1 de nov de 2011

Rir é bom remédio, e grátis!

O Silêncio - Sabedoria Indígena
. Nós os índios, conhecemos o silêncio. Não temos medo dele.
. Na verdade, para nós ele é mais poderoso do que as palavras.
. Nossos ancestrais foram educados nas maneiras do silêncio e eles nos transmitiram esse conhecimento.
. Observa, escuta, e logo atua, nos diziam. Esta é a maneira correta de viver.
. Observa os animais para ver como cuidam se seus filhotes.
. Observa os anciões para ver como se comportam.
. Observa o homem branco para ver o que querem.
. Sempre observa primeiro, com o coração e a mente quietos, e então aprenderás.
. Quanto tiveres observado o suficiente, então poderás atuar.
. Com vocês, brancos, é o contrário. Vocês aprendem falando.
. Dão prêmios às crianças que falam mais na escola.
. Em suas festas, todos tratam de falar.
. No trabalho estão sempre tendo reuniões nas quais todos interrompem a todos, e todos falam cinco, dez, cem vezes. E chamam isso de resolver um problema.
. Quando estão numa habitação e há silêncio, ficam nervosos.
. Precisam preencher o espaço com sons.
. Então, falam compulsivamente, mesmo antes de saber o que vão dizer.
. Vocês gostam de discutir.
. Nem sequer permitem que o outro termine uma frase. Sempre interrompem.
. Para nós isso é muito desrespeitoso e muito estúpido, inclusive.
. Se começas a falar, eu não vou te interromper. Te escutarei.
. Talvez deixe de escutá-lo se não gostar do que estás dizendo. Mas não vou interromper-te.
. Quando terminares, tomarei minha decisão sobre o que disseste, mas não te direi se não estou de acordo, a menos que seja importante. Do contrário, simplesmente ficarei calado e me afastarei.
. Terás dito o que preciso saber. Não há mais nada a dizer.
. Mas isso não é suficiente para a maioria de vocês.
. Deveríamos pensar nas suas palavras como se fossem sementes.
. Deveriam plantá-las, e permiti-las crescer em silêncio.
. Nossos ancestrais nos ensinaram que a terra está sempre nos falando, e que devemos ficar em silêncio para escutá-la.
. Existem muitas vozes além das nossas. Muitas vozes. Só vamos escutá-las em silêncio.
O aviso
. Um casal foi entrevistado num programa de televisão, porque estavam casados há 50 anos e nunca tinham brigado. O repórter todo curioso pergunta a mulher: Mas vocês nunca brigaram mesmo?
. - Não, responde a mulher.
. - E como isso aconteceu?
. - Bem, quando casamos o meu marido tinha uma égua de estimação. Era a criatura que ele mais amava na vida. No dia do nosso casamento fomos de lua-de-mel na nossa carroça puxada pela égua. Andamos alguns metros e a égua, coitada, tropeçou. Meu marido olhou bem firme para a égua e disse: - Um.
. Mais alguns metros e a égua tropeçou de novo. Meu marido encarou a égua e disse: - Dois.
. Na terceira vez que ela tropeçou ele sacou da espingarda e deu uns cinco tiros na bichinha. Eu fiquei apavorada e perguntei: - Mas porque e que tu fizeste uma coisa dessas homem?
. Meu marido me encarou e disse: - Um.
. - Depois disso nunca mais brigamos.....
Dançar é tão fácil! Veja!

Calcule o nº do seu telefone!
. Aos meus amigos matemáticos e engenheiros...
. Quem se habilita a explicar?
. Coisa de maluco ou de gênio!
. Tem coisas que nem Pitágoras explicaria. Aí vai uma delas...
. Pegue uma calculadora pq não dá pra fazer de cabeça...
- Digite os 4 primeiros numeros de seu telefone;
- multiplique por 80;
- some 1;
- multiplique por 250;
- some com os 4 últimos números do mesmo telefone.
- some com os 4 últimos números do mesmo telefone de novo...
- diminua 250.
- divida por 2...
. Reconhece o resultado?
. É o número completo do seu telefone!
. Para essa eu tiro o chapéu...
No espetáculo
. Um sujeito estava sentado na primeira fila de um daqueles espetáculos majestosos e caríssimos da Broadway onde, normalmente, os ingressos são vendidos com vários meses de antecedência, quando um rapaz ao ver uma poltrona vazia entre eles, comenta: - Que coisa esquisita! Um lugar desses vazio! Você pode acreditar que alguém paga uma fortuna por um lugar desses e não aparece no espetáculo?
. O homem responde: - Na realidade, esse lugar era da minha mulher, mas ela faleceu!
. - Oh, meus pêsames - desculpa-se o vizinho. Mas o senhor não poderia ter dado o ingresso para um amigo ou um parente?
. - Infelizmente não! Estão todos no enterro!
"A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre." (Clarice Lispector)

Nenhum comentário: