14 de out de 2012

Um Brasil de poucos dias úteis...

Photobucket
º Mensalão: Supremo retoma julgamento nesta segunda-feira.
º Paes refaz promessa: Ao muda o tom, Paes alega defasagem e admite reajustar IPTU, contrariando a promessa de campanha. Outro ponto é o salário baixo e a precária estrutura na Saúde.
º Forças de Segurança ocupa sem resistência Complexo de Manguinhos. º Governo do Rio faz balanço de ação; Secretário de Segurança Pública e chefe da polícia comentam a tomada das favelas de Jacarezinho e de Manguinhos, em operação realizada neste domingo.
º Critérios errados ou...: em 5 anos, PM do Rio expulsou quase mil policiais.
º Rampa de acesso da Perimetral será demolida este ano. Nova galeria ligará túnel do Porto ao mergulhão da Praça Quinze.
º Aposta do Ceará leva prêmio de quase R$ 34 milhões na Mega-Sena.

º Marines britânicos acusados de assassinato no Afeganistão.
º Ataque a mesquita deixa 20 mortos na Nigéria.
º Crise dos mísseis soviéticos em Cuba faz 50 anos.
º Mongólia remove estátua de Lênin após 50 anos.
º Ataque aéreo isralense mata militante na Faixa de Gaza.
º Síria proíbe voos civis da Turquia. Tensão entre dois países aumenta depois de incidentes na fronteira.
º Presidente do Egito recua e promotor da era Mubarak fica no cargo. Permanência de procurador-geral gerou novos protestos no Cairo na sexta- feira.
º Endeavour faz sua última viagem, desta vez, por terra. Ônibus espacial encerra uma era depois de ter cumprido 25 missões, enquanto Nasa mira em Marte e asteróides.
º Descoberta de petróleo pode mudar destino da Irlanda. Companhia irlandesa pretende atrair petroleiras de outros países, mas enfrenta resistência de ativistas.


Mensagem...
• Se Deus tivesse falado, Ele teria dito: “Para de ficar rezando e de bater no peito! O que eu quero é que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida. Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que Eu fiz para ti.
• Para de ir a certos templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo construíste e que acreditas serem a minha casa.
• Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas praias e no coração das pessoas. Ali é onde eu, de fato, vivo e ali expresso meu amor por ti.
• Para de me culpar da tua vida miserável: eu nunca te disse que há algo mau em ti ou que eras um pecador, ou que tua sexualidade fosse algo mau.
• O sexo é um presente que eu te dei e com o qual podes expressar teu amor, teu êxtase, tua alegria. Assim, não me culpes por tudo o que te fizeram crer.
• Para de ficar lendo supostas escrituras sagradas que nada têm a ver comigo.
• Se não podes me ler num amanhecer, numa paisagem, no olhar de amigos, nos olhos de teu filhinho. Sim, me encontrarás em um bom livro, uma poesia, uma obra de arte e, quem sabe, em um mendigo.
• Confia em mim e deixa de me pedir. Tu me dirás como fazer meu trabalho?
• Para de ter tanto medo de mim. Eu não te julgo, nem te critico, nem me irrito, nem te incomodo, nem te castigo. Eu sou puro amor.
• Para de me pedir perdão. Não há nada a perdoar. Se Eu te fiz, eu te enchi de paixões, de limitações, de prazeres, de sentimentos, de necessidades, de incoerências, de livre-arbítrio. Como posso te culpar se respondes a algo que eu pus em ti? Como posso te castigar por ser como és, se eu sou quem te fez?
• Crês que eu poderia criar um lugar para queimar todos meus filhos, pelo resto da eternidade, porque não se comportaram bem?
• Que tipo de Deus poderia fazer isso?
• Esquece qualquer mandamento, qualquer tipo de lei; essas são artimanhas a fim de manipular-te, para te controlar - que só geram culpa em ti. Respeita teu próximo e não faças o que não queres para ti. A única coisa que te peço é que prestes atenção a tua vida, que teu estado de alerta seja teu guia.
• Esta vida não é uma prova, nem um degrau, nem um passo no caminho, nem um ensaio, nem um prelúdio para o paraíso. Esta vida é o único que há, aqui e agora; isto é único de que precisas para crer em mim e receber da vida.
• Eu te fiz livre, isto é, relativamente responsável. Não há prêmios nem castigos. Não há pecados nem virtudes. Ninguém preenche um placar. Ninguém leva um registro. Tu és condicionalmente livre para fazer de tua vida uma dádiva ou uma ameaça, um céu ou um inferno.
• Eu não te posso dizer se há algo depois desta vida, mas posso te dar um conselho. Vive como se não o houvesse... Como se esta fosse tua única oportunidade de existir, de aproveitar, de amar. Assim, se não há nada, terás aproveitado da oportunidade que te dei, sendo correto e vivendo feliz.
• E se houver, tem certeza de que eu não te vou perguntar se foste comportado ou não. Só vou te perguntar se tu gostaste: se te divertiste e do que mais gostaste? O que aprendeste? O bem que fizeste?
• Para de apelar para mim - isto é supor, adivinhar, imaginar. Eu não quero que, assim, acredites em mim. Quero que me sintas em ti. Sim, quero que me sintas em ti quando beijas tua amada, quando agasalhas tua filhinha, quando acaricias teu cachorro, quando tomas banho no mar.
• Para de me louvar! Que tipo de Deus ególatra tu acreditas que eu seja?
• Aborreço-me quando me pedem desculpa. Canso-me quando me agradecem. Tu te sentes grato? Basta isto.
• Para de complicar as coisas e de repetir como papagaio o que te ensinaram sobre mim. A única certeza é que tu estás aqui, que estás vivo e que este mundo está cheio de maravilhas.
• Demonstra-o, cuidando de ti, de tua saúde, de tuas relações, do mundo.
• Te sentes olhado, surpreendido, admirado? Expressa tua alegria! Este é o jeito, o único, de me louvar. Entendeste?
• Para que precisas de mais milagres? Para que tantas explicações?
• Não me procures fora! Não me acharás. Procura-me dentro de ti, nos outros, nas coisas e, sobretudo, nas relações que vives. Aí é que estou, sempre estarei, abraçado contigo.
(Baruch Spinoze, filósofo 1732-1777)



Canção da FEB em 1944
• Eles desembarcaram na Itália, cantando essa canção!
• A música é do maestro Spartaco Rossi e o poema de Guilherme de Almeida.
• A Força Expedicionária Brasileira, conhecida pela sigla FEB, foi a força militar brasileira de 25.334 homens, que lutou ao lado dos Aliados na Itália, durante a Segunda Guerra Mundial. Constituída inicialmente por uma Divisão de Infantaria, acabou por abranger todas as Forças Militares Brasileiras que participaram do conflito.
• Adotou como lema A cobra está fumando, em alusão ao que se dizia à época, que seria Mais fácil uma cobra fumar do que o Brasil entrar na guerra.

Um comentário:

Inês disse...

Amigo, amei essa musica, me acalma rsrsrrsrs

Quanto tempo, e como anda a saúde do forte e velho guerreiro que sempre caminha em frente?