4 de nov de 2011

Apenas, por que?

Esperava-se uma comoção nacional
"Não há notícias de romeiros chegando a São Bernardo do Campo. Não espoucaram novenas nas missas dominicais e nem romarias aos santuários populares. Nem mesmo a tag Força Lula decolou no twitter, mesmo disseminada por políticos de primeira grandeza e por jornalistas e blogueiros chapa-branca.
• Nem mesmo o papa mandou uma carta, mas apenas um recado educado de pleno restabelecimento através do embaixador.
• Ao contrário: a exigência nas redes sociais que não podem ser censuradas por uma imprensa cínica foi que Lula seja tratado como um comum mortal, agora ainda mais mortal, recebendo o seu tratamento em algum hospital do SUS, onde, segundo ele, a saúde é quase perfeita" ou em alguma UPA tão fantástica que até dá vontade de ficar doente para usar.
• O clamor foi tão grande que a imprensa reagiu, tratando o fato como covardia, desumanidade, insanidade, creditando tais manifestações aos instintos mais selvagens de uma minoria de trogloditas virtuais. Censurou as manifestações e deu espaço apenas para a análises comportamentais equivocadas.
• A verdade tirada do episódio é que Lula não é a unanimidade que pregam. Também é verdade que Lula está pagando o preço da sua gabolice e arrogância ao fazer afirmações mentirosas sobre a Saúde no Brasil, verbalizadas na forma de tiradas de efeito para obter dividendos políticos e eleitorais.
• Mais verdade ainda é que a imprensa e a militância petista esperavam e desejavam uma comoção nacional. Ela não houve e talvez a maioria silenciosa até concorde com os que se manifestam pelo tratamento de Lula no SUS, sintetizando nesta metáfora a revolta contra o político e também contra o homem que sempre usou a aura de pobrezinho para tornar-se um dos mais ricos homens públicos do Brasil.
• A verdade, a grande e inquestionável verdade, é que Lula está tendo um caríssimo tratamento pago pelos contribuintes cancerosos anônimos que esperam mais de 70 dias por quimioterapia e mais de 120 dias por radioterapia nas filas do SUS. Sabe o que é revoltante? É ver uma imensa junta médica dizendo que Lula vai se salvar porque houve um rápido diagnóstico e o tratamento começou imediatamente.
• É contra isso que as pessoas estão revoltadas, por ver o pretenso pai dos pobres ser tratado como um imperador.
• Esperava-se uma comoção nacional. Há motivos para que ela não tenha ocorrido, por mais que colunistas, blogueiros e jornalistas não aceitem investigar com isenção e sem preconceitos os motivos que despertaram este sentimento de justiça e de igualdade expresso por boa parte da população brasileira.
• É mais fácil censurar e ficar perplexo ante a maldade de certas pessoas do que investigar o que existe por detrás deste desejo de que Lula tenha um tratamento isonômico para o seu câncer, igual ao de um Silva qualquer.
• As pessoas não estão sendo más. Elas estão sendo apenas justas neste país cada vez mais injusto." (José Geraldo Sonvenso)

Um comentário:

Mery disse...

"As pessoas não estão sendo más, apenas justas...
"O Pai dos pobres sendo tratado como imperador!"

Concordo e te dou os parabéns em postar essa "verdade.
Eu não tenho convênio, quando preciso pago o médico com o meu dinheiro, porque nos hospitais a gente morre ou te enfiam injeção de dipirona.
Chega de hipocrisia!
Quem dera que os brasileiros enxergassem melhor esses políticos demagogos, cínicos.
Beijos, boa tarde!