28 de nov de 2013

Só o Mengo ameniza a sujeira no Brasil...

 photo _atricampeao.jpg
Para você que elegeu a tropa de choque contra o povo, aí vai: Câmara do Rio veta recursos para adaptação de prédios públicos a deficientes. Acesso permanece negado na lei e na prática. Não são poucos os vilões do cotidiano das pessoas com deficiências no Rio: calçadas com buracos, transportes sem condições e dificuldade para entrar em repartições públicas são alguns deles. Mesmo assim, a Comissão de Orçamento da Câmara decidiu nesta quarta-feira que a prefeitura não investirá R$ 20 milhões por ano até 2016 em obras de adaptação de um terço dos prédios públicos municipais para deficientes.

Itaquerão: sindicato alertou sobre risco de manobra fatal. Alerta sobre guindaste em obra de estádio foi ignorado, diz sindicato. Queda de estrutura no estádio que abrirá a Copa causou 2 mortes. Obra está paralisada. Acidente na Arena Corinthians matando 2 amplia lista de tropeços na organização da Copa. Especialistas dizem que Copa ocorrerá no país, mas imagem do Brasil no exterior é arranhada. Financial Times diz que acidente levanta questões sobre capacidade do Brasil de sediar eventos. Acidente no Itaquerão foi como terremoto na reta final da Copa. Fifa deve intervir para evitar atrasos em estádios? Entrega do Itaquerão deve atrasar 30 dias, e Fifa não tem plano B. Desabamento no Itaquerão é mais um na lista de “acidentes” da Odebrecht. Obras de responsabilidade da construtora, no Metrô paulista, acabaram em um enorme buraco que matou 7 pessoas em 2007. Em 2008, empresa foi expulsa do Equador. 

Em meio a polêmica sobre calendário, CBF lança novo torneio regional. Presidente do TRE - RJ perde o cargo por ter sido eleita ilegalmente. Valdemar e Henry cogitam renúncia e amigos sugerem a Genoino fazer o mesmo. O Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, aumentou a taxa básica de juros (a Selic) em 0,5 ponto percentual, indo de 9,5% para 10% ao ano. É a sexta reunião seguida do Copom em que os juros sobem. A decisão foi unânime. 

Os planos de saúde terão que devolver em dobro aos clientes qualquer cobrança que seja feita indevidamente. A determinação faz parte de uma resolução normativa da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), alterada a pedido do Ministério Público Federal (MPF), no Rio de Janeiro. Brasil é o maior consumidor de veneno agrícola do mundo. Infelizmente, cada habitante consome hoje mais de cinco litros por ano desse produto. Se fosse consumido em um único dia, as pessoas morreriam”. O alerta é da procuradora regional do Trabalho Margaret Matos, que participou do seminário de lançamento do Fórum Mato-grossense: Agrotóxicos, Saúde e Meio Ambiente, promovido pelo Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso (MPT-MT). MPF dá parecer contrário e MRV pode voltar para a lista suja do trabalho escravo. Subprocuradora geral da República aponta que mandado de segurança que suspendeu a inclusão no cadastro não se sustenta. STJ recebe pedido para que decisão seja revista. 

Nilton Santos, mais uma saudade.
Corpo do craque velado em General Severiano será enterrado hoje no Cemitério São João Batista. Leia mais 
aqui.

Fim das motofaixas
Motoboys paulistas tomam a pista da avenida Moreira Guimarães, próximo ao aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo, durante protesto realizado pelo SindimotoSP nesta quinta-feira (28). Os manifestantes percorrerão as principais vias da capital até chegarem ao prédio da prefeitura. Eles exigem a manutenção e ampliação das motofaixas. A prefeitura recentemente desativou as motofaixas das avenidas Sumaré e Vergueiro. 

Condenados no mensalão terão cassação com voto aberto, afirma Alves. Presidente da Câmara havia dito que não votaria perda de mandato sem voto aberto. 

Emprego e troca de favores!.... 
1. Agora está explicado porque o criminoso José Dirceu, condenado em última Instância pela Justiça brasileira, em uma semana, já conseguiu um emprego de dar inveja, com salário de $20.000,00! 
2. São as eternas e imbatíveis "arrumações" de nossa podre política: toma lá, dá cá!... 
3. Sugiro a todos : Vamos começar uma campanha nacional para que *nenhum brasileiro* que tem um mínimo de vergonha na cara, se hospede nesse tal Hotel St Peter!..
4. Faça a sua parte e divulgue!
5. E-mail do Hotel : aqui
6. Emissora de TV do futuro chefe de Dirceu foi beneficiada pela Anatel. O futuro chefe do ex-ministro José Dirceu, o empresário Paulo de Abreu, foi beneficiado nesta semana com uma medida do governo aprovada mesmo contra relatórios elaborados por técnicos.
7. Abreu ganhou o direito de transferir antenas da Top TV - uma de suas emissoras - do município de Francisco Morato para a avenida Paulista, em São Paulo. Dono de hotel possui grupo de rádios e seu partido apoia Dilma.
8. Contratado por hotel, Dirceu espera decisão de Barbosa para trabalhar como gerente. Dono do hotel Saint Peter, que contratou Dirceu sexta-feira, e de várias rádios e TVs, ele é filiado ao PTN, integrante da coligação da presidente Dilma Rousseff em 2010.

 photo _aSaintPeterHotel.jpg
Fachada do Saint Peter Hotel,

onde o ex-ministro José Dirceu,
será contratado para trabalhar 
durante o cumprimento da pena


9. Conforme análise da Anatel, a mudança da Top TV, canal 35, não poderia ocorrer, pois não seguiu trâmite adequado e porque pode ser inviável tecnicamente.

10. Diz o texto que a operação na Paulista pode criar interferência com outra emissora que ocupa o mesmo canal em Suzano. Ao mudar as antenas, a TV ainda deixa de operar em seu município de concessão. Outra TV beneficiada com a mudança foi a TVT (TV dos Trabalhadores), ligada à CUT.

Terraço
11. Uma das rádios operadas por Abreu foi lacrada pela Anatel em 2012 em Brasília. A Kiss FM, com programação de rock clássico, tinha autorização para operar em Alexânia (GO). O empresário, porém, levou antenas e transmissores para o terraço do Saint Peter, em Brasília.

12. Sem permissão, o sinal da rádio começou a ser transmitido na capital e ficou no ar por cerca de um ano, até ser pego pela fiscalização. Neste ano, a rádio voltou a operar na capital irregularmente.

13. Segundo a Folha apurou, esse procedimento é usado por Abreu em outras rádios, como a de Cosmópolis, no interior de São Paulo, que é usada para cobrir a região de Campinas. A estação transmite a programação da Kiss FM.

Outro lado
14. A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) informou que a mudança das antenas de transmissão da emissora do empresário Paulo de Abreu foi feita após consulta pública sobre o processo de digitalização dos canais de TV no país.

15. Como o texto foi submetido à avaliação da comunidade e do setor, a Anatel argumentou que ele poderia sofrer alterações, desde que houvesse "anuência" do governo.

16. Essas modificações poderiam incluir "mudanças de coordenadas geográficas" e "aumentos de potência", diz texto da assessoria de imprensa da agência.

17. Para a Anatel, essas mudanças estão condicionadas a "viabilidade técnica" e "identificação de medidas de mitigação" nos casos em que houver interferência entre canais. A agência disse ainda que a titularidade de um canal "não interfere na análise de viabilidade."

18. O Ministério das Comunicações, em nota, disse que "na tecnologia digital, instalar estações próximas umas às outras é uma forma eficiente de gestão do espectro", ou seja, de organizar o espaço em que são colocados os canais.

19. Segundo a pasta, sua sugestão feita à Anatel teve como base argumentos técnicos. Além disso, as discussões sobre o replanejamento de canais em São Paulo "têm como premissa a preservação da cobertura atual --permitindo, inclusive, mudança de local da estação transmissora". Procurado pela reportagem, o empresário Paulo de Abreu não foi localizado. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot vai pedir cassação de dezenas de deputados infiéis. Alvos são parlamentares que recentemente mudaram de partido mais de duas vezes. Juros subindo, embromação do STF contra poupadores e desastre no Itaquerão afetam capimunismo petralha. (Jorge Serrão)


EUA vivem temor de nova bolha imobiliária. Em áreas mais caras do país, como San Francisco, comprometimento com pagamento de prestação do imóvel já supera 50% da renda. Existe o perigo de bolha imobiliária no Brasil? O aquecimento do mercado imobiliário em cidades como São Paulo e Rio, com aumento nos preços e na oferta de imóveis, levanta preocupações de que exista esse eventual fato em cidades brasileiras. É possível que haja uma sobrevalorização nos preços, que poderiam cair repentinamente se a eventual bolha estourar? Autoridades e especialistas brasileiros descartam a hipótese, mas um economista americano que previu a bolha imobiliária dos Estados Unidos acha preocupante o fato de os preços dos imóveis terem dobrado nos últimos cinco anos nas maiores cidades brasileiras.

Zona de defesa aérea chinesa aumenta risco de guerra. Demarcação de área também demonstra determinação do presidente Xi Jinping em defender a integridade territorial do país; confira análise. A China monitorou os voos de dois bombardeiros americanos que sobrevoaram sua nova zona de defesa de identificação aérea, segundo informações do Ministério da Defesa chinês. Os aviões B-52 voaram sobre ilhas de Diaoyu e Senkaku, disputadas entre o país e o Japão no Mar do Leste da China, sem avisar as autoridades chinesas que estavam entrando em uma parte de seu novo espaço aéreo, declarado no sábado.

O Japão e os Estados Unidos se opõem à decisão da China de alterar unilateralmente seu espaço aéreo e acusam o país querer escalar as tensões regionais. A zona de defesa de identificação aérea chinesa se sobrepõe ao espaço aéreo japonês e inclui ilhas disputadas que são controladas pelo Japão.

China quer levar turismo a ilhas disputadas com vizinhos. O governo chinês promoverá cruzeiros marítimos turísticos ao arquipélago de Paracel (chamado de Xisha pelos chineses), disputado com vizinhos no Mar do Sul da China, informou a mídia estatal do país. Segundo a agência Xinhua, os turistas ficarão hospedados nos próprios navios, já que a ilha principal só tem um hotel e não dispõe de água tratada. As ilhas são reivindicadas por China, Vietnã e Taiwan. Pequim controla o arquipélago desde uma breve guerra com o Vietnã do Sul, em 1974. As tensões envolvendo as Paracels têm crescido, por conta de disputas territoriais conflitantes no Mar do Sul da China e por conta de medidas mais assertivas sendo adotadas por Pequim.

 

Índios paraguaios com CPF 
1. A quadrilha não descansa. Mesmo com alguns dos seus cardeais presos, os comparsas permanecem na luta de pôr o Brasil de joelhos ante seus projetos de dominação total e eterna. Vez que a reeleição da presidANTA em 2014 corre risco de não acontecer, arrumaram agora de apelar para votos de índios paraguaios, fornecendo-lhes CPF e Título de Eleitor. 
2. Isto precisa ser repassado à exaustão.


Você está sendo envenenado!....
 photo _achefJamieOliver.jpg Chef Jamie Oliver Vence Demanda Judicial Contra McDonald’s 
1. Veja o que você e seus filhos estão comendo no McDonald´s!... 
2. Além de envenenada, é uma comida *cara* e *ruim* ! 
3. O chef Jamie Oliver acaba de vencer uma batalha contra a mais poderosa cadeia de Junk Food do mundo. Uma vez que Oliver demonstrou como são produzidos os hambúrgueres, a McDonald’s anunciou que mudará a receita. 
4. De acordo com Oliver, as partes gordurosas da carne são “lavadas” com hidróxido de amônia e, em seguida, são utilizadas na fabricação do “bolo” de carne para encher o hambúrguer. Antes deste processo, de acordo com o apresentador, essa carne já não era apropriada para o consumo humano. 
5. Oliver, chef ativista radical, que assumiu uma guerra contra a indústria de alimentos, diz: estamos falando de carne que tinha sido vendida como alimento para cães e após este processo é servida para os seres humanos. Afora a qualidade da carne, o hidróxido amônia é prejudicial à saúde. 
6. Qual dos homens no seu perfeito juízo colocaria um pedaço de carne embebido em hidróxido amônia na boca de uma criança? 
7. Em outra de suas iniciativas Oliver demonstrou como são feitos os nuggets de frango: Depois de serem selecionadas as “melhores partes”, o resto- gordura, pele, cartilagem, vísceras, ossos, cabeça, pernas - é submetido a uma batida - separação mecânica - é o eufemismo usado por engenheiros de alimentos, e, em seguida, essa pasta cor de rosa por causa do sangue é desodorada, descolorida, reodorizada e repintada, capeadas de mashmallow farináceo e frito, este é refervido em óleo geralmente parcialmente hidrogenado, ou seja, tóxico. 
8. Nos EUA, Burger King e Taco Bell já abandonaram o uso de amônia em seus produtos. A indústria alimentar utiliza hidróxido de amônia como um agente antimicrobiano, o que permitiu ao McDonald’s usar nos seus hambúrgueres, carne, de cara, imprópria para o consumo humano. 
9. Mas ainda mais irritante é a situação que essas substâncias à base de hidróxido de amônia sejam consideradas “componentes legítimos em procedimentos de produção” na indústria de alimentos, com a bênção das autoridades de saúde em todo o mundo. Portanto, o consumidor nunca poderá se informar quais produtos químicos são colocados em nossa comida. Traduzido e adaptado de: Leia
 

Até onde vai a baderna pré-ditadura bolivariana? Até as entranhas do Exército. 
1. Imagine se um general que se calou ante a proibição imposta pela quadrilha de comemorar a data da Contra-Revolução (31 de março) fará alguma coisa ante o dever de preservar a honra da sua Arma. Nem ele, nem os comandantes da Marinha e da FAB, que, por ordem dos chefes do bando palaciano, também agraciaram, farão coisa alguma. Estão todos afinados com o covil da petralha. Resta saber até que ponto vai essa afinação. Genoíno e a Medalha do Pacificador: vai cassar ou não, General Enzo? 

 photo _amedalha1.jpg 
General Albuquerque condecora José Genoíno
com a Medalha do Pacificador 
2. Não tem mais desculpa. 
3. O mensaleiro José Genoíno, agraciado com a Medalha do Pacificador em 2003 pelo General Albuquerque, então Comandante do Exército e atual membro do Conselho de Administração da Petrobrás, teve sua condenação pelo STF transitada em julgado e está recolhido à prisão. 
4. O Decreto 4.207, de 23 de abril de 2002, que regula as condições para concessão da medalha, estabelece o seguinte em seu Capítulo IV: 

 photo _amedalha2.jpg
Capítulo IV 
Da Cassação
Art. 10. Perderá o direito ao uso da Medalha do Pacificador e será excluído da relação de agraciados: ...
II - o condecorado nacional ou estrangeiro que:
a) tenha sido condenado pela justiça do Brasil, em qualquer foro, por sentença transitada em julgado, por crime contra a integridade e a soberania nacionais ou atentado contra o erário, as instituições e a sociedade brasileira;
... Parágrafo único. A cassação será feita ex officio, em ato do Comandante do Exército. Então, General Enzo, cassa ou não cassa? Nota do editor Este esclarecimento talvez não fosse necessário, uma vez que o Decreto 4207 fala em condenação pela Justiça Brasileira em qualquer foro, mas vamos lá: - Genoíno foi condenado pelo STF a seis anos e 11 meses por dois crimes: formação de quadrilha e corrupção ativa. - À condenação dois anos e três meses por formação de quadrilha ainda cabe recurso, face aos embargos infringentes. - Já a pena por corrupção ativa, de quatro anos e oito meses, não é passível de recurso e transitou em julgado. Portanto, as condições para a cassação da medalha estão plenamente configuradas. 

A necrópsia de um embuste
“Alheio aos problemas políticos e administrativos que comprometem o futuro da nação, o projeto do governo do PT está reduzido a um tópico só: eternizar-se no poder”.
É muito milagre para pouco verso, constatam os brasileiros sensatos confrontados com o samba-enredo que canta as façanhas produzidas entre janeiro de 2003 e dezembro de 2013 pela fábrica de fantasias administrada pelo governo do PT. A letra garante que Lula, escalado pela Divina Providência para dar um jeito na herança maldita de FHC, só precisou de oito anos para fazer o que não fora feito em 500 - e repassar a Dilma Rousseff uma Pasárgada da grife Oscar Niemeyer. E a sucessora só precisou de meio mandato para passar a presidir uma Noruega com praia, sol de sobra, Carnaval e futebol pentacampeão.
O único problema é que, até agora, nenhum habitante do país real conseguiu enxergar esse prodígio político-administrativo. Nem vai conseguir, avisa a leitura de Década Perdida - Dez Anos de PT no Poder (Record; 280 páginas; 45 reais), do historiador Marco Antonio Villa. O Brasil maravilha registrado em cartório nunca existiu fora da imaginação dos pais, parteiros e tutores do embuste mais longevo da era republicana. Para desmontar a tapeação, bastou a Villa exumar verdades reiteradamente assassinadas desde o discurso de posse do produtor, diretor, roteirista e principal personagem da ópera dos farsantes.
Diante das ameaças à soberania nacional, da precariedade avassaladora da segurança pública, do desrespeito aos mais velhos e do desalento dos mais jovens; diante do impasse econômico, social e moral do país, a sociedade brasileira escolheu mudar e começou, ela mesma, a promover a mudança necessária”, decolou Luiz Inácio Lula da Silva ao pendurar no peito a faixa entregue por Fernando Henrique Cardoso. “Foi para isso que o povo brasileiro me elegeu presidente da República.” A chegada do Homem Providencial à terra devastada, sem rumo e órfã de estadistas abriu o cortejo de bazófias, bravatas e invencionices que, para perplexidade dos que enxergam as coisas como as coisas são, parece ainda longe do fim.
Nunca antes neste país tanta gente foi ludibriada por tanto tempo, comprova a didática reconstituição conduzida por Villa. Nunca se mentiu tão descaradamente sem que um único e escasso político oposicionista se animasse a denunciar, sem rodeios nem eufemismos, a nudez obscena do reizinho. Em férias desde o início do século, a oposição parlamentar assistiu passivamente à montagem do Evangelho Segundo Lula, uma procissão de fraudes que enfileira pelo menos um assombro por ano.
Já no primeiro, o salvador da pátria conferiu a todos os viventes aqui nascidos ou naturalizados o direito de comer três vezes por dia. E a fome acabou. No segundo, com a reinvenção do Bolsa Família, estatizou a esmola. E a pobreza acabou. Não pôde fazer muito em 2005 porque teve de concentrar-se na missão de ensinar a milhões de eleitores que o mensalão nunca existiu - e livrar os companheiros gatunos do embarque no camburão que só chegaria em 2013. Indultado liminarmente pela oposição e poupado pela Justiça, o camelô de si mesmo atravessou os anos seguintes tentando esgotar o estoque de proezas fictícias.
Festejou o advento da autossuficiência na produção de petróleo, rebaixou a marolinha o tsunami econômico, proibiu a crise americana de dar as caras por aqui, condenou a seca do Nordeste a morrer afogada nas águas transpostas do Rio São Francisco, criou um sistema de saúde perto da perfeição e inaugurou mais universidades que todos os doutores que o precederam no cargo, fora o resto. E sem contar o que andou fazendo depois de nomear-se conselheiro do mundo.
Dilma teve de conformar-se com o pouco que faltava. Fantasiou de “concessão” a privatização dos aeroportos, por exemplo. Por falta de fregueses, criou o leilão de um lance só para desencalhar o pré-sal. Acrescentou alguns metros à Ferrovia do Sarney. Obrigada a cuidar da inflação em alta e do PIB em baixa, deixou para depois o trem-bala mais lento do mundo. Mas melhorou extraordinariamente a paisagem do país já desprovido de pobres ao anunciar pela TV a completa erradicação da miséria.
Haja vigarice, gritam os fatos e estatísticas que Villa escancara numa narrativa clara, irrefutável e contundente. Lula escapou do naufrágio graças à política econômica de FHC, que não se atreveu a mudar, e à bonança financeira mundial só interrompida no crepúsculo do segundo mandato. Sobrou para Dilma Rousseff: o “espetáculo do desenvolvimento” prometido pela herdeira só não perde em raquitismo para os de Floriano Peixoto e Fernando Collor, os dois mais retumbantes fiascos econômicos do Brasil republicano. Alheio aos problemas políticos e administrativos que comprometem o futuro da nação, o projeto do governo do PT está reduzido a um tópico só: eternizar-se no poder.
“O partido aparelhou o Estado”, adverte Villa. “Não só pelos seus 23 000 cargos de nomeação direta. Transformou as empresas e bancos estatais, e seus poderosos fundos de pensão, em instrumentos para o PT e sua ampla clientela. Estabeleceu uma rede de controle e privilégios nunca vista na nossa história. Em um país invertebrado, o partido desmantelou o que havia de organizado através de cooptação estatal. Foram distribuídos milhões de reais a sindicatos, associações, ONGs, intelectuais, jornalistas chapa-branca, criando assim uma rede de proteção aos desmandos do governo: são os tontons macoutes do lulopetismo, os que estão sempre prontos para a ação.”
O Brasil perdeu outra década. O PT ficou no lucro. E Lula ganhou mais do que todos. (Augusto Nunes)

Nenhum comentário: