22 de ago de 2013

Vozes, estórias, planos urdidos e crimes de lesa-pátria...

 photo _aajaleco_zps9c5f3195.jpgOs astronautas estão chegando... 
• Está aí, o ponta-pé inicial da "Contratação em série" de médicos estrangeiros, para atuarem no País! 
• Mesmo não tendo ainda uma opinião formada sobre esse Programa, fico na dúvida de sua real eficácia, simplesmente constatando o que já existe por aqui, na grande maioria dos Serviços Públicos em operação: E a infra-estrutura? 
• Independente de sua condição técnica e profissional, terão esses novos médicos contratados, condições de exercerem eficazmente sua Medicina? Terão eles, equipamentos e aparelhos necessários para poderem realizar os exames de diagnóstico? Terão eles leitos, estrutura material, instalações minimamente adequadas? 
 • Se nos basearmos no que hoje existe nos milhares de postos de Saúde do País, a resposta será: não!!! 
• Portanto, ao invés de ser contra ou a favor, por princípio, os Conselhos de Medicina deveriam é batalhar para que seus filiados, atuais ou futuros, tenham efetivamente condições mínimas de logística para exercer sua Profissão! (Márcio Dayrell Batitucci) 

Brasil vai receber 4.000 médicos cubanos ainda em 2013 
• O Brasil vai receber até 4.000 médicos cubanos até o final de 2013, 400 deles imediatamente, dentro do programa federal Mais Médicos. 
• Segundo informou o Ministério da Saúde nesta quarta-feira (21), eles não poderão escolher as cidades em que vão atuar: os primeiros 400 serão direcionados para 701 municípios que não foram escolhidos por nenhum profissional na primeira etapa do programa, 84% deles no Norte e no Nordeste do país. 
• Os que vierem nos próximos meses serão sempre distribuídos em cidades onde há sobra de vagas. A prioridade no programa continuará sendo dada a médicos brasileiros; em seguida aos formados no exterior e, por fim, aos cubanos. 
• A previsão é que o primeiro grupo de profissionais de Cuba chegue ao Brasil até a próxima segunda-feira (26) e participe, junto com os demais médicos já selecionados no programa, de uma avaliação que vai durar três semanas. Qualquer um desses médicos, sejam brasileiros ou estrangeiros, pode ser desclassificado se for reprovado nas avaliações, feitas por universidades públicas. 
• O programa Mais Médicos foi lançado em julho pela presidente Dilma Rousseff. Um de seus focos é ampliar a presença de médicos, brasileiros ou estrangeiros, no interior do país e nas periferias das grandes cidades. 
• Este mês, após a constatação de que o primeiro mês de seleção do programa supriu menos de 15% da demanda por médicos, o ministro Alexandre Padilha (Saúde) afirmou que o país faria acordos internacionais para alavancar as inscrições no programa. 
• E citou um potencial acordo com Cuba. No início do ano, o governo cubano ofereceu 6.000 profissionais ao Brasil, oferta que gerou polêmica no país e foi suspensa pelo governo brasileiro. 
• O acordo com Cuba é o primeiro a ser fechado pelo ministério. Será intermediado pela OPAS (braço da Organização Mundial da Saúde para as Américas), modalidade de acordo nova para os cubanos, que têm parcerias para o envio de médicos com outros países. 
Remuneração 
 • O governo brasileiro afirmou que vai repassar a Cuba, via OPAS, R$ 10 mil mensais por cada médico, mesmo valor pago aos médicos que se inscreveram individualmente no programa. 
• Além disso, será repassado à Cuba uma ajuda de custo para instalação do médico no Brasil. 
• Padilha não soube dizer, no entanto, quanto será pago, de fato, ao médico cubano. Joaquin Molina, chefe da OPAS no Brasil, disse também não ter essa informação. O ministro afirmou que o governo brasileiro e a OPAS vão fiscalizar as condições de trabalho que serão dadas ao profissional. 
• As cidades que vão receber os médicos ficarão encarregadas de custear alimentação e moradia - tanto para os cubanos, como para os demais profissionais. 
Repercussão 
• A entrada massiva de médicos estrangeiros é rejeitada pelas entidades médicas, que criticam o fato de o governo brasileiro dispensar os médicos formados no exterior da revalidação de seus diplomas. 
• Em nota divulgada logo após o anúncio do acordo com Cuba, o CFM (Conselho Federal de Medicina) classificou a decisão de eleitoreira, irresponsável e desrespeitosaTrata-se de uma medida que nada tem de improvisada, mas que foi planejada nos bastidores da cortina de fumaça do malfadado programa Mais Médicos. O anúncio de nesta quarta-feira coloca em evidência a real intenção do governo de abrir as portas do país para profissionais formados em Cuba, sem qualquer avaliação de competência e capacidade. Estratégia semelhante já ocorreu na Venezuela e na Bolívia, com consequências graves para estes países e suas populações, diz a nota. 
Balanço do Programa 
• Na primeira rodada de inscrições, o Mais Médicos teve inscrições de 18.450 profissionais, sendo que 1.920 deles atuam no exterior (sejam brasileiros ou estrangeiros). Desses somente 1.816 finalizaram o processo de seleção, sendo designados para 579 cidades - isso cobre somente 11,8% da demanda por 15.460 médicos feita pelos prefeitos e 16,5% das cidades inscritas no programa. 
• O número, porém, ainda é preliminar. Dos 522 médicos selecionados com atuação no exterior, pelo menos 63 já foram desclassificados por problemas com a documentação. 
• Os médicos formados no exterior selecionados na primeira etapa começam a chegar ao Brasil nesta sexta-feira (23). Uma segunda rodada de inscrições já teve início. A proposta é que as seleções sejam mensais. 

PS. Anote: Você agora também é contribuinte indireto do OPAS. Teremos direito como subsidiários no abatimento do Imposto de Renda?

Vinda de cubanos reforça ódio ideológico ao PT 
• Segundo o 247, na rede, os médicos são tratados como escravos de jaleco; parlamentares da oposição, como Ronaldo Caiado (DEM/GO) e Eduardo Azeredo (PSDB/MG), também alimentam a gritaria e acusam o governo de querer mandar dinheiro para Fidel Castro; ministro Padilha diz que cubanos que virão ao Brasil têm mais de 15 anos de experiência e muitos falam português por terem participado de missões em países lusófonos; na prática, eles irão para cidades sem médicos, que não receberam inscrições de brasileiros 
• O anúncio oficial, pelo Ministério da Saúde, da vinda de quatro mil médicos cubanos para trabalhar no Brasil tem reforçado o ódio ideológico ao PT. Além de qualificar a ação do governo como eleitoreira, o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Geraldo Ferreira, foi um dos primeiros, depois do anúncio da contratação, a colocar em dúvida a qualidade desses profissionais. Segundo ele, a atuação dos médicos cubanos em outros países é muito próxima de brigada militar, ao invés de um profissional de saúde
• Nas redes sociais, as críticas de parlamentares da oposição também foram duras. Nossos companheiros na importação de médicos cubanos: Bolívia, Equador, Venezuela,Haiti. Mas o Lula não disse que o SUS era perfeito?provocou o deputado Eduardo Azeredo (PSDB/MG), um dos réus do chamado mensalão tucano. A máscara caiu!!! Padilha assina convênio internacional para contratar 4 mil médicos cubanos, escreveu o deputado Ronaldo Caiado (DEM/GO), que é médico.
• Caiado reforçou a tese de que os profissionais cubanos são escravos de jaleco que não verão a cor do dinheiro e ainda serão cabos eleitorais. Ele ainda acusou o governo de usar a OPAS (Organização Panamericana de Saúde), com quem o Brasil assinou convênio, de laranja para importar cubanos. Vão pagar R$ 500 milhões para serem repassados a Fidel Castro, ataca. Já estamos avaliando os termos desse acordo e não vamos admitir qualquer ação com base no trabalho médico escravo, ameaçou, pelo Twitter.
• O colunista da revista Veja Reinaldo Azevedo seguiu a mesma linha de que a contratação dos médicos cubanos é uma forma de o governo brasileiro enviar dinheiro a Cuba. Da forma como será, o Brasil será conivente com a escravidão de médicos cubanos e ainda mandará dinheiro para Cuba, escreveu na rede social. Até o escritor e novelista Aguinaldo Silva fez sua provocação: Enquanto examinam seus pacientes os médicos cubanos vão conversar com eles sobre o quê? Os males do capitalismo?
• As mensagens levam a uma simples conclusão: as críticas são principalmente ideológicas, se referindo até mesmo a Fidel Castro, uma forma de mostrar que o sistema de governo da ilha é o principal problema para a contratação. Do time de críticos, ninguém sugere, no entanto, uma solução para resolver o déficit de médicos nas 701 cidades brasileiras que não foram escolhidas por nenhum profissional inscrito até agora no Mais Médicos. De acordo com o convênio com a OPAS, os cubanos trabalharão nesses municípios.
• Em maio desse ano, quando o País cogitou a contratação de médicos cubanos, mas acabou anunciando o programa Mais Médicos, que aceita a inscrição de profissionais de qualquer país, a revista Veja escancarou esse preconceito: declarou que a vinda dos cubanos irá inundar o Brasil de espiões comunistas (relembre aqui). Deixar o Partido dos Trabalhadores comandar a política externa dá nisso, diz o texto da jornalista Nathalia Watkins, usando uma linguagem do tempo da Guerra Fria.
• Contra os ataques, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, esclarece, por exemplo, que 84% dos médicos cubanos que vão atuar nesses municípios têm mais de 16 anos de experiência. E que muitos falam português por terem participado de missões em países lusófonos. Todos já cumpriram missões em outros países e todos têm experiência em medicina familiar e comunitária, uma grande carência em cidades pobres e distantes das capitais no País. Confira o gráfico abaixo:

 photo _aamaismeacutedicosprobrasil_zpsf74f3e23.jpg



O Mundo da Fantasia!....
• Acabo de receber a Revista Petros & Você no.11, Edição de mar/jun/2013, com a manchete de capa: Por um Futuro Tranquilo.
• E aí, de repente, ainda meio aturdido pelos recentes embates, causados especialmente pela celeuma levantada pelo tal Ato Médico, que colocou para reflexão de todos, a questão da Higidez/Qualidade de Vida X Medicina/Profissões da Saúde, começo a filosofar sobre se a humanidade, realmente, teve mais vantagens que desvantagens, ao ser agraciada pelos trabalhos, pesquisas e avanços trazidos por esses atores acima citados, que possibilitaram a todos nós, essa inesperada longevidade que nos tem acometido nos últimos anos!
• A questão é: foi mais proveitoso ou mais danoso para a humanidade, termos hoje essa legião de idosos, em pleno uso de suas faculdades mentais e, às vezes, até físicas? Que, entronizados na vida como clones do lendário Matusalém, teimam em continuar por aí, mesmo na condição de alijados, em sua quase totalidade, dos processos produtivos conduzidos pela sociedade e pelas forças ativas que geram riquezas?... 
• De fato, essa legião sempre maior de improdutivos-pensantes, oficialmente hoje declarados e tratados como um indesejável ônus para os produtivos-ativos, na falta do que fazer, ficam por aí observando, matutando, traduzindo pesquisas, comparando dados, incomodando e questionando os Sistemas instituídos e suas verdades de mentirinha!.....
• Nos tempos antigos, há oitenta anos atrás, a humanidade talvez vivesse muito mais tranquila, quando seus membros, que tornavam-se improdutivos sem nem mesmo chegarem a ser pensantes..., logo, logo, passavam para o outro lado do rio, sem se transformarem em ônus para ninguém, sem incomodar, sem ficar futicando os jogos e as encenações daquele maravilhoso mundo das Corporações e dos Gestores da carochinha!...
• Mas, agora!.... Estamos nós aí! Peixes deslocados e fora d`água, inconformados com a Banalidade do Mal que grassa em nosso País, reclamando de tudo, vendo defeito em tudo e, pasmem, querendo que os valores, as crenças e a ética daqueles velhos tempos, ainda estejam presentes e comandem as ações vivas da atual sociedade produtiva!
• É de lascar !
• E, aí, aparece essa Revista Petros!
• Custo a crer no que leio:
* Por um futuro tranquilo.
* Por um futuro melhor.
* Petros investe na Qualidade de vida dos Participantes.
* Aposentadoria com mais vida, com mais Prazeres....
• São algumas das manchetes que passam diante de meus incrédulos olhos! Não é possível que estou lendo isso tudo, planejado, produzido, composto, aprovado e editado por pessoas sérias, competentes, ativas, produtivas, empossadas em cargos e funções de ponta, fiscalizadas por Órgãos e mais Órgãos reguladores, por auditores, Conselheiros e toda uma série de escribas de todas as cores e matizes!
• Do outro lado do meu canto, vejo outros papéis onde estão estampadas outras manchetes que foram garimpadas pela ranhetice de um idoso-improdutivo, coincidentemente, nas mesmas publicações da Petros, em Edições passadas:
* Petros e FUP aprovam a Repactuação dos Direitos adquiridos dos Participantes.
* Petros e FUP aprovam, através do AOR, o perdão da dívida de bilhões da Patrocinadora, para com o Fundo.
* Petros e FUP instituem a "Tabela Congelada" que regulará as correções dos Participantes Inativos.
* Petros e FUP cancelam o voto por correspondência dos Participantes.
* Petros e FUP aprovam a Separação de Massas dos Participantes. (primeiro passo para a Retirada de Patrocínio!).
• FUP? Quem é FUP? Eu assinei algum contrato com a FUP, quando entrei na Empresa e atuei por anos e anos como ativo-produtivo e quando, confiando nos velhos valores, nas velhas crenças e na velha Ética de então, assinei um contrato pessoal e intransferível com a minha Fundação Petros que ajudei a criar? Agora, existe alguém mais, que foi colocada ilegalmente como a outra parte do meu Contrato, um ato Jurídico Perfeito?
• E o ranheta que já deveria ter atravessado o rio, mas não atravessou por culpa e obra da ciência da saúde, se põe a comparar e a cotejar os dois blocos de maravilhas trombeteados pela mesma origem!
• E a falta do que fazer continua: Na página 16 e 17, chegamos ao Olimpo: Participantes avaliam satisfação com a Petros:
* Transparente: 84%
* Preocupa-se com seus clientes: 87%
* Eficiente: 88%
* Moderna: 91%
* Sólida: 94%
• E, ao lado desses excepcionais cenários, de eficiência, solidez e outras excelências, aparece a realidade nua e crua, nos folhetos anexos Prestando Contas, Por dentro de cada Plano: Resultados (somente o item Equilíbrio Técnico Sistema Petrobrás):
* janeiro: 2.333.965.320
* fevereiro: 1.199.320.485
* março: 1.664.781 (!!!!!)
* abril: 467.442.678 (!!!)
• E, aí? Uma coisa combina com a outra? Afinal, quem está doido e quem está brincando de doido.
• A totalidade dos Participantes Petros (97%!!!!), a totalidade dos Conselheiros, a totalidade dos Orgãos Fiscalizadores, a Mídia, o Congresso, o País inteiro aprova e elogia a Gestão da Petros e da FUP!
• Vocês, improdutivos e ranhetas, recolham-se a seu canto, parem de reclamar, parem de descobrir pulgas escondidas em palheiros! Vocês, nem deviam estar mais por aqui!....... (Márcio Dayrell Batitucci) 

Vê se dá pra entender
Revista Petros: Órgão de Divulgação da Fundação do Plano de Previdência dos Petroleiros.
FUP: Federação Única dos Petroleiros, filiada à Central Única dos Trabalhadores (CUT).


A Piada de 2013
Um dia, Deus, muito insatisfeito com a humanidade e os seus pecados, decidiu por fim a tudo. Reuniu então todos os líderes mundiais para comunicar-lhes pessoalmente a Sua decisão de acabar com a humanidade em 24 horas. Deus disse: - Reuni-vos aqui para comunicar que extinguirei a humanidade em 24 horas.
E eles diziam: - Mas, Senhor... Nada de mas; este é o limite. A humanidade vai abandonar a Terra para todo o sempre! Portanto, voltem aos seus respectivos países e digam ao povo que estejam preparados. Têm 24 horas!

O primeiro a reunir o povo foi Obama. Em Washington, através de uma mensagem à nação, Obama disse: - Americanos, eu tenho uma boa notícia e uma má notícia para dar. A boa notícia é que Deus existe e que ele falou comigo. Mas claro, já sabíamos disso. A má notícia é que esta grande nação, o nosso Grande Sonho, só tem 24 horas de existência. Este é o desejo de Deus.

Fidel Castro reuniu todos os cubanos e disse:
- Camaradas, povo cubano, tenho duas más notícias. A primeira é que Deus existe... sim, eu O vi; estava mesmo à minha frente! Estive enganado este tempo todo...
A segunda má notícia é que em 24 horas esta magnífica Revolução pela qual tanto temos lutado, vai deixar de existir.

Finalmente, no Brasil, Dilma dá uma conferência de imprensa:
- Brasileiras e brasileiros, hoje é um dia muito especial para todos nós. Tenho duas boas notícias. A primeira boa notícia é que eu sou uma enviada de Deus, uma mensageira, porque conversei com Ele pessoalmente. A segunda boa notícia é que, conforme constava do Programa do Governo, em apenas 24 horas, serão erradicados para sempre o desemprego, o analfabetismo, o tráfico de drogas, a corrupção, a pedofilia, os problemas de transporte, água e luz, habitação, de burocracia, e, o mais espetacular de tudo: todos os impostos vão acabar, assim como a miséria e a pobreza neste País! É o Governo do PT cumprindo tudo o que prometeu!

Nenhum comentário: