8 de nov de 2012

Êta mundão baum dimais....

Photobucket• Condenados terão que entregar passaportes ao STF. Relator do mensalão no Supremo, Joaquim Barbosa, aceitou nesta quarta-feira pedido da PGR para evitar fugas do país. Três acusados já tinham entregue o documento.
• Luta de Joaquim Barbosa agora é para evitar que mensaleiros ganhem pena mínima.
. Na sessão de retomada do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal, o ministro relator Joaquim Barbosa retomou sua luta e afirmou que, pela gravidade dos crimes que cometeram, os 25 réus condenados não merecem a pena mínima.
- Há anos generalizou-se um hábito de impor os castigos nos limites mínimos. Entretanto, pena-base não é sinônimo de pena mínima. Com a indiscriminada imposição das penas mínimas, vem se tratando de modo igual situações distintas, disse. Estamos falando de corrupção de parlamentares, disse o relator, destacando a gravidade da montagem de um esquema de desvio de recursos públicos que, misturados a empréstimos fictícios, foram utilizados na compra de apoio político no Congresso pelo governo Lula.

- A primeira discussão de Barbosa foi com o ministro Marco Aurélio Mello, que comentou os critérios pelo relator para aumentar a pena do empresário Marcos Valério, como se ele fosse o líder da quadrilha do mensalão. O ministro também questionou se o mesmo crime cometido diversas vezes deve ser considerado agravante.

- O segundo entrevero foi com o revisor Ricardo Lewandowski, que alegou o fato de o Código Penal apontar diversas circunstâncias que consistem na personalidade e na conduta social do réu para a definição da penas. Os advogados testemunham a respeito da vida pregressa dos réus que precisa ser levada em consideração. (Carlos Newton)

• São Paulo terá agência de inteligência contra a criminalidade, mas bang bang continua: mais uma madrugada violenta com 8 baleados e 5 mortos.

• Avança proposta que dá superpoder ao Congresso. A PEC 171 aprovada pela CCJ na Câmara permite que parlamentares sustem atos normativos do Judiciário e de órgãos como o TCU e o Conselho Nacional de Justiça. Na prática, a proposição permite que os parlamentares derrubem atos normativos do Judiciário, como resoluções e instruções da Justiça eleitoral. E também de outros órgãos como o Tribunal de Contas da União (TCU), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Atualmente, o Congresso só tem poderes para sustar atos do Executivo e instruções normativas das agências reguladoras. Com a mudança na Constituição, os parlamentares poderão, por exemplo, rever decisões do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre regras eleitorais com as quais não concordem. (CongressoemFoco)

• Mais um novo Ministério: Câmara aprova Secretaria da Micro e Pequena Empresa. Com status de ministério, órgão resultará na criação de 68 cargos, entre eles o de ministro e o de secretário-executivo.

• Sem visto, Diego Souza está preso na Arábia. Sem receber salário, Diego já optou pela rescisão unilateral por justa causa. Mas, para dar adeus a Jeddah e retornar ao Brasil, precisa do visto de saída no seu passaporte. E esse visto deve ser concedido pelo empregador - o Al-Ittihad, que bate o pé, fazendo jogo duro.

• Mega-Sena: somente um acertador de Rialma, Goiás, ganha prêmio de R$ 24,4 milhões. Os números sorteados foram 2, 6, 28, 36, 51 e 56.
Photobucket 
• A portas fechadas, China inicia escolha de nova liderança. Congresso do Partido Comunista deverá confirmar Xi Jinping como novo presidente; pouco se sabe sobre suas posições em relação aos grandes temas.

• Nova tempestade de inverno gera mais caos na Costa Leste dos EUA. Ela levou ventos, chuva e neve, ameaçando turistas com estradas cheias de gelo e pondo abaixo a eletricidade em milhares de lares que acabaram de ter a luz religada após a supertempestade Sandy. Mais de meio milhão de pessoas acordaram sem luz nesta quinta-feira em Nova York e Nova Jersey. Voos chegaram a ser cancelados na quarta-feira, mas companhias no Brasil mantiveram as viagens programadas para esta quinta.

• Terremoto na Guatemala mata ao menos 50 pessoas. Tremor de 7,4 pontos de magnitude é o mais forte a atingir o país desde 1976.

Comentário na TribunadeImprensa
Photobucket "Sou contra favelas! Viva numa delas e tente levar uma vida decente. São misteriosas, turbulentas e mortais, ainda mais com os tóxicos, crimes se avolumando. Veja as cracolândias se espalhando. Vivia-se em cavernas, a civilização lentamente as transformou em abrigos decentes até a evolução das favelas edificadas em pé , que torna impossível atender a imensa e crescente evolução da população, sua proliferação nas constantes migrações, pois que fogem para viver! O país é um continente, têm seus donatários que nada fazem e ainda o votante troca sua vida por uns trocados para prefeitinhos que dormitam em falácias. Os maiores países passam por problemas iguais (é mais fácil), deixam à própria sorte os sem teto e sem nada. Durma sob pontes ou faça um aluguel temporário numa favela e sinta na própria carne. Não faltam terras e sim excesso de especuladores, ausência recorrente de planos diretores, vontade política, e em lugares outros, vimos favelas tornarem-se subúrbios com infraestrutura com tudo de direito. Por que repetir a constante? Repetir favela é normal e eficaz é dar brioches! Nosso dinheiro rola às mãos cheias pelos ralos da corrupção e os planos! Cadê? Alguém já disse que este não é um país sério, se não disse, garanto que pensou! Sorry, a verdade é mais dura em quem a sente!" (Armando Andrade)
PS.: Sendo que a pena máxima, vide Constituição, não pode ultrapassar 30 anos, as querelas entre certos ministros vão ao encontro de suplicantes.

Cérebros masculino e feminino
• Em um seminário sobre casamento e relações conjugais, Mark Gungor fala sobre as diferenças entre os cérebros.


Photobucket
Oposição pede abertura de inquérito para apurar elo de Lula com o mensalão


Photobucket 
Filho quer colo...sempre!
Escrito em maio de 2011 diz: "...uma amiga do meu filho pulou do 8º andar do prédio onde morava na Rua Emiliano Perneta. Era uma adolescente. Tinha acabado de almoçar, estava com o uniforme do Colégio Bom Jesus e a mochila nas costas, o que indicava que iria para o colégio à tarde, pois nas quartas e sextas eles têm aula o dia todo. Foi um choque para todos os colegas! Aí vem a pergunta: Por quê? Ela tinha apenas 15 anos. Que problemas uma menina de 15 anos pode ter? Fiz esta pergunta ao meu filho, e a resposta me deixou chocada...Ele me disse: - Mãe, eu acho que era falta de colo.

• Questionei: - Como assim?

• E ele me disse: - Hoje em dia, os pais trabalham praticamente o dia todo, sempre com a mesma desculpa de que querem dar aos filhos tudo aquilo que nunca tiveram e, na maioria das vezes, eles estão conseguindo. Eles estão dando um estudo no melhor colégio, cursos de idiomas, dinheiro para gastar no shopping, um computador de última geração pro filho ficar enfiado em casa durante o pouco tempo livre que sobra, roupas, tênis, celular, tudo muito caro, etc... E sempre cobrando da gente boas notas, pois estão investindo muito... Na maioria das vezes, os pais não têm mais tempo para os filhos, não conversam mais, não fazem um carinho...

• Ele fez uma pausa. Eu estava boquiaberta com o que ele acabara de falar-me e meus pensamentos foram a mil. Mal comecei uma frase. - Meu filho, você tem razão. É isso mesmo... E ele me interrompeu dizendo: - Mãe, quando a gente chega em casa, o que mais a gente quer é o colo da mãe. Quando vai mal nas provas ou quando acontece alguma coisa ruim, a gente quer colo. Por que você acha que hoje tantos jovens são quase revoltados? Na maioria das vezes, eles estão querendo chamar a atenção, ser notados... Só que no lugar errado e de forma errada: na rua e com violência.

• Dei um grande abraço em meu filho, beijei-o com muito carinho. E lhe disse: - Meu filho, espero que a morte da Joana não tenha sido em vão, pois quem sabe desta forma muitos pais vão repensar suas atitudes para com seus filhos!

• Ele olhou-me carinhosamente e concluiu, antes de sair para a escola: - Não somos máquinas, mãe. Não somos todos iguais. Não é porque o filho da vizinha tira só dez que todos nós vamos tirar 10. Talvez, nem todos nós queiramos falar inglês!

• Seus olhos cheios de lágrimas revelavam a dor que sentia pela morte da colega e, ao mesmo tempo, o quanto meu filho valorizava a nossa família. Já fora de casa, ele voltou correndo e me deu um forte abraço e me disse: - Mãe, obrigado por eu poder contar sempre com você nos maus momentos...E, obrigado, também, pelas broncas, pois sei que as mereço.

• Depois que ele virou a esquina, fechei suavemente a porta, pensativa e convencida de que o tempo e o amor são os melhores investimentos que podemos fazer pelos nossos filhos. O resto é consequência. Nada é mais importante que estes meios essenciais para a felicidade de nossos filhos. E, sem dúvida, só assim poderemos também ser felizes com a consciência tranquila de ter cumprido bem a nossa missão de pais...." (AD)

Japão diz Obrigado pela ajuda! Tsunami
- The world can be a much friendlier and special place in times of crisis, why not always...! Please open and view this wonderful thank you from Japan.
- O mundo pode ser um lugar muito mais amigável e especial em tempos de crise, por que nem sempre ...!
"Tudo o que acontece, sucede por alguma razão."

Nenhum comentário: