16 de fev de 2014

É preciso ter coragem e dar a cara à tapa !!!!

 photo _abrafunda.jpg 
Petrobras, o que fazem contigo! 
Juro que não acredito! A tantas andam fazenda com o maior empresa do Brasil (basta ver contas e mais contas, déficit e andanças na Petros, que as mentiras de pernas curtas cairão num poço.) Se ela, Petrobras anuncia que vai tomar providências cabíveis para averiguar a veracidade de denúncia feita por um autointitulado ex-funcionário do grupo holandês SBM Offshore, de quem aluga pelo menos oito plataformas marítimas, duas em construção, sobre suposto esquema de suborno pago à estatal brasileira e outras firmas de mais oito países. segundo o homem misterioso, a SBM destinou em propinas cerca de US$ 139 milhões entre 2006 e 2011, período em que a estatal brasileira era presidida pelo petista José Sérgio Gabrielli.
Você atrasou o relógio em 1 hora? Terminou, à 0h deste domingo (16), o horário de verão em dez Estados do Brasil e no DF. As mudanças do Paes no trânsito amanhã causará caos! 
Síndico vai à Justiça para garantir entrada de carros em prédio da Avenida Rio Branco. Aqui
Olha ele de novo! A credibilidade cai dia a dia, lamentável! Saúde do Rio tem corte de R$ 216 milhões. Redução atinge hospitais e programas municipais, como o das Clínicas da Família.
Escuta Essa! 
Mais um show! Dilma vai a Bruxelas em meio a expectativa sobre acordo. Presidência confirmou viagem para cúpula com União Europeia após indicações anteriores de que ela seria adiada.
Por mais que tente, Dilma não acerta uma! Consumidor vai pagar extra por energia. Governo vai repassar para tarifa custo adicional por uso de termelétricas.
Cariocas apoiam protestos, mas reprovam vandalismo, diz Datafolha. 56% dos moradores do Rio aprovam as manifestações, segundo pesquisa.

Volta e meia, para não dizer todo dia, o bang-bang no Rio é constante! Tiroteio na Rocinha fecha túnel Zuzu Angel, já foi liberado. Comandante Geral das UPPs fica ferido. Bope é acionado. E pra dizer que “estamos trabalhando” a PM aumentou a segurança.
Só lá? Adeptos do black bloc de São Paulo prometem radicalizar na Copa e Ackmin diz que polícia vai monitorá-los.
Aqui no Rio, parlamentar diz: - Tentam usar morte para asfixiar protestos. Deputado estadual do PSOL, Marcelo Freixo diz que a proposta antiterrorismo, ventilada após morte de Santiago Andrade, é mais retrograda que a Lei de Segurança Nacional, aprovada na ditadura. E pra não perder o tom despeja: Apontado como um dos financiadores dos Black Blocs, o deputado Marcelo Freixo, do PSol, resolveu disparar contra o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), em sua página no Facebook, ele diz que ao contrário de muitos candidatos, não é financiado por empreiteiras, como a Delta, e empresários de ônibus; O prefeito Eduardo Paes logo após se reeleger encaminhou à Câmara de Vereadores pacote de projetos de lei que beneficiam construtoras que colaboraram com sua campanha e vão atuar em obras das Olimpíadas de 2016. Parabéns Rio por mais duplas e acoimados políticos malsinados e irretratáveis à voz da ética e razão. Já Caetano Veloso se alia a Freixo e investe contra a Globo.
 Eleições com governos bonzinhos e dinheiro do povo fazem gastança. Aqui
Roberto Jefferson: a punição requer perdas. O ex-deputado e delator do esquema do mensalão, Roberto Jefferson, em sua casa no município de Comendador Levy Gasparian, no Centro-Sul do Rio, reafirma que não recorrerá ao esquema de vaquinhas para arrecadar contribuições e pagar sua multa; já estou tentando vender meu escritório no Rio, cujo valor, penso, deve cobrir 50% da multa que me foi imposta pelo STF. Afinal, a punição requer perdas, disse; ele diz ainda que enviará ao STF o nome e o CPF dos colegas de partido (PTB) que o ajuda. Delator e não promiscuo.
Cronograma ameaça aeroportos padrão Fifa para a Copa. Obras do Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos. Maioria das companhias aéreas não ocupará novas áreas em aeroportos privados. Se gastamos pela incúria de Lula ser o cara, o país perdeu e lamentará em muito nessa Copa, onde desgraças contra o povo se acumulam e mentiras se soltam num roldão vergonhoso. Passem a bola petistinhas!
São poucas solucionáticas pras problemáticas! Joaquim Barbosa confirma que deixará STF antes dos 70.
A lerdeza chega aos cabeças do PT que reconhece desgaste com vaquinha a réus do mensalão.
“...O governador Sérgio Cabral está rindo à toa. A Presidente Dilma nomeou como juiz do TRE - RJ, o procurador do Estado, Flávio Willeman, homem ligadíssimo a Regis Fichtner, que aliás durante a posse distribuía sorrisos de orelha a orelha. O novo juiz quebrou uma tradição da Justiça Eleitoral, que seria reconduzir quem estava na vaga, no caso o Defensor Público Marcos Henriques Steel. Acontece que o juiz eleitoral Marcos Henrique Steel é o relator do pedido de impeachment de Sérgio Cabral pelo uso de helicópteros do Estado na sua campanha à reeleição. Depois de inúmera audiência e pedidos de provas, o juiz estava pronto para dar a sentença, mas foi surpreendido com a mudança do cargo...” (Garotinho)
Collor e Dilma: tudo a ver!
Cresce perseguição a gays na África - Homem de Uganda cobre rosto para proteger identidade em parada gay em Boston: público LGBT vira alvo de manobras políticas em países da África. Muitos dos 54 países do continente mantêm leis específicas contra homossexuais. (Reuters)
Equipes resgatam 11 de mina; 200 estariam soterrados na África do Sul. 
Recado à Maduro: “No tenemos miedo!”

Têm coisas que devíamos jogar pro alto e
...deixar se esborrachar. Entenderam?
Russian Pair Skaters Fly High photo Russianpairskatersflyhigh.gif

Se o STF exigir comprovação da origem do dinheiro das multas do Mensalão, muitos serão presos
Chave de cadeia - Ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes perde tempo dando ouvidos às lamúrias dos petistas, que estão inconformados com declaração do magistrado sobre a origem do dinheiro obtido por meio de doações para pagar as multas impostas aos réus do Mensalão do PT.
O ministro rebateu um questionamento do petista Eduardo Suplicy, o senador maluco-beleza, que recebeu como resposta sugestão para que o PT organize uma vaquinha na rede mundial de computadores com o objetivo de ressarcir parte dos mais de R$ 100 milhões desviados dos cofres públicos no maior e mais ousado escândalo de corrupção da história nacional.
Gilmar Mendes, na resposta enviada ao senador petista, destacou que sites hospedados no exterior para arrecadar fundos destinados ao pagamento das multas dos mensaleiros representam uma afronta ao Judiciário.
Dia após dia o PT vem mostrando a sua vocação para o banditismo político, por isso o ministro do STF não deve entrar no embate com os bandoleiros petistas. A melhor forma de responder a esses saltimbancos que se instalaram no poder é aplicar com firmeza a legislação vigente no País, começando pela operação sinistra de arrecadação de fundos que aponta para uma vasta lavanderia financeira, por mais que o presidente do partido, Rui Falcão, esperneie.
Basta que o Judiciário exija dos condenados na Ação Penal 470 a comprovação da origem do dinheiro que está sendo utilizado para o pagamento das respectivas multas. O esquema é tão acintoso e desafiador, que em menos de 24 horas o chefe dos mensaleiros, o Ali Babá palaciano José Dirceu, arrecadou quase R$ 100 mil em um site criado para angariar fundos.
Nos Estados Unidos, a Justiça exige a comprovação da origem do dinheiro até mesmo para o pagamento de fiança. Sem cumprir essa formalidade, o acusado continua contemplando o nascer do astro-rei de forma geometricamente distinta.
Faz-se necessário lembrar que o esquema de cobrança de propinas em Santo André, que culminou com o bárbaro assassinato do então prefeito Celso Daniel, arrecadou muito dinheiro, sendo que parte dos recursos criminosos foi depositada em contas bancárias no exterior. O que levou os bancos do Mensalão do PT a forjarem os empréstimos ao partido, solução encontrada para repatriar o dinheiro imundo.
Como os empréstimos tiveram de ser honrados pelo partido depois da descoberta do escândalo, o dinheiro repassado aos correspondentes internacionais dos tais bancos voltou para as contas de origem.
Se o Supremo Tribunal Federal e a Procuradoria-Geral da República decidirem investigar a origem do dinheiro que está sendo utilizado para o pagamento das multas, boa parte do PT pode acabar na cadeia. Sem contar que alguns espertalhões, já conhecidos da polícia, terão de fazer companhia. Não é preciso nenhum esforço descomunal para descobrir o fio da meada. Basta cruzar os dados do propindoduto de Santo André, da Operação Satiagraha e do desdobramento do Mensalão do PT. Antes disso é melhor a Polícia Federal comprar mais camburões.
Apostando na zombaria, o Partido dos Trabalhadores decidiu afrontar o Estado democrático de direito depois que adotou o discurso embusteiro de que os condenados no Mensalão são presos políticos. A parcela de bem da população deve reagir com firmeza, pois achincalhar os Poderes constituídos da República é inadmissível. Essa incursão burra e ousada mostra que os petistas estão desesperados, pois têm muito a esconder. (ucho.info) 
oo0ooo
O fenômeno Eike Batista
Roubando nossa grana desde os anos 50 ... até hoje! Um crime de lesa Pátria.
Década de 50:
Augusto Trajano Antunes (representante da Bethlehem Steel e da Hanna dos USA) e Eliezer Batista (funcionário da Vale, empresa criada por Getúlio Vargas) fundaram a MBR concorrente da Vale. Assim Eliezer vendeu-se a Antunes: cometendo gravíssimo crime de peculato, contra o Brasil.
Década de 60:
Eliezer é demitido da Vale por receber suborno de empreiteiros. Assume então a presidência de empresa de Antunes (a ICOMI no Amapá, que mais tarde surge em nome de Eike). Protegido por Antunes Eliezer volta à Vale, e continua a cometer crime de peculato, transferindo mercados da Vale para a sua própria MBR.
Década de 70:
A Vale compra Carajás da U S Steel. O patrimônio da Vale sobe para mais de 30 bilhões de dólares, convertendo-se na maior mineradora de ferro do mundo.
Década de 80:
Eliezer volta à Presidência da Vale e vende cerca de 30% deste gigantesco patrimônio por 180 milhões de dólares (menos de 5% do valor)! O governo chega a perder o controle da Vale: sua participação cai abaixo de 50%. Reina a confusão, a Folha de S Paulo, a Tribuna da Imprensa, O Globo, denunciam o crime. A revista Senhor publica um mapa de jazidas da Vale sobre o qual se lê: a ser cedido ao grupo Antunes. Denuncias abortam a transferência de jazidas de ouro (Bahia) para sócios de Eike, e de jazidas de bauxita para grupo americano (oeste do Para). Jazidas da Vale em Corumbá (Urucum) surgem nas mãos de Eike. O senador Severo Gomes aprova uma CPI e publica livro expondo a gigantesca roubalheira (leitura obrigatória: Companhia Vale do Rio Doce: Uma Investigação Truncada. Editora Paz e Terra. Prefacio de Paulo Sergio Pinheiro ). Eliezer é demitido. Porem permanece imensamente rico e impune - a origem do fenômeno Eike.
Década de 90:
O resto da Vale é vendido por 4 bilhões de dólares. Os próprios compradores a avaliam e compram! (depoimento de Daniel Dantas à Miriam Leitão). Eike (leia-se Eliezer) emerge do nada, subitamente, como um dos homens mais ricos e geniais do mundo. Dinheiro corre. Corrompem a esquerda e á direita. Compram consciências, políticos e funcionários públicos. Filmes, livros, jornalistas, vendem sua patranhas, exaltando a genialidade do pai e filho.
Década de 2010:
Aconselhado por José Dirceu, Eliezer e Eike entram em petróleo. O geólogo Paulo Mendonça, e Rodolfo Landim, da Petrobras, arrancam a peso de ouro técnicos da empresa, e estruturam a OGX. Pedro Malan e Rodolpho Tourinho vão assessorar Eike. O Fundo de Marinha Mercante empresta bilhões e seu presidente vai trabalhar para Eike.
Entretanto não se pode roubar corromper, enganar e ainda se exibir, para todos e para sempre. O crime necessita da proteção das sombras. E Eike é um exibicionista compulsivo. E péssimo empresário. Tardiamente, o mercado está descobrindo. Processos dos lesados virão. Nos USA já estariam presos. Como Jose Dirceu provavelmente está. (AD)
Jurista critica projeto antiterrorismo: não podemos ser tidos como otários. Luiz Flávio Gomes chama de oportunistas e demagogos quem quer aproveitar emoção causada por morte de cinegrafista para tentar enquadrar até manifestantes como terroristas.
Bitcoin - Moeda virtual ganha cada vez mais espaço na economia real - Leia
Comprovado: Manifestação é paga por funcionários da Presidência Como sempre, a incompetência é a marca registrada da quadrilha comuno-petista. Não conseguem sequer proteger a própria pele, e, como ladrões amadores, sempre deixam rastros. Lembram daquele vídeo que pegou Lula saindo de fininho da reunião presidida pelo Dirceuzinho presidiário? Logo ele, que dizia sempre o seu Eu não sabia. Sorte nossa. Por conta dos tropeços da bandidagem chapa branca, sempre descobrimos as maracutaias. Confira esta das manifestações pagas.
O vexame do Mais Médicos
Escravidão branca, desrespeito aos direitos internacionais dos trabalhadores e outras denominações idênticas marcaram as críticas iniciais ao programa Mais Médicos do Governo Federal destinado a trazer, principalmente, de Cuba para o Brasil profissionais médicos que se propusessem a morar nas mais longínquas comunidades ou nas periferias dos centros urbanos para atender às pessoas mais pobres.
Em um país onde o bolsa família tem garantido sucessivas vitórias ao PT, cuidou-se de blindar o Mais Médicos para que ele pudesse se transformar em nova mina de votos para a presidente Dilma agora que a economia declina, a inflação cresce e a população vai às ruas clamar pelos seus direitos nas mais variadas áreas.
De carona no programa, o ex-ministro da saúde Alexandre Padilha sonhou, e ainda sonha, em ser governador de São Paulo onde o bolsa família não é suficiente para dar vitórias ao PT, há décadas. Quem sabe, deve ter pensado Padilha, – agora em campanha – os médicos cubanos consigam quebrar a resistência paulista aos petistas dos mais variados costados. O próprio Lula nunca venceu eleição majoritária no estado.
Há quinze dias, porém, como um castelo de cartas, o mosaico do programa começou a se desfazer aos olhos nacionais e internacionais.
O que muitos brasileiros mais atentos já sabiam foi desvendado ao público externo quando a médica cubana Ramona Rodriguez, protegida em Brasília por parlamentares da oposição, denunciou que estava abandonando o programa e pedindo asilo porque havia sido enganada.
Disse na TV, para quem quisesse ouvir, que só depois que chegou ao Brasil soube que o governo brasileiro estava pagando a Cuba, via Organização Panamericana de Saúde, R$ 10 mil por mês por cada médico cubano aqui desembarcado, e eles, os médicos, recebiam míseros R$ 1 mil e mais uma pequena ajuda para familiares deixados nos seu país de origem.
O PT tentou descredenciar Ramona acusando-a até de ter usado o Mais Médicos para migrar para os Estados Unidos e encontrar um namorado que para lá já seguira.
Não houve jeito. O estrago já estava feito. De imediato começaram a pipocar de norte a sul do país histórias capazes de derrubar governos em países mais sérios. Médicos cubanos, no anonimato ou às claras, como fizeram alguns que estão em Pernambuco, vieram a público dizer que não estavam aguentando viver no Brasil com tão pouco dinheiro, que não sabiam que o custo de vida aqui era tão alto e até que eram acompanhados por olheiros aos quais tinham que prestar contas do que faziam ou para onde iam.
O que é isso senão escravidão?
Uma investigação mais acurada comprovou quem mais de 80 médicos já saíram do programa – não só cubanos, diga-se de passagem – e que já tem cubano, que veio para o Brasil, asilado nos Estados Unidos sem que o Governo Brasileiro tenha, ao que se saiba, tomado conhecimento antecipado disso. Um vexame sem fim.
Claro que é bom que médicos estrangeiros qualificados venham para nosso país suprir nossa crônica falta de profissionais dessa categoria mas a este custo é difícil que uma pessoa de sã consciência venha a concordar.
A continuar como está não vai demorar e vamos acabar em tribunais internacionais acusados de escravizar cubanos em pleno século 21. Um horror. (Terezinha Nunes, deputada estadual pelo PSDB)

Nenhum comentário: