataforma petrolífera SS-53 adernou (inclinou-se para um lado) na madrugada desta sexta-feira (28), na bacia de Campos, Rio de Janeiro. Segundo o Sindipetro NF (Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense), 36 pessoas continuam a bordo para ajudar nos trabalhos de estabilização.

2) A Petrobras, que não deu mais detalhes sobre o incidente, disse não saber quantos funcionários já foram retirados da SS-53. A estrutura pertence à empresa norte-americana Noble e tem trabalhadores da companhia e da Petrobras. Em nota, a Noble informou que 77 funcionários não essenciais foram resgatados e que não há registro de poluição. Plataforma que inclinou passaria por manutenção em abril.
3) Plataforma SS53 está estabilizada e não corre risco de afundar, diz Petrobras.
A Justiça Federal em São Paulo aceitou nesta quinta-feira (27) denúncia contra 18 acusados de integrar um esquema de corrupção em órgãos federais. Os réus, que vão responder pelos crimes de formação de quadrilha, tráfico de influência e corrupção ativa, foram alvo da Operação Porto Seguro, deflagrada pela Polícia Federal no final de 2012./ Entre eles, estão a ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Noronha, o ex-diretor de Hidrologia da ANA (Agência Nacional de Águas), Paulo Vieira, e o ex-diretor de Infraestrutura Aeroportuária da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), Rubens Carlos Vieira.
Absolvições são frustração imensa, diz ex-procurador Roberto Gurgel. Para advogados, recuo devolve serenidade ao STF. Análise de recursos mudou entendimento sobre formação de quadrilha, o que pode se repetir com lavagem de dinheiro. 
Criminosos para sempre!....
O julgamento da última parte da Ação Penal 470, que se encerrou hoje, inocentando os mensaleiros do crime de Formação de Quadrilha, em hipótese alguma, pode ser considerado como uma catástrofe nacional!
Na realidade, em sua essência, não mudou muito o que já havia sido decidido pela Suprema Corte Brasileira, a saber: Esses mensaleiros, são, sim, criminosos, e foram condenados por serem corruptos e por terem se apoderado dos recursos públicos, para fins desonestos e ilícitos!
A absolvição do crime de Quadrilheiros, não altera a parte essencial desse julgamento e atende, de certo modo, à expectativa da grande maioria da população brasileira! São criminosos, terão de cumprir pena, estão presos, terão de pagar multas por seus crimes, tornam-se inelegíveis e, dentro ou fora da cadeia, terão pelo resto de suas vidas esse carimbo gravado em suas testas:
Eu sou um criminoso e fui condenado pela justiça de meu país!...
Assim, não há motivo para qualquer comemoração, ou canto de vitória, por parte dos PTistas apóstatas e de seus parceiros criminosos! Essa mancha, com ou sem Quadrilha, acompanhará para sempre o Partido que enganou todo o povo e que traiu a confiança de milhões de brasileiros que nele confiaram!
Contudo, mesmo não alterando a essência do que já fora decidido e transitado em julgado, depois de todo esse longo Processo, que reverteu a cultura da impunidade de poderosos, neste País, há sim, uma grande preocupação e uma grande incógnita, como bem assinalou o Ministro Joaquim Barbosa: Sinto-me autorizado a alertar a nação brasileira de que este é apenas o primeiro passo. Esta maioria de circunstância tem todo tempo a seu favor para continuar nessa sua sanha reformadora. Essa maioria de circunstância [foi] formada sob medida para lançar por terra todo um trabalho primoroso, levado a cabo por esta corte, no segundo semestre de 2012.
Na realidade, essa de fato, é a grande preocupação que ficará para todos nós brasileiros, que ainda sonhamos com um País livre de criminosos e de políticos sem caráter! Com a nova composição do Supremo, esse pode ser apenas o primeiro passo para a solidificação da terrível Ética Relativa, aqui implantada pelo PT apóstata e que pode ter um novo alento e uma nova guarida, por parte desses ministros de circunstâncias!...
De qualquer modo, como assinalou o Ministro Gilmar Mendes: ... o tribunal cumpriu a sua função. E esse é o dado positivo nesse quadro de práticas reprováveis. As instituições são mais fortes quando elas são mais fortes do que aqueles que as integram. O Brasil saiu forte deste julgamento porque o projeto era reduzir essa Suprema Corte a uma corte bolivariana.
Depois dessa batalha perdida, vamos reunir novamente nossas forças para ganharmos a guerra contra o grande inimigo de nosso País, que é o PT apóstata, colocando-o FORA do cenário político brasileiro!
Se alguém deve se regozijar com o resultado final desse julgamento, esse alguém, somos nós! Jamais, o PT apóstata!
Votaram confirmando o crime de Formação de Quadrilha: Joaquim Barbosa, Gilmar Mendes, Luiz Fux, Marco Aurélio, Celso Mello.
Votaram pela absolvição do crime de Formação de Quadrilha: Rosa Weber, Luis Barroso, Dias Tofoli, Ricardo Lewandowski, Carmen Lúcia e Teori Zavascki. (Márcio Dayrell Batitucci) 
ooo0ooo 
Finalmente alguém com atitude contra essa bandidagem que tomou o poder no Brasil!
O STF demonstra grande eficiência ao conferir celeridade para o julgamento do mandado de segurança que impetrei contra o governo em razão dos empréstimos secretos concedidos a Cuba e Angola.
Na segunda feira entreguei ao Presidente Joaquim Barbosa a petição. Na terça o presidente designou o ministro Luiz Fux para relatar. E hoje o ministro adotou as primeiras providencias, solicitando informações da Presidente Dilma, do Ministro Mauro Borges e do Presidente do BNDES Luciano Coutinho.
Os três são citados no mandado como autoridades coatoras que contrariam o direito constitucional de dar transparência aos atos do poder público.
No despacho, Fux determina ainda que a Advocacia-Geral da União seja avisada para que, querendo, ingresse no feito. O relator também pede que seja aberta vista, por 10 dias, ao Ministério Público, nos termos do art. 12 da Lei nº 12.016/09.
Manifesto total confiança no STF com relação a esse julgamento. (Senador Álvaro Dias) 
ooo0ooo 
Cúpula petista usou o Mensalão para transformar o STF em puxadinho do Palácio do Planalto.
Vergonha nacional - A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), por seis votos a cinco, de livrar do crime de formação de quadrilha os principais envolvidos no Mensalão do PT já era esperada, mas mostra ao País que a principal instância do Judiciário está dominada e a serviço de um partido que ao longo dos anos tem exibido sua incontestável vocação para o banditismo político.
Encerrada a fase do julgamento dos embargos infringentes, muitas foram as declarações por parte dos ministros, mas a fala do ministro Celso de Mello chamou a atenção. Disse o decano do Corte que a Ação Penal 470 deixou claro que o crime não compensa. Magistrado com notório saber jurídico, Celso de Mello está enganado em relação ao julgamento do caso do Mensalão do PT, pois são brandas as penas impostas aos articuladores do maior escândalo de corrupção da história nacional.
Livres do crime de formação de quadrilha, os principais mensaleiros poderão deixar a cadeia dentro de alguns meses, no vácuo da progressão do regime, conforme dispõe a Lei de Execução Penal. Quando isso acontecer, ficará reforçada a sensação de impunidade ou, então, confirmar-se-á o que muitos já sabem: que no Brasil leis são feitas para serem descumpridas.
O legado peçonhento dessa equivocada decisão do STF é que os mensaleiros, que vinham insistindo tese de julgamento político, deixarão o cárcere na condição de heróis, condição que ajudará o Partido dos Trabalhadores a estender sua permanência no poder e a implantar o golpe que transformará o Brasil em uma versão agigantada da vizinha e combalida Venezuela.
Aliás, o pífio espetáculo protagonizado por seis dos onze ministros da Corte mostra que o Supremo foi transformado em uma espécie de puxadinho do Palácio do Planalto. Ou seja, faz o que o Executivo manda, até porque cabe à presidente da República indicar os ministros do STF. (ucho.info)
ooo0ooo

Militares venezuelanos criticam Maduro Dada a crise que abalou Venezuela, meios militares dentro das forças armadas bolivarianas emitiu um documento afirmando a sua rejeição do governo de Nicolas Maduro e com o mandato anterior do presidente Hugo Chávez.
Às pessoas da Venezuela, estamos com você, pedimos perdão pelos maus-tratos por parte da polícia e da Guarda Nacional, também queremos um país melhor, disse o militar em uma extensa de 15 páginas manifesto marcou diárias. (ver documento aqui)
A declaração reúne as opiniões de 590 funcionários, 1.500 membros, além da Guarda Nacional. Segundo a fonte que forneceu o documento, a declaração representa o alívio de 80% das Forças Armadas.
O texto começa por abordar o povo da Venezuela, afirmando que é muito triste ver os dias difíceis que estamos vivenciando em nosso país por causa de más políticas de Estado, a má gestão e maus conselhos do governo cubano.
A carta explica que esses soldados são afetados por filas recorrentes de fazer como os civis e observou que o sistema de produção não existe mais, tendo sido concluído pelas desapropriações cometidos pelo presidente falecido.
Outras declarações polêmicas relacionadas com o problema da prisão que o país enfrenta. Nós, como especialistas na área (GN), vivemos dia a dia na cadeia (comandantes de companhia, chefes de serviços de porta, voou e estandes de serviços), sabemos que a realidade nas prisões, aqueles que enviam neles são os chamados pranes, orquestrada pelo nosso ministro socialista Iris Varela.
Militar também reconhecem a gravidade da censura dos meios de comunicação, assediado por decisões e excessos do poder executivo para acabar com o fluxo de informações e impedir que os cidadãos saibam o que realmente está acontecendo em outros estratos, e estão exigindo alto comando com autoridade para negar ordens para reprimir os manifestantes.
Você acha que, jogando pedras, paus, bombas caseiras, medidores, entre outros, vai conseguir derrubar um governo? Não, o que eles fazem é inflamar uma guarda nacional que não dorme há dias, não comer bem, não ser capaz de visitar suas famílias, porque o mais importante de tudo é acabar com os protestos como um lugar com um salário mensal magro disse o comunicado.
A declaração tem como objetivo explicar aos venezuelanos as verdadeiras prioridades e questões enfrentadas pelos militares.
Fim do despertar, Venezuela e Chávez tem, ou ideologias opostas apolíticos, se caíram os grandes ditadores do mundo, este governo não tem muito tempo depende de todos nós, diz o manifesto.

ooo0ooo
Aos ouvidos surdos da Petrobrás.
Associação de Engenheiros da Petrobras a posição da Diretoria sobre as mudanças na Fundação Petros.
A Diretoria da AEPET, reunida no dia 25 de fevereiro de 2014, avaliou as mudanças na Diretoria da Petros que estão para ocorrer nos próximos dias.
Concordamos com as preocupações expressas no posicionamento público da Diretoria da AMBEP, uma entidade co-irmã, referentes aos investimentos da Petros e à sua gestão.
A Petros poderia se poupar de investir em ativos como a Usina Belo Monte, Banco BVA, Banco Panamericano, Banco Cruzeiro do Sul, Lupatech, Grupo Galileo entre outros.
São investimentos que apresentam um grau de risco desnecessário para o patrimônio dos participantes da Entidade.
O provisionamento do crédito privado, que veio diminuindo ao longo dos anos, voltou a subir, de forma alarmante.
Sobre o déficit técnico da Petros em 2013 temos acompanhado preocupados e entendemos que é necessário um estudo mais aprofundado.
A diversificação da carteira de investimentos nos coloca perspectivas otimistas para o futuro, embora muito preocupados com o cenário atual.
O que não podemos fazer é aceitar que sejam colocadas à frente da Diretoria de Investimentos da Petros pessoas que não tenham qualificação técnica.
Não é possível que a Petros sobreviva sem grandes prejuízos a mais uma nomeação política neste momento.
Por isso, achamos que o primeiro critério deva ser o critério técnico. Dentro da Petrobrás temos diversas pessoas de excelente qualificação na área de investimentos.
A Diretoria da Petros precisa ser urgentemente oxigenada com a eleição de diretores nas áreas de Administração e de Seguridade.
A relutância em aprovar o Estatuto que preveja estas eleições das duas diretorias somente se explica pela omissão.
Omissão da Petrobrás em cumprir o que assina. Omissão da FUP em cobrar aquilo que é compromisso.
Mas o que nos parece é que a FUP e a Petros querem fazer uma dança das cadeiras com o patrimônio alheio.
A Diretoria da AEPET estará buscando a unidade com a FENASPE e a FNP, entidades que sempre estiveram aliadas na defesa dos participantes da Petros, além da própria AMBEP, contra qualquer aventura em nosso fundo de pensão.
É hora de união na defesa dos interesses dos participantes da Petros. (Diretoria da AEPET) 

O poder feminino

Governo da Holanda vai cobrar diárias de presos.
• Esta é uma ótima ideia para o Brasil adotar. O povo honesto e trabalhador está cansado de sustentar a caterva, que tem a maior proteção do Estado e eles não têm.
• O Governo holandês decidiu adotar a mesma política da Dinamarca e Alemanha e impor a seus presidiários o pagamento de 16 euros (50 reais) por dia por ficarem atrás das grades. O projeto de lei deriva dos acordos pactuados pela atual coalizão no poder, formada por liberais de direita e social-democratas, e busca duas coisas: obrigar o criminoso a assumir o custo de seus atos e poupar, concretamente, 65 milhões de euros (205 milhões de reais) em despesas judiciais e policiais.
• Na Holanda existem 29 presídios, sendo que deste total 8 foram fechados por falta de presos. O Governo holandês diz que o detento é parte integrante da sociedade e se comete um delito tem obrigação de contribuir com os gastos inerentes. No Brasil é totalmente o contrário. Presídios são construídos todos os meses, o detento raramente trabalha e sua família ainda recebe do Governo Federal uma ajuda de custo superior ao salário mínimo, ou seja 982 reais. É o Brasil.

Nenhum comentário: