15 de ago de 2013

O farináceo político precisa ser diluido....

 photo _acarniccedila_295x198_zps9cc91908.jpg • Ellen Gracie ao 247: Embargos não existem mais! 

• Dólar opera em alta e chega a valer R$ 2,35, mesmo com ação do Banco Central. 

• TCU manda cortar super salários da Câmara. Prejuízo por irregularidades na folha de pagamento é de mais de R$ 500 milhões por ano. Com a decisão, ministros entendem que 20% dos gastos com pessoal estão irregulares. 

Aplausos a nossa Florianópolis 
• Apenas leia como se faz postagem de coisas certas nos lugares certos. 

DECRETO N. 11. 945, de 02 de agosto de 2013. DISPÕE SOBRE A CONTRATAÇÃO OU ATUAÇÃO DE PROFISSIONAL MÉDICO COM DIPLOMA DE GRADUAÇÃO EXPEDIDO POR UNIVERSIDADES ESTRANGEIRAS, NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL. 
O PREFEITO MUNICIPAL DE FLORIANÓPOLIS, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas pelo inciso III do art. 74, da Lei Orgânica do Município e em conformidade com a Medida Provisória n. 621, de 8 de julho de 2013 e, ainda, com a Lei Federal n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), CONSIDERANDO que os diplomas de graduação expedidos por universidades estrangeiras deverão ser revalidados por universidades públicas que tenham curso do mesmo nível e área ou equivalente, respeitando-se os acordos internacionais de reciprocidade ou equiparação, conforme preconiza o § 8º do art. 48, da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional DECRETA: Art. 1º Fica a Secretaria Municipal de Saúde impedida de contratar ou permitir a atuação em função típica, na Administração Pública Municipal, de profissional médico com diploma de graduação emitido por Universidades estrangeiras, sem a posterior revalidação de seu diploma por Universidades Públicas brasileiras, conforme estabelece a Lei Federal n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Florianópolis, aos 02 de agosto de 2013. 
CESAR SOUZA JUNIOR – PREFEITO MUNICIPAL 

Blá blá blá... 
• Incrível a cara de pau do prefeito paulista atacando com armas e bagagens o plano Mais Educação São Paulo, esquecendo aquela máxima macaco olha o teu rabo. Não disse do seu fracasso na indigestão a frente do Ministério da Educação. Infelizmente este país, salvo Deus, irá de mal a pior, em inchaços e escondendo planos maiores na tomada do poder. (AA) 

CPI dos Ônibus 

1) A reunião entre membros da Comissão Parlamentar de Inquérito nesta quinta-feira, 15, ocorreu a portas fechadas para a população, o que gerou revolta do lado de fora da Câmara de Vereadores do Rio. Policiais militares, equipados com escudos, bloqueiam os acessos à entrada do prédio, na Cinelândia (centro da capital fluminense). 

2) Ao dar inicio à reunião, o presidente da comissão, Chiquinho Brazão (PMDB) convidou o vereador Eliomar Coelho (PSOL), que propôs a CPI, a se sentar à mesa. 

3) Coelho recusou, afirmando que não participaria da sessão por não encontrar legitimidade nas ações dos outros quatro membros, e pelo fato da sociedade não poder participar. Brazão tentou impedi-lo de falar, dando inicio à sessão. Em seguida, Coelho se retirou da sala. 

4) Os cerca de dez manifestantes que ocupam a Câmara desde sexta-feira, 9, tiveram autorização para assistir à reunião, que aconteceu na sala do cerimonial. Em protesto, eles colocaram faixas pretas na boca, como forma de manifestar inconformismo com o que consideram uma censura por parte da presidência da CPI. 

Tudo a ver 
• A Secretaria municipal de Transportes acompanha por GPS e fiscaliza em tempo real a circulação de coletivos da cidade com equipamentos fornecidos por uma empresa que tem entre os sócios Jacob Barata Filho, herdeiro do empresário conhecido como Rei dos Ônibus. A M2M Solutions, contratada, sem ônus para o município, pelos consórcios que reúnem as 43 empresas da cidade, para controlar a frequência dos ônibus, é mais um exemplo do emaranhado de negócios que faz parte da caixa-preta dos transportes no Rio.

• Isenção de IR sobre 1/3 de férias pode parar no Supremo Tribunal Federal. A soldo de quem? 

• Grupelhos de São Paulo e Rio se igualam em tática de guerra, mistura de Black Blocs, Psol, PSTU e outras facções políticas age coordenadamente nos centros das duas maiores manchas urbanas do País. 

Até Polícia Civil protesta contra a violência da PM. 
• Policiais lotados na 9ª DP (Catete) estão indignados com a PM que jogou bombas de gás atingindo a porta da unidade fazendo alguns agentes passarem mal. A Polícia Civil quer investigar os excessos da PM, mas todos sabem que não vai dar em nada. Na rua manifestantes voltaram a pedir o impeachment de Cabral. Infelizmente foram registradas novas cenas de vandalismo ao final do protesto pacífico. 

Um país em revolta... 

1) Protestos contra os governos estaduais terminaram em confronto entre manifestantes e a polícia no Rio de Janeiro e em São Paulo na noite desta quarta-feira (14). 

2) No Rio de Janeiro, o alvo dos protestos foi o governador Sérgio Cabral (PMDB) e na capital paulista, o governador Geraldo Alckmin (PSDB), que teria sido conivente com um suposto cartel na contratação de empresas para obras do metrô do Estado de São Paulo, conhecido como Caso Siemens, segundo as investigações. 

3) Em São Paulo, alguns manifestantes invadiram a sede da Câmara Municipal depois de 3.000 pessoas percorrerem por horas as ruas do centro da cidade. Antes da invasão, alguns manifestantes jogaram bombas em frente a Câmara, com revide da Tropa de Choque, que usou gás lacrimogêneo para dispersá-los. 

4) No caminho, manifestantes depredaram agências bancárias. Três homens foram presos, acusados de dano ao patrimônio público e por portarem coquetéis molotov. Eles foram levados para o 1º, 5º e 78º DP. 

5) Participaram dos atos em São Paulo o Sindicato dos Metroviários, Movimento Passe Livre, Professores em Luta, Apeopesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) e a CUT. 

6) No Rio de Janeiro, vários confrontos entre manifestantes e a Polícia Militar em Laranjeiras, perto da sede do governo estadual, na zona sul da capital fluminense, levaram o chefe do Departamento Geral de Polícia da Capital, delegado Ricardo Dominguez, a afirmar que será aberto um inquérito para investigar os excessos da Polícia Militar na frente da 9ª DP (Catete). 

A cuspir em prato comido
• Ex-presidente da Siemens nega formação de cartel no Metrô de SP. Executivo disse ao Ministério Público que empresa passou por auditoria interna. Primo é supersecretário no sul de MG. Negando corrupção, Adilson Primo, que comandou a companhia de 2001 a 2011, disse ao MP que não estava ciente de supostas práticas ilegais delatadas pela nova diretoria da companhia alemã ao Cade, praticadas em licitações de trem e metrô em governos tucanos desde a gestão de Mario Covas. Segundo denúncia dos executivos, o acordo entre empresas para a realização de obras no transporte sobre trilhos em São Paulo incluía propina a políticos do PSDB. 

Protesto pífio de baderneiros de aluguel, em São Paulo, confirma a corrosão moral de Lula e do PT 
Cara de pau - Dando sequência ao seu plano que prevê a tomada do governo do mais importante estado brasileiro, São Paulo, o ex-metalúrgico e agora lobista de empreiteira Luiz Inácio da Silva não tem conseguido traduzir nas ruas o prestígio que muitos lhe creditam. Responsável maior pela manifestação que prometia parar a capita paulista na tarde de quarta- feira (14), Lula conseguiu a proeza de reunir mil baderneiros, que em comparação com a população da cidade nada representam. 
• Depois de deixarem o Vale do Anhangabaú, na região central da cidade, o grupo de baderneiros de aluguel, muitos dos quais carregando bandeiras de partidos políticos e sindicatos, se dividiu. Uma parte rumou para a Câmara Municipal de são Paulo, que foi invadida, enquanto outra seguiu para a Assembleia Legislativa do estado. Em ambos os locais houve enfrentamento com a polícia, que precisou recorrer ao uso de gás de pimenta e balas de borracha para dispersar os manifestantes, que insistiam no quebra-quebra. 
• Contando com a participação de integrantes do Movimento Passe Livre, os manifestantes gritavam palavras de ordem e cobravam a saída do governador Geraldo Alckmin e uma ampla investigação no caso da suposta formação de cartel em licitações do Metrô e da CPTM. 
• Como sempre noticiamos, toda e qualquer denúncia de corrupção deve ser apurada com rigor, mas é inaceitável que isso ocorre sem a necessária isonomia. O PT transformou-se em quadrilha, o que é facilmente comprovado por escândalos e decisões judiciais, mas o desespero do partido diante da crescente crise levou Lula a adotar suas conhecidas e covardes estratégias, que sempre alvejam seus adversários políticos. 
• Lula, como afirmam alguns dos seus ex-companheiros de legenda, é desprovido de caráter e quer manter-se à força na cena política, como se o Brasil já tivesse se transformado em uma ditadura. É importante que esse senhor, que conseguiu surrupiar o crucifixo do Palácio do Planalto, antes de qualquer acusação deixe de impedir a apuração do escândalo que ficou conhecido como Rosegate e que tem como protagonista Rosemary Noronha, que sempre se apresentou como sua namorada. 
• Em qualquer país minimamente sério e com autoridades respeitadoras da legislação, Lula já estaria preso e respondendo a processo por corrupção, difamação e incitação da ordem, entre tantos outros crimes. (ucho.info)

Petrobras e Combustíveis 
1) Há anos a empresa vem perdendo dinheiro e prestígio com a obrigação de cumprir ordens. Do governo e de ministros de Minas e Energia. Estes, servos, submissos e subservientes como Lobão. Enchem de incentivos as montadoras (todas com uma parte multinacional) e sobrecarregam a Petrobras de prejuízos. 
2) Eles cada vez aumentam mais, precisamente por causa de uma variante-consequente. A Petrobras importa combustível por preço alto, e é obrigada a repassá-lo por preço muito mais baixo para os revendedores. Agora, não podendo mais bancar os prejuízos, apela para o governo, quer pelo menos empatar o preço de compra no exterior com o da venda aqui, no interior. 
3) Para ganhar tempo, criminosamente, Dona Dilma manda esse Lobão examinar. Por que examinar se ele não tem competência para saber e autonomia para decidir? 
4) Enquanto isso, com os incentivos, as montadoras, usando a nave-mãe Anfavea, anunciam: Fabricamos 240 mil carros, licenciamos tudo. Quer dizer, engarrafam o trânsito no país todo, aumentam os lucros já fabulosos, sobem os prejuízos da Petrobras. 
5) Há mais de 30 anos, defendia no jornal impresso que a Petrobras não podia ter acionistas, devia pertencer toda à União. Sofrendo contestação dos governos, que perguntavam: O que fazer com os acionistas?
6) Eu respondia: Comprem todas as ações negociadas em bolsa
7) Agora é o repórter que pergunta: O que fazer com os acionistas que acumulam prejuízos? Podiam pelo menos cortar os incentivos das montadoras e transferi-los para a empresa. (Helio Fernandes)

Dólar sobe pelo terceiro dia consecutivo e derruba o discurso autista de Dilma sobre a economia 
• Rumo ao céu - Para contrariar as declarações irresponsáveis e nada verdadeiras de Dilma Rousseff, que insiste em afirmar que o pior já passou e que a economia brasileira está sob controle, o dólar encerrou os negócios nesta quarta-feira valendo R$ 2,325, maior cotação em mais de quatro anos. No novo teste que o mercado financeiro impôs ao Banco Central, a moeda norte-americana, na terceira alta seguida, registrou valorização de 0,62%. 
• Repetindo o comportamento do dia anterior, terça-feira (13), o BC apenas acompanhou o movimento do mercado de câmbio, em clara demonstração de que não está disposto a caminhar na contramão de um movimento de valorização global do dólar. 
• Até recentemente, quando o Banco Central retomou sua autonomia como autoridade monetária, o governo de Dilma Rousseff utilizava a valorização do real frente à moeda ianque como arma no combate à inflação. Com a alta do dólar, o esforço do BC para conter o mais temido fantasma da economia torna-se nulo, exigindo novos aumentos da taxa básica de juro (Selic). 
• A grande questão está no nó em que se encontra a economia verde-loura, pois os preços dos produtos estrangeiros perdem competitividade, ao mesmo tempo em que os nacionais estão caros porque, em muitos casos, a indústria depende de insumos importados. Como afirmou o editor do ucho.info em recente artigo, Dilma sofre de autismo político, pois além de viver em um mundo só seu e que ninguém compreende, tem uma visão fragmentada da realidade. 
• O recrudescimento da crise econômica exigirá que o PT encomende ainda mais protestos e manifestações para criticar os adversários, pois nenhum petista terá coragem de assumir o fracasso que começou com Lula e ganhou forças com Dilma.

PM mente mais uma vez sobre caso Amarildo, mas é desmascarada. 
• Conforme o Jornal Nacional mostrou ontem, a PM já sabia que a viatura que transportou o pedreiro Amarildo saiu da Rocinha e foi até ao Caju, onde por coincidência fica a usina de lixo da COMLURB. E que estranha coincidência! Apesar do GPS estar quebrado (outra coincidência), o que ninguém sabia, menos a PM, é que o rádio-transmissor da viatura da UPP contém um GPS independente que registrou a rota até a Zona Norte. O pior de tudo é que o comando da PM já sabia, mas tentou esconder esse fato gravíssimo. E agora Beltrame? E agora Cabral? Onde está Amarildo? Em tempo: O RJ TV informou que Beltrame se recusou a falar sobre o caso Amarildo. Mandou dizer que está muito ocupado. Ainda por cima é covarde. (Garotinho)

• Zona do euro cresce 0,3% e sai da recessão. Apesar de sinais de otimismo, vários países continuam com a economia contraindo. 

• Ao completar 87 anos, Fidel se diz surpreso de estar vivo. Em artigo, ex-líder cubano afirma que decidiu deixar o poder em 2006 ao perceber que doença grave era definitiva

• O presidente dos EUA, Barack Obama, disse que cabe aos egípcios decidirem o futuro do país e anunciou a suspensão de um exercício militar conjunto realizado bianualmente entre os dois países. A América não pode determinar o futuro do Egito. Isso é com o povo. Queremos um Egito próspero, mas os egípcios terão de fazer o trabalho, disse Obama nesta quinta-feira (15) na ilha de Martha's Vineyard, no Estado americano de Massachussetts, onde está de férias. O presidente americano disse ainda que haverá dias difíceis e falsos começos até a retomada da democracia no Egito, e rebateu críticas de que os EUA estariam tomando lados no impasse político pelo qual passa o país árabe. Fomos acusados (de parcialidade) por apoiadores de Mursi e pelo outro lado, como se apoiássemos Mursi. Nós não nos responsabilizamos por nenhum partido.

• Chefe de direitos humanos da ONU pede investigação sobre mortes no Egito. Morre 1000º repórter em atividade desde 92. Os confrontos entre partidários e opositores do deposto presidente egípcio Mohammed Mursi eclodiram nesta quinta-feira durante os protestos dos islamitas na cidade de Alexandria, no norte do Egito, informou a TV estatal. Os enfrentamentos começaram no bairro Victoria, para onde se dirigiu uma marcha organizada pela Irmandade Muçulmana desde a mesquita do distrito de Sidi Bishr, depois da reza do meio-dia. Segundo a agência de notícias estatal Mena, nos confrontos os adversários usaram pedras e houve um tiroteio. Os opositores de Mursi exibiam pôsteres do chefe do exército, Abdel Fatah al Sisi. Simultaneamente, foram enterradas 25 pessoas que morreram nos conflitos de ontem na cidade. 

• Governo do Egito admite que número de mortos já passa de 525 em todo o país. Irmandade Muçulmana afirma que são mais de duas mil mortes, após violentos conflitos entre opositores do atual governo e forças de segurança. Polarização põe em xeque futuro do Egito. Ruas desertas após combates sangrentos no Egito. Prédios são incendiados após massacre no Egito Irmandade Muçulmana convoca mais protestos depois que violência em todo o país deixou centenas de mortos.
  

Nenhum comentário: