19 de dez de 2013

Natal gordo, recheado de mentiras...

 photo _apapuda2.jpg
Volte a ser intolerante! O País precisa de sua revolta!

Vocês se lembram daquela tese dos Criminosos-Reis e dos Criminosos-fabricados que desenvolvi há uns dias atrás, comentando sobre o estado de degradação que tomou conta de nosso País, a partir dos últimos governos, especialmente a partir da era do PT apóstata! 

Quando, institucionalmente, foram criados, desenvolvidos e disseminados no País, como um estado-de-ser absolutamente normal e natural, a Ética Relativa e a Banalidade do Mal!

Sobre essa questão, é interessante refletirmos um pouco sobre a antológica foto abaixo, onde aparecem os cinco últimos presidentes do Brasil, ainda vivos!

Como dizem os antigos, ah, que saudades dos tempos de outrora!... 

Nos tempos de outrora o pobre criminoso-rei, Collor, foi banido temporariamente da vida pública por causa de um carro Elba e de uma pequena cascata que ele construiu em sua famosa Casa da Dinda!...

Naqueles tempos, não existiam privatizações das Teles, da Vale, das Estradas, dos Aeroportos, das Terras Indígenas, do Pré-sal e outras.... Não existia reeleição para ser comprada, não existia parceria com conhecidos criminosos, não existiam Cartões Corporativos, não existiam 12 elefantes brancos superfaturados para a Copa, não eram construídas Refinarias por preços cinco vezes maiores, não existiam 39 Ministérios para serem negociados à preço de ouro!

Naqueles tempos, só exista um carro Elba e uma cascata de água em um jardim florido! E mesmo assim, o Brasil inteiro - travestido de Instituições, estudantes, sindicalistas, Igrejas, imprensa, intelectuais, artistas e toda a sociedade civil - veio às ruas para clamar contra a apropriação da coisa pública e contra a impunidade... Éramos intolerantes com o crime!

Ah, que saudade dos tempos antigos!

Hoje, depois de cada gestão de um dos criminosos-reis abaixo, com os bilhões e mais bilhões que foram expropriados do País para as burras de alguns eleitos e cumpañeros, o Brasil ficou tolerante, conivente, preguiçoso, sem motivação e sem forças para se opor, protestar, ir às ruas, exigir a cadeia para esses criminosos-reis-P.O!...

Independente de preferências por esse por ou aquele Partido Político, qualquer pessoa com um mínimo de discernimento e de observação, sabe perfeitamente avaliar a diferença, para pior, que existe entre os tempos de Collor - onde se promovia o impeachment de um Presidente por causa de uma Elba - e os atuais tempos, passando por FHC e estacionando no PT apóstata em que estamos vivendo há longos 11 anos - onde se consideram como normais e naturais todos os roubos e falcatruas que são cometidos a cada dia!

O País, infelizmente, nesses últimos anos, despencou para o fundo do poço nesse quesito da ética, dos valores universais, da lisura e da intolerância para com criminosos de colarinho branco!

E a cada dia que passa, a cada ano, a cada novo mandato regido por esse nefasto e inconcebível modelo, nosso País se afunda cada vez mais, torna o crime um valor natural e adequado para a criação de nossos filhos e netos!

Pense nisso! Compare a tolerância de hoje, com a bendita intolerância de antigamente! Já pensou se ficarmos mais 4, 8, 12 anos nos degradando nesse modelo? O que você está efetivamente fazendo para mudar esse estado de coisas? (Márcio Dayrell Batitucci)


Vendo apartamento com garagem - Conversação em aberto.
Da série: Detesto a pobreza......
Preciso de apto com mais vagas.
O apartamento é ótimo, excelente localização, mas vendo porque só há duas vagas na garagem.

Um comentário:

Anônimo disse...

Um compadre evangélico me enviou um filme em que um deputado Ronaldo Caiado atacava outro de nome Garotinho para mostrar a miséria moral e assim desacreditar o Brasil. Fui ver no Google e afinal Garotinho tinha forte apoio precisamente dos Evangélicos Pentecostais. Ora bolas, digo eu...