15 de mar de 2013

Apesar, ainda existe fé em alguém...

 photo _aapapa15_zps6a52fc1b.jpg
• Mudar para consertar ou atender? Dilma seleciona reféns políticos, não ministros. Dilma oficializa troca na Agricultura, no Trabalho e na Aviação Civil.

• Agricultores reclamam que água do Canal do Sertão não chegará em suas propriedades. Promessa não é cumprida e grupo diz que continua sofrendo com seca e falta de recursos. A promessa de levar água e desenvolvimento para o Sertão do estado é questionada por um grupo de agricultores da região de Delmiro Gouveia e Água Branca. O Rio São Francisco passa a poucos quilômetros.

 Em assalto ousado, bandidos levam R$ 1 mihão de assessores de Dilma. Supremo considera inconstitucional o calote e parcelamento no pagamento de precatórios. O Supremo Tribunal Federal voltou ontem a meter o dedo em dos mais graves tumores que infestam a segurança do Direito em Federação de mentirinha: o calote oficial nos precatórios contra os cidadãos-eleitores-contribuintes. O STF decidiu que é inconstitucional o criminoso atraso ou o parcelamento no pagamento de dívidas reconhecidas judicialmente pelos Estados, municípios (e, também, pela União Federal). Leia mais.

• Para Gerdau, burrice de criar mais ministérios está no limite. O empresário Jorge Gerdau acha que o Brasil precisa trabalhar com meia dúzia de ministérios ou coisa desse tipo e não com as 39 pastas existentes na administração da presidente Dilma Rousseff. Esse inchaço se dá por contingências políticas, mas tudo tem o seu limite, diz o presidente da Câmara de Políticas de Gestão da Presidência da República. Em entrevista ao Poder e Política, projeto da Folha e do UOL, na última terça-feira, ele completou: Quando a burrice, ou a loucura, ou a irresponsabilidade vai muito longe, de repente, sai um saneamento. Nós provavelmente estamos no limite desse período....

• RJ e ES recorrem ao STF contra nova lei dos royalties.

• STF pode decidir sobre ações dos royalties em até 24 horas, diz ministro Fux.

• Anatel propõe ranking de operadoras que mais respeitam consumidor. Na próxima segunda-feira, 18/3, terá início a consulta pública sobre um novo regulamento que trata de direitos dos consumidores de serviços de telecomunicações – especialmente nas questões de atendimento, cobrança e oferta.

• Mesmo condenado pelo assassinato, Mizael Bispo da Silva, policial militar reformado e advogado, tem direito a cumprir pena de 20 anos no presídio militar Romão Gomes. O julgamento do caso Mércia Nakashima, ex-namorada e também advogada, morta em 23 de maio de 2010. O local, onde Mizael já está detido há mais de um ano, acolhe não só policiais militares na ativa, mas também os que se aposentaram ou mesmo que foram expulsos da corporação. O local possui condições melhores às verificadas em presídios comuns, além de contar com oficina de churrasqueiras e criadouro de coelhos.

• Família de Herzog recebe novo atestado de óbito que derruba tese de suicídio

• Volume de água nas Cataratas do Iguaçu (PR) fica quatro vezes acima do normal.

• Anatel fará consulta sobre novas regras de atendimento e cobrança.

• Concurso de empregos na Bahia obriga governador suspender exames ginecológicos. 

• BNDES poderá apoiar 4ª etapa de despoluição do Tietê e também destinará R$ 40 bilhões a projetos em SP em 2013, diz Coutinho.
 photo _ahabemospapa_zpsa6f8a323.jpg 

 • Vaticano defende papa de acusações de omissão durante ditadura na Argentina. Papa Francisco pede que cardeais não cedam à amargura oferecida pelo diabo. Biógrafa do papa fala sobre bom humor e saúde do pontífice. Autora comenta humildade e sofrimento de Bergoglio, amante de tango e futebol. Vaticano defende papa de acusações de omissão durante ditadura na Argentina. Papa é homem sem eufemismos, diz amigo rabino. Papa inspira leva de piadas entre brasileiros e argentinos. Futebol, churrasco e suposta fama de arrogantes de argentinos são alvos de comentários bem-humorados. Manifestações de apoio e repúdio a papa Francisco dividem argentinos Entenda acusações contra atuação do papa na ditadura argentina: As acusações de que Jorge Mario Bergoglio teria sido omisso ou até cúmplice da repressão da última ditadura argentina (1976-1983) estão entre os motivos pelos quais o novo papa não é unanimidade em seu país. Tais acusações são feitas por alguns jornalistas e integrantes de grupos de defesa dos direitos humanos, como as Mães da Praça de Maio e o Centro de Estudos Legais e Sociais. Mas nenhuma acusação formal foi aberta contra Bergoglio na Justiça argentina e o novo pontífice defende-se das denúncias mencionando casos em que teria ajudado perseguidos políticos. Bergoglio estava à frente da Ordem Jesuíta quando os militares tomaram o poder na Argentina e seu nome é associado a pelo menos dois episódios obscuros desse período. Papa vai a hospital visitar cardeal argentino que sofreu infarto. San Lorenzo cogita criar camisa com imagem do papa Francisco. 


• Tratamento precoce do HIV cura até 15%, diz pesquisa. Pacientes estudados na França continuaram com o HIV, mas sob controle e sem precisar de mais remédios. Pesquisadores da França afirmaram que o tratamento rápido logo depois da infecção pelo HIV pode ser suficiente para causar, em até 15% dos pacientes, uma cura funcional – quando o vírus, apesar de não desaparecer do organismo, entra em remissão e o paciente não precisa mais de remédios. Os cientistas do Instituto Pasteur, em Paris, analisaram os casos de 14 pessoas que receberam o tratamento precoce e depois pararam com a terapia. O vírus da Aids, nestas pessoas, não deu sinais de voltar a se proliferar. 

Momentos relacionados com a escolha do novo Papa
 photo _apapafrancisco_zpse679db20.jpg • Conheça Francisco, o papa argentino. Novo líder dos católicos é contra o casamento gay e já entrou em confronto com Cristina Kirchner; confira perfil do primeiro latino- americano e primeiro jesuíta a assumir o cargo. 
• Vimos o número 13 em diversos momentos relacionados com a escolha do novo Papa, sendo: 
• Escolhido 13 dias após a renúncia oficial de Bento XVI 
• Eleito no dia 13/03/2013 (1+3+0+3+2+0+1+3 = 13
• Existem 13 letras em Papa argentino 
Papa Francisco tem 13 letras 
• O Papa tem 76 anos (7+6= 13
• A fumaça branca apareceu às 7 e 6 da noite em Roma (7+6 = 13
• O mundo conheceu o Papa 67 minutos depois de sua escolha (6+7= 13
• A Igreja existe há 13 séculos 
• É o primeiro Papa latino-americano em 1300 anos 
• Primeiro Papa a escolher um nome nunca usado em 1300 anos
• Primeiro jesuíta a assumir o Trono de Pedro em 1300 anos 

A escolha de Francisco
 photo _asfcoassis_zpse1bff127.jpg • A escolha do papa Jorge Bergoglio pelo nome Francisco pode trazer consigo uma simbologia mais rica do que se supunha.
• A referência óbvia é São Francisco de Assis, o santo que viveu no final do século 11, início do século 12, que criou a ordem dos franciscanos, que levava e pregava uma vida despojada e dedicada à fé cristã, que conversava com animais e é santo padroeiro da Itália.
• Ainda há outros Franciscos proeminentes na Igreja, como São Francisco Xavier, o Apóstolo do Oriente, co-fundador da Companhia de Jesus, jesuíta, como o novo papa, e super-missionário espanhol que nos anos 1500 ajudou a levar o cristianismo à Ásia.
• Mas, o porta-voz do Vaticano Federico Lombardi confirmou que a escolha seria uma reverência ao de Assis, e muitos se apressaram em interpretá-la como um sinal de que o pontificado de Bergoglio seria guiado pela vocação evangelizadora, pela modéstia e uma visão da igreja mais próxima do povo. 
Humildade
• O nome simboliza miséria, humildade, simplicidade e reconstruir a Igreja Católica, disse o vaticanista John Allen, da CNN e do portal National Catholic, ou a busca por justiça social e uma nova evangelização, como disse ao site All Things Considered, outro especialista americano, Chad Pecknold, professor de teologia da Universidade Católica da América.
• A opção foi vista por analistas como um gesto de aproximação de Bergoglio, o primeiro jesuíta a se tornar papa, na direção da Ordem dos Franciscanos, que no passado foram rivais dos jesuítas.
• Nesse caso, seria um sinal de apelo à união, uma mensagem apropriada após um conclave que foi apresentado ao mundo, principalmente pelos jornais italianos, como uma suposta disputa de poder entre duas facções do Vaticano, uma pró-reforma, outra representando o status quo da Cúria Romana, a máquina administrativa da Igreja.
• Todas essas interpretações podem ser ligadas de alguma forma à vida do santo italiano, talvez o mais famoso de todos, com uma vida repleta de eventos e que rivaliza - pelo menos em boas histórias - com a de Jesus Cristo. 
Vida despojada
• Nascido Francesco di Pietro di Bernardone em 1181 ou 1182, filho de um rico comerciante de roupas da cidade de Assisi, na Umbria, ele resolveu se destituir de suas posses e levar, literalmente, uma vida de pobre, após, aos 22 anos, ter tido uma visão, depois de lutar em guerras como soldado por alguns anos.
• Depois de viver com mendigos em Roma, Francesco voltou a Assisi para uma vida dedicada à pregação cristã nas ruas. Nesse período ele teria tido outra visão de Jesus Cristo, que o levou a se dedicar a reconstruir várias igrejas locais. Sua fama e o número de seguidores cresceram, até sua ordem ser reconhecida pelo papa. Francesco também fundou uma ordem para mulheres.
• Durante as Cruzadas, ele viajou ao Oriente para tentar converter o sultão do Egito, o que não deu certo. Ele voltou à Assisi, onde continuou pregando, até a morte, em 1226, dois anos depois de ter recebido os sinais da stigmata - os ferimentos de Cristo na cruz. Dois anos depois de sua morte, ele foi canonizado, e vários episódios sobre sua vida ganharam espaço privilegiado nas escolas católicas, como as que contam que ele conversava com pássaros e outros animais.  
• O que poucos sabem é que ele gostava de cantar, e seus versos - escritos em dialeto popular e não em latim - são respeitados nos círculos literários.
• A imagem de trovador de Deus não é falsa, diz o historiador frei dominicano Augustine Thompson ao site da organização católica americana Our Sunday Visitor (OSV). Thompson lançou uma biografia, Francis of Assisi (pela Cornell University Press), baseada em extensas pesquisas dos primeiros documentos da Idade Média a falarem sobre o santo, inclusive os textos escritos pelo próprio sujeito do estudo.
Atormentado 
Thompson decobriu um católico devoto, uma pessoa muito mais complexa do que se supunha, atormentada por demônios interiores e sobrecarregada pelos desafios de governar um movimento religioso

 photo 

_aaviladeassisiumbriitalia_zpsbcbdd955.jpg 
A vila de Assisi, na Umbria, Itália

Francisco atravessava noites sombrias da alma quando se sentia inadequado, disse Thompson ao OSV. (Ele) não é o santo cercado de pássaros, não é alguém que nunca descobriu estar errado sobre alguma coisa ou que nunca duvidou de si mesmo
Ele tinha uma psique frágil, carregava consigo vários demônios...Ele lutou com os horrores de batalhas que testemunhou. Não gosto de usar psicologia em alguém que viveu há 800 anos, mas ele era claramente traumatizado pelo tempo em que foi militar
Mas, era também um santo que adorava cantar em francês ruim e tocar seu violino imaginário, disse Tompson. 
• Como se vê, esse Francisco, reconstrutor de igrejas, pacificador, de índole evangelizadora, amigo da natureza, do meio ambiente, das mulheres e dos pobres, a personificação da fé - mas também o poeta do povo, traumatizado pelos horrores da guerra, que gosta de cantar - parece mesmo ser um bom nome para um papa que busca inspirar fiéis e não fiéis. 
• Tão bom que se pergunta por que não foi usado antes. (Thomas Pappon) 

Uma bela história com um final feliz! 
 • Em certo dia, nas águas geladas da cidade de Wishfalk, sul de Nova Zelândia.... 
 photo _afinalfeliz_zps0da0a4a5.jpg 

• Corpo de Chávez chega a local onde será enterrado. O cortejo fúnebre que levava os restos mortais do ex-presidente de Venezuela, Hugo Chávez, morto 10 dias atrás em decorrência de um câncer, chegou ao Quartel da Montanha, local onde ele permanecerá enterrado temporariamente. O local foi usado pelo líder como base durante o fracassado golpe militar de 1992 e até hoje é uma área conhecida como sede dos chavistas. O cortejo teve uma duração de quase duas horas e foi acompanhado por milhares de pessoas. Obrigada comandante por nos devolver a pátria, disse filha de Chávez. A segunda filha do presidente Hugo Chávez, María Gabriela, leu nesta sexta-feira uma mensagem durante a cerimônia em que o governo e o alto comando militar homenagearam o dirigente na Academia Militar, antes que os restos mortais fossem levados a um antigo quartel.  

• Petróleo em NY encerra no nível mais alto em 3 semanas.

• Ataques no Iraque deixam pelo menos 16 mortos, entre eles 8 soldados.

• Homem morre após contrair raiva de rim transplantado. Um homem no Estado americano de Maryland morreu de raiva ao receber de um doador um rim infectado com a doença havia mais de um ano. De acordo com autoridades de saúde locais, a morte fez com que outros três pacientes que receberam órgãos do mesmo doador tivessem de ser tratados. O Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) diz que os médicos não suspeitaram que raiva fosse a causa da morte do doador dos órgãos e não fizeram o exame para detectar a doença. O doador morreu em 2011, na Flórida, após contrair raiva de um texugo. Ele havia se mudado da Carolina do Norte pouco antes. Os pacientes que receberam o coração, o fígado e o outro rim do doador estão recebendo vacina anti-rábica, de acordo com um comunicado do CDC, divulgado nessa sexta-feira. Eles vivem nos Estados do Illinois, Geórgia e Flórida.

• Turismo será um dos motores do futuro econômico das Malvinas. Pensamento do dia!

• Para um praticante espiritual, os inimigos têm um papel crucial. 
• No meu entender, a compaixão é a essência de uma vida espiritual. Afim de ser plenamente recompensado pela prática do amor e da compaixão, o treinamento da paciência e da tolerância é indispensável. 
• Não há coragem alguma que se assemelhe à da paciência, como também não há desconforto pior que o da raiva. 
• Em consequência, nossos esforços devem ser todos empenhados não para morrer de raiva contra nosso inimigo, mas para revigorar nossa prática da paciência e da tolerância. (Dalai Lama)

Nenhum comentário: