20 de jul de 2013

O povo quer Papa, não Plebiscito e sim mudanças sérias...

 photo _aapapanoRio_zps61f4949a.jpg Divina Diferença
• O Papa Francisco chega ao Rio de Janeiro e tem condições morais e espirituais de desfilar em carro aberto, sem vidros à prova de bala, com muitas chances de receber aplausos e carinho pelos bons exemplos que vem dando, sobretudo como chefe de Estado e homem público. Lula deve estar morrendo de inveja porque não tem condições de fazer o mesmo. Para um sujeito que já foi idolatrado, endeusado e até comparado a Jesus (como nas faixas das greves do ABC na década de 80), o atual estágio decadente de Lula parece pior que a morte física, moral e espiritual. (Jorge Serrão)

O porquê da entrega do petróleo do Brasil 
1. No pré sal ultra profundo, o risco da exploração já foi feito pela Petrobras que ainda vai investir 226 bilhões de dólares nele, até 2020. Esse o primeiro motivo do desinvestimento realizado pela Petrobras nas bacias sedimentares do NNE do Brasil, no processo de refino e terminais. O Efeito disso é o endividamento por completo da Petrobras, fazendo crescer ainda mais a dívida pública (interna e externa) do Brasil. E quem vai continuar pagando todo esse prejuízo? 
2. A segunda motivação é que as economias dos países imperialistas, os mais ricos do mundo, estão em decadência profunda. 
3. A tendência é de queda do PIB nos países da área do euro, levando a Europa para uma situação pré-revolucionária que pode chegar ao Brasil. 
4. Continuar pagando os juros e serviços da dívida pública (interna e externa) e tentar amortecer a queda do capitalismo imperialista são os principais objetivos do governo Lula/Dilma (PT), deixando a classe trabalhadora a ver navios. 
5. Desde o Brasil colônia até agora nada mudou no Brasil. Permanece sendo exportador de commodities (matérias primas sem valores agregados), hoje sob a dependência total das compras principalmente da China. 
6. Pequenas quedas do PIB chinês repercutem de forma contundente aqui no Brasil. A tendência do PIB chinês é de queda. E o da Índia, também. Logo, a crise do capitalismo vai ser cada vez mais forte aqui no Brasil. 
7. A crise do capitalismo nos países imperialistas carrega os países emergentes e em desenvolvimento para o fundo do poço, transportando a China e a índia também para o despenhadeiro. Como exportador apenas de commodities, acrescentando também o petróleo como pretende o governo Lula/Dilma (PT), o quadro de miséria do Brasil só agrava. Vai piorar a saúde e a educação pública, cada vez mais.
8. A economia dos três principais impérios do mundo está indo para o brejo. E são eles que mais estão de olho gordo no petróleo do pré sal ultra profundo do Brasil. 
9. Enquanto preparava o modelo de privatização do petróleo do Brasil, o governo Lula/Dilma (PT) sempre manteve o salário mínimo nominal abaixo de ¼ do salário mínimo necessário para o trabalhador brasileiro. Mesmo assim, os trabalhadores ainda tomam calotes dos patrões, principalmente depois que o governo Lula (PT) criou instrumentos para facilitar ainda mais os calotes já dados pela patronal - programa progredir e “recuperação judicial” para a Petrobras. 
10. Conclusivamente, a condição de vida da imensa maioria do povo brasileiro só vai piorar, simultaneamente com as condições de vida dos trabalhadores em todo o mundo. Ainda mais com a entrega do petróleo do Brasil e privatização da Petrobras. 
11. Logo, barrar o leilão do campo de Libra é prioridade máxima do povo brasileiro. A partir daí mais lutas serão necessárias para garantir uma Petrobras 100% estatal e sob o controle dos trabalhadores. (Dalton Francisco dos Santos, colunista da AEPET) 

A música e a saudade 
• Já ouviram o som de um violino Stradvarius? Não? Então assistam esta apresentação do maestro Andre Rieu no Radio City Musica Hall, em New York. O show foi em homenagem a Frank Sinatra.



 photo _aamaismedicos_zpsce9cb9cc.jpg 
• O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, deu um prazo de dez dias para que a presidente Dilma Rousseff preste informações sobre o programa Mais Médicos, criado por meio de medida provisória com o objetivo de resolver o problema de carência de profissionais da saúde no interior do País. O assunto ainda deverá ser discutido no Congresso. 
• As informações da presidente deverão servir de base para o julgamento de uma ação protocolada na terça feira no STF pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ). Nela o parlamentar questiona partes da MP e levanta uma série de supostas irregularidades. 
• Bolsonaro critica, por exemplo, a possibilidade de não exigência da revalidação do diploma para que um estrangeiro exerça a Medicina no Brasil. Ele contestou o fato de o projeto ter tratado apenas do trabalho dos médicos, desconsiderando que o atendimento a pacientes envolve profissionais de outras áreas. Além disso, o parlamentar afirmou que um programa complexo como esse deveria ter sido amplamente debatido com os profissionais da área antes de ser apresentado. 
Curso de Medicina. 
• O parlamentar contestou ainda outro ponto polêmico do plano lançado há dez dias pela presidente: a alteração para 8 anos do curso de Medicina, incluindo 2 anos de serviço obrigatório no Sistema Único de Saúde (SUS). As novas regras para a formação de médicos começarão a vigorar em 2015. De acordo com ele, havia tempo para que o Congresso discutisse um projeto de lei sobre o assunto e, portanto, não era necessária a edição de uma medida provisória pela presidente. 
• Na ação, Bolsonaro pede também que seja concedida uma liminar para suspender os efeitos da medida provisória de Dilma. O pedido deverá ser analisado pelo ministro Marco Aurélio Mello, que foi sorteado como relator. Como o Supremo está em recesso, um despacho sobre o assunto só deve sair em agosto. (Estadão) 

Comentário: 
• É impressionante, a capacidade do governo PTista apóstata de produzir c.........as atrás de c..........as! 
• Tudo isso, é fruto de um governo que não tem um mínimo de planejamento a médio e longo prazos e que vive ao sabor dos ventos de cada dia!... 
• Essa questão da falta de médicos no País (que não é bem uma questão de falta de médicos mas, sim, de Gestão da Saúde brasileira), é uma questão complexa, que exige discussão e debates da sociedade, principalmente dos profissionais envolvidos! 
• A presidanta Dilma, integrante privilegiada do Governo PTista, que em 10 anos simplesmente não fez nada para resolver essa situação de calamidade, acorda de manhã, pega a caneta e acha que com uma penada, o milagre está feito! 
• Brilhante solução! Curso de Medicina com 6 anos normais, mais 2 de escravidão compulsória nos degradados SUS, sem respeito ás liberdades individuais de cada um e sem respeito às leis trabalhistas em vigor! 
• Definitivamente, falta competência ou seriedade a esses Gestores que aí estão! 
• Prejudicados? Exclusivamente a população brasileira, principalmente a de menor poder aquisitivo! (Márcio Dayrell Batitucci) 

Médicos estrangeiros? 
"Paciente hoje (19-07-2013): - Dra, fui atendida por um neuro estrangeiro, mas eu não conseguia entender nada do que ele falava e resolvi mudar de neuro. Fiquei pensando que esse negócio de médicos estrangeiros não vai funcionar muito bem não.... Eu respondi: - Pois é! Nós sabemos disso, mas parece que ninguém está preocupado com isso não!! Revalidação pra quê? Proficiência da língua então. .... menos ainda." (Rafaella Silva, neurologista)

Mais Médicos 
• Todas as entidades representativas da classe médica rompem com o governo do PT e deixarão todas as comissões e conselhos na esfera federal em protesto contra programa totalitário denominado mais médicos
• Em protesto contra o programa Mais Médicos, as entidades médicas nacionais anunciaram, nesta sexta-feira (19), que deixarão todas as comissões temáticas que integram na esfera do governo federal, incluindo colegiados no Conselho Nacional de Saúde (órgão vinculado ao Ministério da Saúde). 
• Entre essas comissões estão a que discute atualizações no rol de procedimentos dos planos de saúde, a que trata de vigilância sanitária e a que regula as residências médicas. 
• AMB (Associação Médica Brasileira), CFM (Conselho Federal de Medicina), Fenam (Federação Nacional dos Médicos) e ANMR (Associação Nacional dos Médicos Residentes) divulgaram nota criticando o que consideram o rompimento do diálogo da parte do governo federal. 

O que tens, minha menina?
 photo _aaescola_zpsc5053a52.jpg
• Dilma Roussef e seu ex-Ministro da Educação Fernando Haddad, visitam uma escola modelo no nosso país maravilha (no Rio de Janeiro, especificamente. Vejam o Sergio Cabral na foto). 
• Numa sala de aula do ensino fundamental, cheia de jornalistas, a ensaiada cumpanhêra professora, com ambição a uma futura boa colocação, pergunta aos alunos: - Onde existem as melhores escolas do mundo? 
• - No Brasil. - Respondem todos. 
• - Onde existem os melhores livros escolares do mundo? 
• - No Brasil. - Respondem. 
• - E onde há os melhores recreios do mundo? 
• - No Brasil. - Respondem mais uma vez. 
• - E onde existem as melhores cantinas, que servem os melhores almoços, com boas sobremesas? 
• - Nas escolas do Brasil! 
• A professora, ainda insaciada, continua: - Onde é que vivem as crianças mais felizes do mundo? 
• - No Brasil! - respondem os alunos com a lição bem estudada. 
• Os tradutores iam informando à comitiva estrangeira, todos abanavam a cabeça, impressionadíssimos. 
• Nisto, uma garota no fundo da sala começa a chorar. 
• Com as televisões transmitindo ao vivo, Dilma, para impressionar os convidados e jornalistas, pondo-se a jeito para as câmeras, resolve acudir à menina perguntando-lhe: - Que tens, minha menina? 
• Responde a menina, soluçando: - Quero ir para o Brasil !


• Atacado por Dilma Rousseff, o deputado Cândido Vaccarezza, ligado a Lula, foi mantido pelo diretório nacional do PT na coordenação do grupo de trabalho constituído na Câmara para elaborar uma proposta de reforma política. A decisão foi tomada no início da tarde deste sábado (20). 

Não, sério, isso é mais do que esfarrapada desculpa. Lula quer distância do papa dos pobres no Rio. O ex-presidente Lula não foi convidado, nem aceitaria, um encontro com o Papa Francisco, que chega na segunda (22) ao Rio, na primeira visita de seu pontificado - o primeiro de um sul-americano. O Instituto Lula diz que agora ele é ex-presidente e não vê razão para encontrar-se com o novo Papa, que comunga com ele a pauta de opção pelos pobres. O criador do Bolsa Família pretende ficar em São Paulo e ainda não sabe se vai emitir uma nota saudando Francisco. 

• Sócios lesados por Eike falam em processar Malan. O motivo: em outubro do ano passado, quando Pedro Malan, ex-ministro da Fazenda no governo FHC, era conselheiro da OGX, a empresa publicou fato relevante garantindo que Eike Batista colocaria US$ 1 bilhão na companhia, se fosse necessário; assim como ele, também era conselheira a ex-ministra do Supremo Tribunal Federal, Ellen Gracie; agora, investidores ameaçam processar os dois, que deixaram o conselho em meio à crise de confiança que se abateu sobre o império X. 

• Sócio da Caixa, Esteves rifa em veja Dilma e Eike. Tido como prodígio das finanças, o banqueiro André Esteves, do BTG Pactual, concedeu entrevista às páginas amarelas de Veja em que criticou duramente o governo Dilma, o BNDES e a condução da economia; fica difícil defender o país perante os investidores, diz o banqueiro; Esteves criticou ainda os que acham que estão abafando; no entanto, embora tenha sido contratado para encontrar soluções para os problemas da EBX, ele jogou a toalha; a OGX era um paciente que o médico tenta curar em vão; empresário criticou ainda o excesso de Estado na economia brasileira, mas não, é claro, sua parceria com a Caixa Econômica Federal no Banco Pan.

É preferível cultivar o respeito do bem que o respeito pela lei. (Henry Thoreau)

Nenhum comentário: