30 de set de 2013

Ingratidão!...

 photo eleitores.jpg
• Um dos sentimentos mais nobres que acompanham o ser humano é a Gratidão: reconhecer, agradecer, render homenagens a quem lhe prestou um favor, uma ajuda, um benefício! E, por outro lado, uma das atitudes mais deploráveis no ser humano, é a Ingratidão: ignorar a existência de seu benfeitor ou, até, insurgir-se permanentemente contra ele, como se fosse seu maior inimigo! 

• A introdução é para situar a realidade em que vive boa parte dos habitantes de nosso País: os PTistas apóstatas! 

• Vi outro dia, um desses painéis que são exibidos na televisão, com a presença de dois ou três ilustres personagens que analisam e acompanham o que ocorre em nosso País. Nesse dia, entre os convidados que estavam debatendo o mensalão e os efeitos da decisão do STF que concordou com novo julgamento de alguns desses criminosos que já haviam sido condenados pelo esse mesmo Tribunal, estava o historiador, Marco Antônio Villa, um conhecido representante do PIG, segundo os PTistas apóstatas!... 

• Fiquei surpreso e perplexo com o que ele expôs e que, nunca antes, tinha eu observado! Meu anjo da guarda, jamais cruzou com o anjo da guarda do Sr. Fernando Henrique Cardoso e, depois do que o Sr. Villa expressou abertamente, aí então, minha incompatibilidade com esse Sr. Fernando Henrique, cresceu ainda mais!

• Segundo o Sr. Villa, o único e grande culpado pelo descalabro que estamos vivendo nesses últimos oito anos, a partir de 2005, é o Sr. Fernando Henrique Cardoso! Esse senhor, quando estourou o mensalão, teve em suas mãos a oportunidade e a grande chance de enterrar definitivamente o criminoso-mor, o Sr. Lulla e seu PT apóstata! Lulla era o mentor de tudo, sabia de tudo e dava as devidas ordens para seu capo-chefe, o Sr. José Dirceu. Seria facílimo conduzir as coisas naquela época, com dados e fatos inquestionáveis, até o trono do Sr. Lulla e seu inevitável impeachment, se as oposições caminhassem nessa direção! 

• Mas, o Sr. Fernando Henrique, como senhor absoluto das oposições, recuou na hora H! Em um lamentável erro de avaliação estratégica, pontificou que Lulla e seu PT seriam carcomidos aos poucos, na esteira dos escândalos do mensalão e que não seria necessário aplicar-lhe o golpe fatal e definitivo do impeachment, que poderia talvez, trazer uma forte perturbação institucional na economia e no funcionamento do País!... 

• Deu no que deu: FHC, do alto de sua sabedoria e de seus doutorados, não conseguiu avaliar o poder de dissimulação, de institucionalização da mentira e de parceria com criminosos, armas essas que seriam utilizadas por Lulla e por seu PT apóstata, em todo o desenrolar desse episódio! E ai, veio a reeleição, veio a Dilma, veio a cooptação total do Poder Legislativo e, agora, como a cereja no bolo, acontece essa cooptação do STF! 

• O Sr. FHC, entre tantas coisas duvidosas que fez, deve ao Brasil essa certeza de que teve em suas mãos a oportunidade única da eliminação definitiva de Lulla e do PT apóstata, da vida de nosso País! Mas perdeu o bonde que poderia ter mudado nossa história! 

• E aí, vem mais uma constatação: como são ingratos esses PTistas apóstatas que desancam continuamente aquele que foi o seu maior benfeitor e a razão única de sua sobrevivência, até os dias de hoje! (Márcio Dayrell Batitucci ) 

Nióbio e brigaram por R$ 0,20...

• O ex-presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, em entrevista publicada hoje por Paulo Henrique Amorim, em seu Conversa Afiada, expõe com muito mais conhecimento de causa, até porque foi, durante nove anos, diretor e depois presidente da Petrobras - aquilo que este blog vem tentando explicar a quase dois meses: como e o porque da fixação de um alto valor para o bônus de assinatura do megacampo de Libra é lesivo ao país. 

• O bônus de assinatura, que desta vez será um fator fixo, pré-determinado, corresponderia, no arrendamento de uma loja, ao pagamento de luvas. A definição do vencedor do leilão será feita pela parcela do óleo extraído - ou o seu equivalente em dinheiro - que será entregue ao Estado brasileiro. Na mesma comparação, seria a percentagem da féria diária que o arrendatário da loja se comprometeria a pagar a seu proprietário, que é o Brasil. 

• Quando o pagamento das luvas sobe, a fatia da féria a ser transferida cai. Simples assim. 

• Gabrielli mostra que o prejuízo nisso não é, essencialmente, da Petrobras, que tem um portfólio de reservas a explorar já imenso e a garantia de que 30% de Libra serão seus, como operadora.

• Quem perde é o Brasil, que troca um lucro imenso, distribuído ao longo de 30 anos de exploração, por alguns bilhões a mais de imediato que, perto daquilo de que abrirá mão, representam apenas uma migalha. (Paulo Henrique Amorim/Blog Conversa Afiada)


Coltam
 
Tá certo, você não entende a língua. 
O vídeo você viu né. 
Traduzindo: Como salvar o seu celular.
Enxugue, use aspirador e meta-o num recipiente por 3 dias
para absorver a umidade e voilá!

Nenhum comentário: