29 de out de 2013

Por que o senhor atirou em mim? Até quando...

 photo _blackbox.jpg
Estarei enganado sobre as UPP não resolverem ainda o tráfico nos morros cariocas. 
No Rio, carreata de taxistas complica o trânsito no Aterro do Flamengo. 
Manifestantes voltam a ocupar entorno do prédio de Cabral no Leblon. Ativistas voltaram à rua onde mora o governador. Manhã de segunda teve outros dois protestos. 
OGX anuncia que não chegou a acordo com credores e fica mais perto da concordata. Petrolífera do empresário Eike Batista não conseguiu negociar dívidas com vencimento em 2018 e 2022 e deverá pedir recuperação judicial. 
Educação é tema pra quando? No quesito reposição de aulas, diretoria do Sepe propõe que ano letivo de 2013 só termine em 2014. 
Governo/Prefeitura inoperantes: trem (de novo) apresenta problema e causa atrasos em dois ramais da Baixada. 
Carros-pipa: Além do Procon, Cidinha vai à Justiça para Cedae indenizar clientes. O engraçado é que tão logo o fato veio a tona, as propagandas da empresa/governo Cabral surgiram nas tvs. Coincidência ou engodo? 
Marco Civil da Internet deverá ser votado nesta semana na Câmara dos Deputados. Neutralidade é impasse. Governo vai insistir em armazenamento local de dados da internet para multinacionais. 
Dívida e de caixa da Petrobras preocupam. Campo de Libra leiloado precisará de US$ 200 bi em investimentos. Presidente Casa, Henrique Eduardo Alves, diz que tramitação do texto de Alessandro Molon terá prioridade máxima; o ponto que representa o maior impasse em torno da proposta impede que as operadoras definam quais os tipos de acesso por parte do usuário teriam maior ou menor velocidade dentro dos pacotes oferecidos; é a chamada neutralidade da rede. 
Técnicas no assaque ao povo paulista: Gestão Haddad negocia cargos para aprovar aumento de IPTU. 
A morte do estudante Douglas Rodrigues, de 17 anos, baleado por um policial militar durante uma batida ocasionou a segunda noite de protestos violentos nos arredores da Vila Medeiros, zona norte da capital de São Paulo. Pelo menos quatro ônibus e dois caminhões foram incendiados. Um homem foi baleado. 
Os 6 candidatos das correntes minoritárias do PT que disputam a presidência do partido criticaram nesta segunda (28) o governo Dilma Rousseff por ter utilizado tropas do Exército e da Força Nacional para fazer a segurança do leilão do campo de Libra do pré-sal, no Rio, na segunda-feira passada. 
Confirmado: Partido Solidariedade, de Paulinho da Força, teve festival de assinaturas falsas. (Correio Braziliense) 
Novo levantamento realizado pela Justiça suspende de novo obras de Belo Monte. Tribunal Regional Federal da 1ª Região, com sede em Brasília, ordenou paralisação das obras da usina hidrelétrica de Belo Monte, em Altamira, no Pará, por ilegalidade no licenciamento ambiental. A emissão de uma licença parcial para os canteiros de obras da usina contrariou pareceres técnicos do Ibama, além de ter sido dada sem que as condicionantes da fase anterior, da Licença Prévia, fossem cumpridas. Multa diária é de R$ 500 mil.


• EUA avaliam suspender espionagem a líderes de nações amigas. 
• Contra racismo, Blatter quer punir times com eliminação. Presidente da Fifa disse que só multas ou jogos a portas fechadas não funcionam. 
• Pobres vendem órgãos para pagar dívidas de microcrédito em Bangladesh. O vilarejo de Kalai, em Bangladesh, tem uma paisagem idílica à primeira vista, como outros vilarejos do país. Mas vários habitantes locais alegam ter sido convencidos a vender seus órgãos para pagar dívidas que fizeram em esquemas de microcrédito. A ideia de oferecer pequenos empréstimos a pessoas rejeitadas pelos programas de crédito bancário tradicionais rendeu o Prêmio Nobel da Paz de 2006 ao bengali Mohammad Yunus, sendo saudada como um caminho para que essas pessoas saíssem da pobreza. 
• Temporal deixa mortos e causa destruição em países da Europa. O vento ocasionou alterações no tráfego por terra, mar e ar, forçando o cancelamento de trens, saídas de embarcações para as ilhas Wadden e alguns voos. Apesar disso, não há grandes problemas nos aeroportos de Schiphol e Roterdã. 
• Manifestante segura cartaz onde se lê Bibi: libertar terroristas é loucura durante protesto contra a libertação de prisioneiros palestinos em prisões israelenses, do lado de fora da prisão próxima a Ramallah, na Cisjordânia, nesta segunda-feira (28). O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu (ou Bibi) anunciou que 26 prisioneiros palestinos, condenados por acusações de homicídios ligados a ataques direcionados a israelenses, serão libertados, no segundo fase de um acordo intermediado pelos Estados Unidos. 

E têm mais...

Números da economia confirmam a crise, mas Dilma usa o Campo de Libra para falar em prosperidade 

Pavio aceso – Consultados pelo Banco Central, como acontece semanalmente, economistas e analistas econômicos das cem maiores instituições em atividade no País confirmaram a expectativa de que a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), encerre o ano em 5,83%. De acordo com o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (28) pelo BC, para 2014 a projeção de inflação passou de 5,94% para 5,92%. Apesar desses recuos, o mais temido fantasma da economia continua flanando próximo do teto da meta (4,5% ao ano) fixada pelo governo federal. 

Os analistas também mantiveram a projeção para a taxa básica de juro (Selic) em 10% ao ano, no final de 2013. Para 2014, a previsão é de que a Selic chegue a 10,25% ao ano. Atualmente, a taxa básica de juro está em 9,5% ao ano. 

Há dias, em Minas Gerais, a presidente Dilma Vana Rousseff, ao ser questionada sobre a economia brasileira, disse que é “um copo meio cheio com viés de alta”. A presidente precisa explicar essa teoria aos economistas consultados pelo BC, pois a projeção para o PIB, neste ano, permaneceu em 2,5%, o que pode ser considerado excesso de otimismo. Já para 2014, os analistas reduziram o avanço da economia de 2,2% para 2,13%. 

A política econômica do governo é uma sequência de equívocos, muitos deles com a rubrica da própria presidente, mas no Palácio do Planalto ninguém admite a gravidade da crise. A inflação real, aquela que os brasileiros encontram diariamente pelo caminho, já está em 20%, as taxas de juro são absurdas, o consumo vem recuando seguidamente, a inadimplência está em alta, a geração de empregos estagnou, a cotação do dólar está em queda e a indústria nacional sofre uma paralisia. 

De olho na reeleição, Dilma continua enganando a opinião pública acerca da realidade da economia. O mais novo ingrediente desse espetáculo de mitomania é o leilão do Campo de Libra, que a presidente tem usado para afirmar que se trata do passaporte para a prosperidade. É bom lembrar que os rendimentos anuais do Campo de Libra a que terá direito a União serão menores do que a arrecadação da extinta e enfadonha CPMF. (ucho.info) 

O PT reescrevendo a história do Brasil!... 
Vejam a última da atual líder do PT apóstata, em sua nova versão da história brasileira! Essa não é invencionice da imprensa PIG, nem da oposição, nem dos alienados serviçais do sistema mundial! Está aí, ao vivo e a cores, diretamente da verve da sra. DIIma! É só você ver o vídeo! E nós, sempre acreditamos que, em termos de bobagens e de estultices discursivas, o Lulla seria o campeão!... (Márcio Dayrell Batitucci) 

Da série direto do hospício - Dilma dizer que o Brasil foi fundado pelos cearenses... Herdou a sapiência do molusco! Eu queria iniciar comprimentando aqui todos os presentes, comprimentando a mulher cearense, os companheiros homens e dizer do meu imenso prazer de tá aqui, mais uma vez, no Ceará. [...] O Nordeste e a seca são um problema. Jamais houve uma atitude correta em relação a essa situação ao longo dus…dus…dus anos sobre essa situação, que é a questão da existência dum fenômeno climático nessa região do país. [...] E de um lado é um desafio e de outro, é um direito do cidadão que aqui veio, aqui povoou e aqui… não só fez tudo isso, mas inaugurou o Brasil. Num vamos esquecê aonde o Brasil cumeçô. [...] Por isso, nós todos sabemos que hoje, todo mundo olha pra essa região e num vê mais o chamado primo pobre da nação. Se não acreditou, verifique:


O executivo...
• - O Senhor precisa de se afastar por duas semanas da sua atividade profissional. Vá para o interior, isole-se do dia-a-dia e busque atividades que relaxem. 
• O executivo procurou seguir as orientações... Munido de vários livros, cds e laptop, mas sem o celular, partiu para a fazenda de um amigo.
 Nos dois primeiros dias, já havia lido dois livros e ouvido quase todos os cds. Mas continuava inquieto. Então, pensou em alguma atividade física como antídoto para a ansiedade que ainda o dominava.
• Chamou o administrador da fazenda e pediu-lhe para fazer algo. O administrador ficou pensativo, viu uma montanha de esterco que havia acabado de chegar e disse ao nosso executivo: - O Senhor pode ir espalhando aquele esterco por toda aquela área que está a ser preparada para o cultivo.
• O administrador pensou: Ele vai gastar uma semana nessa tarefa.
• Ledo engano. No dia seguinte o executivo já tinha distribuído o esterco por toda a área.
• O administrador então deu-lhe a seguinte tarefa: abater 500 galinhas, cortando-lhes as cabeças com uma faca.
• Foi fácil: em menos de 3 horas já estavam todas prontas para serem depenadas. Pediu logo uma nova tarefa ao administrador.
• - Estamos iniciando a colheita de laranjas. O Sr. vá ao laranjal, leve três cestos e distribua as laranjas por tamanho: pequenas, médias e grandes.
• No fim daquele dia o executivo não voltou. Preocupado, o administrador dirigiu-se ao laranjal e viu o executivo com uma laranja na mão, os cestos totalmente vazios, falando sozinho: - Esta é grande. Não, é média. Ou será pequena? - Esta é pequena. Não, é grande. Ou será média? Esta é média. Não, é pequena. Ou será grande?
Moral da história: Para um executivo espalhar estrume e cortar cabeças é fácil, difícil é tomar decisões.

   
 Não existem perguntas idiotas, existem idiotas que fazem perguntas.

Nenhum comentário: