26 de mar de 2013

Politicalha é a moda atual...

 photo _aaelogios_zps93222aa4.jpg
Frase do dia: A cada voo, Mercadante se candidata a brevê, comissário de bordo ou demissionário da Educação!

O apagão que ameaça as exportações
• O cancelamento de uma compra de 2 milhões de toneladas de soja brasileira pela Sunrise, maior trading chinesa, na semana passada, é um aviso que não pode ser minimizado.
• A presidente Dilma Rousseff, interessada em garantir crescimento razoável da economia, tem motivos de sobra para acelerar a aprovação da Medida Provisória 595, que muda a regulamentação do sistema portuário. Para ontem.
• O país começa, então, a pagar mais caro por não ter levado a sério a importância de ter se tornado uma potência mundial na produção de alimentos e de outras commodities. Descuidou perigosamente da modernização administrativa, da atualização tecnológica e da ampliação da capacidade operacional dos portos. Quem arriscou capital no emprego de tecnologia moderna no plantio, no trato e na colheita da plantação acabou colocando em evidência a ineficiência do Brasil defasado, modorrento, cartorial e corporativo dos portos. Maior do que a distância que separa os campos de soja do Centro-Oeste do litoral é a desanimadora diferença entre a produtividade obtida da porteira das fazendas para dentro e o imenso cipoal de obstáculos montado dali para a frente. Burocracia, impostos elevados e antiquados arranjos corporativos estão à espera da produção, prontos a encarecer seu trânsito e retirar do Brasil pedaços preciosos da sua competitividade.

• O cancelamento de uma compra de 2 milhões de toneladas de soja brasileira pela Sunrise, maior trading chinesa, na semana passada, é um aviso que não pode ser minimizado. Anunciado por especialistas e temido por empresários, principalmente por exportadores, o apagão logístico do país pode estar mais perto do que se pensa.
• Este ano, o Brasil deveria estar comemorando não apenas a colheita de mais uma safra recorde de grãos, mas também a perspectiva de importante alívio nas contas externas com a receita de exportações do agronegócio. Somente a soja tem previsão de faturar nada menos do que US$ 32,5 bilhões com exportações, superando até mesmo as vendas externas de minério de ferro, estimadas em US$ 30 bilhões.
• Mas essas metas podem estar comprometidas. Não foi sem motivo que a importadora chinesa cancelou a encomenda. Ela deveria ter recebido seis navios em fevereiro e seis em março. Mas os atrasos cada vez maiores no embarque da soja no Porto de Santos, obrigando os navios a longas e custosas esperas, tornaram o negócio desinteressante.
• Ocorre que, assim como a mineração, a produção agrícola em escala compatível com o status de competidor no mercado internacional é estruturada no tripé campo, ferrovia/rodovia e porto. No Brasil, as distâncias entre as lavouras e os portos tornam ainda mais sensível a questão da logística de transportes. O país começa, então, a pagar mais caro por não ter levado a sério a importância de ter se tornado uma potência mundial na produção de alimentos e de outras commodities. Descuidou perigosamente da modernização administrativa, da atualização tecnológica e da ampliação da capacidade operacional dos portos.
• O resultado pode ser conferido nas últimas semanas, do lado de fora do Porto de Santos, o maior do país: filas de inacreditáveis 30 quilômetros de caminhões carregados de soja, esperando há dias para descarregar a soja que dezenas de navios, às vezes mais de uma centena deles, também esperam, atracados, receber e levar a mercadoria para os importadores, que apostaram na nossa capacidade de cumprir contratos.
• Quem arriscou capital no emprego de tecnologia moderna no plantio, no trato e na colheita da plantação acabou colocando em evidência a ineficiência do Brasil defasado, modorrento, cartorial e corporativo dos portos. Maior do que a distância que separa os campos de soja do Centro-Oeste do litoral é a desanimadora diferença entre a produtividade obtida da porteira das fazendas para dentro e o imenso cipoal de obstáculos montado dali para a frente. Burocracia, impostos elevados e antiquados arranjos corporativos estão à espera da produção, prontos a encarecer seu trânsito e retirar do Brasil pedaços preciosos da sua competitividade.
• A constrangedora justificativa para o cancelamento da compra da soja brasileira pela trading chinesa pode não se propagar para outros importadores. Mas a presidente Dilma Rousseff, interessada em garantir crescimento razoável da economia, tem motivos de sobra para acelerar a aprovação da Medida Provisória 595, que muda a regulamentação do sistema portuário. Para ontem. (Correio Braziliense) 
Comentário
Em mais de 10 anos de governo, a quadrilha lulo-petista, preocupada apenas em locupletar-se, larga o País ao Deus dará. A Petrobrás, enxertada de cumpanheros e incompetentes, perde montanhas de dinheiro, seja em negociatas furadas, seja em corrupção desenfreada; a infra- estrutura de energia elétrica, sem manutenção, põe a Nação sob risco de apagões; a educação, com professores que ganham 1.000 Reais mensais, é um primor de encenação: professores fingem que ensinam, e alunos fingem que aprendem; e agora, dentre outras muitas mazelas, por conta da inércia e do despreparo dessa corja governista, que só pensa em roubar o quanto puder, os exportadores brasileiros perdem comprador importante (China), que acaba de cancelar a compra de 2 milhões de toneladas de soja, porque não há canal de exportação eficiente, visto os milhares de caminhões enfileirados nos portos, aguardando vez de despejar a soja nos porões dos navios.
• Parabéns a você, que votou em candidatos petistas. O plano de arrasar com o Brasil está dando certo. (AC) 

Fome, diversão ou ...

Dança de 1000 mãos
• Há uma dança impressionante, chamada de Guanyin de Mil Mãos, que está fazendo as rondas em toda a rede. Considerando a coordenação estreita necessário, a sua realização não é nada menos que incrível, mesmo que eles não fossem todos surdos.
• Sim, você leu corretamente. Todos os 21 dos dançarinos são completos surdos-mudos. Contando apenas com os sinais dos formadores, nos quatro cantos do palco, estes dançarinos extraordinários oferecem um espetáculo visual que é ao mesmo tempo complicado e movimentado. Sua grande estréia internacional foi em Atenas na cerimônia de encerramento da Paraolimpíada de 2004.
• Mas tem sido há muito tempo o repertório dos chineses deficientes Trupe Arte Popular Execução e têm viajado para mais de 40 países. Seu bailarino principal de 29 anos de idade, Tai Lihua, tem um BA da Fina Hubei Instituto de Artes. O vídeo foi gravado em Pequim durante o Festival da Primavera deste ano.




• Reunião do PSC pode decidir futuro de Feliciano em comissão da Câmara. Deputada cotada para substituir Marco Feliciano é acusada de compra de votos e caixa dois. Antônia Lúcia teve o mandato cassado pela Justiça do Acre, mas conseguiu liminar no TSE.

• O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) vai atingir, à zero hora da próxima sexta-feira (08), a marca de R$ 300 bilhões em tributos federais, estaduais e municipais pagos pelos brasileiros em 2013. Em 2012, o painel chegou a essa marca seis dias mais tarde, em 14 de março. Os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) semana mostram que a carga tributária sobre o Produto Interno Bruto (PIB) aumentou em 2012, apesar das desonerações fiscais. Este ano, com o maior crescimento da economia e a redução das desonerações é provável que tenhamos um novo aumento da carga (tributária), caso não haja nenhuma medida do governo para reduzir a tributação, disse, por meio de nota, o presidente da ACSP, Rogério Amato. 

Programa Minha Casa, Minha Vida é um fiasco. Casas com rachaduras, inundadas, afundando e prédios se desmantelando. A situação ocorre no Rio e em todo o Brasil.

 • Governo amplia prazo para obras da Copa. Regime especial de licitação será estendido para que Estados e municípios possam contratar, até a véspera da competição, 22 dos 53 projetos de mobilidade urbana orçados em R$ 8,9 bilhões.

• Defesa de Nicolau dos Santos Neto deve entrar com recurso hoje à tarde. O advogado Francisco de Assis Pereira, que defende o ex-presidente do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP) Nicolau dos Santos Neto, deve entrar com recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ) até as 14 horas de hoje (26), na tentativa de revogar a decisão que suspendeu a prisão domiciliar do juiz aposentado. Com a decisão, o juiz aposentado está em uma carceragem da Polícia Federal (PF) para onde foi levado às 21h20 de ontem. Segundo a PF, na cela individual existe apenas um beliche, uma mesa e um banheiro. A suspensão da prisão domiciliar foi determinada pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3). Na avaliação de Assis Pereira, a transferência de seu cliente da prisão domiciliar para a carceragem da Polícia Federal foi arbitrária. De acordo com ele, só o fato de Nicolau dos Santos Neto estar com 84 anos de idade já lhe garante o direito de cumprir a pena em liberdade.

• Taxas de juros cobradas pelos bancos sobem pelo segundo mês seguido. Calote diminui, mas o consumidor paga mais. Juros do cheque especial sobem e chegam a 138,5% em média ao ano. A taxa de juros do cheque especial para pessoas físicas voltou a subir, de acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados nesta terça-feira (26). Em fevereiro, a taxa média ficou em 138,5% ao ano, com alta de 0,5 ponto percentual em relação a janeiro.

• Agências do INSS fazem paralisação em vários Estados. Funcionários querem regulamentação da jornada de 30 horas. Várias agências do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) não abriram as portas nesta terça-feira (26) nos Estados de São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, de acordo com informações do Sindicato dos Trabalhador em Saúde e Previdência no Estado de São Paulo. No Pará, no Ceará e no Paraná, as agências tiveram um atraso na abertura das agências, e nos outros Estados, haverá mobilização dos funcionários, sem paralisação das atividades. A greve de 24 horas é um protesto dos funcionários por melhores condições de trabalho e pela regulamentação da jornada de trabalho de 30 horas para todos. 

• Ex-funcionária que acusou Lindbergh Farias diz que está com medo e vai deixar Nova Iguaçu. Ela ocupava o posto de chefe de gabinete da Secretaria de Finanças de Nova Iguaçu, entre 2005 e 2007, Elza Elena Barbosa de Araújo sentiu o peso de ser a principal testemunha de uma investigação em que o ex-prefeito e senador Lindbergh Farias (PT), segundo reportagem da revista Época, é acusado de crimes de lavagem de dinheiro, corrupção e formação de quadrilha.

• O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, negou mais prazo de recurso nos pedidos feitos por réus que foram condenados no julgamento do mensalão para ter acesso aos votos dos ministros antes da publicação da sentença pela Corte e para a extensão do prazo para recurso. Os votos proferidos quando do julgamento da Ação Penal nº 470 foram amplamente divulgados e, inclusive, transmitidos pela TV Justiça, justificou Barbosa no despacho em que negou o pedido a José Dirceu, ex-ministro-chefe da Casa Civil, condenado a dez anos e dez meses de prisão. Além disso, todos os interessados no conteúdo das sessões públicas de julgamento, em especial os réus e seus advogados, puderam assisti-las pessoalmente no plenário desta Corte, completou o ministro.

• Vigilância Ambiental faz ação de combate à dengue na zona norte do Rio. Agentes da Vigilância Ambiental fizeram hoje (26) uma ação de combate à dengue no Méier, na zona norte da cidade, devido ao alto número de casos na região. A ação teve o objetivo de eliminar os focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. A atividade, coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde, contou com o apoio da Guarda Municipal. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na semana passada, o Rio de Janeiro está em estado de alerta devido aos casos de dengue. As áreas mais atingidas são Copacabana e Rocinha, na zona sul; Irajá, na zona norte; Jacarepaguá, Realengo e Bangu, na zona oeste. A secretaria de Saúde informou que os dados devem ser atualizados ainda nesta terça-feira.

• Anvisa terá 6 meses para registrar medicamentos. Hoje, de acordo com um levantamento da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma), um remédio pode demorar até dois anos para ser avaliado pela agência e receber permissão para ser vendido no País. A partir de agora, com a adoção de medidas anunciadas pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, esse prazo será de até seis meses. O anúncio do encontro de Padilha com empresários do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), em São Paulo, acrescenta ser possível com a adoção de algumas medidas, dentre elas a criação de uma fila especial para medicamentos que são produtos de inovação tecnológica ou de interesse pelo SUS. É o caso dos remédios para câncer, hipertensão e diabete.


• Brasil e China fecham acordo de R$ 60 bi. Dinheiro vai garantir transações em reais e yuans, a moeda chinesa, em caso de instabilidade do dólar, moeda no qual é feito o comércio bilateral. Coreia do Norte ameaça atacar os EUA e ilhas norte-americanas e Pyongyang põe mísseis em posição.

• Chanceler italiano renuncia após polêmica com Índia. O ministro das Relações Exteriores da Itália, Giulio Terzi, renunciou nesta terça-feira após uma decisão do governo de seu país de extraditar à Índia dois oficiais da Marinha italiana acusados de matar pescadores indianos. Os militares foram enviados à capital da Índia, Nova Déli, onde aguardam julgamento.

• O papa Francisco lavará os pés de 12 jovens de diversas nacionalidades e religiões durante a missa que celebrará na próxima Quinta-Feira Santa na prisão para menores infratores Casal del Marmo, em Roma. Em um comunicado, o Vaticano informou que serão escolhidos jovens de nacionalidades e confissões religiosas diversas para receber a lavagem de pés do Pontífice. A missa ocorrerá no Instituto Penal para Menores Casal del Marmo, em Roma, às 17h30 locais (13h30 no horário de Brasília). O local abriga 46 menores, sendo 35 meninos e 11 meninas. Dos 46 detidos, apenas oito são italianos e a maioria é originária de países do norte da África. Será uma cerimônia extremamente simples, por vontade do Santo Padre, disse a nota do Vaticano. 

• Atentado suicida com carro-bomba ocorreu hoje Roukneddine, bairro do norte de Damasco, deixando vítimas, afirmou a agência oficial síria Sana. Um terrorista detonou uma van-bomba no bairro, deixando mortos e feridos. A televisão oficial indicou que o atentado tinha sido praticado perto de um centro de armazenamento de provisões do Exército. De acordo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), militares estão entre as vítimas.

• Itália julgará novamente americana Amanda Knox. A Suprema Corte da Itália decidiu que a americana e seu ex-namorado, o italiano Raffaele Sollecito, deverão ser novamente julgados, sob acusação de envolvimento no assassinato da britânica Meredith Kercher.

• Bilionário russo Berezovsky provavelmente morreu enforcado, diz polícia. A polícia britânica disse nesta terça-feira que a morte do magnata russo Boris Berezovsky foi consistente com enforcamento. O bilionário de 67 anos, que já esteve envolvido em negócios polêmicos e era um dos principais críticos do presidente Vladimir Putin, na Rússia, foi encontrado morto no banheiro de sua casa em Berkshire, nos arredores de Londres. A polícia disse que não haiva indicações de confronto no local, também não confirmou a hipótese de suicídio. Os resultados dos testes toxicológicos devem sair nas próximas semanas.

• Líquido amniótico pode ajudar a curar mal em prematuros. Experimentos em animais mostram que células-tronco presentes em substância combatem inflamação no intestino de recém nascidos.

• Oposição ocupa assento da Síria na Liga Árabe. A Coalizão Nacional, que reúne a oposição síria, ocupou o assento do país na Liga Arabe, durante encontro da organização no Catar. A delegação, liderada por Ahmed Moaz al-Khatib, que há dias renunciou ao cargo, foi aplaudida. O regime de Assad criticou a decisão, dizendo que o assento foi dado a bandidos. A Liga Árabe havia suspendido a participação do regime de Bashar al Assad como representante da Síria em novembro de 2011. O Catar é um dos países que defende a entrega de armas aos rebeldes. A guerra civil que dura dois anos já deixou mais de 70 mil mortos.

• Mineiro chileno preso a 300 m se comunica com sons. Drama ocorre em mesma região no Chile onde 33 mineiros foram salvos após 69 dias sob a terra.

• Desmoronamento deixa 17 pessoas presas em mina na Polônia. 


Bom mesmo é ir à luta com definição, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia. Pois o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito para ser insignificante. (Charles Chaplin)

Nenhum comentário: