19 de nov de 2013

Joaquim Barbosa alvo da politicalha e o povo calado...

 photo _aonoel.jpg
• Facebook perde popularidade entre jovens e adolescentes. Apesar da maioria dos jovens ainda manter o perfil ativo, eles passam menos tempo na rede social mais famosa do mundo. 

• Por que os demais presos pelo país não possuem essa alforria? Preso em regime linha-dura, Beira-Mar fica sem contato com outros detentos, 20 mil presos estão nessa condição. mas já Dirceu, Genoino (com salário até janeiro) e Delúbio serão transferidos para regime semiaberto. Duro de entender a Justiça. 

• Ainda sem nome certo, às vésperas do ano eleitoral, o governo Dilma Rousseff deverá lançar nova bolsa de transferência de renda, para os assentados pela reforma agrária. 

• Cem usuários de drogas são detidos em Bonsucesso. Justiça suspende direitos políticos de Cesar Maia, ex-prefeito do Rio de Janeiro, por 8 anos e impõe ressarcir cofres públicos em R$ 400 mil, por ter contratado 27 vezes o próprio cunhado, o advogado Paulo Eduardo de Araújo Saboya, durante o mandato. Proferida pela 3ª vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro, a pedido do Ministério Público fluminense. 

• Mantega e também todo poderoso presidente do Conselho de Administração da empresa, quer que CVM aceite acordo, com multa, para encerrar processo contra conselhos da Petrobras. (Jorge Serrão) 

• Cerca de 30 motoristas ligados ao sistema de transporte alternativo dos bairros de Jacarepaguá, Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes tentaram invadir na tarde desta segunda-feira (19) o gabinete do prefeito Eduardo Paes, no Centro Administrativo São Sebastião, na Cidade Nova, no Rio de Janeiro reivindicando revisão das rotas para o sistema de vans da zona oeste. 

• A cooptação avança: arrecadação federal atinge R$ 100,999 bilhões em outubro, enquanto carne e tomate ficam mais caros, e prévia da inflação oficial acelera. Em 12 meses, índice acumula alta de 5,78%. 

• PF realiza operação contra pedofilia em 11 Estados. Pedido do PT pode levar a impeachment de Barbosa. 

• Os políticos presos continuam a se fingir de presos políticos para achincalhar a Justiça, a democracia e o estado de direito. (Reinaldo Azevedo) 

• Líder do PT, Wellington Dias (PT-PI), defendeu que o Senado, presidido por Renan Calheiros (PMDB), usasse sua competência constitucional para entrar com representação contra o presidente do STF por ter ferido a Constituição nas prisões dos réus da AP 470; no entanto, petista não teve aval da presidente Dilma Rousseff por temer choque entre os poderes; Não posso fazer qualquer manifestação pública sobre as prisões para não criar uma crise institucional, disse Dilma aos senadores. (Agência Senado)


• Por que o STF condenou políticos e não o partido que sustentou todo o esquema? O PT saiu ileso de tudo. Em Nuremberg julgaram o partido nazista inteiro, aqui se julga meia dúzia de políticos e se deixa o partido impune. 

Depois das prisões, o alvo agora é Lula 

• Ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, disse acreditar que o ex-presidente sabia da existência do chamado mensalão, suposto esquema de compra de apoio parlamentar montado em sua gestão: Eu não posso imaginar que alguém atilado como é o ex-presidente Lula, safo como eu disse, não tivesse conhecimento do que estava ocorrendo na República. Será que durante os oito anos [de mandato] ele delegou tanto a chefia do governo?


Ooo0ooo 

 photo _avendabr.jpg
• O senador Aécio Neves defendeu a reestatização da Petrobras para reconquistar a confiança dos investidores estrangeiros no Brasil. 
• Durante palestra para empresários em Porto Alegre, o tucano, principal nome do PSDB para concorrer à Presidência em 2014, afirmou que é necessário tirar a empresa das garras do partido, em referência ao PT da presidente Dilma Rousseff. Privatizações devem ser feitas em ambiente jurídico e institucional estável, diz Aécio. 
• Para ele, reestatizar a empresa utilizada como símbolo de investimento do governo federal fará com que ela deixe de ser um instrumento político para ser um instrumento do Estado brasileiro. Nós temos que reestatizar a Petrobras para compensar o fracasso do governo, para controlar o que o governo não conseguiu, e fazer dela um instrumento do Estado brasileiro, declarou o tucano. (Folha de São Paulo) 

Ooo0ooo 

Internauta, qualquer proposta que venha dessa gentalha petista deve ser vista sempre com muita desconfiança. Veja, por exemplo, esta do tal marco civil da internet, inventada por petista. 

Marco Civil da internet ou Cavalo de Tróia Vermelho? 
 photo _actroia.jpg 
1. O site da revista Veja, em matéria que aborda o tal Marco Civil da Internet, em votação no Congresso, afirma que a Câmara pode fazer a rede avançar nesta semana se tomar as posições certas sobre temas como neutralidade de rede, guarda de registros de navegação e obrigatoriedade de instalação de data centers no Brasil. 
2. Entretanto, cabe uma questão relevante: o projeto é de um deputado do PT do Rio de Janeiro, Alessandro Molon. Daí sobrevem outra indagação:qual a confiabilidade que tem o PT para propor tal projeto, já que o partido defende o famigerado controle social da mídia, eufemismo para a mais descarada censura à imprensa e à internet? Além disso, até agora não se ouviu um pio dos parlamentares da oposição sobre o assunto de forma a esclarecer, sem deixar nenhuma dúvida, a sociedade brasileira.
3. Tanto é que esse projeto está há tempo tramitando na Câmara e só adquiriu o status de urgência urgentíssima sob o pretexto da Dilma de coibir a espionagem dos Estados Unidos, um delírio caro ao PT, useiro e vezeiro em manter à tona o anti-americanismo, já que é um partido de viés comunista que pleiteia transformar o Brasil numa República Socialista do tipo cubano. 
4. Além do mais, a Câmara Federal é dominada pelo PT por meio da tal base aliada, que conta com os préstimos dos sabujos do PMDB que serão capazes de aprovar qualquer projeto de lei, inclusive aquele que possa amordaçar a internet, desde que consigam faturar alguma coisa. 
5. Falar em audiências públicas, consultas pela internet supostamente abertas à participação de todos os cidadãos é pura mentira. É esquema do PT, que não dá ponto sem nó, mormente em véspera de eleição. O que se sabe é que o projeto é controverso além de abordar assuntos complexos e completamente fora da compreensão da esmagadora maioria dos cidadãos brasileiros. 
6. Tanto é que o projeto jazia num nos escaninhos da Câmara. Só está sendo votado às pressas sob o argumento idiota, vazio e oportunista do PT, que invoca segurança de dados, ao que eu indagado: que dados importantes tem o Brasil capazes de acender a cobiça dos Estados Unidos? - isto não passa de uma piada barata e ridícula, típico do cinismo dos comunistas. 
7. O que se sabe de fato é que todos os países espionam uns aos outros. Sempre foi assim. No caso dos Estados Unidos, o monitoramento sobre a América Latina procede, haja vista que o continente, sob o domínio de governos bolivarianos - outro eufemismo para o comunismo do século XXI - transformou-se num viveiro de terroristas internacionais, além de ser a principal plataforma de exportação de entorpecentes. 
8. Desta forma o tal Marco Civil é um projeto sem qualquer tipo de confiabilidade. Com essa composição da Câmara Federal e o poder imperial do governo do PT, esse projeto pode muito bem ser um Cavalo de Tróia vermelho, capaz de desovar o monstrengo da censura à internet e, a partir daí, eliminar os últimos entraves que impedem o Brasil de se tornar mais uma republiqueta bolivariana. Leia-se: comunista. 
9. Com impasse sobre neutralidade da rede, marco civil da internet pode ser votado. Discussões em torno do projeto são marcadas por forte lobby de empresas de telecomunicações; principal impasse está na neutralidade da rede, que garante a igualdade de navegação a todos os usuários. 
10. Interessante que ele se julga o todo poderoso e como ex-presidente mais ativo do que nunca; em reunião que ele próprio convocou, no Instituto Lula, com diversas entidades de jovens de esquerda, Lula se comprometeu a usar sua influência dentro do governo e no Congresso para tentar aprovar projeto que entra hoje na pauta da Câmara dos Deputados; isso não pode ser votado antes que cada ministro garanta que seu partido vai votar a favor
11. Saiba mais aqui.

Ooo0ooo 

Negros escravizados no período colonial resistiram como puderam, diz especialista. 
1. Desde que os colonizadores portugueses chegaram ao Brasil, há mais de 500 anos, eles exploraram, inicialmente, a mão de obra indígena. Mas o contato com os homens brancos foi péssimo para a saúde dos índios. Além disso, os nativos conheciam muito bem o território e fugiam com facilidade.
2. Por razões econômicas e também em busca de mão de obra qualificada, os portugueses começaram a trazer africanos escravizados para o Brasil. Os negros eram obrigados a vir para um país estranho, numa travessia de barco que levava meses, em condições precárias, para trabalhar forçado.
3. Mas as regras duras da chibata não foram aceitas sem luta. Os negros escravizados resistiram da forma que puderam. Falar das lutas negras é falar disso, dos enfrentamentos, dos embates do outro lado do Atlântico, na travessia, do lado de cá do Atlântico. Eu costumo pensar na resistência de uma forma muito ampla, destaca o professor Nelson Inocêncio, do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade de Brasília.
4. Para ele, o termo que define a retirada dos negros do Continente Africano é sequestro. Este sequestro realmente foi algo absurdo, inominável. O Brasil foi o país que mais importou população africana. Dentro daquele universo de extrema violência existiam articulações coletivas para, de alguma forma, tentar minar o sistema, ressaltou.
5. A resistência sempre foi a palavra de ordem de quem era forçado ao trabalho escravo. Mas não foi fácil. Os negros foram caçados e perseguidos. Por isso, procuravam não ficar sozinhos. Em comunidade, era mais fácil sobreviver.
6. Os locais de refúgio começaram a se formar logo após a chegada dos primeiros navios negreiros ao Brasil. Nasciam, assim, os chamados quilombos. O mais famoso deles, o Quilombo dos Palmares, em Alagoas, data do fim do século XVI. Isso quer dizer que pouco depois do início da escravidão, os primeiros negros já começaram a fugir.
7. A herança de quem fugiu da escravidão ainda é viva entre os quilombolas. Sirilo Rosa, presidente da Associação Quilombo Kalunga, comunidade no interior de Goiás, conta um pouco da história que já escutou. Eu ouvia nossos antepassados falarem que tinha um lugar chamado quilombo mas que eles não sabiam onde era. [Diziam] que esse lugar chamado de quilombo era onde o pessoal que foi escravo fugia e ia pra lá, lembra. Era um lugar isolado e que não tinha nem estrada pra chegar. Eles saíam das casinhas deles, mas não deixavam trilha. Saíam de um lado e chegavam por outro.
8. A jovem quilombola Edmeia Batista Costa, da comunidade Kaonge, em Cachoeira, na Bahia, também conhece a história de quem veio antes. A gente sabe que os antepassados lutaram muito. Muitos apanharam no chicote. Agora a gente não tem mais isso. Graças a Deus, a escravidão já acabou e eles passaram para gente o trabalho e a luta deles para a gente continuar, conta.
9. O Brasil têm mais de duas mil e quatrocentas comunidades quilombolas certificadas pela Fundação Cultural Palmares. Elas estão espalhadas em 24 estados e se organizam de forma diferente. A maioria vive da agricultura de subsistência. Ou seja, eles produzem na roça praticamente tudo o que precisam. É o caso de dona Leotéria, lavradora Kalunga. Ela planta mandioca, arroz, milho, cana, feijão de corda, além de frutas, hortaliças e ervas medicinais.
10. Dona Leotéria diz que nem sempre é fácil, mas que já viveu dias mais difíceis no passado. Já foi sofrida a nossa vida. Uma parte foi boa e outra sofrida mas, graças a Deus, nós sobrevivemos. Não tinha rodagem [estrada] por aqui, não tinha médico. A pessoa adoecia, levava para Cavalcante [um dos municípios que compõem o território Kalunga, distante 30km da comunidade] na rede, recorda. Hoje está melhor porque já tem médico, já tem muitas coisas. Hoje já tem até o posto [de saúde] aqui, também. Uma hora tem médico, outra hora não tem. Mas a hora que tem já serve, resigna-se.
11. De acordo com a Fundação Cultural Palmares, apenas os estados do Acre e de Roraima e o Distrito Federal não contam com esses remanescentes. Mais de 200 processos de certificação ainda estão sendo analisados e mais de 500 comunidades foram identificadas pela fundação como quilombolas, mas não solicitaram a Certidão de Autodefinição, já que o primeiro passo para ser quilombola, é se reconhecer como tal.
12. É o famoso sentimento de identidade, como explica Juvani Jovelino, Líder Espiritual da Comunidade Kaonge, na Bahia. Ser quilombola é você saber [a origem] os 50% do seu sangue. Não é só negro que é quilombola, porque existe branco também que é quilombola porque tem 50% do sangue que ele não procurou saber de onde vem(Thaís Antonio, EBC) 

Drone Controllers 
• Os aviões sem piloto (Drones), que são armados com bombas e foguetes, estão no Afeganistão. Os pilotos estão nos Estados Unidos (Colorado), voando por controle remoto e vendo tudo o que se passa à sua frente.
• Somente cento e poucos dos trezentos e poucos pilotos de caça formados pela USAF no ano passado foram voar realmente nos aviões de caça. 
• Os restantes receberam treinamento em Drones e sentados em algum lugar do Colorado, pilotam real time os Drones que estão voando no Afeganistão.
Controladores de Drones
• Estes controladores estão cada um voando remotamente um drone a milhares de milhas da zona de combate. 
• A mão esquerda deles está no acelerador controlando o motor do drone. Preste atenção a todos os botões os quais executam várias tarefas sem precisar retirar a mão do acelerador. 
• A mão direita está voando o avião. Isto é a parafernália da guerra moderna.



A Saúde em último lugar. Vergonha!
 photo _avergonha.jpg 

1. Ciclone mata ao menos 17 na Itália; família brasileira está entre vítimas. Greenpeace: Brasileira é solta sob fiança na Rússia. Ana Paula Maciel é a única estrangeira entre militantes presos a ser libertada até agora, segundo entidade; ela responderá julgamento em liberdade. 
2. Paris: França busca atirador que atacou jornal e banco. Uma pessoa ficou gravemente ferida em ataques, cujas causas ainda não foram esclarecidas. Polícia da França investiga divulgação de conversas de atirador de Toulouse.
3. Cientistas investigam avanço da dengue nos EUA. Casos da doença já foram registrados na Flórida; mosquito transmissor também é encontrado no Arizona. Mosquito da dengue criou resistência a repelente, diz pesquisa. 
4. Explosões atingem embaixada do Irã no Líbano.

Nenhum comentário: