23 de fev de 2013

Sempre existirão os por ques! Ajude a mudar!

 photo _yoanich__zps99b8ce4a.jpg
• Sobre Yoani Sánchez: Chega de palhaçadas e de teorias conspiratórias de idiotas sobre agente da CIA, diz Paulo Coelho.
• Mega-Sena pode pagar prêmio de 3 milhões neste sábado.
• Metrô-Rio: estações fechadas pegam usuários de surpresa. No primeiro dia de interdições, funcionários orientam passageiros.
• A cegueira da Justiça! Tirem-lhe a venda! Condenado a 33 anos e 9 meses, Gil Rugai volta para casa. Réu vai recorrer da decisão, e aguarda em liberdade.
• Conta corrente do País com o exterior tem o maior déficit da história em janeiro. Saldo negativo ficou em US$ 11,4 bilhões; piora é resultado de um saldo negativo maior na balança comercial e aumento das remessas.
...O Brasil assistiu ontem a mais um triste exemplo de que nosso modelo de Justiça precisa mudar urgentemente, ou vamos consolidar o regime de barbarie e do vale tudo. Mais uma vez, um réu em um crime de grande repercussão é condenado a uma pena alta (33 anos e 9 meses de prisão), mas poderá recorrer da sentença em liberdade.... (Jorge Serrão)
 "A ação dos fascistas petistas contra Yoani Sanchéz confirmou a previsão do ex-seminarista Gilberto Carvalho, secretário-geral da Presidência da República. Em dezembro, disse que em 2013 o bicho vai pegar. Pelo que assistimos, o bicho já pegou. (Marco Villa)
• Prefeitura de Cubatão decreta estado de emergência após deslizamentos. Após deslizamento, Imigrantes é interditada por tempo indeterminado. Trecho da rodovia no sentido São Paulo está fechado há mais de 12 horas; 24 carros foram atingidos e uma pessoa morreu; motorista deve evitar região. Estado pode punir concessionária. Chuva provoca duas mortes e deixa 116 desalojados no litoral de SP.
• Deputado questiona compra de refinaria de petróleo em Pasadena, nos EUA, pela Petrobras, em 2006. O parlamentar classificou a compra como prejudicial aos cofres da estatal, já que o negócio fechado pelo Brasil pagou 28 vezes a mais o valor inicial da empresa, que era de US$ 42,5 milhões. Segundo o deputado, ele chegou a questionar o negócio junto ao Ministério de Minas e Energia, porém, recebeu respostas sigilosas. Requerimento à Mesa da Câmara pede esclarecimentos do Ministro.
• O senador Fernando Collor propôs sexta-feira (22) que o STF passe a ter 15 ministros e que cada um tenha um mandato de 15 anos. Atualmente o STF conta com 11 ministros e um indicado precisa ter ao menos 35 anos para assumir o cargo. Mas a idade mínima pode passar a ser 45 anos. Outra mudança sugerida prevê que a aposentadoria dos magistrados, com proventos integrais, será voluntária aos 70, e compulsória aos 75 anos de idade, ou, no caso de ministro do STF, ao final do mandato.


América Latina deve estimular imigração. Presidente do BID, Luis Alberto Moreno, diz que facilitar a entrada de trabalhadores qualificados é oportunidade para ganhar conhecimento. Justiça facilita obtenção de visto de trabalho para estrangeiros. Especialistas defendem criação de agência de imigração no Brasil. Brasil estuda estímulo à imigração de mão de obra qualificada.
• Computadores da Microsoft são infectados em ataque de hackers.
• Dois corintianos são indiciados como responsáveis por disparo e ato premeditado que matou torcedor boliviano.
• Coreia do Norte ameaça EUA às vésperas de exercícios de guerra.
• Milicianos árabes matam mais de 50 pessoas em Darfur.
• Centenas de opositores protestam em Túnis.
• França deve focar em cortes de gastos em 2014, diz Hollande.
• Itália vai às urnas em clima de incerteza, ingovernabilidade e exorta população a votar em eleição crítica para zona do euro. Itália quer Berlusconi de volta? Ex-premiê envolvido em escândalos sobe nas pesquisas.
• Governo diz que Chávez continua no comando do país e desmente boatos. Chávez respira com auxílio, mas já fez reunião por cinco horas com ministros, diz vice.
• Igreja Católica critica pressões midiáticas antes do conclave. Vaticano rebate com força boatos sobre corrupção, sexo e pede fim às fofocas sobre a renúncia do papa. Bento 16 revelará descobertas do caso VatiLeaks aos cardeais.
• Na Nigéria, Dilma negocia parcerias na área de energia.
• Genro do rei da Espanha depõe em caso de corrupção.
• Obama pede à Suprema Corte que abra caminho ao casamento gay. 

Entrevista - Sandra Starling
 photo _asandrastarling_zps61508d89.jpg
• Ex-militante do PT diz que o ex-governador Aécio Neves se cala em questões importantes, como a eleição de Renan Calheiros, critica Dilma Rousseff, não poupa seu antigo partido e elogia Fernando Henrique.
• Uma característica marcante, e por que não dizer temida, é sua liberdade de expressão. Sandra Starling, com unhas e dentes, com alma e coração, agarrou-se à essência do PT, partido do qual foi fundadora, em 1980. Naquela década, era muito difícil dissociar PT e Sandra Starling. E vice-versa. Ela ganhou ao longo dos anos notabilidade e credibilidade junto aos movimentos sociais. Candidatou-se a governadora de Minas e passou pela Câmara dos Deputados, cravando na sua história um posicionamento de inquietude. Trinta anos se passaram e o PT já não era mais o mesmo, sem o modelo democrático interno responsável pelo encantamento de Sandra. Após 30 anos de militância, a perda da essência ideológica do PT fez com que ela deixasse a sigla, em 2010. Aos 69 anos, entretanto, sua alma continua leve, com a liberdade de posicionar-se sem medo e hesitação. Referência para petistas e outros políticos, a advogada vive afastada de atividades políticas, mas não se cala. Nesta entrevista, ela conta da sua admiração por Fernando Henrique, antigo alvo de duros ataques, e não poupa críticas ao PT, seu antigo ninho.
Apesar da crescente participação das mulheres na sociedade e principalmente no mercado de trabalho, a política parece viver momento contrário a essa tendência. Qual é a sua avaliação a respeito? 
Confesso que não tenho feito estudos sistemáticos com relação a essa questão, como fazia antigamente. Minha avaliação é de outras épocas, quando estudei mais a fundo. O movimento das mulheres, ou feminista, como se queira chamar, é muito ligado a outros movimentos. Quando a sociedade está participando mais, as mulheres também vão nesse impulso. Funda-se uma multidão de partidos, mas a participação é cada vez menor. Preste atenção em uma coisa: você não vê mais debates verdadeiros. Aquela pantomima na televisão, porque chamar aquilo de debate pra mim é até brincadeira. Parece que as pessoas estão cansadas de tentar encontrar um campo para atuar. Por outro lado um saldo extremamente negativo do governo Lula foi cooptação dos movimentos sociais, já confirmada por estatísticas ou pessoas que têm estudado esse fenômeno, no caso, por exemplo, do André Singer, antigo porta-voz do governo Lula, alguém acima de qualquer suspeita. Até o MST está passando por crise grande.
A UNE?
Tudo isso virou chapa branca. O que não é, não sobrevive. E o movimento de mulheres, seguindo essa tendência, refluiu. Não tenho dúvida. O fato de se ter uma mulher na Presidência não é garantia de que se tenha maior participação delas. Contar com o número de ministras para dizer: agora temos maior participação é uma maneira infantil de querer medir algo tão importante. 
Por que infantil?
Porque eu acho ridículo falar que, como você tem tantas mulheres (em ministérios), ocorre que então estão participando mais? Não.
Por que a escolha de ministras é imposta e não democrática?
A presidente escolhe quem ela quer, segundo seus critérios. A participação, pra mim, é um coletivo de pessoas podendo exigir estar presente em determinada arena. Isso é completamente diferente de você receber, em casa, um telefonema. Isso não tem significado. 
O que poderia ser feito? 
Sempre fui otimista, mas sigo a história. O otimismo advém da força que eu reconheço na história, não na vontade das pessoas. Há momentos em que o mar não está para peixe. 
São cíclicos os momentos de os movimentos sociais atuarem? 
Eu acho que agora não é o momento. Vá a qualquer lugar e veja se tem algum movimento. Veja as reuniões do Fórum Social Mundial, por exemplo, que ocorrem em Belo Horizonte. Sei que bravos homens e mulheres continuam persistentemente enviando convites, fazendo propostas e aparece meia dúzia. Um assunto que poderia mover multidões, como foi o julgamento do mensalão, não reuniu ninguém na rua. 
Como está seu envolvimento com o projeto da Marina Silva? A senhora pretende se filiar ao novo partido?
Vou me reunir com um colaborador para entender um pouco onde ela quer chegar, que proposta é essa. Podemos dizer que a senhora está avaliando a filiação? Sim. Vou conhecer melhor o partido e a proposta da Marina. Fiquei entusiasmada lendo os jornais, com a petição na internet, pedindo o impeachment de Renan Calheiros. O povo brasileiro não está inerte. As candidaturas hoje são uma sandice geral, da Dilma, do Lula. O Eduardo Campos é um caudilho e o Aécio não sabe a que veio. Não posso ficar sentada no meu canto. Tenho certa experiência e quero colaborar. E se for o caso, vou me filiar e me colocar à disposição. Estou pronta para qualquer coisa. Tenho 69 anos e estou disposta a não ficar sentada esperando a morte chegar. Meus netos e os filhos daqueles que não são meus filhos merecem que todas as pessoas se movam.
Para dar base a Marina em Minas, colocaria seu nome à disposição da disputa majoritária no estado?
Eu não sei. Por enquanto continuo sendo candidata a avó e estou sendo uma bela avó, viu? Pergunte aos meus cinco netos. 
A senhora tem saudade das atividades políticas e pensa em retornar?
E como. Ora se tenho. E muita. 
Pensa em voltar à ativa? 
A vontade é perene. Eu sou um ser humano. Aristóteles, há séculos, dizia: o homem é um animal político. Eu penso politicamente e em política 25, 26 horas por dia. Essa é a minha vida. Agora, ir para bater palma para Renan, Henrique Alves, Dilma Rousseff...
A senhora é admirada por políticos da base e da oposição do governo federal. Já houve convites de outros partidos?
Não. Meu apelido era dona onça. Eu acho que as pessoas não têm muita coragem de me fazer convites. 
Mas a Marina fez?
É. A Marina sempre esteve mais perto de mim. Suponho que as pessoas saibam como eu penso. Acompanham-me pelo jornal onde escrevo e sabem que dificilmente embarcaria em uma aventura. Tenho aproveitado o ensejo, não são apenas pessoas de outros partidos que me admiram. Tenho admirado muito o Fernando Henrique. E olha que eu o combati muito quando presidente da República. Eu era líder na Câmara quando ele inventou essa malfadada reeleição, e o combati com todas as forças que tinha, mas tenho ficado especialmente curiosa e interessada em ideias que me parecem muito sábias. 
Ele ficou mais maduro depois que deixou a Presidência?
Acho que deu nele um negócio esquisito, uma sabedoria, que não sei se é preciso a gente fazer 80 e tantos anos para adquirir, mas o fato é que tem escrito coisas interessantes. Mal o lia, torcia o nariz. Hoje, eu e meu marido passamos a ter o costume de ler. A placidez da velhice fez muito bem ao Fernando Henrique.
Há algum posicionamento dele, específico, que a senhora se lembra?
Gosto muito dele, por exemplo, enfrentando com a garra a questão da maconha. Acho incrível que uma pessoa da idade dele pare e pense em assunto que incomoda, cutuca ou mobiliza muitos jovens. Acredito que a sociedade não pode fechar os olhos. Tem que entrar de cabeça e pensar alternativas.
O Fernando Henrique, no caso, defende a liberação da maconha.
Ele luta para que isso ocorra. De tudo que eu sei, a maconha não cria nenhum monstro. Eu me lembro demais das coisas do Fernando Gabeira, do tempo em que era meu vizinho na Câmara dos Deputados, que sempre falou comigo. Eu diria que sim, sou a favor. Não tenho nada contra. Acredito que o Fernando Henrique, também na questão da política econômica, as análises dele... Eu estou achando a política econômica da Dilma maluca. 
Eu gostaria mesmo perguntar sobre a política econômica da Dilma. Como analisa?
Publiquei artigo em que disse tudo que vou dizer agora, nas entrelinhas. Ela esta arrebentando a Petrobras, que é um patrimônio de todos nós. Veja se é possível casar as seguintes orientações: subsidiar gasolina. A Petrobras não pode subsidiar gasolina mais cara. Acabar com a produção do etanol, que todos no mundo babavam com a produção brasileira e, ao mesmo tempo, através do crédito e do subsídio, estimular a compra de motos e automóveis. A mulher pirou. Está quebrando a Petrobras. A Graça Foster não tem como fazer nenhum milagre. O Tesouro tem injetado dinheiro no BNDES igual um louco. Você não vê resultado. 
Sobre o PT em 2012... 
O PT começou a se suicidar em 2010 e terminou em 2012.
O PT era aliado de Marcio Lacerda e depois lançou candidato próprio, Patrus Ananias. Foi tardia a reação?
Claro. Ninguém tira assim do bolso do colete. Primeiro ficou naquele é, não é. Metade é, metade não é. Isso não existe. Em política, como na gravidez, não tem metade. Cada ala do partido dizia uma coisa. Aí lançam um candidato a vice. Se você não agrada dele, problema seu. Mas estava lançado.
No caso, o deputado federal Miguel Corrêa.
Isso. O Miguel estava lançado candidato a vice. Estava feita a chapa. Aí não é mais, aí vem o Patrus. Quem naquela altura havia esquecido a ridícula foto do Patrus, de bonezinho, acompanhando Hélio Costa? Tenha santa paciência. E ele vem ainda com o slogan, como se fosse antigamente, de pessoa que faz, que acredita, que confia. Pelo amor de Deus. Então eu diria que começou a cortar os pulsos em 2010 e acabou de abrir as veias em 2012. Aí não tem santo que salve.
O chamado aecismo e o seu correspondente lulismo podem ser interpretados com sinais de que a vaidade prevaleceu e está engolindo partidos políticos?
O Aécio não é líder nem dele. Você o viu em recentes acontecimentos? Pense em todos. Pense na eleição do Renan, do Henrique Alves, na Dilma com os vetos. Onde se viu o Aécio se manifestar? Nunca vi líder calado. 
Então ele está se movimentando mal no xadrez político?
Ele não se movimenta, ele não é. 
Não entra em bola dividida?
Nem sem divisão. A bola dele, vai ver é em Ipanema. Em Minas não é, e em Brasília também não. Ele joga com a bola na praia de Ipanema.
E o lulismo?
O lulismo existe, sempre foi um ponto de conflito dentro do PT, porque umas pessoas eram petistas e outras mais lulistas que petistas. Eu, por exemplo, sempre pertenci ao PT. O lulismo atrapalhou muito o PT. Agora, no PSDB mineiro, eu não vejo aecismo nenhum. Eu vejo uma negação de tudo. Não aparece nada.
A chance do Aécio, então, diante da Dilma...
Eu acho que ele não tem. 
Você acha que ele vai se candidatar?
É o que dizem. Se candidatar, vai ter que sair contando para os outros quem é ele. 
E o governador Eduardo Campos?
Aí já é outro. Ele tem muito mais peso. O Eduardo Campos, em que pese ser do Nordeste, você há de convir que tem muito mais presença. Toda madrugada chega em Brasília. Nunca vi madrugar tanto para fazer café com correligionários. O homem é torpedo. Hoje ele está com uma vasta agenda que começa em Porto Alegre, vai do Oiapoque ao Chuí. Segundo li, ele vai se colocar como anti-Dilma, fazendo críticas ao modelo econômico-social e político dela, e mostrando a que veio. Se ele faz um movimento de quem está se colocando na arena, aonde você viu que o Aécio foi? Nem ao Sambódromo.
A senhora falou sobre a questão econômica. E politicamente? O Henrique Alves se posiciona para um embate com o governo, envolvendo a questão das emendas parlamentares, para que o Legislativo não seja tão refém do Executivo, dentro do processo de barganha. Como a senhora compara politicamente Lula e Dilma? As práticas são as mesmas?
Não tem nem semelhança. Vou me reportar à última vez em que fiz uma reunião dentro do PT, convidada pela futura candidata, que viria a ser, Dilma, com Temer, que foi até em Contagem. E eu já dizia lá nessa época que não ia dar certo. Primeiro, porque ela já era por todos conhecida como uma anta, pessoa que não tem diálogo com ninguém. Ela manda, grita, esbraveja, pensa que todo mundo é cachorro. (Denise Motta)

• PS: Ex-empregada da Petrobrás, admitida na REGAP. Na Revolução foi demitida, sendo anistiada em 1985.

A cadeia 5 estrelas do PT
• Essa ideia de jerico só podia ter vindo de político petralha. Esse eremildo, versão petista do idiota d'O Globo, é aquele que brigou com o próprio partido (PT), por causa da aliança da quadrilha petista com Sarney. O abestado, que se finge de cego e surdo, foi pedir moralidade em casa de delinquentes. Agora, já desconfiado de que vai acabar (Quem dera!) esse bordel em que o País foi transformado pelo PT (deve ter tido algum pesadelo), está tratando de preparar a própria cama. O idiota não sabe que, se o milagre da revolução acontecer, a primeira mordomia que será extinta é justamente essa que ele quer criar. (Net7Mares)
 photo _adomingosdutra_zpsedd492ea.jpg
• Projeto do deputado Domingos Dutra (PT-MA) - Guarde bem este nome - institui o Estatuto Penitenciário Nacional e cria a cadeia cinco estrelas. Se aprovado, os presos terão direito a banho quente em locais frios, cela com calefação, academia de ginástica, material de higiene pessoal como desodorante, xampu, condicionador, hidratante de pele e até camisinha. O projeto do deputado também prevê médico residindo no presídio ou próximo. Entre os 119 artigos, chama a atenção o que mantém direitos políticos dos presos e acesso a jornais, rádio, e TV a cabo. O deputado também sugere a criação dia do encarcerado, 25 de junho. Se fosse aplicado hoje, nenhuma cadeia brasileira se enquadraria na lei.
• Ouça detalhes dessa maluquice no discurso denunciador do Deputado Jair Bolsonaro.


Exemplos de dignidade
• Morador de rua devolve anel de diamante e recebe R$ 169 mil em doações.
 photo _BillyRayHarris_zps6a70d94b.jpeg• Mulher deixou o anel cair em copo do mendigo por acidente.  
• Billy Ray Harris, de Missouri, devolveu anel de diamante Honestidade realmente foi a melhor política para um morador de rua. Billy Ray Harris, de Missouri, nos Estados Unidos, chamou atenção ao devolver um anel de diamante que caiu em seu copo por acidente. As informação são do Huffington Post.
• A história rapidamente se espalhou e Sarah Darling, a dona do anel, criou um fundo de arrecadação para Harris junto com o marido para agradecer a atitude. Eles coletaram mais de 86 mil dólares (cerca de R$ 169 mil) desde 14 de fevereiro. Eles darão pessoalmente os recursos para Harris.
• Volanda Shields conta que fez uma doação no valor de 1.000 dólares (R$ 1.969,90) porque se emocionou ao ver a notícia. E deixou um recado para Harris: Eu não tenho certeza de como você acabou nesta situação, mas depois do que eu testemunhei, eu definitivamente tenho certeza de que você é um homem honesto e com um bom coração.
• Sarah e seu marido, Bill Krejci, continuam em contato com Harris. Krejci afirmou que palavras não podem expressar como ele se sente por fazer parte de algo assim.
• Harris, porém, que foi criado pelo avô diz que a decisão de devolver o anel era óbvia e que ele não acredita que a atitude mereça tanta atenção.

Ainda não vi ninguém que ame a virtude tanto quanto ama a beleza do corpo. (Confúcio)

Nenhum comentário: