30 de mai de 2012

Se você vive, têm de participar


República Das Bananas
• A Gramática proíbe e mandatária Dilma criou Lei para impor a flexão A em denominação de profissão para utilizar Presidenta. Veja aqui
Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.4.2001 
1) Vergonha!
• A institucionalização do absurdo.....nos moldes dos totalitarismos!
• Se a lei não me permite, mude-se a lei......
• Realmente, não sei se é pra rir ou chorar. Será que não tem coisa mais importante para fazer neste país?
• A Lei deveria ter sido editada em 1º de Abril...
• A partir de 03 de abril de 2012 acabou a moleza. Quem relutava, se negava ou criticava o pedido meigo de Dilma ser tratada como presidentA, pode preparar-se para não ser pego fora da lei.
• A lei determina a obrigação da flexão de gênero em profissões. Ou seja, agora é presidentA, gerentA, pilotA, etc…
• Vou aproveitar para exigir que eu seja tratado a partir de agora como jornalistO, dentistO, motoristO. etc..
• Só no Brasil!
• Pergunto se alguém sabe se senador, deputado e vereador continuam como vigaristA ou muda pra vigaristO? 
P.S.: Hoje eu vou ao oculisto, depois de passar no dentisto, e vou com um motoristo que já foi um maquinisto.
• Desculpem, mas depois dessa, não resisti ser um humoristO.
2) Uma belíssima aula de português
• Foi elaborado para acabar de vez com toda e qualquer dúvida se tem presidente ou presidenta.
• A presidenta foi estudanta?
• Existe a palavra: presidenta?
• Que tal colocarmos um basta no assunto?
• No português existem os particípios ativos como derivativos verbais. Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante... Qual é o particípio ativo do verbo ser? O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade.
• Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte. Portanto, a pessoa que preside é presidente, e não presidenta, independentemente do sexo que tenha. Diz-se: capela ardente, e não capela ardenta; se diz estudante, e não estudanta; se diz adolescente, e não adolescenta; se diz paciente, e não pacienta.
• Um bom exemplo do erro grosseiro seria: A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta. Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta. Por favor, pelo amor à língua portuguesa, dê a conhecer a informação.. (Miriam Rita Moro Mine, Universidade Federal do Paraná)


A emocionante apresentação do brasileiro Luiz Meneghin no America’s Got Talent
• Luiz mora a 19 anos nos Estados Unidos, é enfermeiro e todos os dias ele canta para os pacientes do hospital e embora incentivo dos parentes e amigos, nunca havia se inscrito no America’s Got Talent… até então!
• A temporada do programa iniciou agora, dia 14 de maio, e de acordo com o descritivo do vídeo já estão comparando o caro Luiz com a patinha feia Susan Boyle, que virou celebridade ao participar do Britain’s Got Talent edição de 2009, no qual acabou como segundo lugar.

Uma visita a Lewandowski…
Photobucket 
O sono dos justos
(ganha para dormir em cima dos processos)
• A preocupação de Lula com o julgamento do caso do Mensalão, conhecida de todos no mundo político, aumentou com a chegada de 2012 – ano do julgamento e, ainda, coincidindo com as eleições municipais nas quais o PT deposita grandes esperanças de crescer, particularmente, em São Paulo, antigo território adversário.
• Foi a partir daí que ele incluiu o assunto em sua agenda prioritária do ano.
• Fiel a seu estilo de falar muito e revelar seus passos políticos, mesmo aqueles que exigem maior discrição, Lula contou o desejo de visitar o ministro Ricardo Lewandowiski, ministro-revisor do relatório do Mensalão, um amigo de sua família.
• E assim fez.
• No começo do ano, acompanhado do prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, ele foi à casa de Lewandowski e, conversa-vai-conversa-vem, chegou ao assunto: quando será julgado o mensalão?
• Sua preocupação central…
• Depois dessa conversa Lula passou a explicitar aos amigos políticos grande preocupação com a dificuldade de se deixar o julgamento para o ano que vem.
• Ele diz abertamente que considera inconveniente o julgamento do caso este ano. (Aí já teremos a Prescrição)
• Com elogios à casa de Lewandowski, num condomínimo chique de São Bernardo, Lula relatou a um aliado a pressão que o ministro vem sofrendo para apresentar logo o seu voto-revisor.
• E mais: o temor de que essa pressão de opinião pública possa afetar o conjunto do julgamento.
• Este é Lula. (devia ser preso por interferir na Justiça).
• Por bravata ou relatando a realidade, ele conta a amigos os seus passos, até mesmo uns que deveriam ser inconfessáveis, como uma visita a um ministro do Supremo Tribunal Federal no ano do julgamento mais importante para sua história política – o caso que marcou negativamente o seu primeiro mandato.
• Lewandowski ensaiou negar a conversa com Lula.
• Mas, diante dos detalhes da conversa – a companhia do prefeito e os elogios à casa – ele sorriu e disse: ele é amigo da família.
• De fato, a mulher de Lula, Marisa Letícia, foi amiga da mãe do ministro, falecida ano passado. (Cristiana Lôbo)
Photobucket 
(Do Blog Resistência Democrática ) 

Um dos crimes da Indústria Farmacêutica
 • As Doenças que mais venderão em 2012. Leia aqui 

Japão, o novo e luxuoso trem-bala japonês
Shinkansen Hayabusa, novo trem-bala japonês que ligará Tokyo a Aiamori, num percurso de 900 km.
• O trem-bala japonês (shinkansen/ 新幹線) da última geração ‘Hayabusa’(はやぶさ), com vagões elegantes em verde e prata com faixas rosas e um nome inspirado no falcão peregrino.
• Além de se tornar o trem mais rápido do Japão atingindo uma velocidade de 300 quilometros por hora, também é ecológico, confiável e tem um desempenho mecânico confortável, com um serviço elegante para passageiros.
• A velocidade máxima está prevista para ser aumentada para 320 quilometros por hora a partir de 2012.
• O trem-bala ‘Hayabusa’ representa o alto nível da empresa Shinkansen Group do East Japan Railway Company e da tecnologia do Japão.
• Um ingresso para a estreia, no sábado, foi vendido por milhares de dólares na Internet, segundo a mídia. O shinkansen Hayabusa saindo de Tokyo parará nas estações de Omiya, Sendai, Morioka, Hachinobe e Shin – Aomori, na província de Aomori, completando o trajeto em aproximadamente 3h e 10 minutos. Para viajar na primeira classe, pagará no minimo ¥17.000.
• O Hayabusa terá 10 carros e todos os assentos são reservados e para não fumantes. No Green Car (numero 9) terá espaço reservado para deficientes. O trem oferece um serviço ‘GranClass’ com assentos de couro, iluminação pessoal para leitura e descanso para as pernas, junto com acesso irrestrito a bebidas alcoólicas e refeições leves — por um custo extra de 9.490 ienes (116 dólares), dependendo do destino.
• O primeiro trem-bala do Japão foi inaugurado em 1o de outubro de 1964, e durante quase duas décadas foi o trem de passageiros mais rápido do mundo. Nestes 46 anos, o sistema não registrou nenhum acidente fatal, apesar da alta velocidade e dos frequentes desastres naturais do Japão. 

No Show
• O Paul Mc Cartney está num camarote emocionadíssimo ouvindo vários cantores interpretando de maneira surpreendente as suas canções.
• A numerosa platéia vestida a rigor dá um show de alegria, contagiando a todos.
  Junto do Paul está o Obama e sua mulher.

 Três xícaras de café ao dia reduzem risco de morte na maturidade, diz estudo Leia aqui 
 Bandidagem e CPI
"Liberdade não é cigarro, mas vicia, e se não for preservada, pode virar fumaça. Não basta pintar a cara e dizer que é rebelde, tem que ser guerreiro, ir à luta e pôr um fim nestes diferenciais racistas. O Absurdo não cede direito ao retorno dos erros; se, por lei, racismo é crime, que ela seja cumprida, e não investida contra os nossos cidadãos. Respeito não peço, exijo." (Schyrlei Pinheiro)

Nenhum comentário: