29 de jan de 2013

Difícil andar sem pedras nos caminhos...

 photo _aaratoscongresso_zpse7a6812c.jpg• Ele não apita nada: Ex-presidente Lula chega a Cuba para participar de conferência.
• É pouco dona presidente, têm muita coisa pros carentes dos municípios. Parece não, é propaganda eleitoral: Presidenta Dilma libera R$ 66 bilhões para prefeitos acelerarem obras pelo país e propõe acordo a 833 municípios para saldar INSS.
• Ainda com salário do MP, Demóstenes Torres leva vida de luxo em Goiânia (GO). Ex-senador suspeito de envolvimento com Cachoeira tem gastos extravagantes, diz IstoÉ. Ele está afastado do cargo de procurador de Justiça do Ministério Público de Goiás desde outubro, mas continua recebendo salário de cerca de R$ 25 mil do órgão.
 
 photo _aalutosemfim_zps3524382c.jpg

• Tragédia pode gerar código nacional contra incêndios.
• Famílias devem receber R$ 78 milhões. Justiça de Santa Maria (RS) bloqueia bens de sócios da boate incendiada.
• Presos após incêndio em boate de Santa Maria (RS) tentaram manipular provas, diz MP.
• Interrogados negam ter usado sinalizador dentro de boate no Rio Grande do Sul, diz polícia.
• 75 feridos do incêndio na Boate Kiss estão em estado grave.
• Até o Papa emitiu nota oficial sobre a tragédia com os universitários de Santa Maria. A UNE não soltou um ai.
• Corpos de militares cariocas mortos em Santa Maria chegam ao Rio.
• Uma atitude que deveria ser adotada em todo o território nacional antes, durante e após a edificação. Mas quem faz isso? Crea-RS quer lei para tornar obrigatória fiscalização em boates.
• Tragédia em Santa Maria desencadeia série de fiscalizações a casas noturnas pelo país.
• Prefeitura quer ouvir donos de casas noturnas de São Paulo sobre mudanças na legislação.



 photo _aamuseu_zpsc5d7b148.jpg 

 • Rio decide tombar Museu do Índio, mas destino de indígenas é incerto. Governo mantém decisão de despejar índios que moram na Aldeia Maracanã para reformar o local. Indígenas impõem condições para sair do prédio.




• Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 6 milhões amanhã.
• Enchendo linguiça por falta de coisas melhores: Conteúdo infantil é o de maior demanda em serviço na TV a cabo.
• Morre no Rio o ex-técnico da seleção de basquete Ary Vidal.

 Petrobrás perde posto de maior empresa da América Latinas. Ações da estatal caíram 25% nos últimos 12 meses e valor de mercado foi ultrapassado pela petrolífera Ecopetrol, da Colômbia. A informação é destaque na edição de segunda-feira do jornal britânico Financial Times. Com a queda de 25% do valor da ação nos últimos 12 meses, o valor de mercado da estatal brasileira foi ultrapassado pela também estatal petrolífera Ecopetrol, da Colômbia.


O Maduro "chicoxavier" da Venezuela
 photo _aapsicografia_zps239309a5.jpg 

• Senadores condicionam reforma migratória a maior controle de fronteiras. Democratas e republicanos apresentam projeto para legalizar 11 milhões de indocumentados no país; Obama pode apresentar plano na 3ª feira. Estudioso prevê obstáculos na reforma imigratória americana Legislação não pode impor entraves à regularização, afirma diretor de Centro Nacional de Leis Imigratórias. Obama busca apoio de policiais para combate às armas nos Estados Unidos.
• Norte-coreanos estão devorando os próprios filhos devido a grave crise de fome no país. Relatos aterrorizantes de norte-coreanos devorando os próprios filhos para saciar a fome foram reportados recentemente pela mídia internacional. As informações expõem o possível desastre humanitário pelo qual o país oriental está silenciosamente passando.
• No Egito, protestos desafiam toque de recolher imposto por presidente.
• Beatrix, Rainha da Holanda abdica o trono em favor do filho.
• Europa dá 2 bilhões de euros para a ciência.
• Confiança do consumidor avança na Alemanha e fica estável na França.
• Bolsas asiáticas fecham em alta influenciada por bancos.
• Ministro egípcio adverte para ameaça de colapso do Estado.
• Queda de avião mata 20 no Cazaquistão.
• Poluição volta a aumentar e causar transtornos em Pequim.
• Egito: oposição rejeita diálogo com Mursi e convoca novo protesto.
• Ex-ditador da Guatemala será julgado por genocídio e crimes contra a humanidade. José Efraín Ríos Montt, general aposentado, é considerado um dos mais sanguinários da América Latina.
• Tropas no Mali recuperam controle de cidade histórica. Timbuktu é reconhecida pela Unesco como patrimônio da humanidade. Antes de deixar o local, radicais incendiaram biblioteca com manuscritos centenários.


Eu ajudei a destruir o Rio!
 photo _aacristochora_zps2701122c.jpg
• Guedes desafia a todos que tanto se drogaram nas últimas décadas que venham a público assumir: eu ajudei a destruir o Rio de Janeiro.
• Sylvio Guedes, editor-chefe do Jornal de Brasília, critica o cinismo dos jornalistas, artistas e intelectuais ao defenderem o fim do poder paralelo dos chefes do tráfico de drogas.
• É irônico que a classe artística e a categoria dos jornalistas estejam agora na, por assim dizer, vanguarda da atual campanha contra a violência enfrentada pelo Rio de Janeiro.
• Essa postura é produto do absoluto cinismo de muitas das pessoas e instituições que vemos participando de atos, fazendo declarações e defendendo o fim do poder paralelo dos chefões do tráfico de drogas.
• Quando a cocaína começou a se infiltrar de fato no Rio de Janeiro, lá pelo fim da década de 70, entrou pela porta da frente. Pela classe média, pelas festinhas de embalo da Zona Sul, pelas danceterias, pelos barzinhos de Ipanema e Leblon.
• Invadiu e se instalou nas redações de jornais e nas emissoras de TV, sob o silêncio comprometedor de suas chefias e diretorias.
• Quanto mais glamuroso o ambiente, quanto mais supostamente intelectualizado o grupo, mais você podia encontrar gente cheirando carreiras e carreiras do pó branco.
• Em uma espúria relação de cumplicidade, imprensa e classe artística (que tanto se orgulham de serem, ambas, formadoras de opinião) de fato contribuíram enormemente para que o consumo das drogas, em especial da cocaína, se disseminasse no seio da sociedade carioca - e brasileira, por extensão.
• Achavam o máximo; era, como se costumava dizer, um barato.
• Festa sem cocaína era festa careta.
• As pessoas curtiam a comodidade proporcionada pelos fornecedores: entregavam a droga em casa, sem a necessidade de inconvenientes viagens ao decaído mundo dos morros, vizinhos aos edifícios ricos do asfalto.
• Nem é preciso detalhar como essa simples relação econômica de mercado terminou. Onde há demanda, deve haver a necessária oferta.
• E assim, com tanta gente endinheirada disposta a cheirar ou injetar sua dose diária de cocaína, os pés-de-chinelo das favelas viraram barões das drogas.
• Há farta literatura mostrando como as conexões dos meliantes rastacuera, que só fumavam um baseado aqui e acolá, se tornaram senhores de um império, tomaram de assalto a mais linda cidade do país e agora cortam cabeças de quem ousa lhes cruzar o caminho e as exibem em bandejas, certos da impunidade.
• Qualquer mentecapto sabe que não pode persistir um sistema jurídico em que é proibida e reprimida a produção e venda da droga, porém seu consumo é, digamos assim, tolerado.
• São doentes os que consomem.
• Não sabem o que fazem.
• Não têm controle sobre seus atos.
• Destroem famílias, arrasam lares, destroçam futuros.
• Que a mídia, os artistas e os intelectuais que tanto se drogaram nas três últimas décadas venham a público assumir: Eu ajudei a destruir o Rio de Janeiro.
• Façam um adesivo e preguem no vidro de seus Audis, BMWs e Mercedes.
• Bando de hipócritas!
• Fraternalmente, (Sylvio Guedes )


O monstruoso A-380 
É muito grande. 
Ao lado de um 747, deixa este minúsculo. 
Landing Of An Airbus A380-800 At San Francisco
Perdoa àqueles que te fizeram algum mal, mas não esqueças seus nomes.

Nenhum comentário: