9 de jun de 2013

Sem hipocrisia, mas... colapso a vista...

 photo _acaicai_zpse83d20b3.jpg
O paraíso: Secretário nacional de Justiça: nº de refugiados no Brasil chega a 4.250. Não foi econonia não, foi gerenciamento, coisa na qual ela não entende. Aprovação do governo Dilma tem primeira queda e chega a casa dos 50%. Alta nos preços afeta os pobres e aumenta desemprego no País. 

País das brincadeiras. Embrapa diz que terras pedidas pela Funai não são ocupadas por índios No Paraná, 15 áreas estão na disputa para ter demarcação indígena. Relatório aponta terras com índio paraguaios e ocupação recente. 

Outorga à fantasmas: Empresa frauda Minha Casa, Minha Vida e não entrega moradias no Pará. Uma empresa de fachada criada por ex-servidores do Ministério das Cidades não concluiu moradias que havia prometido para famílias pobres de pequenas cidades do Pará e fraudou o principal programa habitacional do País. A acusação é feita em um processo na Justiça. 

A torneira jorrando nosso dinheirinho: Obra em estádio de Berlim para 2006 saiu por R$ 689 mi; do Maraca, R$ 1bi. 

Um ato de rebeldia e desagravo no Congresso, resulta que desembargadores criticam novos TRFs: caros e dispensáveis. Chupa! 

Em entrevista a jornal, ministro da Justiça diz que Alckmin Em entrevista a jornal, ministro da Justiça diz que Alckmin politiza questão da segurança pública. Faz isso ao atribuir o aumento da criminalidade no Estado à debilidade do controle nas fronteiras, uma responsabilidade da União. 

Por que não aqui? Na China, morte pode ser pena para corrupção. Ex-ministro enfrenta acusação de propina. 

A cada 20 minutos, um acidente com vítima nas ruas do Rio. Em 2012, foram 22 mil casos de colisões, atropelamentos, capotamentos e quedas de motos.

Por que Cuba tem tantos médicos? 
• Em meio a polêmica sobre projeto para levar profissionais cubanos ao Brasil, entenda como a ilha fez da exportação de serviços de saúde um dos motores de sua economia. Médicos reprovados 
• Os resultados do projeto-piloto criado pelos Ministérios da Saúde e da Educação para validar diplomas de médicos formados no exterior, confirmaram os temores das associações médicas brasileiras. 
• Dos 628 profissionais que se inscreveram para os exames de proficiência e habilitação, 626 foram reprovado se apenas 2 conseguiram autorização para clinicar. 
• A maioria dos candidatos se formou em faculdades argentinas, bolivianas e, principalmente, cubanas. 
• As escolas bolivianas e argentinas de medicina são particulares e os brasileiros que as procuram geralmente não conseguiram ser aprovados nos disputados vestibulares das universidades federais do País. 
• As faculdades cubanas, a mais conhecida é a - Escola Latino-Americana de Medicina (Elam) de Havana - são estatais e seus alunos são escolhidos não por mérito, mas por afinidade ideológica. 
• Os brasileiros que nelas estudam não se submeteram a um processo seletivo, tendo sido indicados por movimentos sociais, organizações não governamentais e partidos políticos. 
• Dos 160 brasileiros que obtiveram diploma numa faculdade cubana de medicina, entre 1999 e 2007, 26 foram indicados pelo Movimento dos Sem-Terra (MST). 
• Desde que o PT,o PC do B e o MST passaram a pressionar o governo Lula para facilitar o reconhecimento de diplomas cubanos, o Conselho Federal de Medicina e a Associação Médica Brasileira têm denunciado a má qualidade da maioria das faculdades de medicina da América Latina, alertando que os médicos por elas diplomados não teriam condições de exercer a medicina no País. 
• As entidades médicas brasileiras também lembram que, dos 298 brasileiros que se formaram na Elam, entre 2005 e 2009, só 25 conseguiram reconhecer o diploma no Brasil e regularizar sua situação profissional. 
• Por isso, o PT, o PC do B e o MST optaram por defender o reconhecimento automático do diploma, sem precisar passar por exames de habilitação profissional - o que foi vetado pelo Conselho Federal de Medicina e pela Associação Médica Brasileira. 
• Para as duas entidades, as faculdades de medicina de Cuba, da Bolívia e do interior da Argentina teriam currículos ultrapassados, estariam tecnologicamente defasadas e não contariam com professores qualificados. 
• Em resposta, o PT, o PC do B e o MST recorreram a argumentos ideológicos, alegando que o modelo cubano de ensino médico valorizaria a medicina preventiva, voltada mais para a prevenção de doenças entre a população de baixa renda do que para a medicina curativa. 
• No marketing político cubano, os médicos curativos teriam interesse apenas em atender a população dos grandes centros urbanos, não se preocupando com a saúde das chamadas classes populares
• Entre 2006 e 2007, a Comissão de Relações Exteriores da Câmara chegou a aprovar um projeto preparado pelas chancelarias do Brasil e de Cuba, permitindo a equivalência automática dos diplomas de medicina expedidos nos dois países, mas os líderes governistas não o levaram a plenário, temendo uma derrota. 
• No ano seguinte, depois de uma viagem a Havana, o ex-presidente Lula pediu uma solução para o caso para os Ministérios da Educação e da Saúde. 
• E, em 2009, governo e entidades médicas negociaram o projeto-piloto que foi testado em 2010. 
• Ele prevê uma prova de validação uniforme, preparada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais do MEC, e aplicada por todas as universidades. 
• Por causa do desempenho desastroso dos médicos formados no exterior, o governo - mais uma vez cedendo a pressões políticas e partidárias - pretende modificar a prova de validação, sob o pretexto de promover ajustes
• As entidades médicas já perceberam a manobra e afirmam que não faz sentido reduzir o rigor dos exames de proficiência e habilitação. 
• Custa crer que setores do MEC continuem insistindo em pôr a ideologia na frente da competência profissional, quando estão em jogo a saúde e a vida de pessoas. A sociedade precisa saber! 

Girafas nadadoras olímpicas 
Eu sei que você gosta de se exercitar, mas vamos imaginar que outros, no reino animal, também gostem.


Telefonia
• Com os planos oferecidos pelas empresas, é importante sabermos para qual operadora estamos ligando, para obtermos vantagens. 
• Prefixos de celular no Rio de Janeiro 
Vivo – 67/72/73/95/96/97/98/99 
Oi – 84/85/86/87/88/89 
Claro – 68/76/91/92/93/94 
Tim – 69/79/80/81/82/83/84 

Obama afirma que EUA dizem que obtêm dados com conhecimento de empresas de internet. Caso de espionagem abre debate sobre privacidade na web. Denúncia de que agentes dos EUA acessariam dados do Google, Microsoft, Facebook, Yahoo, Skype e Apple põe em xeque confiança em empresas de internet. Nova política de privacidade põe Google e UE em rota de colisão. Usuários da Apple lançam ação contra Google. 

Mandela volta a ser hospitalizado e seu estado é grave. Esta é a quinta vez que o ex-presidente sul-africano tem de ser levado às pressas para o hospital nos últimos dois anos. Governo sul-africano mantém silêncio sobre saúde frágil de Mandela que traz clima de despedida à África do Sul 

Insatisfação e dúvidas estancam Mercosul. Adiamento de reunião de cúpula acontece em momento delicado dentro do bloco sul-americano. 

A Austrália foi eleita pela terceira vez como o país mais feliz do mundo em um ranking da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). O Brasil ficou em 33º lugar da lista - uma posição acima do resultado do ano anterior. O ranking compara os 34 membros da OCDE - na maioria nações desenvolvidas - e dois parceiros-chave: Brasil e Rússia. 

Voltar para casa vivo se tornou um luxo, diz síria. Repórter da BBC que nasceu e cresceu na capital da Síria relata sua difícil despedida da cidade, que está sendo destruída pela guerra. 

Casa Branca celebra reunião sem igual com a China. Editor da BBC explica por que encontro deste sábado entre Obama e Xi serviu para evitar tensões futuras. Esta é a primeira visita de Xi Jinping aos EUA como presidente, três meses depois de assumir o controle do Estado chinês Foto: Reuters Obama e Xi anunciam parceria na questão climática e sobre Pyongyang. Investimentos e aquisições da China nos Estados Unidos crescem. Silenciosamente, China compra os EUA. Com mais de US$ 10,5 bilhões em ofertas por empresas chinesas nos Estados Unidos até o momento, o ano de 2013 está a caminho de ser o maior do história para fusões e aquisições de empresas norte-americanas por empresas chinesas, de acordo com dados da Thomson Reuters. 

Isolados em 98, campeões mundiais da França defendem blindagem para o Brasil. 

Ex-presidente paraguaio Lugo deixa hospital após superar quadro infeccioso. 

Ativistas líbios atacam QG de ex-rebeldes em Benghazi: 31 mortos. 

Operação militar no Paquistão termina com morte de 35 insurgentes. 

Começa na China primeiro grande julgamento contra corrupção da era Xi Jinping. 

Nível recorde do Danúbio em Budapeste; catástrofe nacional na Alemanha. 

Primeiro-ministro turco pede lição aos manifestantes nas municipais de 2014. 

Coreias se reúnem em Panmunjom para preparar futuras negociações. Coreia do Sul e do Norte iniciam 1º encontro oficial em dois anos. 

Turquia: Erdogan volta a endurecer discurso contra manifestantes. 

Vejam a beleza destes cavalos. 
• A espécie foi quase extinta na segunda guerra mundial pelo seu uso extensivo na guerra. 
 • Restaram 5 garanhões e algumas fêmeas no mundo para garantir a espécie. • São originários da Holanda e é uma espécie muito dócil.

Nenhum comentário: